Sanchez cai e Felipão deve ser anunciado amanhã

O presidente da CBF, José Maria Marin (foto), surpreendeu todo mundo e informou na manhã desta quarta-feira que vai anunciar amanhã o nome do novo técnico da Seleção Brasileira. Disse, ainda, que aceitou o pedido de demissão do diretor de Seleções, Andrés Sanchez, e que o cargo será extinto. A partir de agora, haverá um diretor técnico. O nome escolhido para a função também será anunciado junto com o do novo comandante do escrete. Especulações da imprensa paulista indicam que Luís Felipe Scolari será mesmo o técnico e que o diretor técnico deve ser Carlos Alberto Parreira – Raí também estaria cotado.

14 comentários em “Sanchez cai e Felipão deve ser anunciado amanhã

  1. PRA FRENTE BRASIL,

    ESSE PRESIDENTE DA CBF fez o que tinha de fazer, demitindo 02 incompeentes que estavam enterrando a nossa seleção para ajudar o Corinthians. Estou começando a acreditar no presidente da CBF. pra frente Brasilllllllllzilzil.

    Curtir

  2. Com Felipão, CBF aposta no “pega, pega, pega” contra Lionel Messi

    28/11/2012 às 17:17, por [ Menon ]

    Quando Luiz Gonzaga Belluzzo asssumiu o Palmeiras em 2009, tratou de trazer Valdivia de volta. E, depois de perder Luxemburgo e Muricy, buscou Felipão. Não deu certo. Os dois não se entenderam, mas Belluzzo sempre pode dizer que fez o que a torcida queria. Fez o que todos fariam. Apostou em pessoas acima de suspeitas. Se não deu certo, a culpa não é dele. Não é de ninguém, afinal era tão óbvia a vinda de Scolari e de Valdivia…

    Jose Maria Marin está fazendo o mesmo. Se o Brasil perder a Copa, ele pode dizer: “mas eu trouxe o técnico tetracampeão do mundo e o técnico pentacampeão do mundo para cuidar da seleção. O que eu fiz de errado”?

    Apostar no óbvio nem sempre é certo. Dá menos trabalho, corre-se menos riscos, mas abre-se mão do sonho. O sonho é Guardiola. Ele é quem teve o mérito de juntar Xavi, Iniesta e Messi. Ele fez o time que a grande maioria faz questão de chamar de seu. Toque de bola ao extremo e poucas faltas. Detalhe, muitas vezes Mascherano está em campo. E há poucas faltas.

    Se Felipão estivesse no Barcelona, ele nunca teria a coragem de juntar Daniel Alves, Xavi, Iniesta e Messi. Nem Felipão, nem Tite e nem Mano. Muriciy? Também não. Seria aquela velha conversa de que é preciso equilíbrio, de que não se pode avançar muito, que o meio campo precisa estar compacto – como se o do Barça não o fosse – que é preciso parar as jogadas no meio de campo etc e tal.

    Felipão foi campeão do mundo? Foi. Mas, eu não esqueço, é aquele mesmo que disse no vestiário do Palmeiras, a respeito de Edílson, do Corinthians: “Não é possível que ningém dê uma cuspida nesse neguinho”, mostrando uma nova maneira de se marcar o adversário.

    O que foi feito de Scolari depois de 2002? Seu grande resultado foi perder a final da Eurocopa, em Lisboa, para….a Grécia. A Grécia. Andou pelo Uzbequistão. Fracassou no Chelsea. Ganhou a Copa do Brasil – primeiro título em dez anos – e não conseguiu fazer o time reagir no Brasileiro. Foi um dos grandes responsáveis pela queda.

    E Parreira, o que fez depois de 1994? Montou um belo Corinthians. Apostou em jogadores desinteressados e gordos na Copa de 2006. Um fiasco. Foi o primeiro treinador a ser demitido em um Mundial, pela Arábia Saudita, em 98. Em 2010, levou a África do Sul a ser o primeiro país anfitrião a ser eliminado de um Mundial.

    Parreira e Felipão são o passado. Essa é a aposta da CBF, deixando de lado a possibilidade de formação de um time que privilegie a técnica e não a marcação.

    Em 2014, ouviremos muito “pega, pega, pega, pega” quando Messi tocar na bola.

    Curtir

  3. Toda vez que leio comentários sobre a seleção brasileira só vejo falar de Guardiola , o Sr Guardiola simplesmente copiou a tecnica do mestre Telê, o São Paulo em 93 e 94 era toque de bola a seleção de 82 infelizmente não foi campeã mas seu futebol era de admira, então a Espanhã joga nosso futebol ,parem com esse negocio de guardiola

    Curtir

  4. Indiscutivelmente a seleção será melhor dirigida e com Pareira por perto, melhor ainda. Mano fazia parte de um esuqema paravalorizar jogadores e isso ficou claro, logo o obejtivo maior que é a Copa 2014 estaria ameaçada. É o que temos de melhor no momento e não adianta perder tempo com experiências como disse Marin. Certo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s