Papão x Inter: confronto tem histórico polêmico

25 de maio de 2017 at 14:49 4 comentários

Os ingressos para a partida de sábado (27), entre Paissandu e Internacional-RS, pela 3ª rodada da Série B, começaram a ser vendidos ontem nas lojas do Papão. A expectativa da diretoria é de um público superior a 25 mil torcedores no estádio Mangueirão. As vendas prosseguem hoje a amanhã, já com outros postos disponibilizados ao público, com arquibancada a R$ 30,00 e cadeira a R$ 60,00.

A partida é cercada de expectativa e é a mais aguardada pela torcida neste início do campeonato, levando em conta a tradição do Internacional e o fato de ter sido um dos rebaixados da Série A, no ano passado.

Na última vez em que enfrentou o Colorado, em Belém, pelo Brasileirão de 2002, o Papão arrastou pouco mais de 40 mil torcedores ao Mangueirão. O Inter, que precisava da vitória para evitar a queda, venceu por 2 a 0. Após a partida surgiram boatos, nunca confirmados, de que o Papão havia entregado o resultado.

O também ex-presidente bicolor Artur Tourinho, em entrevista concedida em 2012, confirmou que tinha suspeitas sobre o comportamento de quatro jogadores do Papão. “Provas eu não tenho e, tampouco, citarei nomes, mas suspeito que isso tenha acontecido naquela partida contra o Inter em Belém, no dia 17 de novembro de 2002”, disse.

Segundo Tourinho, os atletas do Paissandu teriam sido assediados durante a semana do jogo, no dia 14 de novembro, quando empresários ligados ao Internacional mantiveram contato com os atletas incentivando-os a fazer “corpo mole” em troca de pagamento em dinheiro.

“Tive informações de fontes seguras que os jogadores estiveram reunidos com os empresários durante um almoço. Mas digo: ninguém do Inter me ligou. Por conta disso, no dia seguinte, fui conversar com um de nossos patrocinadores e consegui um valor de R$ 50 mil para premiar os atletas pela vitória. Juntei aos 50 mil reais mais 20 do caixa do próprio Paysandu e, duas horas antes da partida, fui ao vestiário e comuniquei o ‘bicho’ em caso de vitória”, recordou Tourinho na entrevista ao Globo Esporte.

O ex-dirigente colorado Fernando Carvalho foi confrontado com a mesma pergunta, em 2013. Veja a resposta dele:

 

Entry filed under: Uncategorized.

Jornalismo em escombros Paraenses lideram grupo do Brasileiro Feminino A2

4 Comentários Add your own

  • 1. Jorge Paz Amorim  |  25 de maio de 2017 às 15:25

    Na véspera desse jogo, lá no sítio onde eu batia minha bola semanal, local também frequentado por gente do mundo da mídia e da bola, surgiu o boato, lógico que nunca confirmado, que foi o próprio Tourinho o articulador da tal “entrega”.
    Segundo o papo surgido, foi o ex-deputado Ibsen Pinheiro, pemedebista como Arthur Tourinho, que dialogou com quem comandava aquele time que podia salvar o Inter da degola.
    Óbvio que nada disso está escudado em um fato concreto apresentado em público, todavia, como toda narrativa malina, faz todo o sentido lógico, principalmente porque Tourinho abandonou o barco bicolor em alto mar pra tentar salvar a sua carreira política, fracassando em ambas as missões, como é sabido por todos.

    Curtir

  • 2. Antonio Valentim  |  25 de maio de 2017 às 15:47

    Para botar pimenta nesse tempero:
    http://www.bloguedovalentim.com/2014/03/paysandu-se-vendeu-para-o-internacional.html

    Curtir

  • 3. celira  |  25 de maio de 2017 às 15:49

    Só corrigindo o preço do ingresso. Arquibancada 40 e cadeira acho que tá 80.

    Curtir

  • 4. Nelio  |  25 de maio de 2017 às 20:29

    Moral de toda essa história absurda de venda de resultado: Em 2002 os Paysandu foi o mais glorioso clube brasileiro em termos numéricos de conquistas faturando 3 títulos oficiais. permanência na serie A e mais ineditíssima vaga na Taça Libertadores 2003 para assombro de muita gente. Isso causou muita dor de cotovelo em adversários, os quais não se conformavam com tanto sucesso bicolor e estrela de seu dirigente. Aí quando no final da temporada surgiu esse jogo e essa polêmica de venda de resultado ao Saci, foi um file MINHON para os rivais, os quais depois secarem o Papão sem êxito na temporada, pois o Papão ganhava tudo, os caras colocaram um sorriso largo até as orelhas e começaram a fazer chacota e piadinhas de maus gosto . Muitos bicolores ingênuos pegaram na corda.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,399,013 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.965 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: