Teimosa vocação tabajara

Por Gerson Nogueira

O Remo começa a se especializar não apenas em perder turnos de campeonato, mas também na fina arte de produzir lambanças. Poucas contribuições de impacto foram dadas até hoje pela atual diretoria, mas, sem dúvida, o anedotário do futebol paraense ficou mais rico graças a ela. É uma presepada atrás da outra.

A última trapalhada envolveu a contratação do técnico Charles Guerreiro. Dada como certa na terça, caiu por terra na quarta pela manhã depois que o treinador se acertou com os dirigentes do Paragominas. Ontem, finalmente, ficou tudo esclarecido. Charles fica mesmo no PFC e a cartolagem do Remo contabiliza mais um mico.

COLUNA GERSON_24-05-2013As circunstâncias da trepidante negociação envolvendo Charles e dirigentes do Remo é algo digno de livreto de piada. O técnico contou que foi procurado, recebeu uma proposta e ficou tentado a aceitar, até para atender um apelo da família para voltar a morar em Belém. Pediu, porém, um tempo para comunicar sua decisão aos diretores do PFC.

No meio do caminho, o mais afoito dos cartolas remistas apressou-se em anunciar a transação como definida e sacramentada. Esqueceu apenas que um profissional só pode ser considerado contratado depois que põe o jamegão na folha de papel. O treinador admitiu, ontem, que a algazarra dos azulinos pesou na sua desistência, pois temia ficar marcado junto à torcida de Paragominas.

O comportamento destrambelhado tem sido a marca dos gestores do futebol do Remo. E a balbúrdia parece definitivamente instalada. Nem bem baixou a poeira do caso Charles, em meio a especulações sobre Maurílio, eis que surge a notícia de que Cacaio será o técnico. De novo, a informação saiu antes que o técnico assinasse contrato com o clube. Não será surpresa se hoje surgir novo desmentido.

Depois da eliminação do Campeonato Paraense, o Remo voltou à mesma situação do final do ano passado. Parece uma nau à deriva, sem rumo ou comandante. Sem competições previstas no restante da temporada, a pressa em contratar um treinador transmite insegurança e desespero.

O insucesso na busca por um técnico vem se juntar à infeliz ideia de recorrer ao STJD pleiteando a vaga paraense na Série D. O clube tem todo direito de resguardar seus direitos, mas não pode se expor a situações vexatórias. Depois que o mais falastrão de seus gestores garantiu em entrevista que o Remo iria disputar “de qualquer maneira” a competição, a sensação é de que tudo será feito para confirmar a tal previsão.

Como era fácil de prever, depois de notificada pelo tribunal sobre a reclamação, a FPF respondeu que o representante do Pará é o Paragominas. Nem podia dizer outra coisa, pois o campeonato foi disputado sob um regulamento aprovado pelo conselho técnico dos clubes. Se há algo dúbio ou mal explicado, a responsabilidade é também dos remistas, que ajudaram a formatar o regulamento.

Do lado prático das coisas, causa espanto que o Remo tenha se dado conta da imperfeição do regulamento somente agora, depois do término do campeonato. Se não concordava, deveria ter esperneado antes do torneio. Como aceitou disputar, só resta submeter-se às regras do jogo. Reclamar agora, tardiamente, mesmo que os argumentos sejam consistentes, soa como coisa de mau perdedor.

———————————————————–

Uma estreia longe de casa

Longe da torcida e ainda sob os efeitos da derrota no tapetão, que fulminou as esperanças de permanência na Copa do Brasil, o Paissandu inicia hoje a esperada campanha de retorno à Série B, depois de seis anos de ausência. Não é a estreia dos sonhos. Apesar de utilizar o time-base do Parazão, o técnico Lecheva tem vários problemas.

Além da forçada mudança na lateral-esquerda, com a possível entrada do novato Janilson em substituição a Rodrigo Alvim (contundido), há dúvidas quanto ao meio-de-campo. Vânderson, Capanema e Djalma não treinaram por diferentes razões. Eduardo Ramos, cérebro do time, é o único do setor que está em plenas condições.

Por sorte, o ataque não sofreu alterações. Setor fundamental pela necessidade de uma vitória logo de cara, tem Rafael e João Neto bem entrosados e voltando a jogar como no primeiro turno do certame estadual. O adversário é pouco conhecido dos paraenses, mas constrói uma imagem vencedora com o vice-campeonato da Copa do Nordeste e as boas participações na Segunda Divisão, onde está há três anos.

O ponto forte do ASA é a capacidade de marcação, que se concentra no trio de volantes (Rudiero, Milton e Pedro Silva). Na frente, Léo Gamalho, que andou na mira de vários clubes da Série B e até da primeira divisão, é o homem a ser vigiado pelos bicolores.

Toda estreia é difícil, mas os desafios do Paissandu aumentam na medida em que o ASA é um adversário mais habituado à Série B. Além disso, é um time bem arrumado e perigoso como visitante, explorando bem os contra-ataques.

O segredo, para o Paissandu, pode estar na participação da torcida de Paragominas, que já deu um tremendo empurrão (reforçada por torcedores que viajaram de Belém) na Série C contra o Macaé. Na parte técnica, depois do apagão contra o Naviraiense, o rendimento parece ter voltado ao normal na boa atuação diante do PFC, domingo.

———————————————————–

O velho Naça renasce das cinzas

Quem diria… Impulsionado por fortes investimentos, o Nacional de Manaus dá pinta de que está mesmo de volta à cena. Depois de golear o Coritiba em Manaus, foi ao Paraná e arrancou a classificação à terceira fase da Copa do Brasil. No placar agregado, triunfou com sobras – 4 a 2. Na primeira fase, o Naça de Aderbal Lana eliminou o Águia de Marabá. Rafael Mourisco, ex-Remo, é o xerifão da zaga.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta sexta-feira, 24) 

106 comentários em “Teimosa vocação tabajara

  1. Estréia de alto risco pro Papão. Palpito 2×1 pra nós.
    A turma que vive se abicorando na vaga alheia não tem jeito mesmo. Com esse Naça afiado é melhor refletirem bem sobre o risco-benefício de continuar tentando a todo custo algo a que não têem direito.

    Curtir

  2. Falar das besteiras que cometem Cabeça e Pirão, é bater em ponta de faca, Gerson e amigos…. Prefiro falar da estréia do Papão.

