Na briga pela liderança

unnamed (15)

Por Gerson Nogueira

O técnico Mazola Junior, em entrevista ao Cartaz Esportivo da Rádio Clube, ontem à noite, definiu bem o time do Fortaleza, adversário do Paissandu pela Série C, hoje à noite, no estádio Jornalista Edgar Proença. Disse que é um forte concorrente ao acesso, com um ataque forte e que é seguramente o mais difícil oponente a ser batido nesta fase inicial do campeonato.
Acrescento que o Fortaleza se reforçou bastante para a Série C e ostenta o maior orçamento da competição, com folha salarial acima de R$ 600 mil (superando o próprio Papão, cujo elenco custa mensalmente pouco mais de R$ 500 mil).
Trata-se, na verdade, de uma oportunidade preciosa para o Paissandu fechar essa fase pré-Copa liderando seu grupo. Com três pontos a menos que o Fortaleza na classificação, o Papão ultrapassará o tricolor cearense se obtiver uma vitória simples.
Para buscar um triunfo, finalmente diante de seu torcedor, o Papão passou as últimas 48 horas se refazendo do desgaste da batalha pela final do returno do Parazão. Mazola tem a chance de utilizar jogadores que não pode lançar no certame estadual, casos de Reiniê, Ruan e Rafael Tavares.
Na escalação definida ontem, depois do último coletivo, surpreende o aproveitamento de Pikachu como lateral-direito e o aproveitamento de Reiniê como primeiro volante. É possível que, ao longo da partida, Mazola opte pelo esquema de três zagueiros, utilizando Pikachu e Aírton como alas. Quanto ao primeiro, nenhum problema. Já Aírton não mostrou até hoje as características ofensivas que se espera de um ala.
Com isso, Mazola reproduz a formação usada contra o Botafogo-PB, com resultado final abaixo do esperado, embora com forte rendimento ofensivo. Contra o Fortaleza, previsivelmente mais ofensivo que o alvinegro paraibano, a tendência é de um jogo bem mais favorável ao Papão, que adota um sistema de marcação forte e utilização de contra-ataques.

———————————————————–

Má campanha derruba Dario

A saída de cena de João Galvão para que Dario Pereyra assumisse o comando técnico do Águia, em março, teve um desfecho mais breve do que o imaginado. Sem tempo para preparar o time, o uruguaio estreou direto na Série C e terminou vitimado pela má campanha. Deixa o Azulão marabaense na vice-lanterna do grupo A com apenas 4 pontos ganhos.
Não é uma situação desesperadora, mas que inspira preocupações. Afinal, a fase posterior à Copa deve apresentar times mais entrosados e reforçados. A diretoria do clube substituiu Dario temporariamente por João Galvão, seu emblemático comandante, recordista em longevidade no comando de um time no Brasil.
A ideia é anunciar um novo técnico na próxima semana. Galvão deverá dirigir a equipe apenas no jogo desta noite contra o Crac (GO), em Catalão. Segundo os dirigentes, Dario caiu em função de ter declarado à Rádio Clube depois da derrota frente ao ASA que os reservas, caso fossem usados na partida, poderiam até piorar o desempenho do time.
O comentário repercutiu mal entre os jogadores, tornando difícil a permanência do uruguaio no comando. Por mais azeda que tenha sido a fala de Dario, a verdade é que a diretoria já pretendia mesmo afastá-lo. Seu trabalho não era bem avaliado em Marabá.

———————————————————–

Por onde andará Beth Cheirosinha?

Em 2012, o Remo perdeu o título estadual nos cinco minutos finais do jogo com o Cametá. O trauma dessa derrota levou a um banho de descarrego meses depois pelas mãos de dona Beth Cheirosinha, famosa erveira do Ver-o-Peso. Desde então, ela passou a ser figura obrigatória em todas as disputas que envolvia o time, com defumações e essências especialmente preparadas para afastar olho gordo e urucubaca.
Curiosamente, Cheirosinha andou sumida nos últimos meses. Coincidência ou não, o time voltou a fraquejar em final de jogo, desperdiçando a chance de conquistar o campeonato por antecipação na última quarta-feira.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste sábado, 31)

21 comentários em “Na briga pela liderança

  1. Tá aí a solução do remorto. Chama logo a D. Cheirosinha pra tentar, eu falei tentar, tirar o título do Papão. kkkkkkkkkkkkkkkk…..

    PAPÃO 2 X 1 FORTALEZA, tá de bom tamanho.

    Curtir

  2. Vai ser um jogo difícil.

    Porém esperamos que o papão com o apoio da única torcida Fiel do Pará, faça valer o fator mando de campo e vença, nem que seja só de 1×0.

    Vamos pra cima papão!

    **************************************

    O Aguia hoje sofre as consequências de não ter disputado o parazão, muitos falam que ele não é parâmetro pra nada, no que eu discordo, mas ele ajuda formar a base, pelo menos, de um time para uma competição nacional.

    Acharam que podiam contratar um treinador top de linha e um monte de reforços que tudo ia dá certo.

    Quebraram a cara, pois o Aguia não tem estrutura e nem torcida. Seria presivel que com a falta de bons resultados viria a crise interna, principalmente a galinhagem de jogadores com seus pro blemas de desunião.

    João Galvão dificilmente vai ajeitar isso, logo logo o que veremos é o inicio da debandada e ficando só os de casa.

    Isso nós sabemos de có.

    *********************************************************************************

    A dona cheirosinha pode ser remista, mas não é besta, depois que apareceu no Faustão, acham mesmo que ela vai querer associar a imagem dela a de um TIME FRACASSADO?

