Cenas de vandalismo contra o patrimônio público

25 de maio de 2017 at 17:56 5 comentários

DAnqY4dXoAMBNzP

Joesley Batista (JBS) e Michel Temer, presidente.

Entry filed under: Uncategorized.

Golpe baixo: Lava Jato e mídia criaram farsa com agendas da Petrobras Ex-gremista sonha com vitória do Papão sobre o Colorado

5 Comentários Add your own

  • 1. Gleydson  |  25 de maio de 2017 às 19:41

    Não, Gerson, não há como justificar ou reduzir o que esses vagabundos covardes fizeram em Brasília. Se eu tivesse no movimento eu faria de tudo pra quebrar a cara de um desses imbecis, canalhas. Tive colegas de trampo que foram pra Brasilia e ficaram em pânico, isso não é democracia, é covardia, bandidos que escondem a cara pra destruir patrimônio público.

    Curtir

  • 2. blogdogersonnogueira  |  25 de maio de 2017 às 23:36

    Penso que devia reservar tal valentia para os verdadeiros culpados pela baderna. Imagens feitas ontem à noite mostram dois dos baderneiros tendo a fuga protegida pela Polícia do DF. Vou postar aqui. É preciso ter prudência até nos rompantes porque o Brasil de hoje não é para amadores, Gleydson.

    Curtir

  • 3. ASilva  |  26 de maio de 2017 às 1:16

    Pois dois baderneiros foram responsaveis por tudo aquilo? Realmente o Brasil nao é para cidadaos amadores e pagadores de impostos, o país esta entregue a canalhas de todas as origens…

    Curtir

  • 4. blogdogersonnogueira  |  26 de maio de 2017 às 2:26

    Concordo, Adilson. Não me referi a apenas duas pessoas, citei essa dupla porque há um registro em vídeo da cena em que eles são protegidos e fogem. Obviamente, não estavam sozinhos nisso. Há um caso célebre, da explosão das bombas no Riocentro, no Rio, durante a ditadura militar. Graças à providência divina, não houve uma tragédia maior na ocasião. Os artefatos explodiram no colo dos homens encarregados de detoná-las para incriminar os grupos de esquerda à época. Faça uma rápida pesquisa a respeito.

    Curtir

  • 5. Gilberto José Muniz  |  29 de maio de 2017 às 13:47

    Sempre pensei longe e acredito que todas as piores coisas que acontecem hoje no Brasil é uma pequena parte daquilo que pode acontecer, de gravidade inacreditável – A tomada da Amazônia, para se constituir em Território Americano, bem entendendo a História de suas anexações de território; o convite feito aos EUA, por nossas Forças Armadas, para “conhecer a Amazônia, por dentro e de perto”, onde ocorre o grande desvio de nossas riquezas aos estrangeiros. Assim, somando-se aos conhecimentos atuais dela, pelos americanos, assemelha-se aos trabalhos de topografia, para a definição exata da próxima anexação americana da Amazônia, aos territórios dominados pelos EUA. Coisas para estrategistas militares.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,358,164 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.882 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: