Leão estreia na Copa Verde com a mesma escalação do Re-Pa

remo3x0bragantino-11

O Remo deve entrar em campo, nesta quarta-feira à noite, na Arena da Amazônia em Manaus, com o mesmo time que começou o clássico contra o Paissandu, domingo. O técnico Ney da Matta pretende repetir a formação, pela terceira vez consecutiva, a fim de garantir o entrosamento. “Vamos tentar repetir o mesmo time que enfrentou o Paysandu, a não ser que aconteça alguma coisa. É dar sequência nos jogos, confiança e qualidade aos jogadores, principalmente porque não vamos ter um jogo no final de semana e depois partiremos para a Copa do Brasil. Muda a competição, mas não o comportamento e a maneira de jogar”, disse.

A possível novidade no grupo é o meia Rodriguinho, cujo registro no BID foi confirmado. Ney da Matta elogiou o jogador, explicando que tem qualidades que o diferenciam dos demais armadores do elenco. “Rodrigo é um jogador diferente do que é o Adenilson e  o Andrey. Ele trabalha mais a bola, não leva muito a bola no pé do adversário, mas empurra. Acho que vai ter que ter um pouco de paciência, pois uma coisa é treinar fisicamente, tecnicamente, outra é jogar. Você avalia o jogador quando está ritmado, deve levar uns 3 jogos para ele ganhar ritmo e sequência no trabalho”.

O jogo vale pela primeira fase da Copa Verde, começa às 21h (horário de Belém) e o Remo deve jogar com a seguinte equipe: Vinícius; Levy, Mimica, Bruno e Esquerdinha; Geandro, Leandro Brasília, Fernandes e Adenilson; Isac e Felipe Marques. O Manaus é o atual campeão amazonense e nesta temporada lidera o Grupo B do campeonato estadual com 4 pontos em dois jogos.

3 comentários em “Leão estreia na Copa Verde com a mesma escalação do Re-Pa

  1. Espero que o Leão mantenha a invencibilidade nesse elefante branco.

    Estive agora há pouco no shopping Boulevard e pude perceber que os amantes do MMA já estão respirando o clima do UFC Fight Night Belém. Muita gente pra ver o treino aberto ao público das principais estrelas, e os mais empolgados tirando fotos até com os sparrings dos gringos (acho que nem sabem se são do staff do atleta ou se são atletas, na verdade isso pouca importa pra eles!).
    O curioso é que enquanto os atletas são só simpatia e disponibilidade para atender o público, os seguranças/funcionários do evento é que ficam na maior má-vontade pra não deixar o público tocar nos caras.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s