Leão é o novo campeão paraense de basquete

Com o ginásio Serra Freire lotado, o Clube do Remo conquistou na noite desta segunda-feira o título estadual de basquete adulto. A equipe azulina foi derrotada por 74 a 71, mas jogava com a vantagem de 12 pontos e controlou a partida para alcançar seu objetivo. Com o resultado, o Leão ganhou o segundo turno do campeonato e, como já havia sido o vencedor do primeiro, sagrou-se campeão. É a primeira conquista da gestão Pedro Minowa, embora tenha sido iniciada ainda sob a presidência de Zeca Pirão. A torcida remista fez grande festa no ginásio, carregando os atletas e saudando o retorno triunfal do Leão ao basquete.

4 comentários em “Leão é o novo campeão paraense de basquete

  1. Gerson, vou dormir eufórico. Como dirigente do basquetebol do Clube do Remo, na década de 60, conquistamos um hepta campeonato, inédito até hoje. As decisões lotavam os Ginásios, e grandes nomes do Remo e PSC, eram aclamados pelas respectivas torcidas. No Remo,só com jogadores locais, destacavam-se, Edyr Goes, José Guilherme Maia, Haroldo Maués, Sérgio Cabeça, e tantos outros que tinham orgulho de honrar a bandeira azulina. Com a volta do Remo às disputas, e a recuperação do Serra Freire, espero que o Pará, venha a recuperar o prestígio nacional, que sempre tivemos.

    Curtir

  2. Aproveito para desejar ao Pedro Minowa, ao Henrique Custódio, e a toda coletividade azulina, êxito total no mandato que se inicia. Um belo gesto, marcou para mim, o desfecho da eleição: o abraço emocionado do Marco Antônio[ Magnata] no Minowa, representando tudo que desejamos: a paz interna, e a união de todos os remistas, para superarmos a crise que afoga o Remo. Registro especial para a entrevista do Dr. Alberto Maia, Pres. do PSC, desejando êxito ao Minowa, gesto que fortalece o esporte paraense. Afinal, somos adversários, e nunca, inimigos.

    Curtir

  3. Pois é Dr Ronaldo Passarinho, somos adversários no bendito esporte futebol. Jamais inimigos. Que bom seria se todo mundo entendesse assim. Certamente o futebol que já é o esporte mais popular do mundo, seria muito rico rico e popular. Infelizmente algumas pessoas levam muito para o lado da pessoalidade, criando richas, confusões e até mortes sem necessidade. O pior de tudo é quando essas intrigas desnecessárias partem ou são incitadas por gente que deveria dar o exemplo como os cartolas dos clubes e algumas pessoas da mídia, os quais às vezes jogam lenha na fogueira. Nesse aspécto Dr Ronaldo, a diretoria do seu clube que perderam a reeleição em 2014 pecou muito nesse aspecto, com os diretores faltando com respeito à Instituição Paysandu como nunca se viu, o Presidente (Pirão) também acusando levianamente dirigentes bicolores e comissão técnica colocando a vida de terceiros em perigo. Talvez por isso como castigo de Deus perderam a eleição para quem nunca ganhava. Sempre afirmo que dirigente tem de ser dirigente e profissional somente, trabalhar no clube para o clube, comemorar todas as conquistas, e respeitar qualquer adversário. porque sarro, barato, chacota é para torcedor, e mesmo assim com moderação porque até torcedor se se exceder pega muito mal, imagine dirigentes fazer o papel de torcedor??? não cabe. Então parabenizo também o Maia pela atitude tomada, pois só sei agora disso após vc informar e espero que a nova diretoria azulina não incorra nos mesmos erros do Pirão, não só nos fracassos mas também no desrespeito aos adversários.
    um forte abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s