6 comentários em “A frase da semana

  1. Fico admirado com o teu cinismo quando o assunto é política. Publicar uma foto dessa é subestimar a inteligência dos teus leitores. Cuidado para não ser o próximo a perder o emprego. Teu chefe votou contra os vadios do PT

    Curtir

    1. Respeita homem, cidadão. E, principalmente, não confunde as caras e ideologias. Só respondo a insultos rasos como este pra deixar claro que não tenho medo de expor minhas ideias, muito menos diante de covardes e aleijados mentais. Procura tua turma e vai dizer a teus senhores que a ameaça não surtiu efeito – muito pelo contrário, só vai atiçar minhas posições contra os canalhas que golpearam a democracia.

      Curtir

  2. De toda esta história construída em s últimos anos eu só sinto mesmo é pelo trabalhador e pelos pequenos.
    Eu elegi o PT na espera de melhorar a condição do país que esqueceu que o Brasil não vive sem os 90 por cento que produzem e pagam os impostos mais caros da face da Terra para sustentar uma elite golpista e cada vez mais paasita.
    Mas tenho certeza que aí matar a galinha dos ovos de ouro tanto o rico quanto o miserável irão sentir na carne a falta do pão na sua mesa. Dinheiro compra tudo, mas quando tudo acabar eu só quero ver o que os ricos irão comer!

    Curtir

  3. Muito antes do lulla, o pobre e o negro, o negro e o pobre, chegavam em grande número à Universidade. Aliás, um grande número dos militantes que levaram o lulla à presidência eram universitários negros e pobres.

    O lulla enganou os negros e pobres que votaram nele.

    Curtir

    1. Jamais chegaram aos bancos universitários na quantidade que se viu depois do governo Lula, amigo Oliveira. Não brigue com os fatos no afã de carimbar Lula como mau gestor ou, como prefere, um ilusionista.

      Curtir

  4. O texto da postagem não aborda o aspecto quantitativo, amigo Gerson. O texto do meu comentário muito menos.

    Logo, o que eu escrevi é a pura verdade factual, pois antes do l u l l a os negros e pobres já tinham acesso à universidade e foi dos negros e pobres que frequentaram a universidade que ele recebeu uma grande parte de seus votos.

    E o que consta do texto da postagem é algo que distorce a realidade quando dá a entender que antes de l u l l a os negros e pobres não conseguiam chegar à universidade.

    Antes os negros e pobres chegavam sim à universidade. E às universidades federais, onde, na época, apesar dos epb’s da vida, o ensino era de muito boa qualidade.

    Quanto ao aspecto quantitativo da inclusão universitária feita pelo l u l lá é outro aspecto que se pode discutir, começando por tratar o aspecto qualitativo, bem assim quem foi o verdadeiro grande beneficiado pelo processo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s