Ex-técnico do Paissandu vai tentar salvar o Palmeiras

Por Mauro Cezar Pereira (ESPN)

Gílson Kleina trocará a Ponte Preta pelo Palmeiras e vai comandar o 19º colocado do Campeonato Brasileiro, a priori, até o final do ano que vem. Faz todo sentido. Treinador de 44 anos, ele dirigiu o time de Campinas no retorno à Série A. Quando foi rebaixado, em 2007, o Corinthians também foi buscar um técnico com tal experiência: Mano Menezes, que treinou o Grêmio na volta à primeira divisão em 2005. Decisão absolutamente pertinente dos dirigentes palmeirenses. Não, isso não é uma ironia.
Na situação atual, o melhor a fazer é pensar no ano que vem. Se Kleina conseguir o “milagre” que seria a permanência do Palmeiras na Série A, ótimo. Como isso é muito improvável, nada mais adequado do que pensar na campanha pelo retorno à elite, com direito à disputa da Libertadores.
A meu ver Cristovão Borges, seria uma opção mais interessante, pela experiência no torneio internacional e por ser um dos responsáveis pela permanência do Vasco entre os quatro melhores do Campeonato Brasileiro por quase cinco dezenas de rodadas. Mas Kleina não é má ideia. A questão agora é: cartolas e torcedores irão cobrar do novo treinador que mantenha o Palmeiras na Série A em 2012 ou que devolva o time à primeira divisão em 2013? Como será na prática?

A Ponte de Kleina nos rankings:
13ª em cartões amarelos, 60
6ª em cartões vermelhos, 2
17ª em cruzamentos, 15,8 por jogo
9ª em desarmes certos, 22,3 por jogo
7ª em faltas cometidas, 19,3 por jogo
3ª em faltas recebidas, 20,5 por jogo
3ª em finalizações, 14,2 por jogo
11ª em impedimentos, 3,5 por jogo

Gilson Kleina despontou para o futebol nacional depois de curta passagem pelo Paissandu no Campeonato Brasileiro.

2 comentários em “Ex-técnico do Paissandu vai tentar salvar o Palmeiras

Deixe uma resposta