Torcedor do Fogão faz ofensa racista a parentes de jogador do Fla

COPA DO BRASIL 2017: BOTAFOGO-RJ X FLAMENGO

Um torcedor do Botafogo foi detido pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira, no Nilton Santos, por suspeita de injúrias raciais a familiares do atacante Vinicius Júnior. As ofensas, a tios do jogador do Flamengo, aconteceram no Setor Leste Inferior do estádio.

Detido em flagrante, o botafoguense foi ouvido no próprio Juizado Especial Criminal por um juiz, que determinará se ele seguirá preso ou não. Outros torcedores chegaram a ser detidos por outras confusões no estádio, mas todos foram liberados.

Em sua conta oficial no Twitter, o Flamengo repudiou o ato de racismo contra os familiares de Vinicius Júnior. “Somos de todos tons de pele, todos os credos, somos todos, menos alguns! Somos rubro-negros! Uma Nação! Racismo, aqui, não”, escreveu o clube.

Mídia do Sul e Sudeste denuncia e tenta comparar casos de atos racistas das torcidas de Botafogo e Grêmio. Consultador, procurador do STJD já explicou que são situações bem diferentes. No jogo desta quarta-feira, um torcedor ofendeu parentes do jogador Vinícius Jr., do Flamengo, nas arquibancadas do estádio Nilton Santos. O agressor foi detido pela própria torcida do Botafogo e entregue à Polícia.

No episódio que causou a punição do Grêmio, no ano passado, a torcida xingou e insultou o goleiro Aranha (então no Santos) durante praticamente um jogo todo na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O caso tipificado como agressão racista grave a um atleta profissional no exercício de seu ofício, daí a suspensão imposta ao clube gaúcho.

Dentro de campo, Botafogo e Flamengo empataram em 0 a 0 na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil. Na próxima semana, os times se reencontram no Maracanã. (Com informações da ESPN e O Globo) 

3 comentários em “Torcedor do Fogão faz ofensa racista a parentes de jogador do Fla

  1. Querem punição ao Botafogo mas não cabe esse espirito de justiceiro da gauchada

    No gremio foi ofensa diretamente contra o jogador
    Nesse aí foi de torcedor pra torcedor

    Curtir

  2. De fato, são situações distintas e não cabe buscar punir o clube por ato isolado de alguém que foi repudiado até por outros botafoguenses no local. Deveria era divulgar o nome e dados do fascistoide a fim de facilitar a exclusão do débil mental do convívio social

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s