    – Paysandu inicia hoje sua longa caminhada, que deve ter como principais objetivos: 1º, Continuar na série B e 2º, claro, buscar o acesso…
    – Toda torcida do mundo ao Papão, a partir de hoje.. Papão que não contará com Rodrigo Alvim, contundido e Lecheva tem a dúvida entre Pablo e o estreante Janilson, assim como no meio, onde o Capanema está voltando de contusão e não está 100% recuperado.

    – Papão deve jogar com Zé Carlos, Yago, Diego Bispo, Raul e Pablo(Janilson). Vanderson, Ricardo Capanema(Esdras ou Billy), Djalma(já recuperado) e Eduardo Ramos. Rafael Oliveira e João Neto.

    Todo cuidado é pouco com esse time do ASA.. É um jogo, em que os dois times vinham jogando, o Papão no Parazão e o ASA, na Copa do Brasil…

    Boooooooooooooooooooooooora Papãooooooooooooooooo…

    Curtir

  3. Ontem a noite falei com o Vandick pelo face, ele me adiantou que o Junior Xuxa não virar mais pro papão e que ainda aguarda uma resposta positiva do Marcelo Nicácio. Porém ressaltou que já tem um plano B, se caso o Nicácio desista de vir pro Papão, assim como já tem um nome engatilhado pra substituir o MARRENTO Xuxa. Há aguardar as cenas dos próximos capítulos!

    Curtir

  4. Não sou de fazer comentário ou criticas do que está acontecendo com o nosso maior rival, mas seu comentário foi perfeito. Mais é muito triste o que está acontecendo com lambança atras de lambança…ainda bem que nois se livramos do LOP no Papão. Era uma vergonha.

    Curtir

  5. De tão recorrente, temo que as lambanças do Remo fiquem tão surradas que obriguem o blog a excluí-las do concorrido ‘Mico da Semana’.

    Curtir

  6. Prefiro o ver o Remo sem divisão agora do que dupla ver Cabeça-Pirão rindo da nossa cara até 2014. A não desistência do Náutico-RR será um grande favor aos que sonham com uma mudança no comando do Clube do Remo, pois sabemos que o grande interesse das múmias nessa vergonhosa mendicância por uma vaga na Série D é apenas ludibriar mais uma vez o torcedor. O senador Jader Barbalho, que andou intercedendo pelo Remo junto à CBF, bem que poderia seguir o exemplo do governador baiano Jacques Wagner (que se juntou à oposição que pretende tirar do comando do Bahia a ditadura da família Guimarães) e também apoiar a Assoremo em sua luta contra os ditadores do Baenão.

    Curtir

  7. Cabeça, Pirão, Baralho e Bororó, com um quadrado destes o Remo tem mais é de se recolher e aguardar 2014.

    E o Vandick alegou que precisava ter calma, que tinha de ser cirúrgico, que não adiantava afobação. Mas, o fato é que vai pra B como que tinha no regional ligeiramente alterado com nomes desconhecidos. não conheço o adversário, mas se o que tem de melhor é uma linha média onde o se destaca o Rudiero, jogador que esteve por aqui e só conseguiu obter elogios do Caxiado. Então, não parece que haja desnivelamento.

    Curtir

  8. Como citei ontem, tudo que ocorre dentro do Clube do Remo ganha dimensões extraordinárias. A tentativa de contratação e o não acerto, por desistência de uma das partes, ocorre no Brasil inteiro. O grande problema, é que os diretores azulinos vão ser batidos , esculachados por qualquer que seja a atitude na atual conjuntura. Não estou aqui defendendo ninguém, mesmo porque não tenho relação proxima com nem um deles. Agora não concordo, quando uma falha ocorre no nosso adversário, a coisa não é tratada de forma tão contundente, como é tratada quando o problema envolve as coisas do mais querido. Ontem foi um tipico exemplo disso. Os bicolores buscaram seus direitos acertadamente no tribunal Porém se comportaram de forma altamente amadora. Dando como causa ganha , uma questão que ainda seria julgada, os torcedores do bicolor e a imprensa paraense, entraram em verdadeiro estado de êxtase. E quando veio a decepção, uma notinha no canto do caderno esportivo, dava conta que a questão fora perdida. O bicolor vai recorrer ou recorreu, e deve ganhar a causa no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Porém todos agora estão comedidos, nada de vitória antes do tempo, nada de insanamente ludibriar a boa fé do torcedor. O Remo entrou com uma ação, pleiteando o direito a vaga como representante do Pará na série D. Todos já se anteciparam e criticaram a atitude desastrosa da direção azulina. Aguardem os senhores, quando sair a sentença ou despacho sei lá o que, e se a derrota apontar para o lado azulino, a imprensa esportiva falada,escrita e televisada, vai baixar o pau no Clube do Remo. O amigo Gerson Nogueira, já deu uma pequena amostra do que vem por ai ,em cima da diretória azulina com sua coluna de hoje no BOLA. Não sou contra a critica, não sou a favor dos diretores remistas. Agora até um latrocida, infelizmente quando vai a julgamento, tem um infeliz cidadão que sai em sua defesa. Criticas são validas e podem até se tornarem positivas. Agora em determinado momento, é bom deixar a poeira sentar um pouco. O Vanderson, teve um problema particular, e acho que não se deve trepudiar em cima da situação do rapaz. Agora se a mesma situação ocorresse com o Leandro Cearense pelo que percebo no momento, a coisa seria tratada como mais um grande problema dentro do Clube azulino. E a matéria dos nossos jornais teriam na capa a manchete em letras garrafais. ALÉM DA QUEDA O COICE ! E a conta no final também cairia na má administração azulina.

    Curtir

  9. Quanto as notícias do clube azulino creio que a torcida tenha toda a razão de tirar do comandoestes que vem afundando cada vez mais o Clube do Remo. Recorrer ao tapetão por algo que não tem direito beira ao senso do ridículo!
    O Paysandú vai ter um teste de fogo nesta estréia, apesar do ASA não ter chegado as finais do Alagoano é o atual vice campeão da Copa do Nordeste!
    Jogo de estudos entre as partes no começo da partida. Acredito que detalhes como bola parada ou uma falha gritante de uma retaguarda poderá dar números finais ao embate.
    Apesar de estreiar com o time do estadual ainda aposto no Papão, acho que fica nos 2 x 1 para o Bicolor Amazônico!

    Curtir

  10. Rocildo, sinceramente, acho que a imprensa é boazinha demais com essas figuras do Remo. Por exemplo, as charges do Atorres só fazem referência ao mascote do Remo e nunca as pessoas responsáveis pelos micos que o clube passa, diferente do que ocorre em outros estados onde o humor é mais crítico.

