Vitória confirma evolução

PSCXSport-Mario Quadros (3)

Por Gerson Nogueira

Quando o Paissandu festejou aquele empate em Bragança Paulista, sábado passado, pareceu um contrasenso, afinal o clube precisa vencer para sair do abismo em que se encontra na classificação. Acontece que o ponto conquistado fora de casa simbolizou uma reação aos maus resultados obtidos nas três rodadas anteriores. Foi pouco em termos numéricos, mas representou muito em significado para o time.

bol_qua_040913_15.psA prova de que aquela partida encontrou ressonância no espírito do time veio ontem à noite. Contra o Sport, um dos candidatos ao acesso, o Paissandu não teve a superioridade na posse da bola como diante do Bragantino mas teve fibra para fazer chegar ao gol no primeiro tempo e sabedoria para confirmar a vitória no segundo.

É claro que os problemas permanecem, em quantidade ainda preocupante, mas o time voltou a vencer. A Série B é a mais parelha das quatro divisões nacionais e exige pragmatismo. Nem sempre jogar bem ou dar show significa bom resultado no final.

Diante dos pernambucanos, o Papão foi acima de tudo objetivo. Correu muitos riscos antes e depois do primeiro gol. O Sport criou duas oportunidades claras, conseguiu bloquear bem a saída de bola que Arturzinho havia planejado, marcando Eduardo Ramos em cima e deixou Marcelo Nicácio e Iarley quase solitários no ataque.

A insistência com os cruzamentos sobre a área, principalmente depois que Nicácio abriu o placar nesse tipo de jogada, tornou o Paissandu previsível e fácil de marcar. Por sorte, o Sport não teve competência para chegar ao gol.

Na segunda etapa, logo nos primeiros movimentos, o Sport quase chegou, em lances rápidos de Toby e Felipe Azevedo. O Papão lutava, corria muito, mas algumas peças começaram a acusar cansaço. Arturzinho ia lançar Aleílson em lugar de Iarley, de jornada apagada, mas Nicácio sentiu lesão e foi substituído.

O acaso se encarregou de mostrar que Aleílson pode vir a ser útil em qualquer composição do ataque. Mesmo brigando sozinho contra os zagueiros conseguiu arrancar um penal providencial já na reta final da partida. Pikachu cobrou e deixou o placar mais tranquilo, embora o Sport continuasse a ameaçar. 

Pela primeira vez, em muito tempo, o Paissandu passou a ter no segundo tempo um atacante digno do nome, capaz de inquietar os marcadores. Aleílson, mesmo jogando só por alguns minutos, mostrou que é esse jogador. Ajudado por armadores de qualidade, como Eduardo Ramos e o surpreendente Jailton, rendeu muito acima do esperado e ganhou a confiança da torcida.

Os três pontos não tiraram o Papão da zona do rebaixamento, mas confirmaM que o bom rendimento do jogo passado não foi mera ilusão e que a partir de agora Arturzinho terá mais tempo (e menos intromissão) para arrumar a casa.

————————————————————————-

Destaques e pontos negativos

Paulo Rafael voltou a jogar bem. Sanches e Leonardo, que cresceu em relação a sábado, têm boa afinidade. Zé Antonio vai se firmando na proteção. Eduardo Ramos e Jailton se entendem cada vez melhor. Nicácio voltou a mostrar competência na área – só precisa desencabular lá fora. Aleilson disse a que veio.

Pikachu não jogou bem, de novo. Iarley, também, voltou a destoar. Ambos são importantes para o time e precisam recuperar a autoconfiança e o apoio do torcedor.

————————————————————————-

Um tremendo desafio 

Com dois ou três atacantes, o Remo sub-20 parte para uma missão desafiadora hoje contra o favorito Vitória no Mangueirão, em confronto válido pela Copa do Brasil. Walter Lima, que conhece bem os garotos e manja muito de futebol, acredita que é possível enfrentar os baianos de igual para igual, apesar da maior rodagem do time rubro-negro.

