Em busca da liderança

Por Gerson Nogueira

Depois da derrota em quatro minutos do Águia, ontem, em Juazeiro do Norte, o futebol paraense tem outro encontro marcado com time cearense hoje no estádio Edgar Proença. Com o apoio de sua torcida – novamente fiel neste campeonato –, o Paissandu precisa vencer para reassumir a liderança isolada da competição. Se repetir o rendimento das duas primeiras apresentações, tem plenas condições de derrotar o Fortaleza, por enquanto uma das decepções desta Série C.

Nos treinamentos da semana, Roberval Davino experimentou 13 jogadores na equipe titular. Não errou a conta, apenas buscou mostrar que contar de fato com 13 nomes efetivos, incluindo Robinho e Héliton, que normalmente frequentam o banco de reservas.

Como o adversário não venceu ainda e estreia novo técnico (Vica), o mais provável é que adote postura cautelosa. Diante disso, Héliton dificilmente entrará jogando, pois tem características que se ajustam mais ao jogo de contra-ataque. Kiros, então, deve ter a companhia de Tiago Potiguar no ataque.

O meio-de-campo, que ainda não pode contar com o meia Alex William, preferido de Davino, terá o reforço de Ricardo Capanema, que desfalcou o setor na partida contra o Guarani de Sobral. A criação fica com Harisson, peça fundamental na conquista da vitória fora de casa e que tem se candidato à camisa 10 do time, com inteira justiça.

Por tudo isso, além do descanso que o time teve, o Paissandu reúne aquilo que em futebol costuma se definir como favoritismo. Não custa, porém, tomar os cuidados necessários para evitar surpresas, pois a Terceira Divisão é equilibrada por natureza e qualquer time se sente à vontade no Mangueirão.

 

Depois do penal indecente dado ao Corinthians no meio da semana contra o Botafogo, a caolha arbitragem brasileira voltou a fazer das suas ontem. Em Pituaçu, o Bahia foi devidamente operado contra o Flamengo. Em fase instável no Brasileiro, o rubro-negro ganhou uma penalidade quando os donos da casa mais pressionavam. Ibson, que ao lado do corintiano Jorge Henrique forma a mais talentosa dupla de atores dos gramados nacionais, desabou espalhafatosamente na grande área e Sua Senhoria não teve dúvidas em assinalar a falta máxima. O fato é que nunca dantes neste país a instituição do pênalti foi tão vilipendiada.

 

Quem acompanha a vida administrativa da dupla Re-Pa não se espantou com os dados divulgados pela Justiça do Trabalho, incluindo os dois tradicionais clubes entre os maiores devedores do Estado. O exemplo mais óbvio dessa penúria é o drama enfrentado pelo Paissandu, às voltas com dívidas monstruosas com Arinelson e Jobson e sob o risco de perda de patrimônio. O Remo, que cumpre um processo de recuperação – graças ao trabalho incansável do advogado Ronaldo Passarinho –, esteve a pique de perder o Baenão há dois anos, num casamento nefasto entre débitos do passado e a vocação mercantil do então presidente Amaro Klautau. O esforço da atual diretoria prova, porém, que é possível enfrentar os erros do passado e sonhar com o saneamento completo das dívidas. Basta querer.

 

Fase terrível se abate sobre o setor defensivo do Remo. Depois dos ilustríssimos Teco-Teco, Fiapo e Pimbinha, outro centroavante de apelido exótico conseguiu deixar sua marca contra os azulinos. Xibiu saiu do banco de reservas do glorioso alviverde de Paragominas para entrar, de corpo e alma, no folclore do nosso futebol. O jogo não valia nada, era pouco mais que um treino, mas o atacante aproveitou a chance e cravou seu nome na estatística de fatos insólitos que atazanam o Leão nos últimos anos.

O placar não significa muito, pois era óbvio o interesse de Edson Gaúcho de movimentar o time e observar alguns reservas, tanto que mudou completamente a escalação para o segundo tempo depois do empate sem gols nos primeiros 45 minutos. E foi justamente na etapa final que Xibiu mostrou a que veio.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 16)

17 comentários em “Em busca da liderança

  1. O Remu não tem elenco para disputar tres competições simultâneas.
    No intercolegial perde pro Vilhena,no intermunicipal para Paragominas e agora pega o River pela Sul-Americana..vai ter que se reforçar mesmo. Caso contrario o Xibiu num guenta…

    Curtir

  2. Amigos do blog, algum de vocês já imaginou um ataque formado por Pimbinha e Xibiu ? Já imaginaram quando o locutor narrasse, por exemplo: “Pimbinha enfia em profundidade nas costas de Xibiu”. Iria ser a narração mais erótica do rádio paraense. Outra coisa, alguém no blog pode dar a ideia de como seria apelidado um ataque formado por essa dupla ?

