Manhas e manias em jogo

Por Gerson Nogueira

bol_dom_050513_23.psAs constantes mudanças promovidas pelo técnico Flávio Araújo no Remo desnorteiam a torcida e, desconfio, confundem a cabeça de seus próprios jogadores. Nos últimos jogos, laçou mão de nada menos que três sistemas diferentes. Contra o Flamengo, usou o 3-5-2. Diante do Paissandu, adotou primeiro o 3-6-1 e, em seguida, o 4-5-1. Na quarta-feira, contra o PFC, voltou ao 3-5-2. Convenhamos, é muito esquema para pouco futebol.

Para a batalha deste domingo em Paragominas, pela ordem natural das coisas (se é que a lógica conta nessas horas), Araújo deve recorrer ao sistema 3-6-1, que foi o mais bem sucedido até agora, conseguindo finalmente instilar vida inteligente no até então desenxabido meio-de-campo remista.

Por tradição, o futebol é rico em manias e rituais envolvendo técnicos e jogadores. Um dos exemplos mais citados é o de Cuca, atualmente no Atlético-MG, que costuma infernizar a vida de seus comandados com superstições extravagantes. É capaz de discutir com motorista para evitar que o ônibus da delegação faça recuos para estacionar.

Há, ainda, os indecisos de carteirinha, que permanecem em dúvida até os últimos instantes antes de a bola rolar, seja por cisma ou estratégia. O suspense torna-se rotineiro, incorpora-se ao dia-a-dia e afeta toda a preparação de um time.

Araújo, por relato de profissionais que convivem com ele no Baenão, é seguramente é um dos treinadores mais hesitantes da história recente do Remo. Pode se consagrar hoje, vencendo o returno e garantindo a tão sonhada vaga à Série D, mas não mudará a imagem construída nesses quatro meses de Pará.

Além das dúvidas quanto ao esquema de jogo, costuma também embaralhar as coisas na escolha dos jogadores. Pode ser um traço de perfeccionismo, mas deixa todos em volta com os nervos à flor da pele. Depois de se transformar num dos goleadores do time no turno, o atacante Fábio Paulista foi simplesmente esquecido. Tony também foi limado. Tragodara, tímido e silencioso, não é sequer lembrado nos treinos.

Na preparação para o jogo de volta contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, treinou seguidamente um esquema, usando determinados jogadores como titulares. Em cima da hora, mudou tudo e modificou a escalação. Não é de estranhar que o time tenha se comportado de maneira tão estranha, sem saber direito o que fazer quando tinha a posse de bola.

Do outro lado do ringue está Charles Guerreiro, que é a personificação do jeito simples e boleiro. Bonachão, fala a linguagem dos comandados, faz questão de ser tratado como mais um no grupo. Rejeita os salamaleques de “professor” e faz da comunicação direta uma de suas armas. É a antítese de Araújo.

No confronto do returno, na Arena Verde, com o campo transformado em piscinão, Charles não se aperreou com a dificuldade provocada pela chuva. Orientou seus jogadores a chutarem a gol sempre que passassem do meio-de-campo. O time entendeu o recado e não perdia tempo com passes rasteiros. O Remo, ao contrário, levou 40 minutos para chutar a primeira bola em direção ao gol. Não podia ter outro destino: acabou perdendo o jogo.

É essa clara diferença de estilos que pode determinar o vencedor do duelo. Pelo pendor à cautela, Araújo tende a cuidar com mais zelo pelo setor defensivo. Talvez por isso o Remo tenha acumulado tantos pontos – que, no fim de tudo, podem não valer nada – sem conseguir cravar uma goleada ao longo do campeonato.

Entre o jeitão boa-praça de Charles, aparentemente sem nenhuma dúvida quanto ao que fazer, e o estilo carrancudo e inconstante de Araújo viverá o confronto final do returno. Ao lado do campo, ambos poderão fazer a diferença no jogo, exercitando suas maneiras peculiares de lidar com futebol.

———————————————————–

Associados e conselheiros em conflito

Enquanto o time encara missão das mais espinhosas em Paragominas, a diretoria e o Conselho Deliberativo travam embate pesado noutro front. A gestão de Sérgio Cabeça é questionada pela Assoremo, entidade que representa os associados do clube.

