Davino indica e Paissandu contrata Pantico

Pantico, atacante de 31 anos e 1,65 de altura, dispensado ontem pelo Metropolitano, é o novo reforço do Paissandu. A diretoria anunciou a contratação, que teve indicação do técnico Roberval Davino (foto), que conta hoje apenas com Kiros para o comando do ataque. Nos últimos 15 jogos, Pantico marcou três gols e tinha como reserva um ex-jogador alviceleste, o centroavante Bruno Rangel.

21 comentários em “Davino indica e Paissandu contrata Pantico

  1. sou mais o Bruno Rangel vamo ver ele dentro do campo,ainda ta faltando 1 meia 2 laterais esquerdo e mais 1 volante.

  2. Foi dispensado do Metropolitano por deficiência técnica. Assim não dá. Melhor seria aproveitar alguém da base. Mais um que vem jogar aqui pelo passado.

  3. Caro Cláudio, isso é porque você não mora na Bela e Santa Catarina. Pantico tem certo faro de gol, mas o comportamento extracampo…Chegando aí no auge do verão, com muita cerveja e mulherada dando sopa, pode ser que eu me engane, mas não vai dar samba.

  4. Caro Cláudio, o treinador do Metropolitano é um ex-jogador do Juventus, campeão da Taça de Prata em 1983, o Cesar. Depois desse título ele veio para Blumenau e por aqui se radicou. O problema é que o Pantico já teve outras chances e não se firmou, dizem, pela questão extracampo. E sabemos que aí em Belém a “night” é bem atrativa. Mas, quem sabe o Davino segura o garoto? A conferir.

    1. Sem esquecer, amigo Elton, que não se trata propriamente de um garoto. O Pantico tem 31 anos e é o chamado baixinho invocado. Mas o amigo Cláudio já comentou que é um grande atacante. Vamos aguardar os acontecimentos.

  5. Confesso que nunca ouvi falar desse rapaz, mas como bicolor torço para que chegue e “arrebente”, caso contrário, vou começar achar que o Davino é mais um desses distribuidores de camisa, como muitos que já passaram pelo futebol paraense. Outra coisa: Tem que jogar mais bola que o Bartola, que é 13 anos mais jovem, e aparentemente, ainda não frequenta a “night” da nossa mangueirosa.

  6. E desde quando técnico segura jogador, evitando que o mesmo va para as badaladas noturnas pelo o que eu saiba não isto depende do profissional e não o técnico que está apenas durante o dia na hora do trabalho

  7. 3 gol em 15 jogos é muito pouco pra chegar como esperança de gols. Isso é quase a média do magrão (lembram dele?).
    por outro lado se botou o Bruno Rangel no banco (que considero um bom atacante) já é um bom indicativo.

    Agora como o colega Cláudio já conhece o atacante e avalizou a contratação já fico mais tranquilo e esperançoso.

  8. Onde está o Bartola?
    Será que esse Pantico, com esse currículo de grandes clubes que jogou (CRAC, Flamengo-PI, Vitória da Conquista, Bahia, Barras, Vitória, Parnahyba, River-PI, Quixadá, Caxiense, Oeiras do Piauí) joga mais que o Rafel, o Héliton ou o Bruno Rangel?
    Começou a entrar dinheiro de renda e o festival de contratações vai deslanchar de novo.
    A mesma coisa está acontecendo no rival, conforme estampa a manchete do Bola de hoje, com o título de: Insaciáveis.
    Acorda torcida paraense.

  9. atacantes como esse pantico tem aos montes na curuzu, Heliton, bartola e até Thiago potiguar.. o problema é que não tem outro homem de área e no meio campo também falta criatividade isso sem falar na lateral esquerda!

  10. Falta criatividade amigo Marlo porque Davino insiste em colocar Potiguar na frente ao lado do poste Kiros, quando todos sabem que o moço de Currais Novos rende muito melhor jogando no meio, vindo de trás e encostando nos atacantes. Mas…

  11. Já disse algumas vezes aqui e volto a tocar na mesma tecla, quem sabe não aparece um doido para contrariar o técnico e leva o DIDI POTIGUAR para fazer um teste, da mesma forma em que o Tiago foi para Belém contra a vontade do Barbiere e quem apostou no mesmo foi o Robgol e o Aloprado

  12. Amigo Gilvan diga pro Didi mudar de nome, quem sabe Didi Mineiro, carioca ou paulista.
    Agora potiguar, tá dificil!

    Espero que me entenda.

Deixe uma resposta