Uma batalha de alto risco

Por Gerson Nogueira 

Será mais encrespada do que se imaginava a batalha de domingo, na Arena Verde, pela decisão do returno do Campeonato Paraense. Paragominas e Remo decidem o título em confronto sem favoritos, levando em conta o equilíbrio na primeira partida. Mesmo a vantagem de jogar pelo empate não é condição suficiente para tranquilizar o time de Flávio Araújo.

COLUNA GERSON_03-05Além da disputa em campo, o jogo tem muitos componentes de risco fora dele, em função dos interesses que envolvem o resultado. A torcida remista prepara caravanas, bem como existem torcedores de cidades próximas se organizando para invadir Paragominas. Reforço do esquema de segurança é item fundamental para que se evitem conflitos em torno do estádio.

As provocações, visíveis nas redes sociais da internet e até mesmo em declarações inoportunas de dirigentes dos dois lados, ganham a cada momento ingredientes inflamáveis, com ameaças e bravatas que só acirram os ânimos e brincam perigosamente com questões bairristas.

A pequena quantidade de ingressos (1.000) destinada à torcida remista é outra fonte de preocupação da própria Federação Paraense de Futebol, pois pode ser o estopim de tumultos no acesso ao estádio. Indiferente a isso, a diretoria do Remo parece não ter qualquer preocupação com a situação, o que é revelador do grau de amadorismo da cúpula dirigente do clube.

Com a experiência de outros carnavais, afinal passou por sérios apuros no ano passado em disputa de turno no estádio Zinho Oliveira, resultando em briga generalizada – tendo o saudoso lateral Aldivan como principal vítima da refrega –, o clube deveria orientar seus torcedores, a fim de evitar desordens e brigas.

Exemplos recentes e trágicos de desordens de torcidas em estádios do Brasil e do exterior (como o caso Kevin, na Bolívia) forçam as autoridades responsáveis pela organização da partida a adotarem medidas preventivas rigorosas. Além de Polícia Militar, cabe à diretoria do PFC, mandante do jogo, providências no sentido de fazer com que tenhamos apenas futebol domingo à tarde na Arena Verde.

———————————————————–

REMOXPFC semifinal Parazao2013-Mario Quadros (12)

Lição que Araújo não esquece

As escalações do Remo, que variam de acordo com a direção do vento, voltam a centralizar os debates às vésperas do embate decisivo em Paragominas. Flávio Araújo já deixou claro que mexe no time dependendo do adversário que tem pela frente. Depois de mandar a campo anteontem uma formação em moldes conservadores, no 4-4-2, provavelmente vai fechar o meio-de-campo no confronto de domingo.

Deve, porém, levar em conta a experiência negativa do último jogo contra o PFC em Paragominas, quando saiu derrotado por usar um esquema excessivamente defensivo. Na ocasião, as precárias condições do campo contribuíram ainda mais para a debacle remista. Araújo saiu tão atordoado daquela partida que chegou a pedir demissão, sendo posteriormente demovido por jogadores e dirigentes.

Quem acompanha de perto a movimentação dos jogadores no Baenão crê na volta do sistema 3-6-1, bem sucedido no primeiro clássico das semifinais contra o Paissandu. Congestionando o meio, Araújo conseguiu extrair pela primeira vez uma grande atuação do time, que trocou passes, defendeu e atacou com eficiência. Com um atacante, Val Barreto, teve presença ofensiva e confundiu a marcação adversária. No segundo clássico, variou para o 4-5-1, também com sucesso.

Sem Nata, seu volante preferido, é provável que lance mão de Tony, Endy e Jonathan para o trabalho de proteção ao trio de beques. Os dois primeiros são essencialmente marcadores, mas Jonathan é hoje o elo de ligação entre meio e ataque, tendo sido decisivo nas semifinais. Com ele, o time ganha a mobilidade que Ramon e Capela não conseguem dar. Sua volta, por sinal, é o grande reforço que o Remo terá para o jogo mais importante do ano.

———————————————————-

Direto do blog

“Isso é uma vergonha. Como é que pode? Apenas 1 mil ingressos para a torcida do Remo, a maior do Estado? Engraçado, eu queria saber qual a diferença entre a torcida do Remo e a do Flamengo em relação a jogos no Pará. Sendo que aqui o Flamengo chega e dão metade do Mangueirão para os torcedores mistos. Aí vem um time do interior, que disputa pela primeira vez o Campeonato Paraense, impõe suas vontades e ninguém faz nada! É por isso que eu fico indignado com essa diretoria do Remo. Até nisso, eles são omissos”.

De Adriano Zell, torcedor azulino, cobrando mais atitude da cartolagem.

———————————————————- 

Falha nossa

A lamentável troca de escudos na chamada de da vitória do Remo por 1 a 0 sobre o Paragominas, na edição de ontem do DIÁRIO, provocou uma justificada enxurrada de reclamações de leitores e da apaixonada torcida azulina, chateada com a inversão involuntária do placar. Compreendemos a insatisfação e pedimos desculpas. O maior e mais premiado jornal do Norte não pode cometer tais falhas.

O lado positivo da história é a confirmação do imenso sucesso do DIÁRIO, líder absoluto em nível de leitura e circulação no Estado. A repercussão do episódio atesta o tamanho dessa liderança.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta sexta-feira, 03) 

102 comentários em “Uma batalha de alto risco

  1. Kkkkkk chora remista kkkkkkkk

    E comi o colega Edson falou, quem manda em Papãgominas e o Papão, o resto e decepção! Kkkkkk

    Curtir

  2. Gerson e amigos, penso que o Flávio vai precisar de 2 coisas, para vencer ou empatar esse jogo em Paragominas. 1- Que o estado do gramado esteja bom para a prática do futebol. 2- Com o estado bom, ele envolva o PFC, taticamente… Taticamente, sou mais o Remo.

    – O Remo, se conseguir impor seu jogo taticamente, vence e bem o PFC, mesmo lá dentro. Agora,se o campo se apresentar como o do 1º jogo, aí vai levar quem tiver mais vontade, pois o jogo se iguala, por baixo, e se igualando por baixo, sou mais o PFC, caso o Remo não mostre vontade e raça, no jogo.

    – Uma coisa o Remo já fez, e certo, apesar de tarde: Pediu exame antidoping… Não é possível que os jogadores do PFC, sem a metade das condições que tem Remo e Paysandu, corram mais que os jogadores desses times. Aliás, os jogadores do PFC, nem cãibra sentem… Conheço muito bem alguns jogadores profissionais..

