Marin ouve pedidos, mas não se compromete

1013459_600564663357478_1434374119_n

Em visita de cortesia a Belém nesta terça-feira, o presidente da CBF, José Maria Marin, cumprimentou a cartolagem e foi recebido pelo secretário especial do governo, Alex Fiúza de Melo. Confirmou o pedido do presidente da FPF, coronel Antonio Carlos Nunes, para que seja programado um jogo da Seleção Brasileira para Belém antes da Copa do Mundo, mas não confirmou nada. Visitou o estádio Jornalista Edgard Proença, almoçou no Mangal das Garças, passou pela FPF e depois viajou para o Rio. Quando esteve no Mangueirão, o presidente da CBF deu uma declaração contraditória. Exaltou a criação da Copa Verde, mas não garantiu vaga na Copa Sul-Americana 2015 ao campeão. “Nós estamos trabalhando para isso, porque vai valorizar ainda mais a Copa Verde. Mas é preciso ter cuidado para que qualquer projeto seja bom efetivamente. Não se permite mais, no Brasil, fazer laboratório, sobretudo em ano de Copa do Mundo”, disse.

Marin ainda afirmou que lamentava a ausência de Belém como sede da Copa. “Quem vê a pujança do estado, os espetáculos memoráveis que esse estádio já ofereceu, sabe que Belém poderia ser sede”, comentou. Depois, fez um mimo ao coronel Nunes, entregando-lhe um distintivo de ouro. Confirmou, ainda que a CBF vai lutar para manter a Série A com 20 clubes em 2014, apesar dos problemas envolvendo a Portuguesa e a entidade.

1017363_600462033367741_2010238703_n

O presidente do Remo, Zeca Pirão, cumprimentou Marin e entregou a camisa comemorativa do Remo na cor amarela, em homenagem à Copa de 1994. Aproveitou para pedir a criação de uma competição em Belém, antes da Copa do Mundo, reunindo a dupla Re-Pa e seis dos melhores times brasileiros. “Eu disse para ele que aqui no Pará não tivemos a felicidade de sermos contemplados com a Copa. Então, nós gostaríamos que ele, na condição de presidente da CBF, criasse um torneio com os seis melhores clubes do Brasil, mais Remo e Paissandu, no período de um mês, de 15 de maio a 14 de junho”, disse. Marin ouviu, mas não deu maiores esperanças. Pirão teria encaminhado também um pedido de empréstimo (de R$ 1 milhão) à CBF, mas não confirmou a informação. (Com informações do DIÁRIO) 

14 comentários em “Marin ouve pedidos, mas não se compromete

  1. Os mendigos sem serie continuam os mesmos, o Pirãozinho entregou um pano de chão com as cores amarela ao presidente da CBF conserteza ja premeditando uma mendigagem a vaga na serie D e pra completar ainda mendigou um milhão de reais kkkkkkkkkkk egua tu e doido.

    Curtir

  2. Sr. Gerson e comentaristas, o Luís Antônio tem razão, essa submissão e mendicância dá nojo. Todos ansiosos por uma “migalhazinha”. É por essa e outras, que o futebol parauara, tecnica e financeiramente, a cada ano, definha. E nessa condição em que se encontram os clubes, entra ano e sai ano, dirigente velho/dirigente novo, sempre no “vermelho”, é melhor que fiquem onde estão em relação às Séries do Camp. Brasileiro, para não dar vexame maior. Campeonato local insosso. Não há preocupação em sanar os clubes financeiramente, e ter superávit em caixa. Situação que propiciaria aos dirigentes, falar/negociar com a CBF de igual prá igual. Isso, sem sem falar dos débitos com INSS. Visita de Marín(CBF) à Belém…..O cara feio fazer um “tour” e os bestas atrás mendigando isso, e aquilo, e, dinheiro…. Prestem atenção. Tem gente pedindo dinheiro emprestado para pagar débitos já contraídos, pode(?). Ou seja, não tem receita mas já fez o empenho. E pior amigos, essa situação não é privilégio de Pay e CR. Grandes clubes brasileiros devem, e muito. Este é o pobre futebol brasileiro : Clientelismo e politicagem explícitos, Federações e Confederações niveladas à feudos e capitanias hereditárias. Toma lá, dá cá. Dá com uma mão e tira com a outra. Por isso, enalteço o futebol europeu. Organizado e superavitário(vide Bundesliga, Copa do Rei, Premier League e outros. E apupos para o nosso, antigo, superior e atrativo, futebol de clubes brasileiros, hoje na descendente. Em 22.01.14, Marabá-PA.

    Curtir

  3. Por mim os times paraenses já podem boicotar a Copa Verde. Que interesse pode haver em disputar um torneio contra equipes de baixo nível técnico, deficitário, sem haver uma vaga na Sul-americana?

    No mais, foi o mesmo beija-mão típico de subserviência vil.

    Curtir

  4. Essa Copa Verde já nasceu amarela, do que adianta jogar, colocar os seus atletas em riscos, desgastes com viagens e hospedagens e no fim de tudo não ter direito a nada?
    Boicote já!
    Isto é uma falta de respeito com o torcedor nortista que lotas os estádios e não recebe nada em seu benefício!

    Curtir

  5. PRESIDENTE DA CBF em Belém.

    Como diria minha vó…
    Estes senhores não dão ponto sem nó…

    Vieram na certeza ouvir pedidos e lamúrias da dupla prostituta (REPA).

    Afim de lhes comprar a presença
    sem lhes dar nenhum centavo de recompensa.

    Triste fim de quem já foi grande.

    Curtir

  6. É incrível como as coisas funcioam aqui em Belém, toda essa turma procurando uma forma de extorquir o bandido. Não adianta, ele tem doutorado nessa área. O que um sujeito desse vem fazer aqui em Belém a não ser fazer média para angariar votos para continuar a frente da intransparente CBF?
    Parece um teatro, todos em companhia do todo poderoso da CBF esperando que ele dê uma boa notícia que nunca vem. É cômico esse bando de lambe botas com o prato na mão pedidno uma esmola.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s