    Curtir

  11. A título de comentário segundo fontes não muito confiáveis, o Coritiba preferiu abrir mão da Copa do Brasil para poder disputar a Copa Sulamericana onde teria mais rentabilidade!
    Se alguém puder confirmar! Mas não tira o brilho da classificação do Naça, ressurgindo das cinzas!

    Curtir

  12. Quanto ao Vanderson, estou de acordo. De fato, é um problema particularíssimo, que não tinha cabimento mesmo vir ter aqui no blog (apesar dos outros ritmos). É de esperar que o mesmo tratamento seja dado a todos os casos semelhantes, independentemente do Clube. É aguardar pra ver.

    Agora, quanto ao quadrado mágico (Cabeça, Pirão, Baralho e Bororó), na minha opinião, este merece as críticas que vem recebendo. Eles se especializaram em fazer lambança. Aliás, esta investida mais recente na área do stjd, ao contrário do que possa parecer, não se trata de defender os direitos do Remo, mais sim, os indícios apontam, de buscar, a todo o custo, fazer valer interesses pessoais do quarteto, relativos ao potencial gerador de receita do clube.

    Curtir

  13. O prazo para a inscrição na série D até o dia 26 ?

    Alguma notícia dos prováveis desistentes, o envio tem que ser hoje ?

    Curtir

  14. Como torcedor fanático do Paysandu, dei graças a Deus quando o LOP saiu do meu Papão. Agora vejo as lambanças desse dublê de dirigente chamado Pirão que fica tentando fazer média com a torcida do Remo, acho até q ele é pior que o LOP. Desses dirigentes do Remo o único que me parece coerente é o Bororó, o resto é só mala sem alça.

    Curtir

  15. rocildo amigão ja disse e repito vc está redondamente enganado.
    Rocildo não existe esse maior ou menor divulgação de coisas entre assuntos de remo ou paysandu. Oque ocorre é a sensação de perseguição que vc remistas acumularam nesses 19 anos de sofrimento vendo seu remo despencar em queda livre para o abismo do fracasso total. pois o remo até 20 anos atrás era o rankiado do norte, tinha maior participação do norte na elite, tinha o mesmo numero de titulos que o papão, e tinha a melhores campanhas na segundona com dois vices campeonatos. Eu disse tinha porque hoje a realidade é outra que vai durar ainda muito porque vc ja sabe que em materia de ranking o teu remo caiu para a 4 posição no pará onde junto com o Paysandu liderava tudo. Hoje a CBF considera so titulos e campanhas dos ultimos 5 anos, onde até o da terceirona ficou desvalorizado e vcs não possuem mais nenhum titulo dessa nova era, nem no brasil nem no estado do pará, porque os detentores são paysandu, independente e cametá, unicos com titulos. Ouvir isso é duro, é sofrido para ti rocildo e te causa essa mania de perseguição pela imprensa. mas para te aliviar eu lembro e tu deves lembrar que no tempo da lambança do lop o papão so vivia nas paginas negativas deste jornal e teve uma vez que mostraram em primeira pagina a charge de um lobo vestido com camisa azul celeste, com simbolo e tudo num banheiro com dor de barriga. ou seja um desrrespeito ao manto sagrado bicolor pelo a torres, mas aí vcs remistas adoraram, riram, acharam maravilhoso, mas quando é contra vcs é perseguição da imprensa???/ rocildo deixa de tolice e bola pra frente, porque ja tem muita gente na frente de vcs.

    Curtir

  16. POREM GERSON AMIGO,

    NÃO TINHAS OUTRO TIPO DE VOCAÇÃO PARA COMPARAR OS CARAS???? PORQUE COMPARAR COM TABAJARA É O CÚMULO PORQUE SABEMOS QUE TABAJARA É O SINONIMO DE TIME MAIS RUIN DO MUNDO. ESSE TIME TABAJARA É TÃO RUIN QUE NUMA PARTIDA ONDE ELES PERDERAM, O ARBITRO EXPULSOU OS 10 DO TIME ADVERSÁRIO QUE VENCIA POR 1X0, DEIXOU SO O GOLEIRO E AINDA MARCOU UM PENAL PARA O TABAJA AO 50 DO SEGUNDO TEMPO. PARA COMPLETAR O GOLEIRO ADVERSARIO TEVE UM ATAQUE E MORREU DEBAIXO DO GOL. AÍ O JOGADOR DO TABAJARA FOI AUTORIZADO A BATER O PENAL ASSIM MESMO E A BOLA BATEU NA TRAVE E DEPOIS BATEU NAS MÃOS DO GOLEIRO MORTO QUE ESTAVA ESTIRADO DENTRO DA AREA E SAIU. O TABAJARA PERDEU POR 1X0 ASSIM MESMO.

    COMPARAR O LEÃO COM ESSE TIME E DEMAIS PARA OS CARAS , GERSOM

    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA

    KAKAKAKAKAKAKAKK
    KAKAKAKAKAKAK

    Curtir

  17. Meu caro Edilson, qual o grande título que o teu querido Paysandu ganhou nos últimos 5 anos. Não pense você, que o fato do seu clube, disputar uma segunda divisão deixa ele acima do bem e do mal. ele vive os mesmos problemas que vive o azulino, apenas é encoberto pelo fato de após 6 anos ele conseguir ao apagar das luzes, numa jogada de mestre do Luiz Omar, que ofereceu um milhão de reias pelo acesso, sem que ele tivesse pelo menos cem mil para dar. O teu time chegou na segunda divisão, sem precisar de organização , estrutura nem uma. chegou na marra , como qualquer outro pode chegar. E mais meu amigo bicolor, não existe divisão que o acesso seja tão facil quanto a atual terceira divisão. Então um clube que pouco tempo atrás era espelho da desorganização, não pode em 6 meses, ser o supra sumo da organização. Meu caro o ranking foi modificado ano passado. E é tao facil subir no mesmo, que o teu time sem nada de significativo conquistado nesses últimos 5 anos, ocupa a 37 colocação, e entenda que ele caiu, ele não subiu ele estava na 31 colocação e caiu para a 37 colocação. E um outro detalhe, não foi o seu clube por méritos que superou o Remo. O Remo é que perdeu espaço com campanhas ruins. e mais apesar de comemorares agora o ranking, que até bem pouco tempo era desdenhado por vocês bicolores, o super estruturado time de vocês tem que comer muita farinha ainda, para superar o vigésimo sexto lugar já ocupado pelo glorioso Clube do Remo.

