7 comentários em “A arte de Atorres

  1. Eu sou a favor da redução penal. Simplesmente por que o jovem de hoje não é jovem de ontem. Não se trata de uma análise de vai diminuir ou não a violência. Trata-se de uma leitura fundada na mudança de comportamento cultural dos humanos de hoje.

    Curtir

  2. Pois eu sou plenamente a favor e acho que já devia ter vindo há muito tempo. Sei que a medida não vai resolver o problema da violència e muito menos da saúde, da economia, da educação, ou todos os problemas crônicos que passa o país porque não tem mais quem resolva. Essa é a verdade. Além disso, a a crise de violência é mundial onde hoje as pessoas se matam ou matam outras pessoas brincando igual como fazem naqueles jogos de internet. Vide exemplo do piloto suicida que acabou coma vida de 154 inocentes, jogando o avião propositalmente contra as pedras. Acho que se pode tirar proveito de uma lei como essa como o caso de talvez alertar para a gravidade da coisa, porque hoje de cada 10 crimes hediondos cometidos a cada hora no país, em cerca de 6, tem menores de 18 anos envolvidos Em que pese a gravidade da coisa e dos crimes cometidos, tudo banalizou e cada vez mais esses “menores” estão agindo com crueldade. E K para nós, muito agem porque tem consciência plena que não “pega” nada com eles como dizem. O amigo Carlos Lira, colocou bem quando disse que a mentalidade do jóvem de hoje é infinitamente superior ao de ontem, no tempo que foram aprovados essas leis de proteção `menores. Hoje, o menor pode matar 10 inocentes que ainda assim a imprensa não pode pode sequer divulgar o nemo dele completo sob pena de processo na justiça. É assim que tem de continuar??? Claro que não. algo precisa ser feito urgente, principalmente numa era em que no Brasil, a epidemia de exigência de direitos toma conta da sociedade em geral. Hoje qualquer pessoa estulfa o peito para exigir direitos. Mas quando chega no quesito deveres e obrigações que todos também tem, ninguém quer assumir: AS PESSOAS SO ter QUEREM DIREITOS: O cara totalmente alcoolizado dirige um carro, atropela e mata inocentes e na hora de fazer o bafômetro, faz pose, peita as autoridades e se nega a fazer dizendo que é seu direito. Um juiz estaciona em local proibido e quando é multado, manda prender o guarda de trânsito porque se diz autoridade suprema e tem o ditreito se ser espeitado. Já o menor pratica um latrocinio contra inocentes, e na delegacia aponta o dedo na cara das autoridades policiais dizendo que é menor tem direito de ninguem tocar nele. PÔOO, e onde ficam os deveres obrigações deles na sociedade, e o direito dos outros????? vejam que a coisa é muito séria mesmo. Eu já até brinquei com conhecidos e dei a “ideia” do MEC extinguir o Curso de Direito e criar um mais completo e útil para a sociedade que seria o Curso Superior de DIREITO DEVERES E OBRIGAÇÕES, para ver se melhoraria a consciência na cabeça de muita gente e a nossa sociedade. Pois eu tive essa ideía, depois que fui chamar atenção de minha filhinha de apenas 5 anos de idade que me faltou com respeito porque não deixei ela consumir uns bombons que ganhou na escola, e ameaçei de da-lhe umas palmadinhasporque estva demais, onde de forma inusitada falou bem alto que se eu batesse nela poderia ser preso. porque adulto que bate en criança é preso rsrsrsrsrsrsrsrrsrsr Como sou pai, tive de ressalvar que ela tinha esse direito, mas também tinha o dever de me respeitar como pai e respeitar todas as pessoas indistintamente. Ora se uma criança dessa ja sabe o que é direito, imagina um molecão de 18 anos?? deixem a nova lei a lei da maioridade penal vingar.

    Curtir

  3. nada haver essa charge, a maioridade penal é para 16 anos e não para quando nasce, o moleque mede 2 metros de altura, já é pai, volta, bebe, faz farra, se droga, aí quando faz um crime não pode responder porque simplesmente só tem 17 anos, 11 meses e 29 dias, ohhhh coitadinho do bebe de colo como diz o saudoso Joaquim Campos, criança é minha filha que tem 7 anos, Atorres já foi melhor!

    Curtir

  4. Isso é um assunto complicado, e infelizmente no nosso país, que é reconhecidamente um país corrupto, muitas coisas importantes estão sendo decididas rivalidades partidárias, ou seja, se o PT quer, o PSDB não quer ou vice versa, e isso é muito perigoso.