    Deu um nó de macumba no cachorro de peruca kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  3. Infelizmente, as ervas da Beth Cheirosinha não protegem o Remo dos técnicos retranqueiro e covardes que aparecem em profusão no Baenão.

    Curtir

  4. Quanto ao Águia, já falei algumas vezes que o Galvão, parece ser competente pra indicar jogadores… Águia apresenta quase todo anos, bons jogadores e desconhecidos… Agora pra indicar BOM técnico, ele já mostrou que é ruim… Charles Guerreiro, Fran Costa, Daryo Pereira…. Fica parecendo que é de propósito, pra depois os torcedores sentirem a falta dele… Só pode…

    Roberval Davino, está livre… Ou será que vão de Lucena, Lecheva/Vero… Te contar

    Curtir

  5. Acho que o Cacaio seria um bom nome para o Águia, pois é barato e conhece bem o futebol paraense, embora seja inexperiente em competições nacionais.

    Curtir

  6. Piada pronta !
    -Menino do remo, por que você ta chorando?
    -O meu pai me bateu.
    -E por que ele fez isso?
    -Ele é remista e toda vez que o Paysandu é campeão ele me bate.
    -Nossa que maldade. E o que ele faz quando o remo ganha um título?
    -Não sei. Só tenho 6 anos..
    Kkkkkk..

    Curtir

  7. A Elza está muito put.. da vida com a arbitragem do último re x pa, kkkk, eles pensavam que a partida havia sido suspensa, e o árbitro a deu por encerrada pois os acréscimos já haviam sido cumpridos!
    E mesmo assim, as diretoras azuletes querem entrar no tapetão.
    Vou estender um tapetão vermelho para o Pirão e sua trupe passar, kkkkkk.

    Curtir

  8. Com relação ao Águia é importante lembrar que quem montou o time foi o João Galvão e o Dario Pereira chegou depois dos jogadores contratados, portanto ainda estava conhecendo o elenco. A oportunidade foi boa para o técnico, pois estava fora do mercado e como jogos contra o Fortaleza foram televisionados, apareceu na vitrine do futebol. Na minha opinião foi mais uma “arte” do João Galvão, sendo que o técnico foi demitido na véspera do jogo contra o CRAC que não é lá grande coisa; o Águia deve empatar o jogo de hoje e Galvão se eternizar como técnico do time…..anotem!!

    Curtir

  9. Atenção, vendo a coluna sobre essa Beth Cheirosinha e a outra sobre o Ronaldo Fenômeno, fiz uma relação entre o nome do ex-jogador da seleção e o misticismo da Beth e cheguei ha uma interessantíssima conclusão sobre bastidores do futebol: Costuma-se afirmar que torcida, dirigente de clube, mandinga não ganham jogo porque não entram em campo. Pois bem, acreditamos que isso é verdade. Mas, enquanto torcedor do Paysandu, tem uma coisa que muito me intriga no futebol de Belém há muitos e queria saber porque isso acontece. A coisa a que me refiro pode ser banal, mas tem muito haver pelos exemplos que vou citar: Quando não vou ao estádio assistir jogos do Papão, fico coladinho e ligado na transmissão da Radio Clube e outro dia comentei no blog que não gosto da narração de alguns locutores como Walmir Rodrigues, Gel Araújo, jones Tavares e o próprio Guerreirão porque apesar de serem excelentes narradores, eu acho que trazem uma certa energia negativa para o Paysandu, o qual por mais incrível que possa parecer, sempre perde ou empata com sabor de derrota quando esses senhores narram. No inverso disso, tem alguns narradores na clube como Claudio Guimarães, e Ronaldo Porto que quando narram jogos do Paysandu, eu fico feliz porque já há prenúncio que o Papão poderá ser dar bem no jogo. E para quem acha que isso é balela e crendices ou mera coincidências peguem então o histórico do resultados de alguns jogos do Papão dentro e fora de casa, narrados por esses senhores comparem e tirem suas conclusões. Algumas eu posso até lembrar aqui onde o Ronaldo Porto foi o narrador, de um jogão histórico do Paysandu pela serie A de 1982, quando o Paysandu perdia por 2 x0 e faltando 4 minutos para acabar, virou para 3×2 na Fonte Nova em cima do fortíssimo time do Bahia comandado pelo Leo Oliveira. Lembro até hoje a emoção da narração do Ronaldo no terceiro gol de falta bicolor. Ronaldo narrou a vitoria bicolor na Labombonera, o jogo REXPA que o cachorro entrou em campo e agora desse histórico e emocionante 3×3 que deu o título quando remistas ja comemoravam o título, além de muitos outros que o bicolor se deu bem. Do outro lado da rua é dificil o remoleza perder quando guerreirão narra e não consigo lembrar uma derrota desse time azulino quando Jones Tavares narrou o jogo. Será que isso tudo são meras coincidências??????? eu não tenho certeza e vcs????? vamos tirar um pouco dessa dúvida hoje com Walmireco narrando o jogo Paysandu x Fortaleza

    Curtir

  10. Esses papinhas adoram invadir o campo, primeiro foi uma cadela, agora foi um bode e uma gazela…kkkkkk égua Edson, vai limpar a tua avó kkkkkkkk

    Curtir

  11. PQP não é que eu tinha certa razão???? COm valmir rodrigues narrando, o Paysandu vai se ferrando. ègua da coincidência negativa. Como se explicar um negocio deste que ninguem acredita?? Será que o Wandick vai ter de contratar o narrador ronaldo porto que dá sorte??????eu hein?? kakakakakaka

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s