Sambas imortais – Salgueiro 1993, “Peguei um Ita no Norte”.

Inesquecível e histórico. O melhor samba-enredo dos últimos 30 anos. Com citações a Belém e ao Norte, o samba do Salgueiro arrebatador a Sapucaí e virou hino adaptado das torcidas de futebol em todo o Brasil. Na voz inconfundível do botafoguense Quinho, o refrão antológico se imortalizou: “Explode coração. Na maior felicidade (bis). É lindo o meu Salgueiro. Contagiando, sacudindo essa cidade”. 

Um comentário em “Sambas imortais – Salgueiro 1993, “Peguei um Ita no Norte”.

Deixe uma resposta