A associação comprou briga com alguns conselheiros e beneméritos ao cobrar respostas sobre o projeto de sócio-torcedor, a implantação de eleições diretas no clube e mais transparência na prestação de contas. Manoel Ribeiro, presidente do Condel e contrário às diretas-já, não engoliu a interpelação.

Teria chamado de “vagabundos” os membros da associação, acirrando ainda mais os ânimos. Em resposta, a Assoremo expediu nota dirigida ao “Marechal da Vitória” lamentando seu posicionamento e aconselhando-o a entregar o cargo no Condel. Os sócios acham, com certa razão, que Ribeiro e outros conselheiros estão divorciados das arquibancadas e se mantêm alheios às aflições do torcedor.

Em favor da atual diretoria há o fato indesmentível de que reduziu em mais de 70% as pendências trabalhistas, em trabalho heróico desenvolvido no primeiro mandato pelo grande benemérito Ronaldo Passarinho. O esforço para sanar débitos não arrefeceu, mas, até pelo hábito de se fechar como ostra, a diretoria pouco evidencia e propaga esse feito.

———————————————————

Facilidades e armadilhas

Desde que o mundo é mundo, o Botafogo é dado a aprontar surpresas, principalmente quando se vê favorito. Não posso deixar de perceber esse sentimento antes desta decisão que se desenha inteiramente favorável à Estrela Solitária. O empate garante o título e, para tornar tudo ainda mais mamão com açúcar, Abelão quer escalar um time misto. É tanta facilidade que desperta desconfiança. Só me resta esperar que o Glorioso não se permita distrair por esses falsos meneios e cumpra sua missão.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste domingo, 5)

69 comentários em “Manhas e manias em jogo

  1. Não vi a 2ª partida do Remo contra o Paysandu como um 4-5-1, mas o mesmo 3-6-1 de antes, com Nata como o zagueiro da sobra, completando a linha de 3 zagueiros, pois ele jogou muito recuado e encostava de vez em quando nos cabeças-de-área. Se era para ser mais um volante, não funcionou como tal… O que acho estranho é o Remo ter forçado um 4-4-2 no Mangueirão depois de o time se equilibrar com 1 atacante e 3 zagueiros. O 3-6-1 chega a ser eficiente, com 4 gols pró e 2 contra e 100% dos pontos conquistados na hora mais difícil. Uma analogia. O futebol do Barcelona funciona, ou funcionava, porque há possibilidades ofensivas pelos 2 flancos, além do meio, com a batuta de Messi, o articulador do time. O Remo passou a ter articulação com Capela, após, com ele e Ramon, mas não tinha opções pelos 2 lados, mas se havia somente com Alex Ruan, pela esquerda, e nenhuma jogada pela direita e com o meio dependente de Jhonnatan, que aparece o tempo todo e já é um meia-atacante muito mais que um cabeça-de-área. O Remo é quase tão dependente de Jhonnatan como o Barça é de Messi. A importância do esquema tático está no equilíbrio dos setores do time: zaga, meio e ataque. Esse é o problema, como auferir esse equilíbrio num time que muda sistematicamente? Observe, a maioria das mudanças nos últimos jogos ocorreu por suspensões e lesões… Foi assim que Alex Ruan ganhou a vaga de Berg e Yan pôde estrear num RE-PA. O time azulino titular, no 3-6-1, é por aí: Fabiano, Zé Antônio, Carlinho Rech e Henrique; Endy, Nata, Jhonnatan, Ramon, Capela e Alex Ruan; Val Barreto. Esse não é o time remista ideal, é o que eu acho que FA considera o melhor possível. Como há os pendurados, de novo, o time provável deve ser esse mesmo, sem os desfalques: Fabiano, Mauro, Carlinho Rech e Henrique; Endy, Tony, Jhonnatan, Ramon, Capela e Alex Ruan; Val Barreto. Se optar pelo 3-5-2, o time tem que formar com: Fabiano, Mauro, Carlinho Rech e Henrique; Endy, Tony, Jhonnatan, Ramon e Alex Ruan; Branco e Val Barreto. 4-4-2, nem pensar.

    Curtir

  2. O Remo tem que colocar o Yan pra jogar, é novo, rápido e forte, para marcar o Aleílson, que na verdade já era para o terem tirado no jogo passado, pois estava pendurado. A escalação do Remo tem que levar em consideração como estará o gramado da Arena Verde. Se for no polo aquático, o Capela tem que sair, assim como o Ramon, colocar o Branco e Val Barreto será impositivo.

    Curtir

  3. O segredo do meio-de-campo remista é o posicionamento do Jhonnathan na armação, e que pode não acontecer amanhã por conta dos desfaques do Nata e do Gerônimo. Como o Flávio deve jogar com três zagueiros e o Toni não é um volante dos mais confiáveis, o Jhonnatham deve mesmo se encarregar da marcação, o que dificultará o contra-ataque azulino.

    Curtir

  4. O Paragominas vai enfiar 3×1 no remo,o Flávio Araújo pode entrar no esquema 3-6-1 ou 4-5-1 ou 3-5-2-ou 7-4-0 ou 8-3-0 que não vai adiantar.serão mais longos 8 meses que o leião vai ficar vagando pelos interiores paraenses.

    Curtir

  5. Cláudio Santos e amigos do blog,confesso que ando um pouco decepcionado com este inicio de gestão do Vandick a frente da Novos Rumos.Estamos a exatamente 21 dias da estréia do papão na série B e as contratações ainda não foram realizadas,na minha opinião o papão já deveria estar realizando uma pré temporada com os novos contratados.com tantos bons atacantes no mercado,se for confirmado este anúncio do Cláudio sobre o interesse no Jobson,vou dizer que o segundo mico da era Vandick.

    Curtir

  6. Mais que ‘BOMBA’, meu caro Cláudio, dá vontade de dizer que se trata da compra de ‘bagulho’. A propósito, é impressão minha ou o Paissandu foi acometido do mal da arrogância e autossuficiência e, a menos de um mês do início da série B e durante a disputa da Copa do Brasil, desdenha da contratação de reforços mais rodados e qualificados, preferindo anunciar a ascensão ao time principal de oito jovens egressos das divisões de base?
    Resultado dessa aventura, corremos o risco de ter de contentar-se com Hélinton, Rafael Oliveira, João Neto e Yarlei, atacantes que não deram pro gasto nem no Regional; e assistir quase um time inteiro de garotos promissores ver suas carreiras encurtadas por conta de um lançamento precipitado, tal e qual ocorreu com o time do Flamengo campeão da Taça São Paulo de Juniores, edição 2011, quando garotos promissores como Adrian, Thomas, Frauches, Marlon, Muralha, entre outros, tiveram seu futuro comprometido ao serem convocados para a árdua missão de suprir a indigência dos profissionais.

    Curtir

  7. Amanhã a esta hora o leião já estará de férias,com retorno programado somente para 2014.Ai o jeito será sua sofrida torcida comprar um secador para assistir o papão jogar até o final do ano.

    Curtir

  8. A decisão do segundo turno me faz lembrar que este mesmo Flávio Araújo quase se entala com aquele mesmo Mixto que ficou atravessado na garganta azulina, em dois jogos, dois empates 1 x 1 em Cuiabá e 0 x 0 em São Luís, depois com o Baraúnas empatou em 1 x 1, e venceu por 1 x 0 em S. Luís e na decisão empatou em Catalão em 1 x 1 e venceu em casa de 2 x 0. E como o Leão precisa só do empate e o FA é mestre em esquema retranqueiro acredito que o time de Belém volte com a taça!

    Curtir

  9. Gente quem deve estar cheio do “bagulho” é quem está contratando, este cidadão já mostrou que não tem jeito. O Papão cria vergonha na cara, tem tanto moleque bom de bola aqui pelo nordeste e vocês vão contratar gente decadente para tumultuar mais ainda a vida do clube! Ora façam-me um favor!….

    Curtir

  10. Rocildo, seu nariz vai crescer que nem o do pinóquio, hein?!

    No Parazão mesmo aqui deste ano vc apareceu pra secar o Papão aqui no blog no empate em 1×1 contra o Cametá!!! Está tudo gravado, não se esqueça…rs

    Curtir

  11. Galera bicolor, não acreditem nesse dublê de técnico chamado Claudio Santos, o Paysandu não irá contratar o Jobson, isso é noticia plantada pelo Claudio Santos pra desestabilizar o Paysandu, Claudio Santos tem ligaçao com diretores e conselheiros do Remo e é remista fanático. Claudio Santos deixe meu Paysandu em paz, se preocupe com seu time q amanha ficará de férias e comece a especular sobre possiveis amistosos para seu time pelo interior do estado.