    Curtir

  18. Amigo Miguel, ontem acompanhei o jogo Nacional e Coritiba através de uma rádio de Curitiba e tudo que ouvi durante e depois do jogo, posso afirmar que não procede essa informação de que o Coritiba priorizou a futura participação na copa sulamericana, não dando a importância a presente copa do Brasil. Pelo contrário, ontem tentaram justificar a primeira derrota por 4×1 como sendo a ressaca da festa do título do campeonato Paranaense, durante o jogo, vendo a aplicação tática do Nacional, foram percebendo que o jogo seria duro e difícil de conseguir o placar com diferença de 3 gols. No final a revolta foi grande, a torcida vaiando, os comentaristas e o narrador do jogo malhando o time, e já conjecturando a possível mudança da comissão técnica. A frase final; – Agora só nos resta a copa sulamericana, ainda bem”. Então amigo Miguel, sinceramente por tudo que ouvi, não acredito nessa de desinteresse pela copa do Brasil, o que aconteceu realmente foi que o nacional de Manaus, através da competência do seu técnico, montou uma barreira quase intransponível, mas mesmo assim não abdicou de sair ao ataque nos momentos certos, tanto é que quase empatou no final. Parabéns ao Nacional outro Leão do Norte.

    Curtir

  19. Gerson e amigos, bom dia!
    É notório a incapacidade dos dirigentes remistas quanto à organização, quanto aos assuntos que envolvem ao Remo. Ainda, por sinal, recorrem aos tempos do feudo – pior é que são assim. Como pode um clube que tem público de série A e pensamentos de pelada ? São respostas tão frugais que até uma criança saberia responder. O triste é ver o maior rival assim, o mesmo não é bom para o Bicolor Amazônico, pois afeta às ordens naturais de nosso futebol regional e o empobrece. Pessoas “despreocupadas” com o futuro que preferem se enraizar no passado. Mudar pra quê ? Dar o que eles “contribuíram” em sua longa jornada nos naus azulinos aos mais jovens ? Bem, é só averiguar o currículo de cada diretor azulino e constatar que não restaria um!

    Curtir

  20. E POR ISSO QUE SEMPRE VOU REPETIR UM BILHÃO DE VEZES SE FOR PRECISO QUE O MAIS IMPORTANTE NA HISTORIA DE UM CLUBE OU COMPETIDOR EM QUALQUER ESPORTE E COMPETIÇÃO SÃO AS CONQUISTAS DE TITULOS, TITULOS, TITULOS, MUITOS TITULOS PORQUE É ISSO QUE FAZ HISTÓRIA, ENGRANDECE, FICA GRAVADO PARA SEMPRE NA MEMORIA DAS PESSOAS DE TODO O TIPO: IMPRENSA, TORCEDORES, HISTORIADORES ETC. PORQUE PERDER TODO MELHOR TIME DO MUNDO PERDE. OLHEM O EXEMPLO DO PODEROSO BARÇA QUE TOMOU DE QUATRO. OLHEM O COXA QUE CAIU DE QUATRO PARA O QUASE FALIDO NAÇA. POREM ESSAS DERROTAS LOGO SERÃO ESQUECIDAS PORQUE O BARÇA TEM MUITOS TITULOS, O COXA TEM MUITOS TITULOS E PODEM CONSEGUIR OUTROS LOGO LOGO PORQUE TITULO SIM, NÃO É PARA QUALQUER UM . É SO PARA OS FORTES. BEM FEITO PARA QUEM ACHOU QUE ERA SO O PAPÃO QUE ERA ELIMINADO POR TIMINHO DESPREZIVEL.

    Curtir

  21. Tenho o hábito de ler todos os comentário postos aqui no blog, mas há algum tempo confesso que tô ficando saturado dos recorrentes duelos de palavras e xingamentos clubistas expostos neste espaço. Pior fica quando alguns frequentadores só usam o espaço para falar do outro clube de forma descortês, sempre criando ou rebatendo. Não desejo santinhos ou franciscanos frequentando o blog, aqui fala-se de quase tudo, porém bem que poderiam policiar as atitudes, focar em contribuir para o debate, opinar sobre as questões que envolvem os clubes paraenses, evitando tripudiar sobre os outros. Que existam os sarros, no entanto que seja dentro do respeito mútuo. É o meu desejo.

    Curtir

  22. Concordo com o amigo Luis Antônio. Também acho que a torcida remista tem que entrar em campo para ter eleições diretas e já, não esperar até 2014. Essa seria a grande vitória, o grande troféu para os remistas em 2013. Assim como a maior vitória bicolor ano passado foi a eleição do Vandick.

    Curtir

  23. Que diabo é isso, no Site da ORM:

    “Charles Guerreiro deixa o PFC e vai conversar com o Remo”.

    Curtir

  24. Gerson, por que você não cria o palpitômetro para a série B ? Quais os quatro clubes que sobem, e quais os quatro clubes que descem.

    Meu palpite:

    Sobem:
    Atlético Goianiense
    Palmeiras
    Paysandu
    Figueirense

    Descem:
    Sport
    Icasa
    Avai
    América-RN

    Curtir

  25. O PFC agora é forte candidato ao acesso e o Remo continuará sendo o que foi nos últimos cinco anos.

    Curtir

  26. E o Gerson Nogueira profetizou com o título da coluna. Aonde essas múmias vão parar, meu Deus?

    Curtir

  27. Verdade amigo Lucilo percebe-se que ficou mais parecido como discurso de time derrotado pelo amplo placar de 4 x 1 na primeira partida.
    O que é legal para mostrar ao povo do Sul que no Norte existem ainda equipes interessadas em sair do marasmo e conquistarem dias melhores no cenário brasileiro. Obrigado pelo feedback!

    Curtir

  28. Amigo Osvaldo eu também vou apostar as minhas primeiras fichas na subida dos mesmos clubes que indicastes, mas eu acho que na parte de baixo ficam:
    Oeste, Icasa, América-RN e ABC!

    Curtir

  29. Não entendi essa do Charles, disse na rádio que queria ficar perto da família em Belém, mas treinando o Remo vai ter que viver pelo interior fazendo amistosos, só se ele falar com o Pirão pra comprar as passagens para seus familiares viajarem junto com a delegação para os interiores do Pará. kkkkkkkkk

    Esse Remo é uma piada.

    Curtir

  30. Que seja feliz no Baenão!
    Ao PFC acho que o Cacaio seria um bom nome pois só não deixou a Tuna na primeira do Parazão porque ela foi horrível no primeiro turno.
    Acho que ele faria um grande trabalho com o elenco atual do Paragominas!

    Curtir

  31. Acho que na Série B caem dois de São Paulo entre Bragantino, Oeste e Guaratinguetá. O Boa Esporte também deve cai,r além do Icasa.

    Curtir

  32. Bem lambrado amigo Luis, os times de São Paulo estão mal das pernas!
    Os três do Nordeste que citei foi mais em função das pífias campanhas em seus estaduais como o Icasa e o ABC. O América decidiu o título contra o Potiguar perdendo nas penalidades(loteria) e pelo que assisti no jogo contra o Atlético-PR, o time é muito ruim!
    Mas são apenas os primeiros palpites. Creio que lá pela quarta rodada teremos um novo parecer!

    Curtir

  33. Pô, legal o Cacaio no PFC. Agora acho que o Pará tem grandes chances de ter mais um clube na série C 2014, vamos Jacaré!!!!!

    Curtir

  34. Gerson, acho que houve precipitação nessa história. Como o próprio Diário anuncia, agora o Charles volta pro Remo. A lambança foi feita, sim, tanto pelo Pirão quanto pelo Charles Guerreiro, mas o desfecho mostra que a negociação havia sido concluída.

    Quanto à vocação tabajara, são duras as palavras, mas ditas acertadamente. Essa diretoria é a pior do Remo que já vi, considerando o acúmulo de erros das administrações de Ribeiro, Levy, Klautau e Cabeça. O caminho pra sair desse atoleiro é a democratização que, pelo andar da carruagem, virá a fórceps.

    Custo a acreditar que esses senhores que mandam no Remo há tempos sejam tão incompetentes em seus outros empreendimentos pessoais e profissionais. Acredito que o Remo seja mesmo uma espécie de fonte obscura de enriquecimento para esses cidadãos.

    Curtir

  35. Amigos, logo após o término do jogo em entrevista as rádio do Paraná e de Manaus, o técnico Aderbal Lana, detonou a Federação Amazonense de Futebol, elevando as críticas em torno do pouco apoio aos clubes do amazonas, que a federação só serve para puxar o saco da CBF, que o presidente vive viajando as custas da CBF, ficando hospedado em hotéis de luxo, enquanto os clubes ficam mendigando recursos para trabalhar. Esse é o cara com coragem para falar. Acho que meu sonho em vê-lo treinando o Remo é utópico, jamais um técnico de atitude teria oportunidade para treinar o time do Remo, ainda mais com essa diretoria que gosta de aparecer mais que os outros.

    Curtir

  36. Resta aos incautos de plantão, e nesse meio incluo você Gerson Nogueira, um pedido de desculpas, ao Zeca Pirão. Você Gerson alguém que reputo como sério, equilibrado e competente comentarista , quando resolveu enveredar-se pelo rumo do protecionismo político de um certo senador, em detrimento a outro, perdeu a tez , por não ter traquejo para tal função desandou. e caiu na vala comum dos que se dizem “experts” em assuntos que não dominam totalmente, no caso o futebol. Sabe-se que no meio do futebol o que menos existe é verdade, o meandro transpira falsidade e interesses pessoais. O Charles assumiu em entrevista que a proposta era- IRRECUSÁVEL- e que tudo estava alinhavado com o remo. Acho que o produtor de lambanças, nesse caso, é o Charles Guerreiro, e a imprensa “Afobadinha” . Volte aos velhos tempos Gerson, tempo em que equilíbrio, verdade e isenção eram seu retrato. Volte mais volte rápido, o futebol paraense precisa de comentaristas como você era em outros tempos.

    Curtir

  37. É Sr. Gerson, os choros do Rocildo estão alcançando novos rumos.Nem o jornalista responsável pela coluna,escapa.Quero ver qdo tds as fontes e recursos se esgotarem e o incapacitado time remista,mais uma vez entrar no ostracismo ! Te dizer !

    Curtir

  38. Outro fato importante….
    esse regulamento do campeonato paraense é um LIXO!!!
    feito pra baratinar mesmo não determina nada sobre quem é o representante em campeonatos nacionais. O remo tem é que apelar mesmo. Essa federação é toda do PAYSUDAM o remo não consegue nada com esses caras e o rival consegue o que quer, Até a arena verde diminuiu pra não ter pressão em cima dos caras. Mas Deus é justo até o Naviraiense ia ser garfado pela FPF/CBF. TOMALHE!!!!! PEIA DE NOVO.

    Curtir

  39. Calma caro Gerson, vc esta empenhado demais em ridicularizar os dirigentes e a instituição Clube do Remo, o que te move? Não lia ou ouvia tanto empenho quando por la estava Raimundo Ribeiro, que levou o Remo da segunda divisão à divisão alguma, onde o único interesse de RR era se aproveitar financeiramente do clube, aceito com resignação a crítica seria, mas fico indignado com deboche, o cinismo e a crítica seletiva.

    Curtir

  40. José Cruz, quanto ao Regulamento do campeonato, realmente não é um primor, mas, com todo o respeito, que ele diz quem será o representante do Pará na série D, isso ele diz, sim.

    Lá no art. 51 tá escrito que este será o Clube de Melhor colocação, deduzidos aqueles que já tenham vaga assegurada em competições nacionais. E tirando o Paysandú, campeão, que já está na série B, o melhor colocado é o vice-campeão, no caso, o PFC, quem é quem deve ir à série D. Infelizmente para o nosso Leão.

    Curtir

  41. Perguntar ao Lucídio,que mesmo fazendo um comentário consistente sobre a qualidade do Nacional de Manaus,citou”Outro Leão do norte”, e o outro onde é que está ?

    Curtir

  42. Além do rocildo e do anonimo do blog, agora tem mais um chorão no blog, é o José Cruz. Caro amigo josé Cruz, se conforme, teu time é sem divisão, sem moral, sem nada, se conforme com seu pirão.
    Aceite a realidade que é:
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃOSEM DIVISÃOSEM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO
    SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO SEM DIVISÃO EM DIVISÃO

    ENTENDEU AGORA, CHEGA DE CHORO JOSÉ CRUZ!!!

    Curtir

  43. AS Azulinetes esão zangadas com o Gerson Nogueira 1KKKKKKKK ! Será que ninguém mais pode falar a verdade ? A imprensa é livre para comentar ocorrência,doa a quem doer ! O choro deseperado tbm tem liberdade para derramar as lágrimas onde quiser. Parabéns Gerson pela extidão e veracidade dos fatos !

    Curtir

  44. Lamento que você não tenha acompanhado meu trabalho na época de RR, AK & cia. Certamente não cometeria a injustiça de achar que sou rigoroso demais com a patética diretoria atual. Informe-se.

    Curtir

  45. O mais provável, amigo Acácio, é que o Remo mande suas partidas em Cametá ou Santarém. Castanhal, desde que atualize os laudos do estádio Maximino Porpino, é outra alternativa.

    Curtir

  46. José Cruz, não esquece que o regulamento do Parazão é assinado por todos os clubes participantes do campeonato, inclusíve o clube presidido pelo Sérgio Cabeça, condenado a 25 anos por desvio de dinheiro público, quando era diretor da antiga Escola Técnica Federal do Pará.

    Curtir

  47. O Gerson foi certeiro na coluna ao enumerar as lambanças da dupla Cabeça-Pirão e concluir o sexto parágrafo com a seguinte frase: “Não será surpresa se hoje surgir novo desmentido. O escriba só não foi perfeito porque esqueceu de escrever a dita frase no plural.

    Curtir

  48. Agora vcs estão vendo quem é que baixa o nível do Blog!

    Depois não reclamem ok!

    Só por causa disso vou mandar o vídeo preferido da mucurada!

    Curtir

  49. O Regulamento do Parazão nada esclarece quanto à vaga da Série D, e, ainda que esclarecesse, este não poderia contrariar os Regulamentos da CBF. De fato, houve, em verdade, na espécie, um equívoco muito grande de todos, ao pensar que a vaga seria do Paragominas tão-somente por ter sido campeão do segundo turno do campeonato paraense. Todavia, há de se entender que a mens legis dos Regulamentos da CBF é querer, para que o seu campeonato nacional não fique com baixo nível técnico, que os times participantes do certame tenham os melhores níveis técnicos dos campeonatos estaduais. Disso, não se pode fugir. E em critérios técnicos, o Clube do Remo ficou anos-luz a frente do Paragominas, ganhou em números de vitórias, menor números de derrotas, maior em saldo de gols, obetendo percentual de 68,2% de aproveitamento contra apenas 51.5% do Paragominas.
    Assim sendo, cabe à Hermenêutica estudar e estipular os parâmetros de interpretação. É por essa razão que a norma deve ser interpretada não pela sua literalidade, mas com vistas a salvaguardar os valores protegidos e/ou o alcance pretendido com a lei e/ou regulamento.
    Portanto, não resta a menor sombra de dúvida no caso em questão, que a vaga na série D é, por lei e por direito, ao Clube do Remo.
    E é nesse sentido, que o STJD vai se posicionar. Aguardem!

    Curtir

  50. Nunca mais havia metido o bedelho em assuntos azulinos aqui no blog porque antes estava só aborrecido com o meu Clube do Remo. Agora, estou MUITO aborrecido. O protesto de quarta-feira mostrou amadurecimento e uma ironia até elegante. Não esperava pelas ataduras de múmia, que tornaram bem clara a mensagem: o Remo precisa de renovação! Assim, de forma civilizada e inteligente, fica difícil se referir ao torcedor azulino como apenas apaixonado, como um ser sem razão ou autocrítica, sem reflexão. Ficou muito claro o recado: já passou da hora de ser profissional. Como não bastasse a vergonha para o Clube, que está sem divisão nacional, sem triunfar no estadual, eliminado nas primeiras fases da Copa do Brasil há anos e dando vexame na série D até quando tinha direito líquido e certo de estar nela, francamente, com essa falácia toda de Cabeça, Pirão e Cia, essa negociação com o Guerreiro da forma que foi e tudo o mais que anda tenebroso pelos lados de Evandro Almenida, sei não… melhor seria reorganizar o Clube, o Clube, não o depto de futebol, adotar eleições diretas já e planejar a próxima temporada imediata e profissionalmente.

    Curtir

  51. Estanislau, para de chorar meu amigo, a vaga é do Paragominas, isso é desespero de perdedor sem divisão. A única saída pro Remo é esperar alguém desistir. fora isso é choro

    Chora leãooooooooo

    Curtir

  52. O Paysandu joga hoje e incrivelmente os torcedores que freqüentam este espaço não fizeram até agora um comentario sobre as perspectivas para uma vitória, o esquema mais adequado, os jogadores que podem ser escalados, etc, etc e tal, mas não, repetem a mesma ladainha em falar de assuntos que envolvem o Remo. Que coisa!

    Curtir

  53. Prezado Lucilo você tem razão, não vejo comentários do jogo de hoje a noite, é só remo, paragominas, charles, etc. Vamos esquecer esse pessoal gente, que dá azar. Vamos comentar e debater só temas do PAPÃO, pois é este clube que deve estar nas mídias hoje e sempre. PAPÃO 3 x 1.

    Curtir

  54. Verdade, vamos parar de falar do Remo e vamos falar do Paysandu, que não pagou os salários do Vanderson, atleta que deu muitas glórias ao time, e por isso foi preso por não pagar pensão alimentícia. Depois da tragédia, viram-se na necessidade de, às pressas, fazerem uma vaquinha para soltar o jogador. Esses são os novos rumos ou seria um dèjávu?

    Curtir

  55. EPA!!!! O FENOMENO AZUL TABAJARA ESTÁ MUITO PORRAQUI COM A NAÇÃO BICOLOR E o ESCRIBA, MAS NÃO TEMOS CULPA SE O TIME É TABAJARA COMO BEM COLOCOU O DESPORTISTA. ORA BOLAS. ESSE TIME FICA 3 ANOS SEM CONSEGUIR VAGA na ultima divisão do futebol mundial, É A QUARTA FORÇA DO FUTEBOL NO Pará, aí querem que o Gerson apelidem ele de BARCELONA????? Gerson, nem pensar. finalmente deram a esse time um apelido que vai pegar pra valer.

    leão tabajara, remorto tabajará, fenomeno azul tabajara
    muito coerente.

    rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
    rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
    rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    Curtir

  56. Já esta na hora do remorto mudar de mascote,no lugar do sofrido leão poderiam colocar a vaca como novo mascote.

    Curtir

  57. É ISTO MESMO AMIGO MARCELINO. MUITO INTERESSANTE PORQUE DIANTE DE TODOS ESSES FRACASSOS DO REMO TABAJARA PODERÍAMOS DIZER QUE A VACA FOI PARA O BREJO

    KAKAKAKAKAKAKAKAK

    Curtir

  58. Caro amigo Edilson,Outra sugestão de mascote para o remo seria o caranguejo,pois anda para trás e vive na lama.tudo a ver.

    Curtir

  59. amigo marcelino sobre isso eu fiz uma homenagem a eles com um brega antigo que tem muito a ver:

    o remo andou para trás, se abaixou até o chão
    e agora desceu demais, ao pedir esmola na quarta divisão
    divisão é para os fortes, não se dá á qualquer um
    O remo queria divisão, mas agora não tem nem uma
    remo que faz um cesto de vergonha , faz um cento se se puder
    o remo não usa cabresto, vai jogar onde ninguem quer
    eu não penso e nem desejo ser remista com essa fama,
    quem nasceu para remista so pode viver na lama

    Curtir

  60. A única saída para o Remo é democratizar o processo eleitoral e as instâncias deliberativas, amigo Eriko.

    Curtir

  61. Da mesma forma como me posicionei com relação ao julgamento do Papão com o Naviraiense farei o mesmo com o clube azulino, só após a decisão do STJD.
    Gente hoje tem o Pará no brasileiro da série B, vamos nos dedicar a comentar coisas do nosso clube deixem que os remistas terão 8 meses para falarem do time deles, o que fizeram, o que poderiam ter feito, quem será o salvador da pátria etc…
    Galera do Papão o nosso FOCO é SÉRIE B é lá que O GRANDE BICOLOR AMAZÔNICO ESTÁ E VAI REPRESENTAR MUITO BEM O ESTADO, DOA A QUEM DOER!
    VAMOS PAPÃO RUMO A PRIMEIRA DIVISÃO NACIONAL!!!!

    Curtir

  62. Tomara que não chova hoje a noite para termos um bom jogo!
    Provavelmente teremos um público inferior a 5 mil, as dificuldades são enormes para a galera chegar até Paragominas e imaginem retornar de noite?
    Mas vamos estrear bem hoje com a fatura dos primeiros três pontos, vamos PAPÃO!!!!

    Curtir

  63. Estaninslau (76), eu não duvido que o stjd decida por autrizar o Remo a disputar a série D no lugar do Paragominas. Mas, isso não significa muita coisa no esclarecimento do que é, ou do que não é, correto. Afinal, é do conhecimento de todos, que o stjd tem parcela significativa de responsabilidade em muitas das confusões que perturbam o campeonato brasileiro, pelas decisões arranjadas que toma, e isto desde quando o Zveiter pai ainda andava por lá, mandando e desmandando.

    Mas, enfim, com todo o respeito que merece a sua opinião técnica, por vários motivos, não considero que atribuir a vaga ao Remo seja a melhor decisão, a decisão que melhor interprete o que mandam as regras que tratam do assunto.

    (Continua)

    Curtir

  64. (Continuação)
    Primeiro que a regra que está acima de todas nesta questão, não é o regulamento da cbf, mas sim, a lei que protege os direitos, não dos clubes, mas sim, dos torcedores. Esta lei é o estatuto do torcedor.

    Segundo que a tradução do significado da expressão “critério técnico” não fica entregue ao sabor e apetite dos clubes, federações, confederações e nem mesmo do stjd.

    Terceiro que quem traduz o significado para a expressão “critério técnico” é o próprio estatuto do torcedor. Ele faz isso no parágrafo primeiro do art. 10, quando diz que:

    “Art. 10. É direito do torcedor que a participação das entidades de prática desportiva em competições organizadas pelas entidades de que trata o art. 5o seja exclusivamente em virtude de critério técnico previamente definido.

    § 1o Para os fins do disposto neste artigo, CONSIDERA-SE CRITÉRIO TÉCNICO A HABILITAÇÃO DE ENTIDADE DE PRÁTICA DESPORTIVA EM RAZÃO DE COLOCAÇÃO OBTIDA EM COMPETIÇÃO ANTERIOR.

    Como se vê o estatuto não considera que critério técnico seja o número de vitórias, o maior número de pontos, o menor número de derrotas, nem o maior saldo de gols, nem o aproveitamento percentual.

    Isto é, “critério técnico”, segundo a definição legal, significa a colocação obtida na competição anterior, classificação esta que, nos campeonatos disputados em turno, returno e semifinais eliminatórias, não está necessária e obrigatoriamente vinculada a maior pontuação, maior número de vitórias etc, etc.
    (Continua)

    Curtir

  65. (continuação)

    Assim, no caso envolvendo Clube do Remo/PFC, como o campeonato da série D, segundo opção da própria cbf, só é util para permitir o acesso à série C, logicamente, a competição anterior a que se refere o estatuto do torcedor, como qualificadora para o campeonato da série D, é, e só pode ser, o campeonato paraense.

    (continuação)
    Deste jeito, é o regulamento do campeonato paraense, no caso o regulamento do campeonato de 2013, é quem vai definir qual o clube deve ser o representante do Pará na série D.

    E o Regulamento do campeonato paraense de 2013, tem regra muitíssimo bem definida e esclarecedora de quem deve ser o representante do Pará na série D. Esta regra é o art. 51, onde está dito o seguinte:

    “Art. 51 – Desde que não tenha(m) vaga(s) assegurada(s) em Competição Nacional organizada pela CBF, o(s) representante(s) do Estado do Pará, será(ão) o(s) melhor(es) colocado(s) no “PARAENSE 2013”, observados os critérios técnicos.”

    Bom, do que aí está escrito fica claro que o representante do Pará na serie D, deve ser aquele que obtiver a melhor colocação no campeonato de 2013.

    Assim, não pode restar nenhuma dúvida que o regulamento do campeonato paraense estabelece sim, um critério de identificação. Um claro e bom critério, por sinal. Até porque atende perfeitamente o que manda o estatuto do torcedor, que quer que prevaleça na ocupação das vagas, o mérito técnico, traduzido pelo próprio estatuto, como a colocação obtida em competição anterior.

