Barça abre o cofre para montar ‘dream team’

622_26a2f8df-08e1-45ca-aef6-d2d0d3e86d0e

Já chegaram ao Camp Nou os reforços Nelson Semedo, Paulinho, Gerard Deulofeu e Ousmane Dembélé. Ainda assim, o Barcelona quer mais para seu elenco nesta temporada, e o dinheiro arrecadado com a venda de Neymar ao Paris Saint-Germain vai se esvaindo a cada nova contratação.

Com o apetite insaciável demonstrado na atual janela de transferências, o clube catalão pode se tornar o maior “gastão” da história do futebol em um mercado.  Manchester City é quem lidera essa estatística com os 244,43 milhões de euros (R$ 924 milhões) dispendidos exatamente no atual período de transações na Europa.

Na sequência aparece o atual PSG, que gastou 238 milhões de euros (R$ 900 milhões) em reforços, sendo 222 milhões de euros apenas com Neymar.

O Barça já investiu 192,5 milhões de euros (R$ 728 milhões) em novos jogadores, porém pode deixar muito para trás os dois rivais caso adquira seus dois principais alvos até o final desta janela de transferências, em 31 de agosto: Ángel di María e Philippe Coutinho.

Um comentário em “Barça abre o cofre para montar ‘dream team’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s