Caso Gilmar & Aécio simboliza a nova era

gilmar-aecio-Omar-Freire-Imprensa-MG-DIVULGACAO-620-600x339

POR PAULO NOGUEIRA, no DCM

Não foi necessário mais de um dia para que se confirmasse o óbvio.

Todo o alarido da plutocracia não era contra a corrupção. Era contra o PT. Contra a esquerda.

Primeiro veio a informação em que seu ministério, um verdadeiro mausoléu dos horrores, Temer incluiu sete investigados na Lava Jato.

Deu-lhes, assim, foro privilegiado.

Num dos últimos capítulos da campanha sem tréguas contra Dilma, a nomeação de Lula foi tratada pela mídia plutocrática como um escândalo. O STF contribuiu para tornar ainda pior a situação de Dilma ao suspender a indicação de Lula.

E agora?

Nada, nada, nada. E ainda nada.

É o Brasil destes tempos: a lei, as regras, os rigores, as cobranças não são para todos. A direita pode tudo.

Tão simbólica disso quanto os setes anões morais do ministério foi a atitude de Gilmar Mendes diante do pedido de novas investigações sobre o envolvimento de Aécio no caso Furnas.

Gilmar Mendes, há muito conhecido como líder do PSDB no STF, rechaçou o pedido, nascido da delação de Delcídio.

O DCM fez uma investigação especial sobre Furnas. Aécio é personagem central no esquema de assalto ao dinheiro público através desta estatal.

Veja aqui o vídeo do DCM.

Nunca ninguém – a começar por Aécio – foi punido por causa do que foi dito acima: a direita pode tudo. A imprensa fechou os olhos, em sua cumplicidade crônica. E a Justiça não se mexeu.

Furnas merece um parêntese. Em sua delação, Delcídio afirmou que foi ali que Eduardo Cunha começou a se vingar de Dilma. Dilma, segundo ele, acabou com a farra dos corruptos em Furnas. Um pau mandado de Cunha foi afastado por ela para moralizar a empresa. E então Cunha iniciou o que culminaria na aceitação do infame pedido de impeachment: a retaliação.

Esta é República dos Plutocratas, inaugurada na quinta por Michel Temer. O usurpador disse que já é hora de a imprensa parar de falar em crise. Na mesma linha, Moro pediu calma à sociedade. Tolerância diante da corrupção.

Pausa para gargalhar.

Como se Temer e Moro tivessem que pedir este tipo de coisa. A mídia plutocrática vai transformar prontamente o inferno artificial que era o Brasil sob o PT num paraíso ainda mais fajuto que será o Brasil sob o amigo Temer.

A corrupção vai sumir do noticiário. A Lava Jato nunca mais merecerá as coberturas estrepitosas da era Dilma e PT. E os midiotas, ou analfabetos políticos, não se sentirão empurrados a ir para as ruas gritar contra a corrupção e nem a bater panelas caras.

Bem-vindos à República dos Plutocratas.

8 comentários em “Caso Gilmar & Aécio simboliza a nova era

  1. Engraçado é que hoje não tem ninguém destilando ódio na mídia golpista sobre o assunto, quanto mais os coxinhas batendo panela nos prédios e nas ruas. É o fim das instituições no país.

    Curtir

  2. Quero ver o STF usar o mesmo critério que usou contra o Lula para os atuais ministros Geddel e Henrique Alves ambos investigados na Lava Jato, pois não tinham foro privilegiado. Tamo F@#### heheheheh o que esperar de uma justiça desse naipe…..

    Curtir

  3. Nojo, asco, vontade de vomitar sobre tudo o que está acontecendo.
    O que posso falar é que o Brasil voltou às mãos dos seus donos. A nós, pobres plebeus, a escravidão e as sobras, se existirem sobras!
    O País cai na idade das trevas mais uma vez.
    É Globo, você mostrou realmente quem manda no Brasil!

    Curtir

  4. Gilmar é o retrato de tudo isso. Guindado ao STF, mesmo sob desconfiança de juristas porque era homem de esquemas tenebrosos Tem um instituto com fins lucrativos que contrata com o poder público; concedeu as mais abjetas licenças à impunidade que o país conheceu- Roger Abdelmassih, estuprador de mais de uma centena de mulheres; Daniel Dantas, o mago da privataria que roubou e entesourou em paraísos fiscais bilhões oriundos daquela ladroagem; e Salvatore Cacciolla, este beneficiado pela boataria do mercado financeiro, resultando em prejuízo igualmente bilionário para os cofres públicos.
    Hoje Gilmar dá lições de moral, embora seja um dos mais imorais togados do país e olha que a concorrência é grande. Enfim, se o povo não enxotar essa corja, daqui a 180 dias teremos a Nova República II. Em vez de Sarney, Temer à frente, mas sempre o PMDB legítimo herdeiro do golpismo que lhe deu origem em 1964.

    Curtir

  5. Exatamente, amigo Miguel.

    A luta nunca foi contra a corrupção, mas sim pela retomada do poder e contra o PT pura e simplesmente. E o pior é que muitas pessoas embarcaram nessa onda.

    O mais engraçado de tudo é que não vejo quase ninguém contestar políticos investigados de outros partidos, que são tão corruptos quanto alguns PeTistas, ou até mesmo repudiar a presença de Temer na presidência, que articulou o golpe político, com apoio maciço da direita e da grande mídia.

    Curtir

  6. O que não podemos é esperar pelos mesmos 20 anos até a redemocratização, já que, claro está, pretendem instaurar uma nova ditadura. É preciso não só um debate profícuo sobre o Brasil que queremos, é preciso lutar por ele. Não digo que Lula e Dilma acertaram sempre, como não digo que sejam o melhor para 2018. Mas podemos dizer que são honestos. Tardiamente, parece que mesmo José Dirceu terá sua redenção. A teoria do domínio do fato, de aplicabilidade exclusiva ao PT, deve cair logo em desgraça como peça de mordaça, de silenciamento das lideranças de esquerda. É uma conspirata de há muito tempo, que ninguém percebeu porque sobeja o discurso de democracia isso, democracia aquilo, dando a impressão de que tudo está ok, em conformidade com a Lei. Mas não está. A normalidade institucional não passa de mera retórica, de discurso de distração, é parte da estética do golpe. O Brasil será entregue, não conseguimos impedi-los de fazer isso, mas podemos recuperá-lo para nossas mãos. É a luta que devemos travar, superar o medo de enfrentar o poder e desafiá-lo. É indo à luta com disposição que conseguiremos reverter o malfeito. Caso contrário, é uma derrota definitiva.

    Curtir

  7. Como num passe de mágica, a corrupção sumiu do Brasil, agora somos um país de políticos honestos. Graças aos nossos “heróis” ….agora o Cunha pode dizer…Deus tenha misericórdia desse país!!!

    Curtir

  8. Uma sensação de vergonha e impotência. Montaram um esquema e ficamos vendo tudo acontecer sem poder fazer nada. Confesso que o pouco de esperança que tinha no futuro deste país se esvaiu na data de 12/05/16.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s