Lei para garantir impunidade

13 de outubro de 2017 at 14:05 1 comentário

4259e65d-05e2-4aca-9153-64a7a7dd06b2

Trechos da coluna de Janio de Freitas, nesta sexta-feira, na Folha de SP:

Um dos modismos da falta de ideias próprias, na imprensa e entre “cientistas políticos”, é a expressão “freios e contrapesos” (ou coisa parecida), em referências a sábios recursos da democracia constitucional contra riscos e sobressaltos. Importada dos EUA, como a “metralhadora giratória”, e a “rota de colisão”, entre outras graçolas, a moda atual recebeu de um deputado subalterno e do presidente ilegítimo o desafio de provar que não é só uma bobagem oca para uso dos vazios.

 (…) 

Michel Temer faz há perto de dois meses a mais despudorada corrupção de votantes na comissão e no plenário. Recursos indispensáveis e urgentes para as pesquisas biomédicas, socorros à saúde, universidades, bolsas de estudo, obras emergenciais, estão contidos para deixar reservas destináveis às compras de Temer por apoio. As tais reformas e, mais premente, alterações do Orçamento da União têm suas votações prejudicadas na Câmara, para não provocar disputas na manada parlamentar governista.

Gravações feitas por Joesley Batista, mala e pacote de dinheiro recolhidos por Rocha Loures e José Yunes, assessores e amigos de confiança de Temer, são suficientes para deixar os não incautos convictos de que as acusações têm procedência. Não seria dispensável, porém, a realização do inquérito convencional cobrado pela Constituição. As evidências, por si sós, não bastam para levar às consequências aplicáveis aos crimes.

O ataque nas duas frentes dá como certa, no entanto, a recusa ao processo, a não ser que o inesperado seja solidário à decência. Mas como dizia ontem no Supremo o ministro Luís Roberto Barroso, em seu rico voto pelo poder do Supremo de emitir medidas como as aplicadas a Aécio Neves, muitos não queremos viver sob o domínio da corrupção tornada ato corriqueiro e natural, dominante e aceito.

Negado o processo, não é possível recurso ao Supremo. Mais simples: nenhuma reação é possível no âmbito das leis, como se viu na recusa ao primeiro pedido. Os freios de fato existentes detêm os cidadãos e os contrapesos caem sobre suas cabeças. Para que se curvem ao poder corrupção. Que, no fundo e no mais alto, continua impune. Torcer pelo acaso é patético. Mas é todo o nosso poder.

Entry filed under: Uncategorized.

O passado é uma parada Vendido aos chineses, Milan troca Adidas pela Puma e perde dinheiro

1 Comentário Add your own

  • 1. Antonio Oliveira  |  13 de outubro de 2017 às 20:09

    Se apanhadas com abstração do tempo, o trecho transcrito no post pode revelar a miséria histórica da política no Brasil.

    Mas, assim, do jeito que o autor do texto escreveu, fica parecendo que ele veio do espaço passar o Círio pela primeira vez e voltou pra lá antes mesmo da boltiniana romaria chegar no CAN. Aí chegou lá no sideral reclamando que este ano a romaria se fez a jato, que cortaram a corda, que uma pretensa celebridade nativa se aproveitou do evento para forçar o riso e simular o choro, tudo só mesmo tempo, e com isso contabilizar muitos reais, que forçaram a santa a homenagear muitos “ilustres” durante a caminhada etc.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,358,995 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.883 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

blogdogersonnogueira em Luverdense x PSC – comen…
Alfredo Martins em Luverdense x PSC – comen…
Alfredo Martins em Luverdense x PSC – comen…
celira em Luverdense x PSC – comen…
Jorge Paz Amorim em Luverdense x PSC – comen…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: