Aranha Negra ganha homenagem em cartaz da Copa 2018

DPuiit0WkAE7KzL

A apenas três dias do sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2018, o famoso Metrô de Moscou serviu de plataforma para o lançamento de uma homenagem especial a um dos ícones do futebol russo. Pôster oficial da Copa traz um tributo ao goleiro soviético Lev Yashin, assinado pelo renomado artista russo Igor Gurovich. “O cartaz oficial da Copa é um verdadeiro reflexo do patrimônio artístico e de futebol da Rússia”, comentou o secretário-geral da Fifa, Fatma Samoura. “Estamos muito orgulhosos desta bela obra, que retrata um ídolo tão importante e comemora a presença do torneio em solo russo.”

“Foi muito importante retratar a Rússia como país anfitrião no cartaz oficial”, acrescentou o presidente do comitê organizador, Vitaly Mutko. “Tenho certeza de que o cartaz vai se tornar um dos símbolos mais memoráveis ​​da Copa 2018 e que os fãs e participantes irão aprová-lo”.

Yashin jogou em quatro Copas – 1958, 1962, 1966 e 1970 – e continua a ser o único goleiro na história do futebol a ganhar o Ballon d’Or. No cartaz, ele está vestido com seu traje tradicional de camisa preta e calção, joelheira e seu famoso boné. Na obra, ele aparece pegando a bola, dividida em imagem típica do material usado na época de Yashin e da grande massa de terra da Rússia como visto do espaço, refletindo uma inspiração fundamental da marca Copa do Mundo nas realizações russas na exploração do espaço.

Artisticamente, Gurovich se inspirou no movimento russo do construtivismo, vigente a partir do final dos anos 1920, em particular nos cartazes personalizados por Dziga Vertov e os irmãos Stenberg. Os raios de luz que emanam da bola, uma característica comum da temática construtivista, simboliza a energia do torneio, enquanto o círculo verde representa os arremessos de 12 estádios das cidades sedes, que serão palco das 64 partidas da Copa.

O ponto culminante desta festa do futebol ocorrerá na grande final de 15 de julho de 2018, marcada para o estádio Luzhniki, onde o capitão da equipe vencedora vai levantar o troféu Fifa e mostrá-lo para o mundo inteiro.

“O estilo pós-construtivista dos cartazes de 1920 e 1930, com sua linguagem visual única, tornou-se um dos elementos mais importantes e reverenciados da cultura russa”, diz Igor Gurovich. “Esta linguagem é, sem dúvida, identificada com a arte russa em todo o mundo. Portanto, no meu trabalho, eu realmente queria evidenciar essa linguagem moderna e relevante”.

“Lev Yashin mudou o perfil dos goleiros”, recorda Vladimir Ponomaryov, contemporâneo e colega de Yashin na Copa do Mundo de 1966 na Inglaterra. “Graças a ele, o papel de um goleiro cresceu significativamente. Yashin comandava ativamente seus defensores, saindo de sua meta para ajudar a defesa. Foi também uma grande personalidade em campo”. (Com informações de Fifa Media Office)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s