    Curtir

  12. Depois de ouvir o nosso Mestre dos Magos, chamar jacaré de anfibio no “Cartaz Esportivo” e vê “O Bola” cometer o erro no placar do jogo passado de Remo e Paragominas, acho que todos podem cometer falhas, inclusive o técnico que vem sendo criticado por não definir o esquema tático. Pode ser que não de certo, Mestre, mas goleada sem titulo não significa nada. É procurar chife em cabeça de cavalo… Mas previsões de derrotas tem uma vantagem, uma hora dão certo…

    Curtir

  13. Notícias da MUCURA: mucura sem vergonha contrata uma macumbeira braba na Bahia, dizem q ela vai fazer um despacho para o pfc despachar o Leão, eles dizem que não aguentam mais apanhar de time sem divisão, é muita vergonha e muito medo do Leão kkkkkk é por isso o chororô dos listrados kkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  14. Amigo Gustavo, conheço muitos diretores e conselheiros do Remo, do mesmo jeito que conheço muitos diretores e conselheiros do Paysandu, do mesmo jeito que conheço você, do mesmo jeito que conheço todos aqui do blog, pessoalmente, inclusive o amigo Gerson…rs.. Te dizer…

    Quando falei que o Paysandu estava interessado no Jobson, dei o link dessa informação que saiu num site nacional..

    Não faço parte da mídia, logo, tudo que eu postar aqui, é porque li, vi ou ouvi na mídia, salvo quando ligo diretamente para jogadores e técnicos pra saber sobre uma possível contratação deles, por Remo e Paysandu(isso faz parte de um torcedor muito curioso que sou.É uma qualidade, acredite), como fiz ontem com um atleta, por imaginar que o Paysandu está interessado nesse jogador..Estou aguardando resposta..

    Vou continuar defendendo com “unhas e dentes” Remo e Paysandu e, consequentemente, seus torcedores… Não defendo jogadores, técnicos, dirigentes… Esses, só se eu pensar que podem ser úteis para esses 2 clubes..

    Grande abraço.. Vá se acostumando comigo, amigo…

    Abs.

    Curtir

  15. Já ti avisei Claudio, larga essa mucura sem vergonha, deixa eles morrerem pra lá kkkkk são todos falsos, pergunta pro Harold, eles enganaram ele dizendo q estavam torcendo pra Tuna contra o pfc e ele acreditou!

    Curtir

  16. Acho que esse jogo vai ser bem ao estilo de gato e o rato.
    Onde o PFC será o gato e o Remo o rato da história, o PFC buscando a todo instante o jogo e o rato o tempo todo tentando se esconder.
    Não creio muito no sucesso do PFC não, eu acho que o retranqueiro treinador azulino vai armar o maior ferrolho já visto por nossas bandas, algo tão surreal que e capaz desse super esquema tático ser copiado pelo Cláudio Santos para que seja usado no poderoso COLÚMBIA.

    Curtir

  17. Sinceramente, acho que estão colocando muita importância pra esse jogo do cachorro de peruca. O Paragominas não tem time, gente. Infelizmente vai perder pros caras de azul funeral.

    Curtir

  18. Égua, tem aposentado, do tempo do caixão roxo kkkkkk haja agonia dos listrados com medo do Leão kkkkkk nem dormiran direito preocupados com mais duas lambadas kkkkkkk

    Curtir

  19. Os biclores com receio de enfrentar o mais querido na final do campeonato, armaram uma verdadeira cruzada anti Remo. Discutem esquemas táticos, enaltecem esse Paragominas enfim não pensam em outra coisa nesses dias senão no jogo do Remo. Esquecem até mesmo, que o time deles vai jogar na semana que vem contra uma equipe desconhecida. e por isso mesmo deve ser eliminada por eles já no primeiro jogo lá não sei onde. Ei papinhas quero dizer a vocês meus fregueses, que de nada vai adiantar essa obsessão listrada pela derrota azulina, porque vamos ganhar e vamos enfrentar o time listrado na decisão do campeonato, quem está dizendo é Rocildo Oliveira. Eu não me vejo como torcedor invocado que sou , querendo vocês fora de decisão contra o Remo. Eu gosto é de bater em vocês, adoro ver o silêncio e a debanda listrada do mangueirão. Comigo não tem meio termo, digo que vou ganhar e não volto atrás. Vai levar lambada o Paragominas, vai levar lambada os torcedores do papinha e lá na frente vai levar lambada também o verdadeiro time de vocês. Leão é o campeão paraense de futebol do ano de 2013. Isso está escrito nas estrelas. Vocês agora enfrentam um torcedor que é guerreiro e nunca saiu derrotado de debate futebolistico nem uma derrota sequer. Desde os sete anos de idade, fui treinado para dar chocolate em torcedor listrado. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Salve Remo, filho da gloria e do triunfo.