    Penso que os problemas do Brasil não estão na idade do individuo e sim na aplicação de nossas leis.

    Ora, um homem mata uma pessoa e quando de dentro da cadeia não manda matar quem lhe denunciou, se torna um anjo, ganha liberdade no natal e executa do mesmo jeito.

    Se matou, e foi condenado a 32 anos de prisão, que fique lá até o final.

    Mas como sabemos que não tem cadeia pra todo mundo, aí se inventa um monte de chances para que logo o criminoso seja posto em liberdade.

    Sendo assim, não estamos preparados pra diminuir a idade penal, infelizmente este é o pensamento, onde vamos ter cadeias pra tanta gente, pois não tenho duvidas que vai aumentar e muito.

    Aí entra a questão da corrupção, enquanto não nos livrarmos dessa praga, não vamos ter educação que preste, saúde que preste, transporte que preste, nada que preste, inclusive cadeia.

    Em resumo, sou contra a redução, pois se isso passar, sem uma solução do nosso governo, a violência só vai aumentar.

    Enquanto isso, muitos menores podem até tá roubando e “se dando Bem”, mas na maioria dos casos, muitos tem morrido sem saber como é bom ter uma mulher em casa pra fazer amor e filhos pra abraça-los.

    Pois antes dos 18, estão indo pra terra do pé junto capital mão no peito.

    Curtir

  5. O problema não é a idade, o problema é a impunidade. Se fosse só uma questão de idade baixassem pra 14 que nessa idade já se tem plena consciência dos seus atos.
    O que vai acontecer é que o crime irá captar os menores de 16 anos agora e tudo vai continuar na mesma. O sujeito comete um crime e não sofre sanção alguma, não importa se tem 15, 16 ou 18 etc.
    Estão querendo mais uma vez tapar o sol com a peneira, ficaria muito mais feliz com a aprovação de mais investimentos na educação e esporte pra dar mais oportunidades aos nossos jovens. Preferem construir 2 presídios que uma escola, infelizmente esse é o pensamento da maioria da população.

    Curtir

  6. Assunto sério, de difícil resolução. Concordo com a opinião de todos os amigos acima, e como postei acima, sei que a medida não resolverá o problema, mas enquanto medida pode alertar para a gravidade do problema já que ninguém faz absolumente nada. Algo de providência urgente precisa ser feito e não interessa qual seja porque a situação insustentável onde muitas pessoas inocentes estão sendo mortas por ditos menores de idade. Acho muito cruel para uma mãe que tinha um filho de bem, cujo mesmo foi assassinado por menor deliquente, onde essa mãe traumatizada para o resto da vida, so pode diminuir a saudade do filho frequentando algum cemitério da cidade, enquanto o criminoso “menor” está andando por aí como se nada tivesse feito de mal. E pior ainda , aprontando novamente protegido por essas leis de proteção a menores. Agora há pouco passou na TV que um comississário de bordo funcionário de grande empresa de aviação do país foi assassinado a sangue frio em assalto nas primeiras horas da tarde quase em frente ao hotel internacional onde estava hospedado. Pode até ser precipitado falar algo, mais pelo crueldade do crime não duvido que tenho sido praticado por um “menor” a mando de um adulto que estava esperando num carro para dar a fulga. Crime em pleno centro de Belém, a tardinha mas os criminsosos fugiram na maior tranquilidade sem ser importunados por ninguém, muito menos polícia. Isso é muito triste, é cruel, é revoltante para mim que nem conhecia a vítima. Imaginem a revolta dos familiares dessa pessoa, imaginem a dor, e imginem a revolta maior ainda dos familiares se quando a polícia denvendar o caso, descobrirem que um menor atirou na vítima, onde apenas deverá se apresentar ao delegado responsável pelo caso e imediatamente posto em liberdade igual aquele outro crime cometido por um menor semana passada. Pelo amor de Deus, isso não pode contiuar assim.

    Curtir

  7. O crime bárbaro que me refiro na semana passada foi o assinato brutal e por motívo fútil do professor de uma escola pública em Belém cometido por aquele menor que após sair do flagrante foi apresentado ao delegado do caso palo pai e imediatemnte beneficiado pelas leis de proteção, foi mandado para casa como se não tivesse assassinadao ninguém. Honestamente, pergunto aos amigos que são são contra a redução da maioridade penal: Vocês acham isso correto??????????????????????????

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s