    Curtir

  3. 1- Sinceramente, escutei todo o jogo pela rádio Itacaiúnas e, pelo que pude perceber, houve um apagão nos minutos finais do 1º tempo.No 2º tempo, o Azulão teve tudo pra matar o jogo e não conseguiu. É apenas o começo, eles terão que jogar em Marabá..
    2- Em entrevista, ontem, Davino falou que a única dúvida está na condição física do Régis. Na opinião dele, ainda nõa está no melhor de sua forma física, pois vem de contusão. Deu pra perceber que a vontade do Davino é contar com o Régis, mas se não der, entra o Harison no meio e o Leandrinho vai para a esquerda. A intenção dele é não mexer na estrutura da equipe, no que eu concordo plenamente.
    3- Amaro Klautau, antes de sair do Remo, fez um acordo com a justiça do trabalho, para um pagamento mensal de toda a dívida do clube, logo, o que o Passarinho faz, é típico de quem quer ser o “Pai da Criança”, mas não é. Engraçado que, ao assumirem o Remo, no lugar do Amaro, ainda tentaram desfazer esse acordo, mas a juiza não aceitou, pois já tinha sido assinado pelo Amaro. Mais engraçado, ainda, é que em 2003/2004, o Ronaldo esteve à frente da diretoria, como vice presidente, a dívida do Remo era igual ou maior que a de hoje e, não se viu ele procurar a justiça para negociar. É, amigo, tem muita gente pegando carona nas coisas boas que fez o Amaro.
    É mais ou menos assim: Eu, devo 100 mil e não quero pagar, aí meu patrão vai lá faz um acordo de 10 parcelas de 10 mil, na Justiça, para descontar do meu salário. Eu, revoltado, pois não queria pagar(ía deixar rolando) para fazer “H” fico controlando na justiça, se esses 10 mil estão sendo pagos, mesmos, pois estão sendo descontados do meu salário, ou seja… O mais puro H.
    Entre Ronaldo Passarinho e Amaro Klautau, em termos administrativos, não tem comparação, por isso, Amaro está voltando e, se souber escolher seu diretor de Futebol, o Remo vai dar um salto enorme, em pouco tempo. Anotem.
    É a minha opinião.

    Curtir

  4. Já acessaram o yahoo no link com a lista dos clubes com mais vice-campeonatos do Brasil?Remo e PSC figuram na lista entre os dez primeiros colocados.O Remo em sétimo,salvo engano,e o PSC em quinto.O maior vice-campeão de todos não é o Vasco como muitos pensam,e sim o Cruzeiro.

    Curtir

  5. Gerson, o Ibson deveria ser punido pelo STD…uma vergonha o q ele fez…induziu o arbitro a errar…esse é o famoso jeitinho brasileiro…

    Curtir

  6. Caro Claudio, até quando uma pequena parte da imprensa e alguns seguidores irão contemplar os frutos do AK colhidos pelos donos do Remo? as sementes foram do AK e os coroneis do Remo pegaram a faca e o queijo na mão. se o AK se comprometesse em colocar na plca de inauguração da arena do Leão os nomes de todos os coroneis, com certeza tudo sairia do papel e o Remo não seria mais este paneiro de “paçoca” que estão querendo que aconteça.

    Curtir

  7. Olha Daniel, você pode queimar a língua amigo. Torço para que o Flávio consiga tirar o Ipatinga dessa situação e provar sua competência.

    Curtir

  8. Será que queimarei Cássio? Caso venha a queimar, darei o braço a torcer e será a constatação de que não são os treinadores que não prestam para Remo e Paysandu, mas os clubes e seus dirigentes que não deixam os homens trabalharem…

    Curtir

  9. Hoje Papão 3 x 1.
    É Daniel, porém uma coisa é certa o Paulo Comelli foi demitido do reminho ano passado, e no mesmo ano classificou o CRB para série B, e ainda está fazendo uma boa campanha com o Criciuma neste início de série B.

    Curtir

  10. Amigo Edmundo estou de pleno acordo com vc, precisa haver uma punição ao Ibson, se não, estarão reconhecendo ou que o arbitro agiu de má fé ou que ele é fraco mesmo.

    Em relação ao Aguia, esta derrota seria normal, mas pela circunstancia, o Aguia não perdeu 3 pontos, deixou de ganhar.

    Já em relação a derrota do Remo tendo como carrasco o tal do Xibiu, quem deve tá muito invocado, até mais que um torcedor da marca do Camelo velho ( ouvinte da Clube ) é o organizador desse amistoso contra o orriver do Uruguai.
    Essa derrtoa deve tirar pelo menos uns 1.200 fanaticos, caindo para 4.000 minha previsão de público.

    Curtir

  11. Edson, vs torcer para q o STJD puna o Ibson…rs rs rs …qto ao publico amanhã, ops, hoje, deve ser diminuto mesmo..se ainda fosse o River da Argentina….rsrssr

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s