Cumprimentando a Alegria do Povo

Quando a visita de um grande clube do Rio ainda era acontecimento de parar a cidade, o Botafogo de Mané Garrincha, Didi, Nilton Santos e Zagallo andou excursionando pelo Norte e se apresentou no estádio Evandro Almeida, em 1965. Na ocasião, o astro Garrincha foi cercado pela criançada e um dos moleques que furou o cerco foi o amigo Antonio Petillo, hoje próspero empresário e desportista (é um razoável jogador de futsal). A foto, já esmaecida pelo tempo, ocupa lugar de honra – justificadamente – em seu escritório. Detalhe: Petillo é rubro-negro, mas sabe o exato valor histórico de um cumprimento trocado com a “Alegria do Povo”.

5 comentários em “Cumprimentando a Alegria do Povo

  1. Gerson,

    Que honra teve o Sr. Petillo. Pra mim não há dinheiro no mundo para comprar essa foto, como fosse um quadro do Van Gogh, comigo essa foto ia dentro do caixão.

Deixe uma resposta