    Quanto ao equívoco de ontem, no Diário, é como falei, ontem, o amigo Gerson fez de propósito, para o PFC entrar de “sapato alto” no domingo…rs

    Que o Flávio não se perca no jogo e nem coloque o Clebson com quase 40 minutos do 2º tempo, pelo crescimento dele nessa reta final, e perceba com mais rapidez, quando o Ramón já apagou no jogo, isso serve também, para o Capela, se este entrar jogando..

    Penso que o Remo deveria ir no 3-6-1, para esse jogo.

    Um palpite para esse time do Remo: Fabiano, Mauro, Carlinho Rech(Yan..Garoto é melhor que ele, pelo que mostrou) e Henrique. Endy, Tony, Jhonatan, Thiago Galhardo, Ramón e Alex Juan. Val Barreto ou Leandro Cearense

    É a minha opinião.

    Curtir

  3. Quanto a quantidade de ingressos, o Remo poderia mandar várias pessoas comprarem ingressos lá em Paragominas e ultrapassar essa marca de Mil ingressos, destinados ao clube… É só usar a cabeça… Remo precisa fazer da Arena Verde, o seu caldeirão, colocando mais torcedores no estádio… Se conseguir, já começa 1×0 para o Remo…

    Curtir

  4. Muita calma nessa hora. O Remo tem que ganhar na bola e se passar pelo PFC precisará da Arena verde para jogar a Série D por conta das punições no STJD. Portanto, não deve se indispor com o pessoal de Paragominas.

    Curtir

  5. Pra mim o melhor esquema a ser utilizado, pelo maior padrão de eficiência que foi constatado, seja defensiva, seja ofensivamente, é o 4-5-1. E a melhor escalação, com muita chuva, ou não, é a que mande a campo: Fabiano, Endy, Henrique, Yan e Alex Juan. Tony, Jonathan, Galhardo, Capela e Ramon. Val Barreto. Será que mesmo sem poder contar com dois dos volantes de sua confiança o FA não põe o Tragorara nem no banco?

    Quanto aos ingressos, mesmo que os remistas de Belém não consigam oficialmente nenhum ingresso a mais do que a carga originária de mil ingressos, o Fenômeno prevalecerá no estádio, pois há os remistas de Paragominas mesmo e aqueles que moram nas cidades vizinhas.

    A respeito da segurança, é bom não descuidar da prevenção mesmo, pois vai que aquelas organizadas de sempre resolvam fazer das suas e o atual Município Verde resolva revisitar os seus tempos de Paragobalas.

    Bora Leão!

    Curtir

  6. Não faz nada bem ao Remo recorrer a expedientes escusos, como se o time não tivesse capacidade de garantir a vaga dentro de campo, muito comuns nos tempos da ditadura, quando a vontade do presidente azulino, extensão da vontade do esbirro Jarbas Passarinho, era a lei. Se o PFC é o mandante, então, ele pode determinar o percentual de ingressos, dentro dos limites previstos no Estatuto, que serão destinados ao visitante. O resto é decidido dentro das quatro linhas, enlameadas ou não.
    Ao contrário do Cláudio, penso que os dois times já mostraram suas habilidades em atuar nos manguezais travestidos de gramados como os nossos, Basta que o Remo adote novamente o 3-6-1 e tenha a paciência necessária de ver o adversário lutar também contra o relógio, afinal, apesar de demonstrar muita capacidade de organizar um time, até aqui Charles Guerreiro parece ainda não dominar o ‘pulo do gato’, necessário naquela undécima hora em que só a expertise dá aquele algo mais necessário em uma decisão.
    De resto, que se aceite republicanamente as regras do jogo e evite-se fazer do entorno do estádio praça de guerra, pois isso é precedente para a ocorrência de tragèdias, sabendo-se de antemão quem são as vítimas. Apesar do caráter decisivo, é apenas uma partida de futebol e como tal deve ser encarada.

    Curtir

  7. Maiores públicos de quarta no mundo!
    – 1. Barcelona X Bayer – 96.000 mil
    – 2. Boca júnior X Corinthians -55.000 mil
    – 3. Grêmio X santa fé – 35.000 mil
    – 4 . Remo X paragominas – 32.000 mil

    Curtir

  8. “Uma coisa o Remo já fez, e certo, apesar de tarde: Pediu exame antidoping… Não é possível que os jogadores do PFC, sem a metade das condições que tem Remo e Paysandu, corram mais que os jogadores desses times. Aliás, os jogadores do PFC, nem cãibra sentem… Conheço muito bem alguns jogadores profissionais.” .

    Esta afirmação do Claudio Santos no post.4 é no mínimo um desrespeito com os jogadores do pfc.torcer para que o remo seja o campeão é um direito do Cláudio e de todos os remistas.entretanto lhe peço caro Cláudio respeite os profissionais do pfc.

    Curtir

  9. Amigo Jorge, não deveria ser assim, mas uma partida(valendo um título, então) não se ganha só dentro de campo… O Remo que se prepare e coloque mais torcedores na Arena(Não vejo nada demais nisso) e comece a ganhar esse jogo, fora dele, caso contrário… O pedido de exame antidoping, já foi um acerto, o que prova que não foi só eu que percebi que o PFC tem um preparador físico de outro mundo e com técnicas super modernas… Então tá.

    Curtir

  10. Amigo Marcelino, depende do que você esteja pensando, amigo. Não vejo nada demais um jogador tomar um energético ou coisa parecida, para não cansar tão rapidamente, mas é desigual, quando do outro lado tem jogadores que não usam desses artifícios… Vale lembrar que o pedido de exame antidoping, não é apenas para os jogadores do PFC, mas para os dois lados, logo, justo.

    Curtir

  11. Caro Antônio Oliveira, concordo que o esquema 4-5-1 é o melhor, mas acho que o Remo deve entrar com dois volantes fixos para que o Jhonnathan possa jogar como meia ao lado do Ramon e do Galhardo. Jhonnatan tem sido o melhor meiocampista azulino e sua ausência foi a causa do mal aproveitamento do ataque azulino no último jogo. O Flávio Araújo não pode se dar ao luxo de desperdiçá-lo na cabeça-de-área, nem que pra isso tenha colocar o Tragodara ou improvisar um zagueiro na função de volante.Capela e Clébson devem ser opções para o segundo tempo.

    Curtir

  12. Caro Claudio, não deve ser assim. Se for, que fiquemos sempre do lado dos que ainda indignam-se e denunciam essas mazelas.

