Givanildo é apresentado ao elenco do Paissandu

Acabou de acontecer na Curuzu o primeiro contato de Givanildo Oliveira com o elenco do Paissandu. Ao lado do presidente Luiz Omar Pinheiro e outros dirigentes, o técnico falou por mais de 20 minutos sobre seus planos para a campanha na Série C. Pediu o comprometimento e o empenho de todos para a conquista do acesso à Série B. (Foto: Ascom/Paissandu)

14 comentários em “Givanildo é apresentado ao elenco do Paissandu

  1. Brincadeiras a parte, agora sim temos um tecnico de verdade, parabéns ao LOP que trouxe um bom tecnico de verdade com a cara do papão.

    Eu que andava afastado das arquibancadas, independente do que aconteça contra o salgueiro, estarei no próximo jogo aqui em Belém do Pará.

    Com ele joga os melhores, independente de serem daqui ou de Marte.

    Vamos subir Paysandu da Curuzú!

  2. Giva tem como ponto forte conhecer cada canto da Curuzú, o que força os diretores a trabalhar corretamente para suprimir as necessidades do treinador. Davino tinha tudo para fazer diferente, inclusive acredito que deu um padrão de jogo para esse time, mas foi traído pelas fofocas e fofoqueiros de plantão na Curuzú.

    1. É, amigo Maciel, tomara que o Giva se entenda bem com o Feliz, que não tem cargo mas é homem de confiança do LOP.

  3. Agora, sim, a esperança de subida, enfim, voltou ! Égua, não dava mais para agüentar o Davino. Não conseguia armar bem o time, além do que a maioria dos jogadores que ele indicou não são bons.

    Giva é melhor que Davino. Aliás, um dos melhores para todas as séries abaixo da A, sem dúvida alguma.

    Agora, é só o grupo se empenhar e unir-se que é altíssima a chance de subida.

    Quero ver o Giva enquadrar o T. Potygar-cara-de-menino-pedão-chorão e fazer com que este para de reclamar e sim jogue bola e seja constante.

  4. Calma pessoal, hoje o Givanildo deu uma entrevista que a meu ver, foi corretíssima em salientar que ele não e nenhum salvador da pátria.
    Ele lembrou de sua passagem vitoriosa a frente do Papão quando conquistou vários títulos, mais deixou bem claro que naquela ocasião, ele teve tempo para trabalhar e teve suporte da diretoria bicolor, quando precisasse contratar jogadores, ele só passava o nome dos mesmos e, a diretoria corria atrás de traze-los. Hoje a história e outra, ele chega no clube, onde o mesmo se encontra em quarto lugar na competição e não vai ter muito tempo para realizar experiências, ele terá que correr contra o tempo para fazer esse time jogar.
    Ele disse conhecer vários jogadores do atual elenco, mais já deixou claro, que se preciso for, não exitará em solicitar novas contratações para fortalecer o plantel.

    Como todos sabemos, o cara (Givanildo Oliveira) tem a cara do Paysandu, mais ele terá muito trabalho, é a torcida precisará ter muita paciência com o mesmo nesta nova empreitada, caso contrário e melhor enrolar a bandeira e esperar o ano terminar e torcer que pelo menos o clube permaneça na terceirona, para quem sabe, com um novo presidente (Wandick) o clube possa sair de vez dessa horrorosa situação em que se encontra.

  5. Givanildo e suas canelinhas de sabiá…
    O problema é que no começo tudo são flores, mas depois, LOP esquece tudo que prometeu e aí vem o icasaço, o salgueraço e por aí vai..

Deixe uma resposta