A arte da bajulação ignóbil

Rodrigo Maia, novo presidente da Câmara dos Deputados, num assomo de bajulação, lançou o nome de Michel Temer para reeleição (?) em 2018. Esqueceu apenas que o interino é ficha-suja e está impedido de se candidatar.

Te dizer…

Um comentário em “A arte da bajulação ignóbil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s