    Curtir

  13. Cláudio, quem garante que entre os torcedores que comprarão os ingressos destinados aos torcedores do Paragominas não haverá muitos remistas? Paragominas é um município polo cuja população é em grande parte, oriunda de cidades visinhas onde há muitos torcedores de Remo e Paysandu, como São Miguel, Irituia, Mãe do Rio, Ourém e Capitão Poço. Eu inclusive já morei lá em 1998 e sei do estou falando, portanto não acho que isso é motivo para desespero. Se o PFC não se intimidou com o fenômeno azul, porque que o Remo vai ficar com medo da torcida deles? O Remo só tem que jogar para ganhar, pois se jogar para empatar pode acabar perdendo.

    Curtir

  14. Quanto aos dois volantes fixos, concordo. Mas, temo que com as suspensões, não exista no elenco jogador com esta característica. O próprio Tragoradora, indisponível por opção irrevogável do FA, me parece que tem características semelhantes às do Jonathan. Daí minha opção pelo Galhardo para jogar ali um tanto mais recuado. Ele tem um bom sentido de marcação, costuma roubar bolas com alguma facilidade (você já notou isso?) e se for orientado e cobrado para acabar com as firulas, pode render o suficiente pro Leão alcançar seus objetivos. Em tese, é verdade que um zagueiro poderia ser utilizado, mas, na prática, os que estão disponíveis me parece destituídos do mínimo da habilidade necessária para jogar ali, mesmo nas posições mais recuadas. Quanto ao Capela, acredito que ele foi o que melhor se houve ali naquela área da armação. Mas, em todo o caso, é uma questão de preferência, e eu respeito as suas. Que o Leão consiga superar a si próprio e ao Paragominas e traga de lá o acesso.

    Curtir

  15. Hahaha, “preparador físico do outro mundo” é boa, amigo Cláudio. Remo bobeou no primeiro jogo, pois o PFC anunciou que ia pedir o antidoping e inexplicavelmente recuou em cima da hora.

    Curtir

  16. É o que vai acontecer, amigo Cláudio. Não há divisão de torcidas no estádio e ninguém pode impedir que alguém entre se tiver comprado ingresso.

    Curtir

  17. Pergunta que não quer calar aos amigos comentaristas.

    Qual dos dois tem um time melhor, CR ou PFC ?

    Na minha opinião o PFC tem um melhor sistema ofensivo, e o Remo um melhor sistema defensivo.

    Dois tecnicos nivelados.

    Remo joga com a vantagem.

    PFC joga em casa.

    O gramado é ruim para os dois, quem tiver mais raça, levará vantagem.

    O que o PFC não pode permitir é levar um gol, pois esse jogo não tem cara de virada.

    Aposto numa vitória simples do PFC, 1X0, 2X1 nada além disso.

    Respodendo minha própria pergunta, pra mim o Jacaré tem um time um pouco melhor que o Remo. E tem um banco enjoádo.

    O Papão que abra o olho bem aberto.

    Curtir

  18. Até prova em contrário, inclusive com o exame adequado, doping e marmelada significam a “mula sem cabeça” e o “curupira” do futebol.

    Curtir

  19. O Remo acertou no pedido de exame antidoping e o amigo Cláudio em apoiar. Joguei durante muito tempo no interior do Pará em épocas passadas, principalmente nessa região do nordeste paraense e posso afirmar que o uso de artifícios para turbinar o desempenho físico não é descartável nos dias de hoje, claro que não podemos generalizar essa situação, pois temos jogadores do interior sérios e que jogam muita bola. O Remo tem que se cercar de todos os meios legais para que tenha satisfação quanto a partida em Paragominas, vejam a importância dessa peleja para o futuro da agremiação azulina:Título do 2 turno, avanço para decidir o título de 2013, calendário no restante do ano, arrecadação de recursos financeiros através da renda dos futuros jogos, patrocínios e finalmente os ajustes financeiros e administrativos muito em função dos itens anteriores. Portanto não se pode criticar as ações dos dirigentes, desde de que sejam dentro do que a Lei ou Estatuto proporciona.

    O amigo Gerson mais uma vez em sua coluna diária, trás a tona de forma pertinente e de alerta, assuntos relacionados a organização de um evento futebolístico de grande de segurança, como esse jogo na cidade de Paragominas, vamos torcer para que as pessoas envolvidas diretamente na organização do evento, atentem para este alerta mencionado na coluna no Diário e com isso evitar notícias negativas depois.

    Curtir

  20. Antidoping, sim! Com a ressalva, é claro, de que nenhum jogador, de nenhum time, está imune de acabar flagrado no exame. De um rico exemplário no futebol mundial, que já afetou grandes e pequenos, genéricos e de grife, o caso mais recente é de um brasileiro, o top Fluminense, o Deco.

    Curtir

  21. O Remo tem que jogar pra ganhar, isso é unanimidade. A forma de jogo é que são elas. No fim das contas, acho que este jogo pode ser a estreia do Tragodara, por que não? Quem tinha ouvido falar em Yan, antes do RE-PA? Não conheço o futebol do garoto, mas pelo que leio aqui e ouço falar por aí, o cara merece uma chance. No mais, caro Edson, é uma ótima que a torcida discuta esquema tático, ajuda a esclarecer a função de cada jogador em campo e como ela pode ser aproveitada em favor do time. O torcedor se torna mais consciente e o jogo compreendido taticamente é mais agradável de ver. Descobrimos que entendemos mais de futebol do que imaginávamos… O Remo tem que entrar com 3 zagueiros porque o campo exige mais força defensiva pois o gramado vai favorecer erros de passe e contra-ataques. Não é retranca, é cautela. A julgar pelos erros infantis na saída de bola do Remo, o gramado tende a favorecer os contra-ataques do PFC. Isso quer dizer que, mesmo jogando pelo empate, o Remo não pode se dar ao luxo de ficar atrás e nem de atacar o tempo todo, como se precisasse do placar, acho que o jogo será equilibrado, com o Remo tendo que tocar a bola e aproveitando estocadas no ataque pra fazer 1×0. No mais é manter a mesma garra e vibração dos jogos anteriores ao de domingo e o Flávio Araújo não inventar de mudar o esquema tático de novo, é 3-6-1 neles.

    Curtir

  22. Edson, quanto a tua pergunta e respectivas análises, só uma discordância e uma torcida um pouco mais corajosa, independentemente da necessidade:

    (a) O Charles é melhor treinador. O FA é mais experiente, inclusive em conquistas.

    (b) Torço para que haja um Re/PA na final do campeonato.

    Curtir

  23. Não, meu caro Edson! Em momento algum falei que o Charles entraria em armações. penso que um atleta que sempre foi exemplo quando jogador jamais se prestaria a esse papel. O que falei é que ele ainda não demonstrou a maturidade necessária para dar aquele toque mágico que decida a partida.
    Do pouco que vi na quarta(assistia a Barcelona e Bayern) até acho que o PFC poderia ter tido um resultado melhor, porém ,em casa, tendo que fazer o resultado, diante de um time treinado por um expert em contrataques, em uma final, é sempre bom ter aquele algo mais que faça a diferença. Será que Charles terá essa carta na manga?

    Curtir

  24. Somente para refrescar a lembrança de alguns torcedores remistas alguns vexames protagonizados pelo leião:

    ELIMINAÇÕES

    Remo 0 x 0 uberlândia 01.04.1984 vice série b
    Remo 1x 0 londrina (2×4) eliminado série b 10/11/1996
    Remo 1 x 2 rio branco AC vice copa norte 1997
    Remo 1×3 palmas eliminado copa do Brasil 18/02/2004
    Brasiliense 6×1 remo rebaixado 3 divisão 25/09/2004
    Remo 2×4 figueirense 06/04/2005 eliminado copa brasil
    Remo 0 x 2 central eliminado copa do Brasil 05/03/2008
    Rio Branco 3×0 Remo 08/09/2008 rebaixado para sem série
    Remo 1×1 vila aurora 12/10/2010 eliminado mangueira
    Remo 2×1 mixto 09/09/2012 eliminado série d manguei

    GOLEADAS

    Remo 4×9 santos 29/04/1965 amistoso
    Santa cruz 9×0 remo 19/02/1967 copa norte nordeste
    Remo 0x5 vasco serie a 10/06/1978
    Palmeiras 5×1 remo 20/09/1992 copa do Brasil
    Guarani 8×2 remo 08/12/1993 série a
    Remo 0x6 atletico MG 06/11/1994 serie a
    Portuguesa 5×0 remo 04/02/1998 copa do Brasil
    America RN 6×2 remo 10/08/2000 copa do Brasil

    A MAIOR DE TODAS AS VERGONHAS:O REBAIXAMENTO PARA A 2 DIVISÃO DO PARAZÃO

    Remo 1×1 carajás 11/03/2001 baenão
    Remo 2×2 sport Belém 19/03/2000 baenão
    Remo 1×1 aguia 25/03/2000 mangueirão
    Remo 1×3 tiradentes 01/04/2000 mangueirao
    Remo 1×3 tuna luso 08/04/2000 mangueirão

    Obs:Certamente devo ter esquecido de outras vergonhas azulinas,

    obs2:cuidado domingo com o jacaré.

    Curtir

  25. O meu único anseio é a vaga na Série D. O Remo pode até perder o título para o rival, aliás, penso que uma derrota até serviria para evidenciar os erros que devem ser corrigidos. Mas o jogo de domingo tem que ser encarado como uma batalha e o time tem que se comportar como um exército diante do inimigo. Acho que esse pessoal da Remo TV está deixando a desejar na produção de vídeos motivadores.

    Curtir

  26. Cláudio, isso que comentávamos ontem na partida SPFC x Galo. os jogadores sentindo cãimbras e demonstrando cansaço

    Aqui, no gramado pesado, na chuva torrencial e no ambiente emocionalmente carregado de decisão e a gente reclama dos nossos jogadores

    Enquanto isso o PFC com seus superpoderes…

    É muito xibé, mano!

    Curtir

  27. eu já comentei isso várias vezes aqui, a clube merecia editores mais qualificados, já vi vários erros de portugues, troca de títulos de matérias e por ai vai….. muita gente amador

    Curtir

  28. Amigo, respeite os profissionais. As falhas que eventualmente aparecem são normais nestes tempos de noticiário digital extremamente dinâmico, quase instantâneo. Acontece nas melhores famílias.

    Curtir

  29. Após a eliminação do Paysandu no campeonato paraense pelo “timinho-sem-divisão”, creio que o amigo Marcelino está com muito tempo para pesquisar o passado do Clube do Remo.

    Vou quebrar teu galho, faz o seguinte:

    1- Acesse o Youtube; Vai lá.

    2- Pesquise ” Paysandu e Paulista”; “Paysandu e São Paulo 7×0”; “Cai o alambrado da curuzu”; “Paysandu foge de campo”; “Salgueiraço”. Dá uma olhada no que vai aparecer… Ahahahah

    Mas olha, Marcelino, no fim das contas preciso concordar contigo. Afinal o freguês tem sempre a razão!

    Curtir

  30. Não entendi esse post 36. No início, parece ser escrito por um bicolor, depois parece ser escrito por um azulino.

    Curtir

  31. Ahahaha sou Remista, mas juro que é cômico quando alguns torcedores do Paysandu chamam meu clube de “Timinho sem-divisão”, mesmo existindo um fundo de verdade nessa brincadeira.

    Bom, eu sei que existe um abismo entre os dois clubes agora (Em termos de série, Administração…), mas nada pode suplantar a igualdade que existe entre eles durante um confronto direto. Não tem porque nos desmerecer…

    Além disso, o Remo venceu os últimos jogos…O que a bicolada tanto fica enchendo o saco? Entraram no cacete pelo “Timinho-sem-divisão” e pronto.

    Curtir

  32. Não gostei da escalação, Cláudio. Além de começar com Tony (Que tem 31 anos, não vai aguentar muito tempo aquele campo pesado), é extremamente defensiva…

    Outra coisa: Jonathan tem o costume de vir jogando de trás, o que significa que Ramón só terá Alex Juan e um dos atacantes com quem trocar passes lá na frente.

    Me deu medo agora, sinceramente.

    Curtir

  33. Sinceramente, Thiago, não creio que dê para se concluir ainda se a administração do Paysandu é boa ou ruim, e não falo de resultados em campo. A impressão que me passa – e se aplica mais ainda ao Remo – é que a desorganização é tão grande, assim como as carências – falta de CT, de transporte próprio, por exemplo – que é trabalho para uns cinco anos, para se chegar a um nível de segundo escalão. E essas carências vão se agravando, no caso do Remo, com a necessidade de voltar pelo menos à série C. Aliás, se classificado, o Remo deverá enfrentar pelo menos 3 times fortes – para o nível em que ele está – a saber, Rio Branco, Nacional e Salgueiro, na busca pela vaga na 3ª Divisão. Prevejo um campeonato bem difícil.

    Curtir

  34. Rio Branco é time batido, amigo Elton. Agora Nacional e, claro, Salgueiro serão duros de passar…

    Curtir

  35. Toma-te, Marcelino, poderias ficar sem essa. O Paysandu pode mandar em Paragominas, pois em Belém quem manda é o LEÃOOOOOOOOOOOOOO.

    Curtir

  36. Se o Remo entrar com Val Barreto e Leandro Cearense, adeus Série D. Égua, não dá pra acreditar nisso. Se o Flávio quer jogar com dois atacantes, que ponha o Branco ou Fábio Paulista ao lado do Val Barreto, mas entrar com dois postes é suicídio. Eu falei ontem aqui no blog que Flávio só está recebendo algum por fora para escalar o Leandro Cearense. Que cara mais idiota, meu Deus!

    Curtir

  37. pode até ter falhas Gérson, mais falham sempre, não to desrespeitando ninguém pelo contrário eles estão desrespeitando a clube que tem tantos leitores e ouvintes, errar é humano, errar sempre é o que?

    Curtir

  38. Assim espero, Thiago. A dupla de ataque ainda é Juliano César e Marcelo Brás, com o indefectível Testinha no meio. Falar nisso, o Remo, se jogar a série D, deveria trazer de volta o Morisco e buscar o Fabrício Ceará, bom atacante do Salgueiro. Além de se reforçar, ainda teria o efeito adicional de desfalcar adversários diretos.

    Curtir

  39. Jogadores do Remo relacionados para o jogo: 20, no total, 2 serão cortados…

    Goleiros: Fabiano e Naylson.
    Lateral: Alex Juan.
    Zagueiros: Mauro, Henrique, Carlinho Rech e Yan.
    Volantes: Jhonnatan, Tony e Biro.
    Meias: Endy, Ramon, Diogo Capela, Thiago Galhardo e Clebson.
    Atacantes: Fábio Paulista, Branco, Val Barreto, Leandro Cearense e Rodrigo

    Curtir

  40. Gente o jogo do time azulino é contra o PFC e caçula do parazão, não é contra o Corinthians, Atlético-MG, Fluminense, Boca Juniors, Barcelona ou Bayer. Esse excesso de preocupação me passa a impressão de que o time da capital está tão desacreditado que vai apelar para tudo e para todos para conseguir o resultado.
    Acho que respeitar sim, jogar sério é fundamental e ter foco no objetivo que é ganhar o segundo turno. Há muito barulho por um jogo que vai acabar sendo um dos mais fáceis para o time azulino, anotem!

    Curtir

  41. Mas são “Velhos”, Elton…
    Desde que eu tinha 12 anos (E hoje tenho 20) falavam do Marcelo Brás…

    E sobre suas indicações, Concordo. Tem dois zagueiros excelentes dando sopa por aí. Um deles é o Morisco, que também sabe bater faltas, e o outro é Gabriel Blos, do Lajeadense. O jovem tem sido escolhido, por mais de uma vez, como um dos melhores zagueiros do gauchão.

    Não te esquece do Bismarck, do Campinense. O moleque é bom de bola e seria um bom reforço para a ausência de Clébson, após o Paraense…

    Curtir

  42. Concordo que a escalação do Cláudio não é a melhor, mas o Jhonnatan funciona como meia atacante, que ainda pode ajudar na marcação, ficando em cima da saída de bola e sendo o cara que volta para pegar a bola da defesa. Acho que o Ramon ao lado de Jhonnatan tem tudo para dar certo, aliás, o Jhonnatan é um jogador diferenciado e joga bem com qualquer um desses que aí estão. Se o meio-campo azulino formar com ele, tem tudo pra funcionar. O que me preocupa é a inoperância da direita. Ele também é um articulador da meiuca remista. O Remo tem jogado torto, saindo só pela esquerda e pegando a direita apenas quando tem um jogador “nas costas” do lateral esquerdo adversário. Assim, o time fica previsível e jogando no 4-4-2 facilita o contra-ataque pro rival. Por isso que penso o Remo tem que criar alternativas ofensivas pela direita, pra amarrar a zaga adversária na marcação e dar mais opções para os armadores criarem jogadas, mas mantendo 3 zagueiros, sempre. Se o Jhonnatan entrar como meia-atacante ele pode fazer a cobertura do Branco ou Paulista, que jogariam pela direita, e ainda ter a cobertura de um dos 3 zagueiros ou de um dos 2 cabeças-de-área. O Remo poderia ficar assim: Fabiano, Carlinho Rech, Mauro e Henrique; Branco (Paulista), Tragodara (Alan Peterson), Biro, Jhonnatan, Ramon e Alex Ruan; Val Barreto. Penso que assim o time azulino se mostra ofensivo sem perder (muito), o poder de marcação e defesa.

    Curtir

  43. Bom, como acabei de ver os relacionados, acho que a melhor escalação seria: Fabiano, Carlinho Rech e Mauro; Branco (Paulista), Biro, Jhonnatan, Ramon, Capela (Galhardo) e Alex Ruan; Val Barreto. A relação de tantos atacantes e só cabeças-de-área de contenção, exceção de Jhonnatan, pode ser que FA, finalmente, ponha Endy no banco e dê uma chance aos velocistas do Baenão, seja o Branco, seja o Paulista.

    Curtir

  44. Amigo Lopes, o Remo, com o Endy, mais fixo e só saindo na boa, com 3 zagueiros e 3 volantes, permite que o Alex Juan seja mais um ligador ao lado do Ramón,com o Jhonatan ocupando mais o espaço que seria do ala direito, de vez em quando… O PFC vai provar do próprio veneno, tendo que sair para o jogo, com o Remo fechado e saindo rápido nos contra ataques… O que me assusta, é o zagueiro Carlinho Rech, pela insegurança dele, e não é de hoje..

    Curtir

  45. Será que o Remo não tem um lateral direito nas categorias de base que seja melhor que o Endy? Se não tiver, o que eu duvido muito, acho melhor fecharem as divisões de base.

    Curtir

  46. Percebo, Cláudio, mas o Endy é pesado demais e não tem tido muito sucesso nem como apoiador, nem como defensor, e a direita do Remo tem sido uma dor de cabeça constante, a maioria dos gols sofridos vieram por lá, até mais que pela esquerda, e só não é mais por causa da cobertura constante dos volantes e da zaga, mas acho que é bem melhor com ele que com Walber ou Rodrigo Guerra, e apenas aponto que por lá é possível ter ofensividade, sem deixar de defender, bastando avançar o Jhonnatan e pôr um cabeça-de-área de contenção. Endy tem sido, mesmo com as limitações de um meia improvisado, melhor na direita que os dois da função, não discuto isso. Mas, note, há muitos cabeças-de-área e zagueiros no time, não vejo tanta necessidade de o Jhonnatan jogar recuado, a não ser que o problema seja a saída de bola e a ligação com o ataque, e nem de ter um ala direito que cuide da faixa do campo, já que na relação se vê dois cabeças-de-área de contenção. Se um precisar sair, por lesão que seja (que não aconteça), o substituto já está em campo, basta pôr outro meia e recuar o Jhonnatan. Nas condições em que o Remo vinha jogando, com Nata evoluindo, Jhonnatan não precisaria jogar recuado. Certo, Nata não joga domingo. Mas, além disso, é um desperdício manter o Jhonnatan recuado, tá na cara que ele pode ser um bom meia-atacante. Se o Remo jogar bem no ataque, mantendo a bola o máximo de tempo no ataque, terá poucos problemas na defesa. Assim, penso que se o Jhonnatan atuar como meia-atacante, e ajudando a cobrir as subidas do Branco, o Remo tem mais chance de jogar mais tempo no ataque, tendo mais opções de variação de jogo e atacando pela direita, além da esquerda, e roubando a bola por lá, e levar menos sufoco na defesa, é por isso que os treinadores gostam de adiantar a marcação… É o Remo que tem a vantagem, é o Remo que tem que sufocar, e não o contrário.

