Morre baterista que inspirou canção do Paralamas

vital-morte-506x250

POR JAMARI FRANÇA

O ex-baterista Vital Dias morreu hoje de câncer aos 53 anos, dois dias antes de seu aniversário, dia cinco de março. Apesar de ser chamado de o primeiro baterista dos Paralamas do Sucesso, ele nunca fez um show profissional com a banda. Ele participava dos ensaios esporádicos que aconteciam na casa de dona Ondina, avó de Bi Ribeiro. Ele conheceu Herbert Vianna e Bi no Curso Bahiense, de pré-vestibular, em 1978. Na entrevista que fiz com ele para a biografia Paralamas do Sucesso – Vamo Batê Lata ele me contou como foi:
“Eu me inscrevi no Curso Bahiense onde conheci eles, que já estavam desde o começo do ano. Entrei mais ou menos em abril/maio, era da mesma turma e aí, quando cheguei, já fui pra turma de trás, o Herbert assim tocando zona e o Bi acompanhando.”
Vital soube que eles tocavam, precisavam de um baterista, mas ele não tinha grana até que acabou comprando uma sarapa, de segunda mão, levada para a casa da Dona Ondina.Fala Vital:”a gente se encontrava assim uma vez ou outra, tipo quatro vezes num ano. O Herbert encontrava com o Bi porque a casa dos pais do Herbert era do lado da Vovó Ondina.”
Vital me contou que os encontros esporádicos fizeram com que fosse se desinteressando da banda, mais preocupado em arrumar trabalho e estudar, chegou até a vender a bateria. Quando Herbert e Bi arranjaram para tocar no intervalo de um festival na Rural, foram procurá-lo na Cefet e não acharam, daí quem tocou foi o baterista de uma banda local dedicada a covers dos Beatles, João Barone.
Daí em ensaios ficaram dividindo: “A gente tocava junto, chegava lá e ‘toca aí, agora você’. Então não é eu larguei uma coisa que poderia ter sido legal, porque não toquei profissionalmente em nenhum show. Nesse lance da Rural que eu não toquei e o Barone estava lá, a magia da coisa rolou”. O desinteresse de Vital foi aumentando, ele foi se afastando dos ensaios e Barone ficou como baterista definitivo.
Vital me contou que ouviu Vital e Sua Moto pela primeira vez quando o Herbert lhe mostrou pelo telefone. Ele disse que a letra tem algumas imprecisões: “Eu juntei uma grana e meu pai ajudou para eu comprar uma Honda 125, não tem aquilo do pai negar em comprar a moto. E esse negócio de dizer que minha prima estava na capital e é por isso que eu também vou, a prima era do Herbert, ele namorava ela e eu nem cheguei a conhecer”.

10997460_839668116087611_4056048480805207891_o

A canção “Vital e sua Moto” foi o primeiro sucesso dos Paralamas. A canção abre o disco “Cinema Mudo”, disco de estreia da banda, em 1983:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s