Walter se despede do PSC e admite vergonha pelas derrotas para o Remo

Conversa típica de boleiro, arranjando umas desculpas para pular fora, depois de embolsar mais de R$ 200 mil em salários no PSC. A entrevista confirma que Walter sai daqui sem conseguir falar direito o nome do clube: “Paçandu, Paçandu…”

7 comentários em “Walter se despede do PSC e admite vergonha pelas derrotas para o Remo

  1. Mais um mito kkkkkkkkkk
    “Vai ser foda ganhar da gente”
    Kkkkkkkkkkkkkk essa mucura é muita comédia kkkkkkkkk

    Curtir

  2. Mas para sair teve que pagar. Tristonho, ele disse que fez um empréstimo para pagar a multa rescisória. Mais o do que justo. Ainda que dos R$3000.000,00 previstos, o Paysandu concordou em receber apenas o que gastou com ele.
    ia esquecendo. Se tivesse vergonha, primeiro emagreceria antes de se aventurar em campo.

    Curtir

  3. O gorducho centroavante contratado a peso de ouro foi mais um folclórico que desembarcou no Paysandu com muita idolatria e saiu calado e sem badalação na mesma situação de outros com o Fio Maravilha, Dada Maravilha, Negão Alcino, Luiz Mario, Lima e Sousa. Incrível que de todos esses badalados, Dada foi o único que marcou um gol no time do Remo e foi o único gol. Isso prova que REXPA é uma competição em separado, pois esta aí o veterano e ruinzão Isac , um dos mais trombadores centroavantes que ja vi no azulino tirando uma onda de ídolo. Se não tivesse marcado gols em REXPA ja estaria fora do azulino há tempo.

    Curtir

  4. Nélio, você acerta em cheio quanto à enganação que foi o Walter, do qual o Papão se livrou a tempo, felizmente. Não esqueça nessa lista aí o Anselmo e o Alexandro, mais recentes. Já quanto ao Isac, não vive lesionado e pelo menos faz gol, embora seja limitado tecnicamente.

    Curtir

  5. Ainda sobre o Isac, faço uma comparação que esse atacante é a cópia fiel até no aspecto físico com aquele atacante trombador ruinzão Mendonça do Paysandu em 1992. Por coincidência, Mendonça também foi artilheiro bicolor no estadual, em REXPA marcou gols decisivos e foi campeão estadual em cima do Remo que tinha um time muito mais forte que o Paysandu onde o Time do Remo levou 4 peias seguidas de 1×0 em 20 dias e perdeu o titulo com gol do Mendonça que chutou do meio de campo e cobriu o bom goleiro azulino. Mias Que coincidência incrível!!!!!!.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s