Vettel: uma nova lenda está nascendo

Na mais sensacional corrida dos últimos tempos, disputada sob chuva, o alemão Sebastian Vettel (da Red Bull) conquistou o tricampeonato de F-1 e entrou para a história duplamente: é o mais jovem de todos os tricampeões mundiais, com apenas 25 anos, e também é o primeiro piloto da categoria a ganhar três títulos mundiais nos três primeiros anos de carreira. Vettel é também o terceiro tricampeão a vencer em anos consecutivos – antes dele somente as lendas Juan Manuel Fangio e Michael Schumacher haviam obtido essa marca.

No autódromo de Interlagos, Vettel mostrou parte de seus talentos ao cair logo na primeira volta para a última posição no grid e, a partir daí, iniciar uma corrida de recuperação com direito a muitos lances de emoção e incerteza. Fernando Alonso, da Ferrari, que também brigava pelo título, chegou em segundo lugar, mas Vettel alcançou a sexta posição e garantiu o título. Jason Button, da McLaren, venceu a prova. Felipe Massa, da Ferrari, completou o pódio.

8 comentários em “Vettel: uma nova lenda está nascendo

  1. Não foi à toa que este foi um dos campeonatos mais emocionantes e disputados dos últimos tempos, já que tivemos no grid seis campeões mundias (Vettel, Alonso, Kimi, Hamilton, Button e Schumacher) além de promessas boas como Hulkenberg, Maldonado e Kobayashi. O campeonato foi sem dúvida de Adrian Newey, que é um dos maiores projetistas de todos os tempos. Ano que vem prevejo uma temporada não tão emocionante, já que o Hamilton vai pro lugar do Schumacher na Mercedes e não teremos o japonês maluco e nem talvez o Hulkenberg. Tende a ser mais polarizado nos três melhores pilotos: Vettel, Alonso e Button. Mas com essas três equipes disputando, já se tem alguma coisa bem melhor do que a época de Schumi-Barrica

    Curtir

  2. É preciso destacar que a Fórmula 1 de hoje está longe de ser tão emocionante como nos tempos de Nelson Piquet… Alonso, por exemplo, poderia ter ganhado o campeonato, mas em dois grandes prêmios consecutivos foi tocado logo na largada… O Vetel, cantado em verso e prosa, é, de fato, um bom piloto, mas se dessemos um carro nas mesmas condições para Ele (Vetel, Alonso e Hamilton) creio que o inglês se daria melhor para marcar a Pole e o Espanhol se daria melhor na corrida… Em outras palavras, viva Adrian Newey…

    Curtir

  3. Gerson, o SV está na F1 desde 2007 (1 corrida apenas), sendo q a 1a temporada completa foi a de 08 pela Sauber, depois foi pra STR, logo não foi campeão nos três primeiros anos de carreira.

    Curtir

  4. Uma corrida emocionante, para encerrar uma temporada não menos fantástica. Não acho que este GP Brasil tenho sido mais dramático e cardíaco do que aquele em 2008 que Hamilton bateu Massa, ao conseguir uma ultrapassagem sobre Timo Glock na última curva.

    De todo modo, foi um ano espetacular. Com 3 pilotos definitivamente um patamar acima dos demais: Alonso, Hamilton e Vettel. Ainda assim, também pudemos ver algumas atuações brilhantes de Button, Weber, Rosberg e Maldonado, todos vencedores de pelo menos um GP, bem como o desabrochar de talentos como Hulkenberg.

    Não tiro o mérito do tricampeonato alemão, mas claramente o Alonso tirou leite-de-pedra de uma Ferrari nitidamente inferior as RedBull. Assim mesmo, penso que a taça ficou em boas mãos. Nas palavras do próprio espanhol sobre o jovem germânico: “Ele é muito rápido, constante, e sobretudo, erra muito pouco”. Ou seja, detém a fórmula para ser vencedor em qualquer corrida automobilística do planeta.

    Falando em 2013, penso, que Hamilton cometeu um tremendo equívoco ao sair da McLarem, entregando a equipe de bandeja para Button, que simplesmente vai jantar o mexicano Serginho Perez. Massa, tem grandes chances de vencer corridas se andar como esta segunda metade da temporada. E Alonso certamente será novamente um competidor feroz. O homem a ser batido? Certamente, Sebastian Vettel. Afinal, quem mais pode contar com o genial projetista Adrian Newey como parceiro?

    Curtir

  5. Mas, o Nelsão sacana e malicioso como sempre deu aquela cutucada no Button: “Você deve estar muito feliz com a saída do Hamilton da McLarem para a Mercedes, não é?!”… Esse Piquet…rsrsrs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s