14 comentários em “Capa do Bola, edição de terça-feira, 28

  1. Aos amigos do Blog…

    Acertei um bate papo com uma pessoa ligada ao futebol Paraense…Pediu pra eu enviar as perguntas, fiz isso, havia 1 semana, e até agora não respondeu… Falei que seria pra postar na 5ª feira passada no blog…Pensem…. Alguns amigos estão tentando ajudar para que chegue até hoje… Caso contrário, penso que não dará mais certo.. Infelizmente.

    Curtir

  2. O problema Manoel é que o elenco está recheado de volantes mais ou menos, então Recife fez menos falta; mas atacantes razoáveis, como o Ruan, não tem. E focado o Mogi também está. Lembre-se que chove nos dois lados do campo.

    Curtir

  3. Ao lado de A. Recife, Ruan foi uma das melhores contratações este ano, intermediada por Mazola e Vandick.

    Infelizmente teve comprometimento físico ao longo do campeonato, mas recuperou-se há tempo de ajudar na reta final.

    Penso que vai ser difícil mante-lo, mas a série B (ainda tem a sulamericana caso vença no tapetão) pode ser um bom atrativo para ele. Principalmente se Mazola ficar como treinador, ja que a chances de titularidade aumentam bastante.

    Curtir

  4. O Ruan desde o início foi muito útil ao time. A base deve ser mantida. Justamente para que não haja a descaracterização no plantel. E até pelo fato de os jogadores já se conhecerem. E essa torcida do Papão.
    Dizer o quê?

    FANTÁSTICA!

    Curtir

  5. Para formar um bom plantel pra 2ª divisão, penso que a base deve ser mantida no que for possível (principalmente Lombardi, Charles – difícil, A.Recife, Bruno e Ruan) e contratar mais uns oito jogadores (um goleiro, dois laterais, dois zagueiros, dois meias e um atacante). Ah, manter também, principalmente, o Mazola. Pronto, dificilmente a gente cai.

    Curtir

  6. Paixão? Nem tanto mestre!!!!!!!!!!!!!!! a hora que ele não corresponder, a torcida vai cobrar, ele não vai aceitar e reclamará. Se der a volta por cima e se recuperar, tudo novamente se normalizará, e a torcida novamente o idolatrará. Mas se piorar nos causar desgosto, cada um irá para lado oposto. Assim é atleta de futebol, assim é torcedor( vide Lima, ELPR . Sandro Goiano, o próprio gameleira que hoje é auxiliar, e muitos outros que achávamos que amavam o Papão, mas depois pisaram na bola) Mas é inegável que a torcida do Papão jamais o esquecerá, seja onde estiver, pois ele já entra para história das grandes conquistas do Papão, justo num momento vital que é o ano do centenário. Assim também ele jamais esquecerá o bicolor , como disse porque não tem como esquecer, pois ele foi decisivo na conquista, além de ter sido a sua primeira grande glória, quem sabe de muitas outras da longa carreira que tem pela frente. Mas para falar em paixão pelo Papão em que a gente possa acreditar, tipo as de atletas consagrados como Quarentinha, Wandick, Ze da Fiel, Chico Spina( recusou várias vezes convite para jogar no remo por um grande salário), e muitos outros que não lembro, ainda falta provar e realizar muita coisa. Mas o principal de tudo é que o pontapé inicial para isso ele já deu e foi certeiro, pois caiu no gosto do torcedor do Paysandu e até de outros clubes, essa que é a verdade. O resto da verdade só o tempo poderá dizer.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s