Goleiro é 10º reforço da lista de Davino

Desembarcou em Belém, na manhã deste sábado, a 15ª contratação do Paissandu para a Série C do Campeonato Brasileiro. Vindo do Guaratinguetá (SP), o goleiro Dalton, 25 anos, foi indicado pelo técnico Roberval Davino, que queria um arqueiro mais experiente. O novo goleiro vai disputar posição com Paulo Rafael e Paulo Wanzeler. Vai realizar exames médicos e físicos na segunda-feira e, na terça, começará a treinar com o grupo.

Contratados do Paissandu para a Série C: goleiros Dalton e Paulo Wanzeler; zagueiros Adson, Sidraílson, Marcus Vinícius e Fábio Sanches; laterais Guina e Régis;  volantes Ricardo Capanema e Fabinho; meias Lineker, Alex William e Harisson; e os atacantes Rafael Oliveira e Kiros. Por indicação direta de Davino, Dalton é o 10º contratado. 

Dalton Allan Munareto é natural de Chapecó (SC), tem 1,98m e já defendeu os seguintes clubes: Figueirense (SC), Mirassol (SP), Rio Claro (SP), Cruzeiro (RS), Metropolitano (SC), Hercílio Luz (SC) e Guaratinguetá (SP). (Com informações da Ascom/PSC)

29 comentários em “Goleiro é 10º reforço da lista de Davino

  1. Pra que mais um goleiro? Vamos apoiar os prata da casa, o Paulo Rafael tá muito bem, tomara que o Davino não o tire p/ colocar o apadrinhado dele,

  2. NÃO QUER SER CHATO, MAIS O DAVINO QUER UM GOLEIRO MAIS EXPERIENTE! NO ENTANTO, ELE TRÁS UM GOLEIRO ORIUNDO DO FUTEBOL PAULISTA, MAIS DE EQUIPES DE PEQUENO PORTE, TALVEZ NÃO CONFIE NOS GOLEIROS QUE AQUI ESTÃO, MAIS VALE LEMBRAR, QUE O PAULO RAFAEL JÁ TEM UMA CERTA RODAGEM, JÁ PASSOU PELO SPORT RECIFE, ALÉM DE JÁ TER EM SEU CURRICULUM UMA EXCELENTE COPA DO BRASIL DE 2012.

    – PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR, SERÁ SE ESSE DALTON E MELHOR QUE O NOSSO PIPOQUEIRO PAULO RAFAEL???

    TUDO INDICA, QUE TEREMOS UM RE-MAKE DA QUELE PAYSANDU QUE ERA TREINADO PELO – ADEMIR FONSECA, ONDE VEIO TODA A SUA PANELINHA DO CABOFRIENSE, MAIS POR FALTA DE PAGAMENTO DEU NO QUE DEU….REBAIXAMENTO!

  3. Começo a me preocupar com algumas contratações. Não faz sentido a preocupação em contratar mais um goleiro, estão acatando todas as solicitações do Davino. A montagem do elenco é de responsabilidade do treinador, porém a diretoria ou quem quer que seja precisam orinta-lo sobre algumas posições, a de goleiro é uma delas. Segundo soube, ele acompanhou os jogos contra Sport e Coritiba, então viu que Paulo Rafael é um excelente goleiro.

    1. Concordo, amigo Maciel, com o excesso de contratações – aliás, escrevo sobre isso na coluna de domingo no Bola. Paulo Rafael é o melhor goleiro em atividade no futebol paraense, mas desconfio que vai ser reserva desse Dalton. Muito estranho. Hehehe…

  4. Tudo indica que esta situação de momento no PSC já ocorreu no ano passado. Chegou o roberto fernandes, não deu chance à prata da casa, aos poucos foi contratando, muito mais de 10 jogadores, o que gerou uma absurda folha salarial, jogadores descontentes, torcida reclamando com muita razão e o resultado que todos nós ja sabemos. Respeito o Davino, mas essa ocorrência de fatos é uma repetição. Vamos aguardar as três primeiras rodadas, vamos ver como se sai o time em campo.

  5. Acredito Gerson e amigos que o Davino, apesar do tempo, faz um trabalho perfeito no Paysandu. Falei dias atrás, aqui e no Twitter para o amigo Icca, que o Técnico pediria a contratação de um goleiro mais experiente. É bom não confundir as contratações que pediram: Roberto Fernandes, Comeli,… Dirigentes e técnicos locais, com as contratações que pedem um Davino, um Givanildo, um Edson Gaúcho, um Flávio Lopes,… É bom separar um técnico bom de um ruim.
    Acredito, Gerson, pelo que conferi no post, essa ser a Nona contratação do Davino.
    – Gerson e amigos, sabem porque o Davino tem que contratar? Porque no Estadual não deixaram formar um elenco, capaz de só se acrescentar 4 ou 5 jogadores, como se faz em outros centros, onde não existe essa cláusula ridícula no regulamento de seus estaduais. Ora, se não deixam montar um elenco nos estaduais, por causa dessa limitação de contratações. Se há uma demora para contratar um bom técnico. Se todos dizemos que o Estadual não é parâmetro para o brasileiro, como só acrecentar 4 ou 5 jogadores, num time que nem turno ganhou? No Paysandu, é como eu dizia, estava tudo errado e, isso foi visto pelo bom técnico Davino. Chega a ser contraditório o que se via daquele time do Paysandu, que só jogava quando o Yago e o Potyguar jogavam e, agora se querer, para disputar uma série C´dificílima, a contratação de apenas 3 ou 4 jogadores. Penso que isso, se faz, em times muito bem preparados no estadual. No Paysandu, nem pensar, até porque ele está montando um elenco forte, Time + Banco e não apenas 11 titulares. Pela 1º vez, o Papão faz o certo, deixando apenas o técnico indicar.
    É a minha opinião.

  6. O Paulo Rafael vinha bem, mas aquele 1° tempo contra o Coritiba acabou com ele.

    Não acho que é demais trazer mais um goleiro, até porque o que está acontecendo agora com o papão, era pra ter acontecido desde o inicio do ano.
    Tomara que essas contratações tenham como perfil além do bom nível tecnico, bom nível de caratér dos atletas.

    *Há quase exatos 21 anos atrás, eu já estava a caminho do mangueirão, para depois de quase 90 minutos ver o P aysandu conquistar um dos seus melhores titulos, CAMPEÃO BRASILEIRO DA 2° DIVISÃO.

    Com uma vitória de 2X0 sobre o Guaraní de Campinas, Cacaio, Dadinho, Luiz Carlos, Edgard, Arí, Cesar, Pedrinho, Léo, Rogerinho, Mazinho e Jerson, além de Joel Martins como tecnico, davam ao Papão da Curuzú e sua torcida o direito de deixar de ser time caseiro.

    Os invejosos dizem que foi comprado, talvez falem isso porque estejam acostumados a ganhar alguma coisa dessa maneira.
    Só que não foi não, houve suor, garra e união.

    Isso foi só o começo, pois depois vieram glórias e glórias que fazem hoje ser o PAYSANDU ser o time mais respeitado do NORTE do Brasil.

    26 de Maio de 1991, com todo respeito a Tuna campeã em 85, mas este foi o primeiro grande titulo do futebol paraense, para o orgulhos de todos os pararenses, até os secadores!

  7. Caro Cláudio, ninguém está desqualificando, desmerecendo, ou chamando de ruim o Roberval Davino, mais no mínimo e incoerente da parte dele, querer trazer um goleiro “mais experiente” e com certeza para por o melhor goleiro do estado do Pará no banco de reservas, pelo simples capricho pessoal. Pelo curriculum desse novo goleiro, não da para o mesmo ser chamado de experiente! Além do mais, ele terá de conquistar a vaga com muita luta, à não ser que o treinador o coloque na marra na equipe.

    Ainda bem, que quase todas as contratações foram feitas sob sua batuta, caso de errado, o fardo irá recair apenas para sua própria cabeça. Vejo que o aLOPrado aprendeu, se tivesse feito isso nos outros anos, talvez já estivense na segundona, ou quem sabe rebaixado na quarta divisão.