A entrada de reforços oriundos de outros times da Copa Norte dá ao Leãozinho supre problemas pontuais, na defesa e no meio-campo, mas a equipe vai depender muito do entrosamento de Alex Ruan, Jayme, Nadson e Guilherme.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quarta-feira, 04)

28 comentários em “Vitória confirma evolução

  1. Concordo, Gerson e amigos… Papão mostra uma evolução, tímida ainda, mas suficiente pra fazer os jogadores buscarem a vitória a todo custo.. Papão, ontem, foi muito eficiente… Aleílson, entrou esperto no jogo, com muita vontade, pois era sua estreia…Nada mais que isso… Marcelo Nicácio, esse sim, enquanto teve fôlego, deu muito trabalho a defensiva do Sport, e fez o gol, estilo matador de área, nato, que ele é… Iarley e Yago, realmente, nos 2 últimos jogos, não renderam o esperado, mas o Iarley, tem uma justificativa, para sua função em campo: Fica esperando alguém de trás, com a bola, para poder jogar, e isso, no jogo de ontem, não existiu, daí pouco aparecer.. Penso estar na hora de guardar o Iarley para o 2º tempo, mudar o jeito de jogar, e colocar o Aleílson, ao lado do Marcelo Nicácio, na frente..
    Papão já está a 2 jogos sem tomar gols… Fábio Sanches, Vanderson e Leonardo, estão muito bem lá atrás…

    Papão, precisa vencer todos os jogos em casa, esse é o foco, não interessa como, e vai continuar precisando do apoio de sua imensa torcida, para sair dessa situação..

    Curtir

  2. Perfeito, Cláudio. Mas, eu gostaria de destacar o segundo tempo espetacular do Jailton, tanto na composição do bloqueio ao adversário quanto na chegada à frente. Aquela arrancada até a cara do gol, obrigando o Magrão a fazer uma defesa milagrosa, a lucidez e visão de jogo no lançamento pro Aleílson no lance que resultou na penalidade máxima e principalmente na caneta no adversário, seguida do lançamento pro E. Ramos invadir sozinho e perder o gol, são lances que demonstram que o Papão acertou em cheio na contratação.
    Tem que vencer todos em casa e roubar pontos de adversários como ASA, América(RN), São Caetano, Guaratinguetá, não só pela concorrência direta, mas, pelo fato dos dois últimos carecerem até de torcida que os leve pra frente. Agora, cada jogo é uma decisão.

    Curtir

  3. A defesa esta se ajeitando , mas ainda penso que falta um guarda redes que seja mais ambicioso…agora vai ser precioso fazer coisas, nunca antes feitas – vencer fora-.
    Nao somente o Paysandu ira crescer no segundo turno. Os do meio da tabela também.
    Alguns que hoje estao de “pri” irão se bater nas próprias pernas. Coisa natural , em um campeonato cheio de chutadores prestes a serem pensionistas.
    Nem mesmo o Palmeiras com toda a prata que tem nos bolsos ,conseguiu desgarrar dos primos pobres.
    O bicolor sem grana e com um currículo queimado$ ,j seria obvio que tivesse dificuldade para formar um time musculoso ,para se enfiar lá nas cabeceiras…
    Os bicolores tiveram que contar com as sobras nada energéticas da boca do tubarão . Agora que o campeonato vai no rumo final, muitos chutadores irão deixar o come e dorme dos grandes..precisam aparecer para terem revalidadas suas carteiras para a temporada 2014.. E ai Vandick pode usar isso a favor.

    Curtir

  4. É o tipo de vitória que um time que tá em baixa precisa pra crescer.

    Agora se o Sport não sentisse o calor da noite da capital paraense, no minímo empatariam o jogo.

    Um grande reforço que o papão precisa urgente, é um preparador fisico.

    Fora isso , o papão realmente está evoluindo.

    ************************************************************

    Hoje sou Vitória, 5X0 tá de bom tamanho.

    Se colocarem 5 mil pagantes é muito.

    Se der mais que isso, é uma prova que tem muito desempregado em Belém.

    Curtir

  5. Só esqueceram de citar que o Vanderson também foi muito eficiente como terceiro zagueiro. Estava devendo uma boa apresentação a muito tempo. O primeiro turno da série b, na minha opinião, mostrou que o maior adversário do Paysandu, é ele mesmo.

    Curtir

  6. Esqueceram de mencionar também o grande APITO AMIGO. Mão do zagueiro do papinha na área é pentalti. NÃO MARCADO. Aleilson, esperto, se jogou nas pernas do zagueiro. PENALTI INVENTADO.
    Resultado da partida deveria ter sido 1 X 1.

    Abs

    Curtir

  7. Bastou o papão enxergar uma luz no fim do túnel para começar o chorôrô dos torcedores do remorto,estavam dando o papão como rebaixado e apesar de ainda estarmos muito longe do ideal já podemos nos animar com a possibilidade de não sermos rebaixados,para DESEPERO dos sofredores azulinos.

    Curtir

  8. Valeu PAPÃO!!!!!
    Ficou barato. era para ser uns 4 ou 5, para o papão.

    êêêê!!! DÁ-LHE PAPÃO!!!!!

    Curtir

  9. Concordo com a evolução do time, mais ainda, com a alegria da vitória, Parabéns ao time, no entanto, não poderia deixar de frisar, novamente, a tradicional chinelada do Nicácio, sentiu logo, logo, o tal adutor da côxa, penso que o Grande Bicolor Celeste Amazônico, deveria encostá-lo no DM, para recuperação total, haja vista, que parece ser esse o destino desse time, égua meu, só contratam jogador bixado, faz um golzinho a cada dez jogos e pede logo prá sair, enquanto o resultado é favorável ao time, afinal, a dor é SUBJETIVA mesmo, aí, ele passa semana toda sem treinar, mas, na véspera do próximo jogo lá está ele à disposição do PROFESSOR, NO SACRIFÍCIO, nessa hora, vale tudo, prá AJUDAR, o time, percebam que eles não tem a OBRIGAÇÃO de jogar prá ganhar, eles só são obrigados a AJUDAR; outra coisa que detesto é esse SACRIFÍCIO, pô meus, QUANTA FALTA DE PROFISSIONALISMO no nosso futebol, o cara não é JOGADOR, ATLETA DE FUTEBOL? ENTÃO QUE NEGÓCIO É ESSE DE SACRIFÍCIO, pô se a tendencia do cara e a virtude, é o Sacrifício então que se mande para as Filipinas, lá é que o povo gosta disso, do sacrifício, da crucificação, e outras formas de auto flagelação.
    Mudando de pau prá cacete, o Vandick continua atrás de contratar um meia, né não e penso que ainda cabe, está certo portanto, só peço que ele dê uma olhada prá Paragominas de onde trouxe o Aleílson, no PFC, a turma de lá fornece o enderêço do Fabrício Pé de Anjo, lembram dêle, É DOS NOSSOS, e se encaixa bacana, bacana nesse time, o Fabrício não esqueceu de jogar futebol, é hora de repatriá-lo e dar-lhe uma oportunidade, o futebol,nós conhecemos e o vimos jogar até domingo anterior ao último.

    Curtir

  10. Hoje o sub qualquer coisa do liaum, vai levar peia de 5 a 0. Vai sair com o toba rasgado. hahahahaha……

    Curtir

  11. Gostei muito da atuação dos indicados pelo Arturzinho, finalmente contratações exatas para o momento que passa o Paysandú.
    O placar era para ser mais dilatado pois tivemos duas ou três oportunidades claras de gol contra o penal não assinalado, mas na minha opinião não foi intencional, o jogador do Papão estava brigando e de cabeça baixa no respingar da bola!, e 2 x 0 fiou barato para o leão da Ilha.
    Picachú não é mais a sombra do jogador que foi no passado, muito medroso, não sabe marcar, geralmente vai de lado para o lance isso quando não dá as costas ao adversário.
    A avenida Picachú ainda está aberta mesmo com o terceiro zagueiro preenchendo o buraco!
    Iarley mais uma vez não apareceu e quando acionado desentoou bastante! Alguém tem que conversar com o cara!
    Mas, no fim, valeram os três pontos e principalmente a disposição do time!