    Curtir

  47. Para refrescar tua lembrança Marcelino Junior. TABU : 17/04/73 Remo 0 x 0 Paysandu ,25/05/73 Remo 1 x 0 Paysandu, 21/06/73 Remo 0 x 0 Paysandu, 14/08/73 Remo 2 x 1 Paysandu, 18/11/73 Remo 1 x 1 Paysandu, 02/02/74 Remo 2 x 1 Paysandu, 21/02/74 Remo 1 x 1 Paysandu, 03/03/74 Remo 2 x 0 Paysandu, 19/05/74 Remo 0 x 0 Paysandu,25/07/74 Remo 1 x 0 Paysandu, 12/10/74 Remo 0 x 0 Paysandu ,17/11/74 Remo 0 x 0 Paysandu, 20/11/74 Remo 1 x 0 Paysandu , 04/12/74 Remo 2 x1 Paysandu, 15/12/74 Remo 2 x 0 Paysandu, 02/03/75 Remo 1 x0 Paysandu, 27/04/75 Remo 1 x 1 Paysandu, 01/05/75 Remo 1 x 1 Paysandu, 25/05/75 Remo 1 x 0 Paysandu, 28/06/75 Remo 3 x 1 Paysandu, 23/07/75 Remo 0 x 0 Paysandu, 03/08/75 Remo 2 x 1 Paysandu, 07/09/75 Remo 2 x 0 Paysandu, 10/03/76 Remo 1 x 0 Paysandu. Como podemos observar os bicolores do passado também tiveram o seu tabu kkkkk. 24 jogos 14 vitórias e 12 empates kkkkk. Essa é para você Marcelino Junior.

    Curtir

  48. Marcelino com as goleadas a coisa é mais facil, já que o Paysandu foi homenageado pela globo e eleito o coitado Campeão do Brasil, ou seja é o Clube brasileiro mais goleado nas história dos brasileiros. 17/03/01974 Internacional 5 x 1 Paysandu,17/07/74 Flamengo 6 x 0 Paysandu,07/09/76 Remo 5 x 2 Paysandu, 11/09/1975 Paysandu 1 x 5 Fortaleza,19/10/77 Santos 4 x 0 Paysandu,22/10/77 Cruzeiro 4 x 0 Paysandu,19/02/78 River 5 x 1 Paysandu, 14/03/78 Bangu 4 x 0 Paysandu,20/04/80 Botafogo SP 6 X 1 Paysandu,22/10/95 Vasco 6 x 1 Paysandu,12/04/2006 Corinthians 6 x 1 Paysandu,02/11/2003 Figueirense 6 x 0 Paysandu,01/08/2004 Santos 6 x 0 Paysandu,28/09/2004 São Paulo 7 x 0 Paysandu, 18/11/2006 PAULISTA 9 X 0 PAYSANDU KKKKK.

    Curtir

  49. Elton, também acho precipitado já carimbar a Administração do rival como exitosa. Eu diria que o Vandick ainda é uma esperança, a qual espero que se concretize, de molde a incentivar que no Remo se faça o mesmo. Quanto ao Mourisco acho que ele é muito passarão. Lembro que quando jogou aqui adorava dar uns chutões de primeira e ia com tanta gana na bola que muita vez dava umas furadas tristes ou acertava na orelha da bola.

    Lopes, dependendo das circunstâncias eu colocaria o Endy como volante (no lugar do Tony) e o Branco fazendo aquela ala como tanto sugeres.

    Deus te ouça, Miguel, e que este não seja um jogo muito difícil.

    Curtir

  50. Agora eliminações:18/12/77 Paysandu 1 x 1 Nacional eliminado da repescagem do brasileiro de 1977.13/06/78 Paysandu 2 x 2 Fast Club, eliminado da repescaem do brasileiro de 1978. 09/03/1983 Campo Grande 3 x 1 Paysandu, eliminado da repescagem do brasileiro de 1983Taça de Ouro, e rebaixado para segunda divisão do mesmo ano Taça de Prata 20/03/83 Paysandu 1 x 2 Central eliminado da taça de prata 1983. Impressionante eliminado no mesmo ano da primeira divisão e da segunda kkkk. Tem mais coisas marcelino , infelizmente terei que sair agora deixando incompleta as eliminações do papinha, depois eu continuo ok.

    Curtir

  51. O FA já começou mal ao definir a equipe que levará para Paragomi nas, deveria ter escolhido o Tragodara no lugar do Biro. Escutei na RC que o Biro vem de contusão, como o campo de Paragominas é mais pesado que o Mangueirão e este jogador está sem ritmo, a escolha não foi bem sucedida.
    O Charles é sabedor das limitações do PFC, porém sabe muito bem como incentivar a equipe. Quanto ao condicionamento físico dos jogadores, o preparo está em saber jogar em campos pesados.
    Creio em muita dificuldade do lado remista, porém se fechar o meio-campo, talvez ganhe (ou empate) o jogo caso o PFC fique afoito em busca do gol e não consiga.
    Será que o Leão entrará de férias no dia 05/mai/13?

    Curtir

  52. Esse treinador de araque está louco estragar a temporada remista. E pensar que podíamos estar livre dele. O cara relacionou cinco atacantes e um só lateral, vai entender.

    Curtir

  53. Ei Vovô Rocildo vamos agora ao que mais interessa que são os títulos.

    Papão leião

    44 títulos paraenses 42 títulos paraenses
    2 títulos série B 1 titulo série C
    campeão dos campeões

    Obs:esta é a parte mais dolorida pra sofrida torcida remista,fazer o que não é sofrildo.

