Papão x CRB – comentários on-line

Campeonato Brasileiro da Série B 2017 – 29ª rodada

Paissandu x CRB – estádio da Curuzu, 19h15

139c6e44-c2f6-4fc1-a0e2-6f578d819220-original

Na Rádio Clube, Cláudio Guimarães narra, Rui Guimarães comenta. Reportagens – Valdo Souza, Dinho Menezes, Francisco Urbano e Saulo Zaire. Banco de Informações – Jerônimo Bezerra

11 comentários em “Papão x CRB – comentários on-line

  1. Pelas primeiras imagens, prenúncio de bom público. Quando a galera que fica lá fora tomando umas e outras entrar aí poderemos ter uns oito mil presentes

    Curtir

  2. Papão no 4-4-2, com o mesmo meio de campo do jogo passado, exceção do Renato Augusto no lugar de Jonnathan; Lucas Taylor no lugar do Airton e Marcão no lugar de Magno.

    Curtir

  3. É certo que empatar em casa não é um bom resultado, mas não acho que o Papão jogou mal ontem e com o resultado acabou subindo uma colocação na tabela de classificação e hoje depende dos demais resultados da rodada para se manter em 11o lugar.

    A grande vitória fora acabou compensando esse empate dentro de casa.

    Embora o jogo tenha sido apático no primeiro tempo, no segundo ganhou contornos de emoção com as duas equipes se largando para o ataque com o Papão melhorando as estocadas ofensivas com a entrada de Wellington Júnior.

    O craque do jogo foi o goleiro do CRB que fez defesas difíceis impedindo que o Paysandu inaugurasse o placar. É bem verdade que o time adversário quase marca por duas vezes em uma delas numa entregada do Perema que decididamente não sabe sair jogando assim como o Diego Ivo.

    Sinceramente gostei da movimentação e agilidade do Fabio Matos e da presença de área do Cayon melhor do que o esforçado Marcão. O técnico deveria parar de insistir em colocar o Marcão como titular e escalar o ataque com Wellington Junior e Bergson mais centralizado sem perder as características de jogar pelo lado desde que não seja individualista.

    No final do jogo o Time bicolor saiu aplaudido por parte da torcida que reconheceu o esforço da equipe e o goleiro do CRB festejado pelos companheiros.

    Curtir

  4. Time foi mal (de novo) nas finalizações, Peixoto. O melhor lance, pela clareza da jogada, foi com o Cayon pegando de primeira, aos 29 minutos. Goleiro Edson saiu bem em duas chegadas do Bergson pela esquerda, mas no geral o Papão continua a mostrar muitas deficiências na aproximação entre meio e ataque, além de ter no Marcão uma peça decorativa, que o técnico usa para reforçar o bloqueio no meio-campo. Pelo pouco apetite ofensivo do CRB, era jogo para vencer e se tranquilizar de vez.

    Curtir

  5. Pra mim o time continua fraco e sem criatividade. Está mais na base do entusiasmo.Vamos levando o barco,livrando-nos das marés brabas. Graças a Deus que não visitou nem uma vez a zona da degola.A nossa sorte maior é que a maioria das equipes comunga do mesmo comportamento e atuações.Creio que não caíra, Depende mais de nos mesmos !

    Curtir

  6. Pra mim, um dos mais fracos times que nosso amado Papão montou em todas as disputas da segunda divisão, isso depois de seu último retorno. Tivemos um bom inicio,surpreendendo a todos,mas contamos tbm com o fator desentrosamento da maioria dos participantes.Claro que valeu pra tds,mas mesmo assim,enchemos os olhos do Brasil, até então ! Depois começou a aparecer a realidade,onde até hoje cada um vai colocando suas uninhas de fora. Quem for mais podre,vai se quebrando. Fiquei surpreso com times que achava que iriam longe como Guarany, Náutico, Goiás e outros.

    Curtir

  7. Feliz dia dos Professores a esses abnegados e dedicados artista na arte de ensinar, Alás que deveriam ter um melhor reconhecimento à classe ! Que mesmo assim, são tão importante ou até mais que muitos outras classes tão prestigiadas sem ao menos merecerem ,PARABÉNS !

    Curtir

  8. O time não jogou mal tanto que foi aplaudido pela torcida no final do jogo que reconheceu o empenho dos jogadores O goleiro do CRB salvou o Time alagoano duas vezes: num chute cruzado do Bergson e no lance do Cayon.

    No mais, as finalizações da equipe bicolor não foram eficientes porque a bola sempre chegava ao ataque de forma truncada. E aí concordo que persiste o problema da criação no meio campo Gerson. E como você disse Marcão continua sendo uma peça decorativa. Alias em meu comentário anterior frisei a teimosia do técnico bicolor em insistir no Marcão como titular.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s