    Curtir

  12. Gerson Nogueira,
    Confesso que não ví no teu comentário ou nenhuma referência tua ao grande público, á nação fiel bicolor que compareceu em massa nesse jogo. Digo isso por alguns motivos: jogo 10 horas da noite de terça, papão vindo de derrotas sucessivas e na zona de rabaixamento a muito tempo, 4 jogos sem vencer, ingressos caros a 20 reais quando ficaria muito bom a 15 reais. Ou seja, com todos esses contras, temos um publico de 10 mil torcedores quase lotação totla da curuzu. Gerson realmente essa torcida mostra porque a considerada a torcida mais fiel do norte e merecia ser destacada no teu comentário. Mas não fizestes nenhuma referência. Porém se fosse o “fenomenoazul de sofrimento do caxiado, tinha destaque, exaltação , referência no teu blog e em todos os blogs da cidade. Mas numa coisa tem razão: A nação fiel bicolor não precisa mais provar para ninguém que é a maior do norte.

    Curtir

  13. É Gerson, concordo com o Edilson. Mas como ele disse no último paragrafo, não precisamos disso.

    Pois a Fiel Bicolor é tida e reconhecida como a maior e mais apaixonada torcida da Amazônia.

    Por exemplo hj, o Caxiado não pára de falar que na FPF sí vendeu 2 ingressos e que até agora não venderam 4 mil antecipados.

    Ele, assim como muito remista, se preocupam mais com público do que com o jogo.

    Por isso estão #SemDivisão.

    Curtir

  14. Cidadão, sei que seu propósito é sempre polemizar, mas me ative especificamente à análise do jogo. Quanto ao público, apesar de bom, ainda fica a dever a outras plateias que a Curuzu já teve, até em campeonatos estaduais. Quem acompanha a história do Papão sabe disso.

    Curtir

  15. Cláudio, ainda ontem, eu perguntava-me se o PSC já está naquela situação de que tem que vencer todos os seus jogos para evitar a guilhotina… Parece-me que ainda não. Confirmas ?!

    Curtir

  16. Cláudio, deixa eu explicar melhor: supondo-se que o PSC não ganhe mais nada fora (digamos que no máx. empate), se ele perder algum jogo em casa, seria “guilhotinado” ?!

    Curtir

  17. Amigo Heleno, respondendo à sua indagação dirigida ao Cláudio: levando em conta que o Papão terá 9 jogos em casa no returno, precisará vencer todos (27 pontos) para se garantir só com os resultados caseiros. Se não vencer todos os jogos, precisará ir buscar pontos fora. A margem de segurança para não cair é 45 pontos, embora seguro mesmo esteja quem conquistar de 46 pontos em diante.

    Curtir

  18. Acredito que pontuaremos jogando fora de casa principalmente porque agora contamos com um atacante que ama jogar e procura o gol, Aleílson, que será muito útil nos contra-ataques.
    E após o fim da primeira metade do campeonato podemos observar que o Papão tem condições de enfrentar de igual para igual todas as equipes desta série B. O pior já passou e de agora em diante o time estará focado e querendo vencer e com isso ter cada vez mais a torcida ao seu lado!

    Curtir

  19. Beleza, caro Gerson. Agora, fico sabendo exatamente o quê o Papão precisar fazer para se safar da temida “guilhotina”. Tantos anos na Série-C, seria uma catástrofe o clube voltar a ela no ano do centenário.

    Fiquei muito animado com a contratação do Aleílson. Segundo disse o Cláudio, essa contratação foi graças ao Roger Aguilera.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s