28 comentários em “Tubarão surpreende Papão e põe vantagem na semifinal

  1. O time do Paysandu é medroso, sempre se posiciona atrás, só desperta para o jogo quando tá perdendo, marca de longe,
    exagera no toque de bola, tem uma defesa fraca (o Rodrigo, ex-Vasco ainda tá sem time?), tem o Cáceres fora de forma, usa o Cassiano fora da área, insiste com o Magno, e não acha lugar para os baixinhos da frente. “Chamem o Lecheva”!

    Curtir

  2. Não é à toa que o Tubarão é uma das surpresas do campeonato, tanto que atualmente divide o primeiro lugar com o CR, mas acho que na hora H a camisa do PSC vai pesar mais.

    Curtir

  3. Afora contar com jogadores que nada provaram até agora – como os pré-aposentados Cáceres e Danilo Pires, que andam em campo, o Paysandu se ressente no setor de criação. Pedro Carmona não seria um engodo anunciado, se houvesse o mínimo cuidado em averiguar seu histórico recente de lesões. Fábio Matos não tem credenciais que o habilitem como o camisa 10 que o time precisa. Não lança, conduz muito a bola, é fominha e tem baixo aproveitamento em chutes.

    Curtir

  4. A vitória do Bragantino veio por em evidência a fragilidade da equipe do Paysandu.
    Muitos jogadores que atuam só pelo nome é a confirmação dos erros cometidos no passado parecendo que ninguém aprende a lição.
    Acho um placar difícil, com este tipo de atuação de reverter. Mas como o amigo falou acima pode ser que a camisa pede na decisão.

    Curtir

  5. Como o Lucilo comentou, o Clube do Remo que ponha sua juba de molho em Santarém.

    O Tubarão deixou de sacramentar a classificação para a final ontem. 2 a 0 ficou ainda de bom tamanho para o futebol apresentado pelo Paysandú. Interessante é que o comentarista da Cultura exigia mais futebol do Bragantino no primeiro tempo, como se o time grande fosse ele e não o PSC. Então, Artur fez as modificações e seu pedido foi atendido.

    Pedido está pedido, não pode ficar arrependido!

    Logo, independente do resultado final de sábado, o Bragantino já é um vencedor, haja vista que a diretoria bicolor botou banca sobre o contrato com os atletas emprestados. Isso, por si só, já indicava que eles não confiavam no time listrado.

    Não é que tinham razão!

    Curtir

  6. Dois aspectos importantes: um para o Mais Querido; outro para a mídia dita especializada.

    No caso do Remo, este deve colocar suas barbas de molho e se espertar hoje à noite. Caso contrário pode experimentar peia semelhante ou até mais gravosa. Afinal, joga fora de casa, e, tal qual o listrado, ainda não acertou o time.

    Quanto aos especializados, é preciso não secar o amigo deles, o técnico Arthur, colocando-o em patamar acima daquele em que ele realmente se encontra, que é o de um técnico principiante. Inteligente, futuroso, conhecedor dos segredos do esporte bretão, inclusive do ponto de vista da natureza essencial do jogador de futebol, mas, antes de tudo, um principiante. Não se pode fazer dele um outro Junior “Amourinho”.

    No mais, não me parece um placar de difícil reversão. E digo isso fulcrado na reação dos bragantinos nos últimos 20 minutos do jogo de ontem, quando estavam muito nervosos, com a bola a lher queimar os pés, tanto que não conseguiam manter a respectiva posse, não mostrando aquela autoridade de quem é realmente superior.

    Ora, se jogando em casa, com uma boa vantagem no placar, contra um time que não se encontrava tecnicamente e ostentava uma certa afobação, os bragantinos mostraram um razoável nível de nervosismo, como não poderão reagir na casa do adversário, com torcida adversa, sendo pressionados pelo triplo do tempo?

    Enfim, o futuro é uma incógnita, os dados continuam rolando, e o listrado segue favorito, para este jogo e para o título.

    Agora, do passado já podemos falar, e sobre este não podemos perder a oportunidade de dizer: ô peia!

    Curtir

  7. Quanto ao Bragantino, foi um resultado considerável, porém, na minha opinião, o clima na curuzu será muito favorável para que o Paysandu reverta o resultado.

    Curtir

  8. Esse jogo de hoje lembrou o
    Jogo aqui em Manaus, time super lento, sem vontade e esquisitos em campo, nada que comparasse um time com razoável desempenho tático.

    Curtir

  9. Vendo um desempenho como esse, não tem como não duvidar da capacidade técnica da maioria desses jogadores. Não criar jogadas de propiciassem chances de gol em um São Raimundo com menos um jogador e ainda cansado, foi demais pra nós torcedores. Sei que ainda temos chances de reverter esse placar, mas assim como o jogo contra o Manaus, tínhamos esperança, porém, vimos no que deu.

    Curtir

  10. Remo conseguir reverte o placar Rayme sábado vai reviver os tempos da subam pra. Classificar vão meter a mão no Tubarão kkkkkkkkkkkk ser não for assim não ganha kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  11. Bem que nós previmos, caro Lucilo.
    Vai ser muito difícil com esse time, jogando como jogou ontem, abrir o ferrolho que o São Raimundo vai fazer domingo.
    A não ser que “ache” um gol no primeiro tempo, como foi o caso do time santareno ontem.

    Curtir

  12. Não é Mãe Dinah, não! é realismo! As grandes forças futebolísticas do Pará, pecam no planejamento e nas contratações. São quase irmãos siameses, kkkk

    Curtir

  13. De fato, Valentim e Lucilo, a situação está periclitante. A desvantagem é mínima. Mas, com o parâmetro de ontem, o futebol que se avalia que o Remo conseguirá apresentar no jogo de volta também é mínimo, quase nenhum. O que atrai uma desconfiança tremenda.
    Só resta torcer.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s