Com disciplina e método

3 de junho de 2017 at 23:16 14 comentários

POR GERSON NOGUEIRA

Seguro na defesa, letal no ataque. Foi assim que o Papão se comportou contra o América-MG, na sexta-feira à noite, consolidando a posição de liderança da Série B pela segunda rodada consecutiva. Com tranquilidade, o time se impôs e provou que mesmo sem estar inteiramente pronto já tem confiabilidade necessária para inspirar projeções otimistas na competição.

Ao mesmo tempo, com a conquista de bons resultados, Marcelo Chamusca vai demolindo os argumentos de seus críticos. O técnico reapresenta nesta Série B as convicções que tinha durante o Campeonato Paraense e a Copa Verde, colhendo os resultados da insistência.

Desde o começo do trabalho, deixou claro que sua prioridade era a segurança defensiva como ponto de partida para formatar a equipe. Usava os mesmos três volantes de hoje, mas desagradou a torcida pelos altos e baixos do time contra adversários tecnicamente inferiores.

Resistiu com firmeza e sem abrir mão do que buscava alcançar. Os números impecáveis neste começo de Série B mostram que a perseverança foi benéfica. Na verdade, a inadequação não estava no sistema, mas na aplicação deste nas competições iniciais da temporada.

Na Série B, que privilegia os cuidados defensivos, o Papão se destaca justamente naquilo que mais lhe gerava críticas no Parazão e na Copa Verde: a marcação forte à frente da zaga, que lhe permite levar vantagem sobre os adversários aproveitando as chances que surgem.

O Papão de Chamusca é o time que melhor pratica o jogo exigido pela competição, o que ajuda a explicar a liderança invicta. Bem protegido,  resolve seus jogos sem ter laterais de características ofensivas e – mais impressionante ainda – sem dispor de um meio-de-campo inventivo. Triunfo absoluto do esquema pensado e executado por Chamusca, grande artífice dessa surpreendente arrancada inicial.

————————————————————————————————

Como os bons xerifes de antigamente

Perema não passou a jogar bem só agora. Já era um zagueiro de méritos reconhecidos no São Francisco de cinco anos atrás, quando foi uma das revelações do Parazão. Extremamente técnico, sem abrir mão da força bem calibrada como recurso para estabelecer segurança dentro da área, tem como ponto alto o perfeito posicionamento na última linha. Sua média de acertos nos cabeceios é seguramente a melhor do Brasileiro até aqui.

A postura altiva remete a outros grandes zagueiros do futebol paraense. Belterra, o mais técnico beque surgido no futebol paraense a partir dos anos 80, é a comparação óbvia e imediata. Darinta e Chico Monte Alegre são outros nomes lembrados quando se fala em Perema.

Acima de tudo, guardando semelhanças com o estilo mais sóbrio de Belterra e a rapidez de Monte Alegre, o zagueiro do Papão brilha pela regularidade, mantendo sempre um alto nível de rendimento. Entrou na equipe quando Fernando Lombardi se lesionou e, desde então, não deixou nenhuma dúvida quanto à justiça de sua titularidade.

Com a presença marcante como líder da defesa, Perema fez o time ficar mais confiável defensivamente, tornando-se, por consequência, mais competitivo. A campanha invicta e sem gols tem muito a ver com a performance do zagueiro santareno.

Fazia tempo que um defensor nativo não se destacava tanto num dos grandes da capital, reféns da importação como única saída para reforçar a zaga. Aos 24 anos, Perema cumpriu um périplo por vários clubes até ser finalmente lembrado pelos dirigentes do Papão. Bendita lembrança.

———————————————————————————————–

Bola na Torre

Guilherme Guerreiro apresenta o programa, a partir das 21h, na RBATV. Na bancada, Tomazão e este escriba de Baião.

(Coluna publicada no Bola deste domingo, 04)

Entry filed under: Uncategorized.

Real conquista Liga dos Campeões pela 12ª vez O segredo da mala

14 Comentários Add your own

  • 1. celira  |  4 de junho de 2017 às 1:32

    Só um adentro amigo Gérson…

    Chamusca, no período de montagem do plano tático, oscilou o PSC no esquema 4-4-2 e no 4-3-3. Sendo que este último foi o plano tático mais utilizado na Copa Verde e no Paraense.

    Tanto que, nas finais contra o Remo e o Luverdense, pelo paraense e Copa Verde respectivamente, Chamusca lançou mão da seguinte formação: Wesley, Rodrigo Andrade, Diogo Oliveira, Leandro Carvalho, Alfredo e Bergson.

    A opção dos três volantes veio apenas contra o Santos, quando o PSC fez suas melhores apresentações…

    Curtido por 1 pessoa

  • 2. Jorge Paz Amorim  |  4 de junho de 2017 às 8:31

    Assino embaixo do que o Celira escreveu. Chamusca passou meses colocando o time pra jogar naquele 4-3-3, e nós aqui no blog sempre dizendo que era uma roubada.
    Quanto ao 4-4-2, seria estupidez abrir mão dele tendo os volantes que o Papão tem. Mal comparando, é como se Zidane abrisse mão do Kroos, Modric ou Casemiro.
    Pra completar a boa sorte Bicolor, a estreia do Renato Augusto foi uma das melhores coisas acontecidas na vitória contra o América-MG. Sóbrio, eficiente no vai e vem e bom no combate manteve o nível do excelente jogo que vinha fazendo o Rodrigo Andrade.
    Quanto ao Perema, há outro ponto de discórdia. Apesar da antecipação perfeita, do tempo de bola aérea admirável e dos botes certeiros, por enquanto, ele vem sendo apenas um rebatedor de bolas, longe da classe inolvidável do velho Belterra, o melhor zagueiro que vi jogar por aqui, apesar da pouca estatura, apenas acrescentando que Perema pode chegar lá, assim que a confiança permitir dar passes como aquele que ficou no peito do jogador americano.

    Curtir

  • 3. Cláudio Columbia  |  4 de junho de 2017 às 8:56

    Penso que seguro, no sistema defensivo… Se a marcação não for num todo, os 2 zagueiros não vão aguentar lá atrás

    Quanto ao Perema, ele chegou ao PSC com um defeito, inadmissível pra um zagueiro,nos dias de hoje….Não sabia marcar por zona… Isso, passa despercebido pelos olhos do torcedor, mas nunca pelos olhos de um bom técnico… Paciência do técnico MC e a dedicação do jogador em aprender, hoje fazem dele um zagueiro imprescindível ao time bicolor.. Outros jogadores locais, não tem a mesma sorte, por terem mais defeitos ainda e não serem tão dedicados a aprender com um bom técnico, infelizmente… O problema de jogadores de base,não tá no técnico que vem de fora e sim nos técnicos das bases desses clubes… Que bom que 1 se salvou… Boa sorte ao Perema

    MC,usou 3 volantes e venceu 3 jogos seguidos no Parazão… Falava à época, aqui e no pgm TBP na Rádio Clube, que foi a escalação mais consistente que o PSC tinha… Depois, com a queda de rendimento de alguns jogadores, torcedor começou a criticar pedindo a saída de 1 volante e a entrada do Diogo Oliveira…prova que o MC estava no caminho certo pra dar mais consistência ao time.. Hoje, joga fora com 3 volantes, mas os 3 estão em boa fase, por isso o time rende.. Acredito que,dependendo do adversário, em casa ele volte a fazer a linha de 3 com 2 atacantes e 1 meia… Fora de casa, volte a linha de 3 com 1 volante, 1 meia e 1 atacante

    É a minha opinião

    Curtir

  • 4. miguelangelo1967  |  4 de junho de 2017 às 8:56

    Realmente fazia muito tempo que o time bicolor não jogava fora de casa com tanta eficiência defensiva e sabendo explorar as oportunidades surgidas.
    Mesmo com as oportunidades perdidas pelo Coelho o time bicolor mostrou-se ciente do que queria e como fazer para alcançar o seu objetivo.
    É certo que está cedo para comemorações mas só fato de não iniciar a competição na parte baixa da tabela ou no Z4 já injeta ânimo na torcida que espero que apoie mais o time dentro de casa com uma presença maior no estádio.