    Curtir

  54. Te dizer, mais no Paysandu e assim! Vão se os aneis, mais ficam-se os dedos. O aLOPrado já não e mais o presidente do Papão há quase cinco meses, mais as lembranças que ele aprontava como presidente em exercício continuam na gestão do “salvador” Vandick Lima.
    A atual gestão, tida como esperança da FIEL, no que diz respeito e profissionalismo caiu por terra nestes últimos dias. Foi noticiado em todos os veículos de comunicação, de que o ex-xerife Fábio Sanchez já estivera contratado para segunda divisão.
    Mais hoje foi noticiado novamente pela imprensa paraense, que o defensor não vira mais defender as cores do Papão. Agora o clube começa a correr contra o tempo não só para arrumar um substituto a altura do xerifão, como ir atras de outros nomes para compor o elenco da segundona.
    – Quando eu achava que as coisas começavam a se organizar, eis que surge uma notícia “velha” como essa! Que já me faz sentir calafrio de se parecer com as noticias contadas na época do aLOPrado. TE DIZER!

    Curtir

  55. Realmente o Paysandu e o clube que foi mais goleado no Brasil. No entanto no futebol paraense em confronto direto com o Remo, o clube peruquento foi mais goleado, do que goleou o Papão.

    Quando o assunto for títulos? O glorioso Paysandu da outra goleada no rivalzinho.

    44 Estaduais, 2 brasileiros da segundona, 1 copa norte, 1 copa dos campeões.

    Já o remendo, 40 estaduais, 1 campeonato brasileiro da terceirona.

    Quem comanda em títulos no Pará e o Papão, o resto e inveja e decepção de chorão.

    Curtir

  56. Esqueci mais um titulo do remendo! Foi campeão da copa ferreirinha e das rainhas das rainhas. Kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  57. As mudanças não ocorrem do dia pra noite, André. Acredite, torço muito pelos sucesso da nova admistração do rival, para quem sabe, os ventos da mudança possam também soprar pelos lados do Baenão. Já pensou se o Wandick for um fiasco? As múmias do Remo usarão o exemplo bicolor para se encastelarem ainda mais.

    Curtir

  58. Caí na moderação. Cláudio, você que é bem informado, responda-me o que já mencionei antes. Não há um lateral direito na base melhor que o Endy?

    Apartir de agora vou me inspirar no exemplo do Rocildo, vou parar de ser pessimista e de cornetar o Flávio Araújo, creio que ele está preparando um nó tático para aplicar no Charles domingo. Rsrsrs

    Curtir

  59. O Remo tem que contratar o Buiú do Naviraiense, o jogador que vai ser o pesadelo das bicoletes. Anotem!

    Curtir

  60. Vai cortar o Biro e o Rodrigo. Seria mais interessante colocar o Yan na Zaga e colocar o Henrique ou o Carlinhos como volante. Ou até mesmo o Yan como volante, pois ele tem muita raça.

    Curtir

  61. Pode até ser Oliveira, acho que não podemos mesmo é desperdiçar um atacante que poderia atuar para ter mais um defensor desnecessário, é retranca demais…

    Curtir

  62. Cada um tem a sua opinião e portanto eu tenho a minha. Vejo uma demasiada preocupação com esse Paragominas. Meus caros amigos azulinos eu digo o seguinte. Não consigo conceber que seja o Paragominas tudo isso que aqui e colocado. Vou mais longe ainda meus caros,se não tiver o Remo capacidade, para chegar domingo e vencer com autoridade essa equipe,será melhor então fechar as portas. Contrariando alguns azulinos que já elegeram o Flávio o pior treinador do mundo, digo que ele é competente e assim como entrou e venceu os 3 últimos jogos, ele terá a lucidez e capacidade para no domingo comandar o mais querido nessa jornada. Quanto a esquema digo que é apenas um detalhe, quando a bola rola, vale mesmo o empenho do atelta dentro do gramado, o resto fica apenas no campo da teoria ou do eu acho. O mais querido vai vencer e vai para a final, isso já está definido, está escrito nas estrelas.

    Curtir

  63. Rocildo, não torço só pra ver o Remo na final, torço pra que vá com bom futebol. Também achava que o Cametá não seria páreo pro Leão em 2012, mas, lembra?… O problema não é só se o PFC é ou não capaz de eliminar o Remo, até porque acho que o Remo tem mais time, mas o Remo pode perder pra si mesmo, depois de ter revertido a vantagem, o que seria mais frustrante. Tem sido assim, o Remo bobeia na hora crucial… Parece que dessa vez será diferente, mas para ratificar isso é importante o bom futebol.

    Curtir

  64. Meu amigo sinceramente dentro do pouco que eu conheço sobre futebol, o mais querido vem de 3 vitórias , duas contra o poderoso papinha e outra contra o Paragominas e dentro da minha concepção jogando um bom futebol. Inclusive muitos especialistas colocaram essa partida entre Remo x Paragominas como uma das melhores do campeonato. O que percebo, é que vencer bem para muitos azulinos na verdade é golear. Golear é muito bom amigos, agora temos que levar em consideração ,que do outro lado tem uma equipe, tem profissionais que buscam também o seu lugar ao sol. Agora o importante é você ver e sentir que o time que você torce,acima de qualquer escalação, acima de qualquer esquema está entrando em campo com determinação e com responsabilidade. E isso me faz acreditar piamente que o Remo está na final do paraense contra o papinha. E vocês podem ter a certeza, quem entrar , quem quer que seja ,vai jogar e vai jogar muito , tanto faz se é Biro,Yan,Toni,Branco,Leandro ,Val Barreto. O que importa é que quem entrar vai arrebentar. e você ai azulino que está criticando, tem papel preponderante nessa vitória, tem que acreditar, que essa vai ser a melhor partida que o azulino vai jogar neste campeonato, que essa será a partida que vai consolidar o Leão como melhor equipe do campeonato os números já dizem isso, agora estamos começando a confirmar no gramado jogando futebol e domingo é a consolidação da nossa nova fase. Quanto aos bicolores, pouco me importa o que eles achem ou comentem . Me importo sim com a opinião de vocês azulinos,que como eu amam esse Clube do Remo.

    Curtir

  65. Rocildo, concordamos em quase tudo, pois discordo de que o futebol de quarta tenha sido dos melhores apresentados pelo Remo neste certame. Nos últimos dois RE-PA’s, aí sim, as duas melhores partidas, juntamente com a apresentação do RE-PA do 1º turno e da semifinal contra o mesmo PFC no 1º turno, no Mangueirão. Observe, não questiono a vontade dos atletas azulinos, já provaram diversas vezes que jogam com raça. No mais, é isso aí mesmo o que você escreveu, só que quero ver a consolidação do bom futebol que vem apresentando pós-paralisação “cuiaranista”.

