Chamusca fica, informa Ascom do Papão

A Assessoria de Comunicação do Paissandu desmente boatos sobre a saída do técnico Marcelo Chamusca. A delegação chega na tarde desta quarta-feira e a programação de treinos da semana está mantida.

7 comentários em “Chamusca fica, informa Ascom do Papão

  1. Melhor assim. Papão devia parar de pensar em gastar mais dinheiro com esse plantel fraco, tipo política de premiação, e procurar um meia bom de fato, mesmo que mais caro. Chamusca não é mau técnico.

    Curtir

  2. Decisão acertada. Ainda que eu conteste o trabalho dele, ele vem fazendo um trabalho que caiu para regular na B. Sem contar que duas das derrotas foram fora de casa. Ele precisa é parar de invencionices e com a proteção aos Chamuscas-boys.

    Curtir

  3. Verdade Celira. Se Chamusca parar com as invencionices e colocar apenas dois atacantes tanto em casa como fora e se der uma chance para o Jonathan ao invés do Hayner já será uma grande força.
    Claro q Chamusca continuará tendo resistência de parte da torcida por não ter uma boa leitura do jogo durante a partida. Acabou colocando Hayner na tentativa deste fazer o corredor junto com o Aírton na partida errada, pois deveria ter feito isso contra o Góias no Mangueirão.
    O problema maior é a falta de um articulador que seja mais constante no meio e de um atacante finalizador. Os clássicos 10 e 9 estão fazendo falta no time há muito tempo. Volantes já temos de sobra. Enquanto isso os atacantes que temos deveriam aprimorar jogadas de aproximação entre eles e os meias e principalmente finalizações. O Chamusca tem q trabalhar nos treinos variações para deixar o time menos previsível. Que saudade das triangulações treinadas pelo velho Giva.

    Curtir

  4. Eu sou leigo nesse negócio de esquema de jogo imposto por treinador de time de futebol durante uma partida. Mas o pouco que entendo percebo que às vezes ou muitas vezes um time perde fácil porque seus atletas ou não deram combate ao adversário e deixaram o adversário jogar livre, ou o combate foi ineficiente ou o adversário foi mais eficiente no combate. Foi o que visualizei nessas 7 primeiras rodadas com o Papão onde nas 4 primeiras vi um time bicolor com muita disposição, cabeça erguida , combatendo do início ao fim e ganhando a maioria das divididas. Já nessas últimas rodadas principalmente contra Goias e Guarani, vi um time do Paysandu cabisbaixo, deixando os adversários jogarem e gostar do jogo , perdendo todas as divididas, muitos passes errados, parecia um time sem vontade mesmo ainda estando bem na tabela. será que existe mesmo esse tal esquema de jogo ???

    Curtir

  5. A Série B é uma competição que ganhou notoriedade porque não teve mais espaço pra todo mundo na série A e com isso o nível da competição elevou-se. Times como o Inter aqui de Porto Alegre, Santa Cruz, Goias e o próprio rival fazem com que a competição seja eletrizante a cada rodada. Fiquei surpreso com a arrancada do rival nas primeiras rodadas do Brasileiro, para um time que teve dificuldades em bater um Remo cambaleado e mal treinado na final do Paraense, seria um grande achado do Chamusca. No entanto, acompanhando os últimos jogos é visível que o time carece de um camisa 10 de ofício, falta objetividade e criação de jogadas que possam fazer a diferença. Como é um campeonato longo, a diretoria tem que resolver o quanto antes se querer ter outras pretensões na competição, porque os outros times começaram a ganhar entrosamento e já estão mostrando ao que vieram.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s