    (continua)

    Curtir

  66. (continuação)

    Agora, falta só ver quem tem a melhor colocação. O Remo ou o Paragominas.
    O que o Remo tem? Em todo o campeonato o Remo tem 11 pontos a mais que o Paragominas.
    Mas, no campeonato paraense de 2013, disputado em dois turnos, com semifinais eliminatórias, é o número de pontos obtidos em todo o campeonato, o critério escolhido pelo regulamento para definir o melhor colocado?

    É claro que não.

    O número de pontos obtidos na competição só serve para estabelecer os semi finalistas e os finalistas do primeiro turno e definir os que terão vantagem, tanto nas partidas da própria semi, quanto nos jogos da final do primeiro turno. Encerrado o primeiro turno, zeram os pontos e começa nova contagem.

    No segundo turno, outra vez o número de pontos obtidos na competição só serve para estabelecer os semi finalistas e os finalistas do segundo turno e definir os que terão vantagem, tanto nas partidas da própria semi, quanto nos jogos da final do segundo turno.
    (continua)

    Curtir

  67. Coitado do vovô Edilsinho, deve ter depressão bipolar Leonina kkkk só fala do Remo kkkkkkk acho que o tabu 33 deixou ele com a cabecinha oca kkkkkkkkk vamos dar a descarga pra ele kkkkkkk

    Curtir

  68. (Continuação)

    Encerrado o segundo turno, aí o regulamento estabelece uma espécie de bifurcação nos critérios.

    Os pontos obtidos ao longo de toda a competição podem zerar inteiramente, ou podem ser utilizados. Tudo vai depender de ter havido, ou não, coincidência de vencedores no primeiro e segundo turno.

    Se não houve coincidência. Isto é, se equipes diferentes ganharam o primeiro e o segundo turnos, os pontos zeram completamente, e vai ocorrer a decisão do certame em duas partidas, sendo CAMPEÃ aquela equipe que marcar mais pontos nestes dois jogos, for superior nos critérios de desempate, sempre, exclusivamente, nestes dois jogos. Sendo, logicamente, VICE-CAMPEÃ, a outra equipe.

    Os pontos marcados em todo o campeonato só serão levados em conta, segundo determina muito explicitamente o Regulamento do paraense de 2013, no caso em que uma mesma equipe tenha vencido os dois turnos, e esta medida é exatamente para escolher a VICE-CAMPEÃ. Esta será aquela que somar mais pontos em todo o campeonato, adotados os critérios subsidiários para a eventual desempate.

    Cabe fazer uma pergunta aqui: Por que será esta preocupação do regulamento de colocar em relevo a figura do VICE – CAMPEÃO, a ponto de estabelecer um critério específico para identificá-lo dentre os mais participantes?

    A resposta é óbvia e ululante: é porque a figura do VICE-CAMPEÃO é importante para identificar a melhor colocação depois do CAMPEÃO, para fins de distribuir os méritos e os prêmios respectivos a quem deles for merecedor.

    E esta situação ganha importância quando o campeonato não é disputado no sistema de pontos corridos, onde a simples somatória dos pontos permite verificar a colocação de todos. Diferentemente do sistema de disputa por turnos, mediante partidas de cunho eliminatório do acesso às fases seguintes. Nestes casos, o mérito é apurado pelo rendimento em cada fase, o que, não raras vezes, a partir de um determinada etapa da competição, torna irrelevantes os pontos obtidos ou desperdiçados nas etapas anteriores.

    (Continua)

    Curtir

  69. (Continuação)

    Enfim, não é simplesmente porque venceu um turno do campeonato que o PFC é o legítimo merecedor de disputar a série D. Não, esta legitimidade decorre do fato d’ele ter alcançado o VICE-CAMPEONATO, que é o critério técnico que lhe deixa postado numa colocação melhor que a do Clube do Remo.

    E isso está muito longe de ser uma interpretação ao pé da letra do que diz o Regulamento.

    Na verdade, é uma interpretação conjunta das regras que se aplicam a questão, que identifica os objetivos do estatuto do torcedor, e vai ao pleno encontro dele, objetivo com o qual não podem estabelecer contradição, como realmente não estabelecem, nem o Regulamento da cbf, e nem o Regulamento da fpf.

    Aliás, em qualquer competição, seja ela em sistema de turnos, ou de pontos corridos, é de conhecimento universal, que os disputantes objetivam ocupar as primeiras colocações, e que estas, são, basicamente, a de CAMPEÃ e de VICE-CAMPEÃ.

    (continua)

    Curtir

  70. (Final)

    Creio que interpretação diferente desta, levaria a questão por caminhos um tanto afastados da lógica.

    Por exemplo, a Tuna foi semi finalista do segundo tuno. Se ela tivesse vencido o Paragominas, o Remo e o próprio Paysandú, seria campeã. E isso sem ter conseguido nem a metade da pontuação do Remo.

    Mas, se prevalecesse esta tese que o Remo quer plicar no stjd, mesmo sendo campeã do campeonato, ela não teria direito de ir a Série D, devido à pontuação inferior à do Remo.

    O próprio Paragominas, se tivesse sido campeão, ganhando as duas partidas finais, ainda assim, não ultrapassaria os pontos do Remo.
    Então, mesmo sendo campeão, não poderia ir à Série D.

    Uma interpretação que conduza a este absurdo, logicamente que não pode ser a correta. E só prevalecerá, se faltar bom senso aos membros do stjd, o que não é difícil.

    Curtir

  71. O Remo deu um tiro no pé quando venceu o papão na semifinal da taça estado do Pará,se tivesse perdido o rexpa o papão teria conquistado o returno e consequente teria dado de bandeja a vaga da série D para o remorto,que não precisaria estar passando por estas humilhações para tentar jogar a famigerada série D.

    Curtir

  72. Marcelino, esta é uma questão muito difícil de avaliar e obter uma resposta segura. Muita gente sustentou isso arrimado naquela tese de que o paysandú entregou os dois jogos das semi para obter renda. mas tudo isso caiu por terra com a derrota para o Naviraiense.

    Curtir

  73. Crao Antonio Oliveira,a verdade é que o remo foi incompetente para conseguir no campo a vaga para a série D,como também o papão foi incompetente para conseguir no campo a vaga para a próxima fase da copa do Brasil.a grande diferença é que o papão começa a jogar a série B hoje e terá mais 37 jogos pela frente,e o remo só deverá jogar em 2014.

    Curtir

  74. Bom essa é uma verdade inexorável. É daqui a pouco vai ser o primeiro… Tomara que estes 37 jogos sejam um lazer. Porque oito meses é muito tempo, tanto para ficar de folga, quanto pra ficar jogando.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s