  8. Também já acho que as contratações já são muitas e que já atingiram um número que suscita questionamentos. Será que não avisaram ao RD que o P. Rafael é bom goleiro ? Tudo bem que o RD não viu o PR atuar… Bem, agora, só espero que o RD realmente
    monte um time eficiente. Vai ser difícil engolirmos tropeços depois de tantos reforços escolhidos pelo técnico. Ainda mais com o adiamento que houve do campeonato, eu digo que é uma OBRIGAÇÃO do Papão GANHAR do Luverdense, na estréia, em casa. Sinceramente, outro resultado que não a vitória, eu não dará para aceitar.

  9. Completando meu primeiro post: essa importação desenfreada nunca deu certo por aqui. Davino está se saindo um novo Roberto Fernandes. Assistimos um replay nada agradável do ano passado.

  10. Walter com o RF daria certo, quem deu uma atraplhada foi o LOP.
    Depois que ele invadiu os vestiarios pra dar esporro em todo mundo, a casa caiu.

    Vamos ver se com o Davino isso não se repita

  11. Goleiro é complicado, tem aquela coisa de confiança. Antes da copa de 2002, o Marcos estava mal, o Big Phil insistiu e ele foi o melhor, ao lado do Kahn. Talvez o Davino tenha aquele raciocínio de quem tem 3 tem 2 e quem tem 2 tem 1. Vai que um deles tenha uma contusão…

  12. Amigo André, anote: As contratações que darão erradas, serão aquelas indicadas por dirigentes, como sempre foram. No Remo, fizeram 7 contratações( fora, antes disso) 5 dos dirigentes e 2 do Flávio, só serviram Edinho e André, trazidos pelo Flávio Lopes. Te dizer… Aguarde e confira. Aliás, quem contratou esses jogadores que foram dispensados do Paysandu? Eu heim…

  13. Caros amigos.

    Gerson o Columbia está certo. Na era Davino o PSC contratou 9 jogadores. Conferindo: Goleiro Dalton; zagueiros Sidraílson, Marcus Vinícius e Fábio Sanches; laterais Guina e Régis; volante Fabinho; meia Alex William e atacante Kiros.

    Quanto ao goleiro Dalton, em princípio, era contra contratação de mais um goleiro, nada contra ele especificamente. Cheguei até postar isso no que fui aparteado pelo amigo GN que concordou que deveríamos dar crédito e oportunidade ao goleiro Paulo Rafael.

    Porém os argumentos do Edson 7×0 e do amigo jjss555 me convenceu. O Paulo Rafael teve um péssimo 1º tempo no jogo contra o Coritiba e depois se recuperou.

    Realmente goleiro é confiança e tem ainda o risco de lesão, suspensão e etc…

    Espero que não se cometa injustiça e que jogue quem estiver melhor e essa fiscalização é função nossa, torcedores do PSC. Temos que acabar com essa máxima da panelinha do técnico. Se o jogador local for melhor ou estiver melhor que o de fora ele é quem deverá jogar.

    Não vejo o grupo inchado como nos anos anteriores.

    Creio que esse grupo vai dar bons frutos e dou crédito ao bom técnico Davino.

  14. Que jogador é esse que tem oportunidade de ir para a série B e prefere ficar por aqui? Ainda é relativamente jovem, mas já está acomodado na carreira (também deve estar de olho no dinheiro que tem a receber do Paysandu)… Pode mandar embora!

  15. cara se o lop nao atrapalhar o paysandu vai subir,amigos ak em manaus o nacional foi campeao amazonense 2012 e digo pro papao levar o michel do fast eo atacante leonardo daria um bom banco eo papao vai precisar pois a serie c e bem longa.

  16. Outro fator que pesa para a saída do Rafael Oliveira é a indefinição sobre o início do campeonato. Ainda assim ele prefere ficar. Na minha opinião, ele próprio não acredita mais em seu futebol e já se acomodou na função de credor do Paysandu, como tantos outros sanguessugas.

  17. Experiente? Do interior de São Paulo? O que me dá mais medo é que o futebol do interior paulista está agonizando, com jogos e times ruins, como o último campeonato de lá vencido pelo Santos mostrou muito bem. Versão 2012 da Cabofriense ou 2007 do Paulo Roberto “Luxemburgo do Interior”? Não esqueço as palavras daquele atacante preterido por este último treinador por mim citado, quando disse que as divisões inferiores de São Paulo eram verdadeiras peladas em caráter oficial. Será? Espero que não, o coração bicolor não merece…

  18. Concordo com o prezado Claudio. O Paysandu com o plantel que tinha antes da chegada do Davino, embora com quatro ou cinco bons jogadores, não ganhou um turno do parazinho, além de que, deve-se levar em conta que a série C deste ano serão 18 jogos assegurados e não oito como era até o ano passado. Logo precisa de um elenco com pelo menos 20 bons jogadores se revesando, pois será uma longa maratona e se DEUS quiser conseguirá seu objetivo de chegar a Série B. Vamos lá PAPÃOOOOOOOO!

  19. Na verdade esse novo treinador do Papão não está muito confiante no Paulo Rafael..por isso ele ta trazendo esse goleiro. Não tenho dúvida nenhuma que na primeira oportunidade ele colocará Dalto como titular. Alias, esse goleiro a um tempo atras por indicação não sei de quem já foi mencionado para ser contratado pelo Papão. Será que os amigos deste blog pode lembrar com quem tecnico e ano foi?

  20. Eu entendo que o Paysandu precisava fazer umas contratações, mais que essas contratações fossem pontuais para a equipe! E não sair contratando desenfreadamente de qualquer maneira e jeito.

    Cláudio, como você pode falar que apenas as contratações que a diretoria fez e que poderão dar errado? Se os que foram contratados, talvez nem sejam aproveitados pelo Davino, já que o treinador trouxe todos os jogadores de sua confiança do interior de São Paulo. Amigo, deixe de ser complacente com esses treinadores, espero que você esteja certo e eu errado, caso contrário você já sabe que a malhação será inevitável…..hehehehehe

  21. A única coisa que me preocupa no currículo deste goleiro, e deoutros contratados por Davino, é a frase: “rebaixado no campeonato tal…”
    O Paulo Rhafael fez grandes partidas mas na saída do gol deixa muito a desejar, coisa que com trabalho e orientação de um mais experiente certamente ele ajeite mais adiante.
    Se for para Santa Catarina, será um grande passo par amadurecimento.
    Sucesso ao Paulo e sorte ao Papão, que espero não cometer os erros de outrora!

  22. Bom dia amigos comentaristas.Concordo com o amigo Columbia.Desde antes ele falou da necessidade de um goleiro experiente.Paulo Rafael é bom , mas é inexperiente.Aquele penalti que fez sem necessidade contra o Coritiba foi emblemático disso.Em uma Serie C dura , onde pode haver expulsões e contusões um goleiro mais experiente se faz necessário sim.Simples assim.

  23. Não entendo.
    Se a diretoria contrata é porque não deve se meter no trabalho do treinador.
    Se o treinador contrata é porque está desmerecendo os valores que tem no clube.
    Caramba, isso parece samba do crioulo doido, mas não é.
    O Davino não é burro, Ele chegou aqui sabendo que vai disputar uma competição que só na primeira fase tem 18 jogos.
    O elenco do estadual é razoável, mas para quem ousa voos mais altos é pouco. O fato dele querer mais um goleiro não quer dizer que o Paulo Rafael vá ser barrado. Cabe ao garoto mostrar serviço e se dedicar (como vem fazendo). Uma sombra não faz mal a ninguém, sehja lá qual for a posição.

    Por várias vezes lembram aqui no blog do Ademir Fonseca e os jogadores que ele trouxe da Cabofriense em 2006, mas esquecem que quem perdeu aquele acesso foi o então presidente do Paysandu que não honrou com o que havia prometido. Aquele time era bom (citem-me um melhor de lá para cá). Chegou a enfiar uma goleda histórica por 6 X 2 na Portguesa no Canindé, ganhou folgadamente o rival no Mangueirão, etc…
    Entretanto quando as promessas (salários em dia) deixaram de ser cumpridas vieram as derrotas para o próprio rival, para CRB e Portuguesa na Curuzu e o vergonhoso jogo contra o Paulista em Jundiaí.
    O mal do esperto é pensar que só ele o é.

Deixe uma resposta