A revolução dos meninos

Por Gerson Nogueira

Os idiotas da objetividade dirão que é apenas um título sub-20. E, na verdade, é. Acontece que em futebol certos eventos podem determinar conquistas e lucros maiores mais à frente. Para quem não vencia nada há dois anos, o Remo e os remistas têm todo o direito de festejar bastante a conquista da Copa Norte pelo seu time de meninos.

O futebol – os esportes, de maneira geral – é dos jovens. Clubes de massa, por motivos diversos, não costumam valorizar tanto seus garotos como deveriam. Talvez pela pressa, que normalmente se transforma em pressão.

Nos últimos tempos, o Remo tem revelado bons atletas, mas acaba perdendo-os por inércia, negligência ou desmazelo. Rogerinho, Betinho, Cicinho, Héliton, Tiago Alves e Tiago Cametá são apenas algumas crias que partiram sem que o clube pudesse se beneficiar delas.

bol_seg_120813_23.psQue Sílvio, Ian, Gabriel, Tsunâmi, Rodrigo, Guilherme, Nadson, Alex Ruan e Jaime, dentre outros, possam ser bem aproveitados. Nas comemorações e homenagens pelo torneio regional, muito foi dito no sentido de que os meninos sejam utilizados no projeto de soerguimento do Remo.

Promessas brotam por milagre nesses momentos, mas é importante que os dirigentes não deixem que o vento leve a ideia de valorização dos campeões. São atletas de qualidade, que podem vir a suprir muitas das carências do time profissional.

Não significa que tenham lugar previamente assegurado, mas é lícito esperar que desfrutem das mesmas chances concedidas aos reforços importados. Diante da vitória obtida na manhã de ontem, cresce imensamente a responsabilidade de Charles Guerreiro, técnico encarregado de construir o elenco do Remo para o Campeonato Paraense de 2014.

Caso pelo menos dois ou três dos garotos campeões sejam efetivados já será um triunfo para as categorias de base do clube, representando ainda a possibilidade de que futuras negociações venham a resultar em recursos.

Mais que isso: meninos formados no clube tornam-se profissionais da bola, mas não perdem os laços afetivos com a bandeira e o escudo. São, além de atletas, torcedores de verdade. Sempre acreditei que este é um detalhe que faz toda a diferença. Foi assim com Zico no Flamengo, Jairzinho e Nilton Santos no Botafogo, Dinamite no Vasco, Rogério Ceni no São Paulo, Ademir da Guia no Palmeiras. O amor incondicional pode operar milagres – no futebol e na vida.

————————————————————————–

Papel decisivo da torcida

O Remo chegou ao título nortista sub-20 por força de uma campanha invicta e impecável. A diretoria tem méritos pela seriedade em relação ao projeto e o cuidado em reforçar a equipe com a maior experiência de Jader no gol.

Acima de tudo, porém, a torcida tem participação direta na conquista. Comprou a briga, pegou o time no colo e esteve presente em todos os jogos, até mesmo na semifinal, realizada na sexta-feira à tarde.

O comovente apoio dos torcedores contagiou e fortaleceu o time, dando a exata dimensão da importância que o Remo tem, por sua história e tradição. Não importava o fato de ser um torneio de futebol amador. Valeu mesmo foi o comprometimento com a causa azulina.

————————————————————————-

Acertos e dúvidas no Papão

O Paissandu parte para duas partidas importantes fora de casa. Apesar da má posição na tabela (17ª), sai em alta, depois da vitória sobre o Joinville na sexta-feira. Foi o primeiro resultado positivo sob o comando de Arturzinho, que ganhou tempo para preparar e montar o time à sua maneira.

Talvez não haja tempo de aproveitamento dos novos reforços, mas é certo que o treinador já sabe com quem contar no grupo de jogadores. Observou, por exemplo, que Ricardo Capanema é mesmo o titular da cabeça-de-área. Devia ficar atento também a Billy, que parece invisível aos técnicos.

Um problema sério será a ausência de Eduardo Ramos, que fica em Belém recuperando-se de contusão. Sua participação contra o Joinville foi satisfatória, quase lembrando o jogador decisivo da campanha no Parazão.

Para o lugar do camisa 10, Arturzinho terá poucas alternativas. Diego Barbosa e Tallys. Será, sem dúvida, a maior das dificuldades nos confrontos com Oeste e Palmeiras. Ramos é um bom organizador, peça rara no futebol atual.

No aspecto gerencial, fica a dúvida sobre como o Paissandu vai conseguir fechar suas contas ao insistir em contratar sem demitir. O elenco tinha 38 jogadores quando Arturzinho chegou. Saíram dois atletas e já chegaram quatro. A matemática não bate.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 12) 

33 comentários em “A revolução dos meninos

  1. Algumas situações, dessa conquista, do time sub 20:

    1- Alguém ainda lembra que, em um jogo, mesmo com o Remo vencendo, o Pirão disse que o time era mal treinado e teria que mudar tudo? Taí…

    2- Ontem, o diretor de futebol do Remo, Thiago Passos, deu uma entrevista, dizendo que esses garotos da base serão “valorizados”. Todos ganharão entre 2 e 3 mil Reais…

    R- Na minha opinião, um absurdo, não se paga esses valores a quem você nem sabe se vai dar certo.. Outra, valorizar a base, é dar condições de trabalho a ela e não pagar o que não poderá cumprir..É bom não esquecer que tem funcionário no Remo, que ganha 500 Reais e está(ou estava) com 6 meses de salários atrasados…Pensem em todos esses garotos ganhando 2 e 3 mil… Te dizer…

    O garoto Silvio, ontem, deu uma entrevista, dizendo que não tem alimentação, vale transporte e tudo mais e que sai de madrugada todos os dias para treinar no clube, ou sabe Deus onde..

    Até nas categorias de base, tá tudo errado, no Leão..

    Curtir

  2. THIAGO PASSOS, ANOTE:

    Dê a esses garotos, vale transporte, salário MÍNIMO, moradia no Baenão (pra quem vem de fora, como o garoto Silvio), escola, boa alimentação(Café, Lanche, Almoço, Lanche, Jantar e Lanche(é o básico) ) e condições de treinamento pra eles e sua comissão técnica, sob a supervisão do bom técnico Valtinho.. Isso sim, é valorizar a base e não querer pagar o que não pode…

    Agora, em uma outra entrevista, o mesmo diretor disse: Vamos montar um time de série B. O Zeca Pirão, disse em uma entrevista(isso, tudo após o jogo de ontem): Vocês terão uma BOMBA(olha aí, amigo Gerson, agora vai..) até Novembro…

    Me tire o tubo…

    Não tô entendendo mais nada.. Aliás, só uma coisa: Tá tudo errado na montagem do elenco PROFISSIONAL, no Remo.. Anotem.

    Curtir

  3. Thiago Passos disse ainda, que de hoje, até o dia 30/08, quem quiser pode comparecer ao Baenão para fazer testes, sob os olhares(te dizer..) do técnico Charles Guerreiro, que fará uma “peneirada”…

    Já tem alguns vizinhos meus, que estão desempregados, e nem vão mais procurar empregos..Vão colocar seus filhos no Remo, e abocanhar essa baba de 2 ou 3 mil Reais/Mês…. Onde eles, sem estudo, vão arrumar emprego, pra ganhar isso? Tá certo… Pra isso existem os bobos pra pagar…

    Te dizer…

    Curtir

  4. Paysandu já está escalado, mas o Arthurzinho ainda tem uma dúvida, segundo o setorista Dinho Menezes: Esdras ou Zé Antônio…

    Égua, me tire o Tubo, de novo…

    Paysandu: Marcelo, Yago, Diego Bispo, Fábio Sanches e Pablo. Ricardo Capanema, Esdras(ou Zé Antônio), Thallys e Diego Barbosa. Héliton e Marcelo Nicácio.

    Novidade no banco de reservas para os dois jogos fora, foi a volta do ala esquerdo Bryan(te contar..) e o grande desfalque, será Eduardo Ramos, que, diz-que, sentiu uma contusão… Eu heim..

    Arthurzinho não foi com a cara do Alex Gaibú… Só pode…

    Dinho Menezes disse ainda, que o téc testou: M.Nicácio e Iarley, e não gostou. Gostou mesmo foi do Héliton e Nicácio… Então tá..

    – Permanecendo na série B, é o que interessa…

    Curtir

  5. Amigo Claudio, continua batendo em relação a essa nova diretoria, foi analisado o Curriculum de cada um, até agora para mim não passou de uma estratégia do Pirão, para depois se estrepar e falar o seguinte: Mais não foi a torcida que pediu para abrir o clube.

    Desses diretores, conheço 02 e são pessoas que estão se encostando no Remo para sobreviver.

    Curtir

  6. Perguntas?

    Em relação a esse time SUB-20, quais podem ser aproveitados para 2014 ?

    Falaram no público de ontem de 5 Mil, mentira, cade a transparência da nova diretoria ?

    Cade a votação do Novo Estatuto ?

    Cade a Eleição direta ?

    Curtir

  7. A verdade que o Remo está tão carente de títulos, que quando aparecem meia dúzia de diretores alegando mudança a torcida se empolga, vamos colocar os pés no chão primeiro.

    Curtir

  8. Mas essa imprensa já gosta de iludir os coitados sofredores do rEMO.
    O próprio presidente Zeca Caldo com Farinha disse que o time não presta, e agora a imprensa já quer enfiar na goela dos sofredores que esse time tem futuro.
    Tomara que coloquem esse time pra disputar o parazão, que em 2015 terão que participar do seletivo.

    Curtir

  9. Cinco mil? Pois, sim. este era só o número de carros que havia no estacionamento… O título foi bom, muito bom, excelente… Mas, como já disse o Pirão: o time é muito mal treinado. Esta é uma grande verdade. O Ian, me pareceu muito mal. No mínimo, muito afobado. O Jaime apesar do golaço e da experiência no profissional, perdeu gols e desperdiçou jogadas como se fosse um autêntico estreante. Mesmo sabendo que se trata de amadores, atletas em formação, dos quais não se pode cobrar como se fossem profissionais (aliás, talvez não se possa nem cobrar), acho que o Remo deve ao menos exigir um pouco mais da Comissão Técnica. Isso, é claro, se lhe der o mínimo de condições.
    No mais, Rodrigo, me referindo a Estatuto e Eleições diretas, acho que ainda vamos ter de aguardar mais um pouco. INFELIZMENTE!

    Curtir

  10. Caro Cláudio Santos;
    Farei coro contigo em relação à escalação do Esdras, que penso já deverIa ter vazado daqui, mas, o Janilson, o João Neto, o Diego Barbosa ainda não o foram, então porque só ele? na verdae o Arthurzinho, não quer queimar ninguém, tampouco ele próprio, por isso vai mantendo essa thurma, enquanto o time despenca ladeira abaixo; confesso que estou um tanto decepcionado com a administração dessa diretoria, que me parece muito leniente; mesmo se acercando de todas as providencias, ninguém acerta todas, mas, tem a obrigação de corrigir, de imediato o que não deu certo, ora bolas, a 1ª contestação é a permanência do Yamato, contratado pelo belo curriculum, não acertou nada nas contratações, deveria então ser demitido, ah! se não contrataram os que ele indicou, então ele que pegue suas malas e rasgue, ou não percebeu que não está sendo útil, alguém tem que se mancar, onde está o profissionalismo? quanto à ausência do Eduardo Ramos, por pseudo contusão, penso que ele está passando o aval para ser demitido, pois se continua insatisfeito pela questão salarial, desde o 2º turno do Parazão, em provável vitória do time nos embates que realizará fora, o técnico vai perceber que ele não faz falta, é meio burro esse cara, se esconde do jogo, não se esforça para sair da marcação do adversário, só lança bola nas costas dos atacantes, só bate corner para o goleiro defender, e ou, a zaga espanar, visando forçar a diretoria a aumentar-lhe o salário, quando deveria agir de forma extremamente oposta.
    Torço pro Thalys, Diego Barbosa, ou quem for escalado, prá arrebentar nesse jogo, prá ver a cara de égua desse babaca, por mim já deveria ter sido demitido!!!! de INSUBSTITUÍVEIS, o cemitério, está cheio.

    Curtir

  11. Cláudio, vi a entrevista do Charles, ao Bola na Torre, na qual ele dizia que iriam aproveitar a molecada da base e depois era só “fazer 5 ou 6 contratações de peso”. Tomara que dê certo ! Torço pra quê dê certo com o Charles, até porque acho que só um téc. regional iria, verdadeiramente, utilizar garotos da base. Se vir téc. de fora, vai contratar um time inteiro, como já se sabe, pois sempre foi assim.

    Curtir

  12. Concordo com o Silas: se o Yamato só indicou porcarias, então, é uma estupidez ficar pagando salários a esse Sr. Ele teria que ser demitido.

    Curtir

  13. As demissões têm suas consequências na parte financeira, e a pergunta é: manter os jogadores no elenco fazendo número ou gasta-se uma bolada com indenização?
    Sinuca de bico!, o que é pior, são pernas de pau!
    Quanto ao Eduardo Ramos já comentei que a fase dele no Bicolor Amazônica já acabou, a insatisfação do atleta é evidente, então, o melhor, é mandá-lo embora, ou pelo menos, que ele pedisse para sair amigavelmente, porém,elesabe que nenhum clube do BRASIL vai pagar 40 mil para ter um chinelinho no elenco! Coisa que só no Pará e em regiões onde o futebol ainda anda na idade das trevas acontece!
    Por outro lado, preocupa muito as novas contratações pois, ninguém tem bola de cristal para saber se vão dar certo!
    Nos dois jogos fora de casa penso que pela tradição de não ganhar nada como visitante, o Paysandu é o visitante mais esperado para quem quer reagir e ter três pontos garantidos, podemos, na última das hipóteses, dar sorte contra o Oeste, seria uma mega zebra, e sonhar em conseguir alguma coisa contra o Palmeiras, só se o time do Parque Antártica estiver todo dopado!.É tentar perder de pouco para não ser humilhado pois o nosso time é de série D para baixo e enfrentará uma equipe estruturada e com fome de vitórias, louca para figurar na série A de 2014, alguém ainda tem dúvidas?

    Curtir

  14. Analisando os adversários diretos do Paysandú ao rebaixamento, fico bestificado com a péssima qualidade do elenco bicolor! Tentei assistir alguns jogos dos times para os quais perdemos pontos preciosíssimos seja em Paragominas e principalmente jogando em Belém, é inadimissível que não tenhamos vencido do ASA e do América -RN, os dois times são tão ruins que o cruzamento destes dois é de dar nó nos olhos! E ainda me presteei em assistir “in loco”, o clássico potiguar, meu Deus!, o passeio só valeu porque Natal é uma cidade belíssima e aconchegante, como o Paysandú conseguiu a façanha de tomar de três de um time bizonho como é o ABC?
    Há algo de podre a ser exorcisado da Curuzú o mais breve possível para evitar que o Papão fique no Z4 no fim da segunda divisão, ACORDA PAYSANDÚ o tempo passa e não perdoa os INCOMPETENTES!

    Curtir

  15. Miguel, creio, infelizmente, que o PSC irá perder essas duas próximas partidas. Contra o Palmeiras, é certeza. E até contra
    o Oeste.

    Curtir

  16. Heleno, o Parmeiras vem brincando de vira-vira..vai que teu Papao faz 1-0 no segundo tempo e consegue segurar a onda..!?

    O Arturzinho tem um histórico de ser um professor,dado a por trancas..

    Curtir

  17. Égua Claudio, o Bryan foi na delegação e o Billy não? Quero saber quem é o padrinho do Bryan, este rapaz já é profissional a uns 5 anos e nunca se firmou. O Lourinho é menos pior que ele.

    Curtir

  18. Festa na Doca da torcida do remo entrou prla madrugada segundo dados oficiais da policia cerca de 100.000 mil azulinos estiveram festejando a Copa Norte sub 20 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  19. Agora é só correr pro abraço, quanto ao papinha que mais é que ele se esproda e caia de uma vez

    Curtir

  20. Lembrei-me de um dito popular já em desuso: “quem desdenha quer comprar”. Por onde anda o sub-20 das mucuras? Chegou, pelo menos, as finais do parazinho dessa categoria? Nossa comemoração é justa e a rapaziada está de parabéns. Não será meia duzia de invejosos que diminuirá a conquista dos garotos.
    Abs

    Jorge Alves

    Curtir

  21. Ouvindo a Radio Clube do Pará, o depoimento do Thiago Passos, quer um time 60 a 70 % regional (Base + Jogadores Locais), com competitividade de série B.

    Acho que há um equívoco nesse pensamento. É impossível que 60% de jogadores regionais, entra no nipe de um time de série B.

    Futebol hoje é dinheiro.

    Curtir

  22. Com dados não há argumentos:

    Média de público remista no sub-20 é maior que a do Paysandu na Série B.

    Fonte: ORM.

    Curtir

  23. KKKKKKKKKKKKKKKKK, essa do Rodrigo Cavalcante é boa….nem compara meu filho, nem compara…o Paysandu vive um outro momento e tem outras preocupações. Estamos preocupados com outras coisas, time grande tem preocupações de time grande. Sobre o teu time sub-20, já vi esse filme. Outra coisa, prezado Gerson, já li neste mesmo blog você escrevendo sobre a base dos times paraenses, você é mesmo um sonhador. Não perca tempo escrevendo coisas que você sabe o final da história. A própria torcida não tem paciência com jogadores da base, vão ser mal aproveitados e depois vão ser negociados a preço de banana ou serão emprestados para times pequenos do campeonato paraense. Onde está o Fininho, o Barata e outros?

    Guarde esta mensagem para depois não dizer que eu não avisei.

    Curtir

  24. Gerson o Fogão está brincando com o brasileirão ou chegou o limite? Não se pode vacilar em pontos corridos!
    Mas ainda acredito que desta vez a estrela solitária cantará o título de campeão brasileiro!
    BOoooora FOGOOOOO!

    Curtir

  25. Gerson? se campeonato paraense profissional não é parâmetro para nada, um torneio de duas semanas dos juniores com times falidos do Amapá, roraima e interior do amazonas é parâmetro para alguma coisa ?

    Curtir

  26. Se não tiver corda, a torcida queimação, de 1,99, vai morrer, todo jogo, as mesmas caras manjadas. Aonde chegaram, comemorar titulo mereca de sub-20, com jogadores novos mas surrados que não vingaram até agora e nem vão vingar. A Copa do Brasil sub – 20 vai mostrar a realidade, aí, choro de novo.

    Curtir

  27. E quem falou em parâmetro, camarada?? A questão aqui é a reconstrução (meio simbólica, meio pra valer) de um clube tradicional e centenário. Não mais que isso.

    Curtir

  28. Amigos do blog ainda acho que o grande erro dos dois grandes de Belém foi esquecer o interior, o antigo intermunicipal,onde muitos atletas fora descobertos e alçados no mundo profissional. Infelizmente o que vale hoje são os indicados pelos empresários que de fato não passam de parasitas que sobrevivem do despreparo de certas diretorias amadoras e de jogadores de”renome” que não jogam nada!
    Enquanto a dupla da capital continuar com esta mentalidade ficaremos no limbo com jogadores”vitrine” de lojas de R$1,99!

    Curtir

  29. Ainda sobre o título sub-20, é importante lembrar que o Flamengo era o do Piauí, o Santos era o do Amapá e o Holanda é do Amazonas. Daqui há 50 anos corre o risco do “historiador remista” atacar novamente e querer reivindicar o reconhecimento do título internacional do leãozinho.

    Curtir

  30. Gerson…obrigado por sua resposta….mas não posso concorda com você! Eu não gosto de fugir de um debate e sei que você também não…então vamos aos fatos…você falou…

    “E quem falou em parâmetro, camarada?? A questão aqui é a reconstrução (meio simbólica, meio pra valer) de um clube tradicional e centenário. Não mais que isso.”

    1 ponto – no futebol nunca existiu meio simbólico e meio pra valer – ou é 100% simbólico ou é 0% ou vale tudo ou não vale nada.

    2 ponto – que reconstrução? Quero lembrar que a atual divisão de base do remo nunca teve estrutura, nem segue foi campeão paraense jogando com a desportiva e nesse torneio pegou divisões de base montadas no improviso de times falidos do amapá, interior do amazonas etc ….

    3 ponto- você finaliza dizendo “não mais que isso”, o que mostra que a própria mídia está tão cansada dos erros no futebol paraense, que já está até sendo omissa com a situação, se contentando com migalhas.

    4 ponto – engraçado! até um tempo atrás agente via uma mida mais critica por aqui. Não se fala que esse torneio não passou de uma armação dos dirigentes para desviar o foco, ou seja, a incompetência de colocar o clube na serie D.

    5 ponto – ano que vem quantos garotos vão ser titular no paraense? na primeira porrada vão contratar 40 de são paulo, sempre foi assim .

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s