    Curtir

  • 5. Cláudio Columbia  |  4 de junho de 2017 às 9:11

    Papão, na 5ª rodada, na terça feira(rodada cheia)…

    Vencendo – Permanecerá na liderança

    Empatando – Ficará da 1ª a 3ª posição… Dentro do G4

    Perdendo – Ficará da 1ª a 7ª posição

    Curtir

  • 6. miguelangelo1967  |  4 de junho de 2017 às 9:51

    Pelo fato do ABC ter que tomar as iniciativas por jogar em casa há possibilidades do Paysandú trazer um bom resultado de Natal.
    Nesta primeira saída de 6 pontos obter 4 seria bom e se conseguir 100% motivará a torcida na primeira partida em terras paraenses.
    Espero que esta apoie mais o time porque até aqui está deixando a desejar.

    Curtir

  • 7. miguelangelo1967  |  4 de junho de 2017 às 9:53

    A forma de atuar fora de casa da equipe Bicolor começa a chamar a atenção dos adversários, então acredito também que o Elefante irá ser mais cauteloso diante do Lobo mesmo que a iniciativa das ações o obrigue a se expor mais.

    Curtir

  • 8. Nelio  |  4 de junho de 2017 às 12:00

    Olhem só, esse jogo com ABC considero um jogo inusitado de resultado imprevisível porque pode ser tanto o jogo mais fácil desses 2 que o Paysandu fez lá fora e não perdeu, ou pode ser o mais difícil de todos apesar da razoável campanha do time potiguar. Por isso é que o Papão tem de ter muita cautela , estudar a adversário e procurar jogar no desespero do ABC que precisa dessa vitória sobre o Papão para reabilitar e vão fazer de tudo para isso. Então fazer o jogo ficar mais fácil ou difícil depende mais da postura do Papão em campo que do ABC principalmente naquela pressão inicial. Acredito que se o Paysandu só empatar esse jogo, continuará líder no fechamento da de mais uma rodada, Se vencer o jogo acredito na garantia de liderança por no mínimo mais 2 rodadas, fato que será magnífico para o objetivo porque o Papão poderá na 7ª ou 8ª rodadas ainda estar na liderança e será fenomenal. Pelo que estou vendo nas ruas da imensa motivação e euforia da torcida do Lobo, em caso de vitória ou empate com ABC não tenho medo de acreditar em cerca de 30 mil pagantes no jogo contra o Goiás no sábado, o que será outro ineditismo para o Papão nesse início de competição. Se o Papão perder ainda assim acredito em grande público, mas não esse 30 mil. vamos aguardar.

    Curtir

  • 9. Nelio  |  4 de junho de 2017 às 12:01

    Gerson desculpa esse com mais de 10 linhas mais eu precisava falar essas coisas

    Curtir

  • 10. lucilofilho  |  4 de junho de 2017 às 12:08

    Esse esquema tático do técnico Chamusca, demonstra até aqui, que a posse de bola nem sempre é fator preponderante para se alcançar um resultado positivo em uma partida.

    Curtir

  • 11. Osvaldo Costa  |  4 de junho de 2017 às 12:30

    Com os três volantes e três atacantes do esquema tático do paraense e CV, não chegaríamos a lugar nenhum. Espero que após a recuperação do Bergson, o Chamusca não ressuscite a antiga formação bicolor.

    Curtir

  • 12. Frederico Teron  |  4 de junho de 2017 às 14:16

    O Papão tem a credibilidade do torcedor e a cautela do adversário. O jogo contra o ABC. se vigorar um novo triunfo, não será mera coincidência.

    Curtir

  • 13. blogdogersonnogueira  |  4 de junho de 2017 às 15:58

    Sim. Mas usava 3 volantes no começo do Parazão e na CV, contra adversários modestos, daí a grita da torcida. É a isso que me refiro.

    Curtir

  • 14. Alberto Lima - Recife  |  5 de junho de 2017 às 8:52

    Acredito que no 4-4-2 ou no 4-3-3, o técnico terá ambas as opções de formação. Pois creio que independente do esquema, com um time com elenco de qualidade, será modificado durante a competição e isso será necessário pois os adversários vão mudar a tática também.
    O elenco tem qualidade pra isso.
    Torcer pra que tudo corra bem!
    #SD!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,272,976 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.699 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Antonio Valentim em A sentença eterna
Edson do Leão - meu… em Leão festeja reorganização e c…
Edson do Leão - meu… em Leão vai cheio de novidades pa…
Mauricio Carneiro em Leão vai cheio de novidades pa…
Édson do Amaral. Tor… em Leão festeja reorganização e c…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: