Para sair do fundo do poço

Por Gerson Nogueira

GERSON_21-09-2013Depois de duas rodadas infelizes, o Paissandu volta a jogar em casa com chances de tentar mais uma vez iniciar uma sequência vitoriosa. Ao ser apresentado ontem, o técnico Vagner Benazzi foi preciso no diagnóstico da situação: o time oscila muito, vai lá no alto e desce em seguida, o que impede acumulação de pontos para se estabelecer no bloco intermediário da Série B.

Uma série de três vitórias seria suficiente para alavancar a equipe para o meio da tábua de classificação, em condições mais ou menos seguras quanto à permanência na Segunda Divisão. Segurança que só pode ser comemorada quando há uma diferença de pelo menos seis pontos em relação ao 17º colocado.

Frequentador assíduo da zona do rebaixamento, o Paissandu passou a ter contra si a firme disposição que os adversários têm quando enfrentam uma equipe mal posicionada. Passa a ser obrigatório vencer o vice-lanterna. Qualquer time entra em situação de superioridade emocional. Até mesmo alguns que não têm qualidade técnica para mostrar.

É mais ou menos o caso do Atlético-GO, que também vive de altos e baixos no campeonato, tanto que está somente um ponto à frente do Papão, embora seja o 16º colocado. No primeiro turno, venceu por 1 a 0 (gol do atacante Anselmo), mas o resultado foi injusto com o Paissandu, que merecia pelo menos o empate no Serra Dourada.

Ao assumir o comando, Benazzi pôs o dedo na ferida e lembrou até as declarações de seu antecessor Arturzinho, para quem o maior problema do Paissandu era de cunho emocional. De estilo mais contido, o novo técnico é também um cultor do futebol de forte marcação e defesas fechadíssimas.

No Papão atual, que ainda busca uma identidade, tão grave quanto à instabilidade defensiva é a inoperância do ataque. Sem falar em reforços, Benazzi deu a entender que vai acompanhar o jogo de hoje atento às necessidades do elenco.

Misto de psicólogo e estrategista, como todo e qualquer treinador, Benazzi tem a oportunidade de salvar pela segunda vez o Paissandu da degola. Em 2004, foi ele o técnico-bombeiro que estancou a queda livre da equipe e conseguiu a permanência na Série A.

O desafio é mais ou menos do mesmo porte, mas a dificuldade está no fato de que o Paissandu padece hoje das consequências de um planejamento de pé quebrado, principalmente quanto a contratações. Depois de trazer cerca de três dezenas de atletas desde que a competição começou, a diretoria segue na incansável cruzada pelos jogadores certos. Mais três candidatos desembarcaram junto com Benazzi, que avalizou as escolhas.

Nada indica, porém, que o técnico vá encerrar a temporada de contratações. Pelo contrário. É quase certo que o Papão vá às compras novamente em busca de um homem-gol, visto que Marcelo Nicácio e Careca vivem no departamento médico e Aleílson até agora não rendeu o esperado.

Como uma das leis imutáveis do futebol reza que todo boleiro adora mostrar serviço diante de treinador recém-chegado, é provável que até as estrelas do Papão resolvam jogar bem, depois de duas rodadas sem dar as caras.

————————————————————————-

Nicácio e Sanches reforçam o time

Sem Eduardo Ramos, que cumpre mais uma suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Rogerinho decidiu pelo retorno de Fábio Sanches à defesa e a efetivação de Pablo, que se destacou diante do Ceará. Leonardo está lesionado e talvez fique fora até a próxima rodada.

Com a volta de Marcelo Nicácio, o Papão poderá ter pela primeira vez aquele que seria o ataque ideal do time, com a presença de Aleílson como o homem de velocidade e jogando pelos lados, como gostam de definir os técnicos. No meio-de-campo, para suprir a ausência de Ramos, é provável que Alex Gaibu tenha finalmente uma oportunidade.

Caso Benazzi encontre tempo para avaliar o elenco, é quase certo que garotos como Gleycinho, Romário, Lineker e Billy ganhem chance de mostrar serviço – e o Paissandu tenha a oportunidade de explorar algumas de suas crias, como fez com Paulo Rafael, Pikachu e Pablo.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste sábado, 21)

20 comentários em “Para sair do fundo do poço

  1. – Paysandu, Gerson e amigos, se vencer hoje, sai do Z-4, podendo chegar a 15ª posição, caso o América/RN perca seu jogo, em SP, para o Guaratinguetá… Papão terá que vencer, hoje, custe o que custar…É a hora certa pra arrancar de vez nesse brasileiro série B.
    – Continuo acreditando… e muito..

    Paysandu, escalado: Paulo Rafael, Yago, Fábio Sanches, Pablo e Gilton. Vanderson, Zé Antônio, Alex Gaibú e Jailton. Marcelo Nicácio e Aleílson.

    Banco: Matheus, Max, Diego Bispo, Esdras, Djalma, Líneker, Iarley, Héliton e Bruno.

    Curtir

  2. Em relação a essa indisciplina do Billy, penso que, por ser um bom jogador, e pertencer ao clube, Vandick já deveria ter chamado ele para uma conversa… Ele pode não estar tendo chances no time titular, mas tá recebendo do clube, todo mês, então não tem essa de não querer treinar… Não tem cabimento

    Se não quiser ficar no clube, empresta ao Águia, multa, ou rescinde seu contrato..Não pode é ficar essa indefinição…

    É a minha opinião.

    Curtir

  3. Olhem o calendário da CBF, para 2014:

    Estaduais: 12 de janeiro a 13 de abril

    Copa do Brasil: 12 de março a 12 de novembro

    Campeonato Brasileiro Série A: 20 de abril a 8 de dezembro

    Campeonato Brasileiro Série B: 19 de abril a 29 de novembro

    Campeonato Brasileiro Série C: 27 de abril a 16 de novembro

    Campeonato Brasileiro Série D: 20 de julho a 16 de novembro

    Taça Libertadores da América: 5 de fevereiro e 13 de agosto

    Copa do Mundo: 12 de junho a 13 de julho

    – O Parazão 2014, termina em 13/04 e a série B, começa, 19/04, 06 dias depois… Vai brincar, de novo, de série B, Papão? Paysandu terá que tirar a cláusula absurda do Parazão, onde limita a contratação de jogadores e ficar livre para montar seu elenco para a série B, no estadual, mantendo 60%, pelo menos, desse elenco, e definindo logo seu bom técnico, que pode muito bem ser o Benazzi, caso contrário…

    É a minha opinião

    Curtir

  4. Se permanecer na Segundona, Papão terá que acabar com aquela cretinice de montar dois times- um pro regional e o outro pro nacional. De quebra, a participação na Copa do Brasil pode ter um time mais qualificado.
    Quanto ao Billy, sua punição deve ser mais dedicação e profissionalismo, o que exigirá do clube mea culpa pelo sub aproveitamento de um jogador feito em casa e que é melhor que quase todos os volantes importados. Afastando-o daqueles que usam esse argumento de forma destrutiva, terá ainda muito a contribuir com o Papão.

    Curtir

  5. olhe sua coluna na radio clube….paysandu perdeu para o paraná e não para o sport como vc colocou lá…..e olha q vc é jornalista imagine se não fosse..

    Curtir

  6. sao catenao e asa perderam ontem e basta o paysandu ganhar hoje para sair da zona. tem obrigação de ganhar o jogo e ganhar facil sem aquele mostruoso nervosismo contra o guaratinguetá . Os salarios estão em dia , tem novo treinador, está tudo como esses caras queriam. Então sem querer fazer apologia a violencia mas acho que se o Paysandu não ganhar desse time fraquissimo do atletico hoje, o clima dentro do estádio vai ficar insustentável. Peço até que essa federação xexelenta cobre medidas de segurança antes e depois do jogo dentro e fora do estadio porque num caso de nova derrota ou empate do paysandu nesse jogo, vai ter muita onda e difilmente a policia erá condições de contar os animos. Se o paysandu perder hoje vai ser tanta confusão pior que aquela do jogo curiritiba e fluminense onde foi maior guerra, todo mundo apanhou, torcida , policia , imprensa jogadores. quem alerta amigo é.

    Curtir

  7. Gerson Nogueira, essa tua coluna foi postada hoje 21/09 às 11:53h
    então não custava nada informares nela que os resultados de ontem 20/09 ajudaram o paysandu e basta uma vitoria simples para sair da zona hoje. Gerson tem muito torcedor desinformado que não sabe disso, inclusive eu não sabia até a pouco ao verificar a tabela. Inclusive, eu nem iria á curuzu hoje e guardaria o dinheiro para o jogo contra a chapecoense caso o paysandu ganhasse hoje porque se asa e sao ganhassem seus jogos mesmo com vitoria o papão não sairia da zona. e concerteza muitos torcedores não vão ao estadio hoje porque não sabem que se o bicola ganhar sai da zona hoje. Então gerson vamos ser amigo do paysandu e do futebol paraense, coloaca uma coluna informando a torcida essa chance de ouro que o paysandu está tendo hoje de sair da maldita zona. será que estou pedindo muito gerson??//

    Curtir

  8. Amigo Cláudio, não sei porque, mas acho que agora vai… dar certo. Essa cúrica vai ter que pegar vento de qualquer jeito…rsss. Não vou dar o placar, porque sempre erro, mas vamos vencer bem, se DEUS quiser e Ele sempre quer. PAPÃOOOOOOOOOOOOOOOO krllll!!!

    Curtir

  9. Não sei o que todo técnico tem contra o Billy,jogador que depois do Capanema,é o melhoir volante ou cabeça de área q já ví jogar,nesse plantel atual do Papão ! Comento isso há tempos,já postei diversas vezes sobre o assunto,mas não adianta.Essa atitude dele,guardada a devidas proporções tem fundamento..O cara está sendo preterido por jogadores de qualidade técnica muito inferior e ele quer ajudar o clube

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s