Josué avisa: não aceita imposição de dirigentes quanto a reforços

C3n-psfWQAEOYB2

O técnico Josué Teixeira, do Remo, declarou em entrevista que caso algum jogador seja contratado sem o seu aval ficará encostado e treinando à parte. Caso o clube decida impor o atleta, o técnico avisa que pedirá demissão. A afirmação foi dado em consequência do interesse manifestado por dirigentes do Remo na contratação do meia-atacante Polaco, do Atlético-AC, logo depois da partida de domingo, em Rio Branco.

12 comentários em “Josué avisa: não aceita imposição de dirigentes quanto a reforços

  1. Em outras palavras; mais sucatas sub-40, sem sangue, e bichados, estarão desembarcando nos próximos dias na Curuzú e Antonio Baena, com as bençãos dos dirigentes dos dois clubes, eternos promesseiros em valorizar os valores da terra e garotada da base, sempre alijados ou deportados.

    Curtir

  2. Deveras, não há necessidade de estresse.

    Se o treinador não aceita imposição, ótimo!

    Agora, se o cara é realmente bom, se há verba para pagar o salário de todo o mundo, inclusive dos funcionários, haverá de prevalecer o bom senso, e o treinador, sem se submeter à decisão vertical, certamente haverá de reconhecer a conveniência e a oportunidade da contratação.

    Com efeito, se tudo é o que, e pelo que, parece ser, o só diálogo vai levar tudo a um bom termo.

    Avante Leão!!!

    Curtir

  3. Amigo Cláudio o Edu ramos também teria sido vetado pelo Josué, fica claro com isso, a meu ver ,que o treinador está sendo fritado ou não?

    Curtir

  4. O treinador é um funcionário do clube e deve caminhar com o clube. Ele não dita as normas do clube. Ele obedece. Ele conversa. Ele ouve. Ele questiona. Mas, a palavra final de contratação é dos dirigentes. E, assim deve ser, caso contrário, treinador que chega no meio de temporada tinha que formar novo plantel.

    Curtir

  5. Eu prefiro achar que vão chegar ao consenso. Todavia, se realmente vai haver a radicalização, das duas uma; ou estão querendo fritar o treinador; ou este está preparando o terreno para deixar o Clube.

    Aliás, pode haver ainda uma terceira hipótese: o Remo não tem dinheiro para pagar mais estas duas contratações, mas está novamente fazendo daquelas mirabolâncias, para dizer o mínimo.

    E o treinador, que parece estar fechado com o grupo (e a recíproca parece ser verdadeira), sabendo que no final vai haver inadimplência financeira e racha no grupo, vai preferir cumprir sua palavra e sair.

    Bom, se a situação chegar neste pé eu vou concordar com o treinador.

    No mais, quanto ao tal Polaco, minha opinião é que ele deve vir só se não for caro, houver dinheiro para pagar, sem prejuízo dos compromissos já assumidos, e acima de tudo, se, e somente se, o treinador concordar.

    Sobre o Eduardo Ramos, nada contra o jogador, mas sou desde logo contrário a contratação do mesmo. Custa caro; vai ganhar mais do que os outros jogadores; o Clube não tem dinheiro; compreensivelmente é jogador não se entrega ao trabalho, às disputas, quando o Clube deixa de lhe dar a devida contrapartida salarial.

    Deveras, seu perfil não se adequa à situação atual do Clube. Enfim, mesmo sendo um bom jogador quando as condições de temperatura e pressão estão normais, melhor seria não contratá-lo, eis que no Mais Querido referidas condições estão perigosamente instáveis.

    Juízo Leão!!!

    Curtir

  6. Amigo Celira,
    Em condições normais de temperatura e pressão estou com você: treinador é funcionário.

    Contudo, na situação atual do Mais Querido, melhor seguir conforme a sinalizado pelo treinador. ele está conseguindo aquilo que poucos conseguiriam.

    Todavia, é ter presente que se realmente a situação ficar irreconciliável, ele, de fato, não vai ditar as normas ao Clube. Sairá e prevalecerá a vontade do clube. Será simples assim – desgraçadamente, simples assim.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Ao invés de demitir o treinador, poderia haver um dispositivo que permitisse demitir era a diretoria. Pensa numa gente burra. E teimosa.

    Curtir

  8. De fato, é necessário retificar a parte final de meu comentário. Se for o caso, o treinador sairá e desgraçadamente prevalecerá a vontade da diretoria, vontade esta que, cumpre reconhecer, às vezes pode não ser coincidente com os interesses do Clube.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s