    Curtir

  66. Quando a tabela do parazão foi elaborada, no regulamento deveria tá bem explícito que decisão é no mangueirão. Vai ver que eles pensaram que o paysandu poderia decidir um turno em Paragominas. Ou seja, não haveria nenhum problema, pois a torcida bicolor é bem minúscula em relação ao fenômeno azul. Agora a FPF tá preocupada. Francamente falando, até o mangueirão já está ficando pequeno para a nação azul. Porém não tem problema, vamos invadir Paragominas e mostrar que somos pacíficos e do bem. Vamos fazer uma grande festa e mostrar para todos, porque no feriado do trabalhador, em público, no mundo todo, só ficamos atrás do jogo do Bayern, Boca e do Grêmio. Aqui fica um lição para a FPF que ano que vem tem de colocar no regulamento que decisão para o REMO tem que ser no mangueirão, e do paysandu pode ser até na curuzú ou no interior, que nada vai mudar.em relação ao público.

    Curtir

  67. O Rocildo não e torcedor, ele e um fanático! Como encher a bola de um time que só se apresenta em campo na RETRANCA? Para um time “grande e de tradição” como e o Clube do Remo, fazer uso desse artificio para vencer os seus jogos, e no minimo se comparar com os times pequenos do campeonato paraense.
    Acho que o técnico azulino pode ate está certo em fazer o seu time jogar na RETRANCA, mais pergunte aos torcedores do Remo se eles querem, ou queriam ver o Remo jogando assim durante todo o campeonato.

    O treinador que resultado, mesmo que de uma forma horrorosa, mais a torcida que e o principal público alvo, quer ver espetáculo, por que futebol não deixa de ser um “espetáculo” quando bem jogado. Pena que no futebol paraense, isso já não aconteça a muito tempo, graças aos muitos treinadores desqualificados que por aqui passam.

    Curtir

  68. Concordo Luís Antônio Mariano com você, no entanto amigo, quem fez campanha eleitoral de que iria fazer e acontecer logo no primeiro momento quando assumisse o Paysandu (Vandick Lima), iria de cara implantar a sua filosofia de trabalho, não que esteja totalmente ruim, mais sem dúvida que não está muito diferente da gestão passada.
    E claro que o Vandick tem muito mais pés no chão que o seu antecessor aLOPrado. Mais o atual presidente não pode cometer os mesmos erros de anunciar um jogador e dias depois divulgar novamente que o mesmo não virá mais. Esse tipo de noticia só deve ser divulgada quando tudo estiver 100% concretizado, caso esteja apenas 99% que mantenha em sigilo, caso contrário poderá cair em contradição.

    Curtir

  69. Acho engraçado quando os bicolores vêm falar de títulos e eles enchem a boca pra falar dos títulos do Paysandu, mas se esquecem dos títulos do Remo.

    Esquecem-se que somos tricampeões da copa norte (68,69 e 71) e campeões da copa norte-nordeste (1971), torneio equivalente à série B.

    Esquecem-se que o time do Norte que chegou mais longe em campeonatos brasileiros da Série A (1993) e na Copa do Brasil (1991) foi o Remo.

    Além de sermos campeões do torneio de Paramaribo (1950), uma prévia do que viria ser a libertadores pouco tempo depois, inclusive tendo um monte de times brasileiros querendo oficializar esse campeonato como título da libertadores hoje…

    O fato do Paysandu ter vivido uma grande fase no início deste século não invalida tudo o que aconteceu na história dos dois clubes centernários antes.

    Só fico imaginando o que o Paysandu tinha pra falar antes de 91, ano do primeiro título fora do estado…

    Se é pra falar alguma coisa, parem de tomar rupinol e se esquecer das coisas…

    Curtir

  70. falou tudo Vitor os maiores títulos do norte pertencem ao Remo, que pena que já faz tempo e quase ninguém lembra, mais o que importa é que ganhamos, antes de 1991 a PSC havia ganho o que? tiverem largura naquela copa dos campeões quando os atletas do cruzeiro baterem dois penaltis no travessão e no mesmo lugar, vai ser cagado assim lá na….. rsrsrs

    Curtir

  71. “Além de sermos campeões do torneio de Paramaribo (1950), uma prévia do que viria ser a libertadores pouco tempo depois, inclusive tendo um monte de times brasileiros querendo oficializar esse campeonato como título da libertadores hoje…”

    “Em tempo: o torneio internacional pré-Libertadores é o de Caracas, não de Paramaribo como informado acima”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…,os torcedores azulinos NUNCA verão o leião disputar a taça libertadores da américa,competição que o glorioso papão da curuzu disputou de forma brilhante vencendo o Sporting cristal lá no Peru.o cerro porteño lá no Paraguai e a inesquecível vitória sobre o boca lá na Argentina.fomos eliminados pelo próprio boca junior que neste mesmo ano se tornou o campeão da taça libertadores e do mundial de clubes derrotando o milan na final.desculpa ai Victor Palheta.

    Curtir

  72. Sou o único fanático do blog. O resto é tudo torcedor consciente. Me engana que eu gosto, tem é muito neguinho doente aqui disfarçado de torcedror consciente. Sinceramente se o futebol ´paraense fosse viver de torcedor consciente, ele já teria ido para o fundo do poço há muito tempo. No fundo no fundo, são torcedores como eu que não deixam a chama se apagar, que são os verdadeiros baluartes e quem mantém viva essa paixão que encanta o Brasil inteiro.

    Curtir

  73. Por isso que eu digo os torcedores do papinha, nunca verão o time deles enfiar um tabu de 24 ou de 33 em um time que ganhou do Sporting Cristal do poderosooooo Serro Não sei o que, e venceu o Boca. Isso é para poucos ,e o mais querido tem esses dois tabus kkkkk.

    Curtir

  74. Caro Rocildo,vcs tem 2 tabus e o papão tem 2 títulos a mais no parazão 44×42.tem explicação para esta situação?

    Obs;Favor seja objetivo na sua resposta.

    Curtir

  75. Títulos paraenses são cíclicos meu caro, em determinado momento um sempre estará na frente do outro, já estivemos na frente o papinha passou, o papinha esteve na frente o mais querido passou. Enfim isso não representa nada. Se você tivesse 60 campeonatos contra 30 campeonatos, ai sim meu mano existiria uma superioridade. 44 x 42 é empate técnico. Ao longo dos anos um ou outro sempre esteve ou estará na frente. Portanto isso não garante superioridade nem uma. Está respondido a sua pergunta meu caro papinhandu.

    Curtir

  76. Agora me responde uma coisa, como é para um torcedor, ir 57 vezes para um estádio de futebol ver o seu time jogar contra o time que ele mais odeia, e voltar para casa, com 57 insucessos. 24 + 33 = 57 kkkkkkkkkkkkkkkk. Os dois maiores tabus da história do futebol do Brasil em quantidade de jogos realizados kkkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s