    Curtir

  20. E aí, amigo Cláudio, espero que o CR possa dar alegria ao meu tio de Bragança, conquistando a vaga à série-D. Mas todo cuidado é pouco com o Jacaré em seu terreno pantanoso, pois a previsão para esta tarde em Paragominas é (do site climatempo, podem conferir ! rs):

    Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

    Curtir

  21. Rocildo, sugiro então que sais logo pelas ruas da cidade comemorando o título do CR, de campeão paraense de 2013.

    Eu também quero é que a final seja contra o CR (Coisa Remendada), pois aí vamos ver quem é quem.

    Curtir

  22. Amigo Cláudio, fico até impressionado com sua boa vontade em ainda responder, justificand-se, aos que pensam tu és fanático. rs Vou te contar…rs

    Curtir

  23. O Cláudio é um gentleman. O meu palpite para hoje é 2×2 com dois gols do Val Barreto para lutar pela artilharia do certame.

    Curtir

  24. Eita timinho freguês, o time mais goleado do Brasil e o que mais correu de campo, corre papinha corre, lá vem caçador kkkkkkkkkk essa mucura é muito sem vergonha kkkkk

    Curtir

  25. Previsões nada agradáveis para quem se contorce de amores por botafogo e Remo, a diferença é que o Botafogo ainda terá lenha para ser alimentado, já o Leão……———-ás origens,

    Curtir

  26. Pode ter ocorrido tudo isso no nosso passado mas a grande diferença entre nós e os remortor é que o Grande Bicolor Amazônico deu e est´´a dando a volta por cima enquanto vocês ainda se rastejam em busca de uma vaga na séire D. Chupa remortos!!!!

    Curtir

  27. Boa tarde amigos do blog, começo a interatividade de hoje, fazendo um comentário negativo sobre a bola usada na copa do Brasil. Vendo jogos na TV, principalmente com imagem digital, quando a bola rola no gramado a imagem é confusa, ruim de ver, ela parada é muito bonita. Pelas cores é mais apropriada aos campos nevados. Bola linda é essa que estamos vendo agora no jogo entre Botafogo e Fluminense.

    Curtir

  28. Agora chegou o momento, vamos ver se quem ganha título é tradição ou garra/determinação/vontade.
    De um lado FA com sua fama de retranqueiro e sem padrão de jogo, do outro o Charles com jeito de peladeiro porém que orienta a equipe a fazer o feijão com arroz, sem inventar, analisando somente o comportamento individual dos adeversários.
    Jogo para quem tem nervos de aço (principalmente do lado remista). Vamos ver quem sairá de férias a partir de hoje. Espero que o jogo seja na bola e ambas as torcidas sejam contempladas com um bom jogo, infelizmente somente uma sairá comemorando.

    Curtir

  29. Amigo Gerson, primeiro tempo é nosso. Vamos ter que engolir o Osvaldinho da Cuíca e o Rafael Marques. Quem sabe campeão da Copa Brasil, pois quem tem Jeferson, Dória, Seedorf, Lodeiro, Felipe Gabriel e Vitinho no banco, tem tudo para ter esperança. É um bom time e quase um bom elenco.

    Curtir

  30. Quero ver o nó tático que Charles, o incompetente, dará no bom técnico F. Araujo. Que vença o melhor! Mas sou mais o Jacaré da BR, 2 x 1.

    Curtir

  31. Como eu postei hoje os remortos iriam entrar de férias.
    O Caxiado diz que é muito triste ficar mais um ano sem calendário, sabe o que eu acho? kkkkkkkkkkkkkk!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s