Em vantagem, Peixe aposta na velocidade do contra-ataque para se classificar

10 de maio de 2017 at 14:21 1 comentário

622_187a105b-349d-38df-a32a-dad26d3408bf

Após jogos ruins e a eliminação precoce no Campeonato Paulista, o Santos conviveu com críticas em boa parte do primeiro semestre. Aos poucos, porém, a equipe comandada por Dorival Júnior parece começar a “encaixar” na temporada. Na última semana, bateu o Santa Fe por 3 a 2 no Pacaembu e deu um passo importante para passar de fase na Libertadores. Apesar da vantagem de 2 a 0, construída no duelo de ida, na Vila Belmiro, o Santos está ciente de que não terá vida fácil no estádio do Mangueirão, em Belém, contra o Paysandu, a partir das 21h45 (horário de Brasília).

Bruno Henrique, autor de um golaço no primeiro confronto, não tem vergonha de usar a estratégia do arquirrival para a equipe ter sucesso nas oitavas de final da Copa do Brasil. “Hoje em dia, todos os clubes brasileiros e europeus jogam assim, fechadinho. O Corinthians foi campeão assim, saindo no contra-ataque. Por que não podemos fazer isso? Vamos sair rápido, Ricardo pelo meio, saindo no contra-ataque. Se fizermos um gol, eles terão que fazer quatro”, analisou o atacante, sem deixar de ressaltar o regulamento.

“A gente teve um bom resultado em casa, vamos usar o fator placar. Sabemos que jogar aqui é difícil, vamos respeitá-los e impor o jogo que sempre estamos jogando”, disse.

622_c817a6ac-07e4-3737-a601-5e6f75bcb725

Mesmo sem ser brilhante no confronto de ida, no último dia 26 de abril, o Santos venceu por 2 a 0, na Vila Belmiro, e conquistou uma boa vantagem para o duelo desta quarta. Afinal, pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim avança para as quartas do torneio mata-mata.

Apesar da superioridade no placar, os santistas têm pregado respeito ao Paissandu. “Sabemos que lá (Belém) tem o apoio da torcida deles. Já joguei por aqueles lados e sei que a torcida influencia bastante. Temos que nos defender bem e sair fortes nos contra-ataques”, explicou Jean Mota.

O santista será uma das novidades do técnico Dorival Júnior contra o Papão. Suspenso na vitória sobre o Santa Fe, Mota foi substituído por Matheus Ribeiro nas últimas duas partidas. O lateral ambidestro, porém, não encantou o comandante e voltará ao banco de reservas.

Meia de origem, Jean Mota já tinha assumido o posto de lateral-esquerdo após a saída do titular Zeca, lesionado desde o início de abril, depois do jogo contra a Ponte Preta, nas quartas do Paulistão. Outra mudança na equipe será a entrada de Cleber Reis. Ele assume a vaga de David Braz. Isso porque o titular da zaga santista sentiu dores na coxa esquerda durante o treino do último sábado, e, após passar por exames, foi vetado pelo departamento médico.

Com apenas essas duas alterações, o Santos deve entrar em campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cléber Reis e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Antes de encarar o Santos no duelo de ida, no último dia 26 de abril, na Vila Belmiro, o Paissandu vinha de uma invencibilidade que durava 15 partidas. Na época, o time comandado por Marcelo Chamusca ostentava o fato de estar há mais tempo sem perder no ano entre todas as equipes que disputam as Séries A, B e C do Brasileirão. (Com informações de ESPN, Gazeta Esportiva e Folha de SP) 

Local: Estádio Jornalista Edgar Proença, 21h45 
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro; assistentes  Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha

Ingressos – arquibancada, R$ 30,00; cadeira, R$ 50,00

PSC: Emerson; Ayrton, Gilvan, Perema e Hayner; Wesley, Rodrigo e D. Oliveira; Leandro Carvalho, Bergson e Alfredo. Técnico: Marcelo Chamusca

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Entry filed under: Uncategorized.

Povo acompanha Lula em Curitiba Bancada conservadora rejeita ônibus com ar-condicionado em Belém

1 Comentário Add your own

  • 1. Frederico Teron  |  10 de maio de 2017 às 19:11

    Fortificado após a comilância de um Leão, Lobo vai a fim de fritar um bom peixe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,240,063 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.637 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Nelio(O Paysandu jam… em Aos trancos e barrancos, Remo…
Antonio Oliveira em Verdades incômodas
Alessandro em Aos trancos e barrancos, Remo…
Edson do Leão - meu… em Aos trancos e barrancos, Remo…
Janderson - Remo rum… em Aos trancos e barrancos, Remo…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: