Ranking de público do Parazão 2012

Do blog rbrito

O clássico paraense entre Remo e Paissandu é o oitavo mais antigo do Brasil. O Re-Pa ou Clássico-Rei da Amazônia teve início na temporada de 1914. No último domingo, os rivais empataram sem gols pelo Campeonato Paraense. O jogo foi visto por 30.220 pagantes. Este é o quarto maior público no Brasil em 2012 – ganha do Ba-Vi, mas perde para Santa Cruz x Sport, São Paulo x Santos e Vasco x Fluminense. Embalado por estes bons públicos e a pedido do torcedor-internauta Antonio Valentim (@ANTONvalentim), o blog rbrito, nesta terça-feira, apresenta o ranking de público pagante do Estadual do Pará. Até aqui, o Paraense ostenta média de 3.911 pagantes e total de 211.206. A Federação Paraense de Futebol (FPF), porém, ainda precisa confirmar o público da vitória do Paissandu sobre o Águia (3.073).
Voltando ao ranking, temos uma mudança na liderança. Se na atualização passada, o Paissandu estava no topo, desta vez o primeiro lugar é do rival Remo. O Leão subiu sua média de 8.072 para 10.662 pagantes. O total de público do Remo também é superior aos rivais (74.632). Na segunda colocação está o Paissandu. O Papão viu sua média de público cair de 9.128 para 7.070 pagantes. Assim como o Remo, o Paissandu ostenta seu maior público na competição durante o Re-Pa. Mas, ao contrário do rival, o Paissandu conseguiu vencer o clássico – 2 a 0, sob os olhares de 26.706 pagantes.
O restante do ranking não sofreu alterações. O São Raimundo completa o Top 3, seguido por São Francisco, Cametá – campeão do primeiro turno -, Independente, Águia e o lanterna Tuna. Apenas o último colocado não ultrapassa a marca de mil pagantes (890). O blog rbrito acompanhará os públicos de TODOS os Estaduais. Fique sabendo da evolução das médias de público. E você, jornalista, lembre de dar crédito, caso utilize qualquer dado dos levantamentos de público do blog rbrito.

Confira o ranking de público do Paraense 2012:

1 – REMO (TOTAL: 74.632 / MÉDIA: 10.662)
Remo 1 x 0 Águia (10.201)
Remo 1 x 0 São Raimundo (8.525)
Remo 1 x 2 Tuna (5.489)
Remo 4 x 2 Águia (9.997)
Remo 2 x 1 Independente (4.609)
Remo 2 x 0 Cametá (5.591)
Remo 0 x 0 Paissandu (30.220)

2 – PAISSANDU (TOTAL: 42.418 / MÉDIA: 7.070)
Paissandu 1 x 2 Cametá (2.544)
Paissandu 2 x 1 Tuna (1.652)
Paissandu 2 x 0 Remo (26.706)
Paissandu 0 x 1 São Raimundo (5.611)
Paissandu 0 x 3 São Francisco (2.832)
Paissandu 2 x 1 Águia (3.073)

3 – SÃO RAIMUNDO (TOTAL: 26.368 / MÉDIA: 4.395)
São Raimundo 1 x 1 São Francisco (10.423)
São Raimundo 2 x 1 Tuna (2.868)
São Raimundo 2 x 2 Independente (4.513)
São Raimundo 1 x 1 Cametá (2.494)
São Raimundo 2 x 1 Remo (3.824)
São Raimundo 2 x 2 Águia (2.246)

4 – SÃO FRANCISCO (TOTAL: 21.637 / MÉDIA: 3.606)
São Francisco 2 x 1 Paissandu (4.223)
São Francisco 1 x 1 Cametá (4.896)
São Francisco 2 x 0 Remo (1.978)
São Francisco 1 x 0 São Raimundo (4.140)
São Francisco 3 x 3 Independente (2.650)
São Francisco 2 x 0 Tuna (3.750)

5 – CAMETÁ (TOTAL: 14.257 / MÉDIA: 2.037)
Cametá 1 x 0 Independente (2.964)
Cametá 2 x 2 Remo (1.420)
Cametá 0 x 0 Águia (1.712)
Cametá 3 x 0 Tuna (1.482)
Cametá 4 x 1 Águia (4.433)
Cametá 0 x 0 Paissandu (1.697)
Cametá 6 x 4 São Francisco (549)

6 – INDEPENDENTE (TOTAL: 11.396 / MÉDIA: 1.899)
Independente 1 x 2 Tuna (2.339)
Independente 0 x 1 Remo (1.944)
Independente 1 x 1 São Francisco (1.137)
Independente 1 x 2 Paissandu (1.932)
Independente 2 x 0 Cametá (2.461)
Independente 1 x 3 São Raimundo (1.583)

7 – ÁGUIA (TOTAL: 14.264 / MÉDIA: 1.585)
Águia 3 x 1 São Raimundo (1.181)
Águia 2 x 1 Paissandu (1.697)
Águia 3 x 2 São Francisco (1.163)
Águia 1 x 2 Independente (1.231)
Águia 3 x 0 Remo (3.154)
Águia 3 x 1 Cametá (3.232)
Águia 1 x 4 Remo (1.322)
Águia 2 x 1 Tuna (721)
Águia 3 x 0 Cametá (563)

8 – TUNA (TOTAL: 6.234 / MÉDIA: 890)
Tuna 0 x 1 Águia (794)
Tuna 3 x 1 São Francisco (345)
Tuna 1 x 1 Cametá (814)
Tuna 4 x 1 Cametá (1.300)
Tuna 1 x 3 Independente (295)
Tuna 0 x 3 Paissandu (2.472)
Tuna 3 x 1 São Raimundo (214)

60 comentários em “Ranking de público do Parazão 2012

  1. Lembro que tanto Botafogo , o meu Glorioso e o Palmeiras quando ficaram duas décadas sem titulos , a torcida ia em peso aos jogos, pois sabia que cada rodada ou cada campeonato poderia significar o fim do jejum.A mesma coisa acontece aí no Pará com o clube azulino
    .Isso não é parâmetro para auferir ‘ tamanho’ da torcida de clubes.Se fosse o Flamengo não teria a maior do país.Em muitos jogos a torcida rubro-negra nem aparece nos estádios.
    Mas o que se pode observar é que a paixão do torcedor paraense por futebol é MUITO mal explorada por nosso dirigentes.
    Um jogo lá em Santarém ter 11 mil pessoas , interior do Pará, sem presença de Remo ou Paissandu ou um clube do cenário nacional famoso denota essa paixão e essa falta de inteligência dos dirigentes em explorar essa força , em proporcionar a essa massa torcedora um certame, um espetáculo organizado, transparente e com infra-estrutura em todos os segmentos e níveis.
    Quando eu residia aí Belém e ia ao mangueirão comumente encontrava os bancos ( sem encosto pras costas) sujos de urinas, lixos, e até fezes. Os banheiros, uma nojeira só.
    Se há uma taxa exorbitante de 10% para a FPF por ser responsável pela organização do campeonato , que haja então funcionários estrategicamente postados no estádio para manter a higiene e coibir excessos.Com o que arrecada a FPF , pagar diárias a fre-lances , para exercer essa atividade é completamente possível.Enfim , segue mal organizado e mal explorado o campeonato paraense.Fora atual cúpula da FPF

    Curtir

  2. Taí pro aLOPirado refletir o que ele está fazendo com a torcida do LOBO MALVADO, neste Parazão/2012. E o Magrão quando vai embora, pô meu 6 jogos e NADA!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  3. E cá pra nois gerson e amigos a situação do lobinho só não é pior em publico por causa do rexpa no 1º turno onde a maioria absoluta era remista, diga-se de passagem foi o unico jogo com uma media expressiva desse time sem torcida, o resto foi 2 mil…3 mil….e no maximo 5 mil… é isso. Paysandu a verdadeira torcida “fiel” da amazônia.

    Curtir

  4. Realmente, este e o ano do Remo! Onde sua “fiel torcida” a tal sofrenômeno marcou presença ao longo do parazão e com certeza irá terminar como campeãm de público neste campeonato.
    Vale lembrar, que desde 1990 que isso não acontecia, logo tal feito e credenciado, pela falta doque se comemorar a tempos pelo clube azulino, pois a muito tempo mesmo, então nada mais justo doque ir ao estádio para ver ou melhor – sofrer por este clube sem história alguma, afinal de contas o mesmo não ganha um titulos a anos, além de não disputat um brasileirão a quase quatro anos e está sem divisão à três anos.

    Curtir

  5. Desde quando começou o campeonato ficou claro que a FIEL pouco ia se importar com este campeonato.
    Já o remo que está desesperado pra não ficar vadiando de novo, sabe que o parazão é tudo, e eles estão dando o maxímo deles, diretoria, torcida etc.

    Vamos p/ os detalhes:

    10 mil contra 7 mil, portanto 3 mil de diferença. GRANDES COISAS!!

    Quando jogou no interior o Paysandu ajudou os times locais a levar mais público do que o remo (exceto contra o Aguia, o jogo da pancadaria). Isso quer dizer que a torcida do papão é maior também no interior.

    No 1° turno o mando era do papão e no 2° do remo, o dono da pesquisa neste quesito ajudou o remo aumentar a média, já que o justo era somar os dois públicos e dividir igualmente para os dois.

    O Paysandu desde o começo não passa de 5° no campeonato, nem se quer se classificou para o quadrangular decisivo do 1° turno.
    No 2° turno não está sendo diferente.

    Já nosso rival, o leãozinho pocotó, só vive na frente, só que na hora H falha, mas mesmo assim sua torcida está apaixonada e cega de amor, ao ponto de não verem um palmo na frente do seu nariz.

    A torcida do papão não dando a miníma só fica 3 mil abaixo do remo, cujo sua torcida está dando o maxímo de sí. Então tá dentro do normal.
    Quando resolvermos apoiar nosso time como ele merece, desde que tenha um presidente que mereça também, as coisas voltam ao seu lugar.

    PAYSANDU, o mais querido, mais conhecido, mais amado, mais vitorioso. E o mais invejado também!

    Curtir

  6. E ainda reclamam quando eu digo que a torcida do PSC está acomodada. Dizem que é por conta de gestão, de time, disso e daquilo. E o Remo? é exemplo de gestão? é um supertime? É a torcida remista mostrando como é que se torce

    Curtir

  7. Logo não é FIEL né mesmo. FIEL é torcida que apoia o time e vai à campo.

    Pessoal é ralado, o REMO tem a mais fiel torcida, a mais apaixonada e claro, a maior!

    Mas para não ficar por baixo, vem o mimimi, a fiel não dá a mínima para o campeonato (hã hã, conta outra).

    É aquele detalhe, amanhã o REMO consegue vencer o campeonato, aí a mucurada vem com outro mimimi, mas não duvidem, sempre tem um mimimi para fazer a maioria do Pará rir.

    Curtir

  8. Dando uma olhadinha nas musas do parazão, constatei que a do remo é a mais bonita, só que é a do papão que tá na frente ( essa nova ), como sou torcedor Fiel, já votei na do papão. fazer o quê?

    Quem quiser votar é só ir no DOL.

    Curtir

  9. JMSiqueira, vc já demonstrou aqui ser um cara bastante imparcial e menos transloucado se compararmos com outros resmistas aqui do blogue, logo penso que me enganei perfeitamente, pois vc não nega em momento algum que e igualzinho aos outros.
    Como eu citei acima, nem no tempo do TABU, vc’s remistas iam com frequência aos estádios, parece que hoje em dia, devido aos inumeros insucessos e mazelas e salafrários que passaram a frente do seu clube, os torcedores começaram a abraçar a causa, de que a única saída seria ir aos jogos e apoiar o time, mesmo que o time não consiga os seus objeyivos, que são o titulo regional e a classificação para quarta divisão.
    Amigo, a torcida do Paysandu pode ate não ser maior que a do Remo, mais nunca foi menor! Te falo isso, porque, a torcida bicolor já teve por vários anos consecutivos, números assustadores de presença aos estádios, deferentemente da torcida de vc’s, claro que isso deve-se ao fato do nosso time sempre ter sido melhor doque o seu, onde estavamos sempre disputando os melhores campeonatos com os melhores times, ao contrário do seu time que apenas disputava o regional e as copas Ferreirinhas da vida.

    – O titulo “FIEL” sempre foi restrito ao PAYSANDU e sempre vei ser! Assim como o de “mais sofrido” e para vc’s azulinos.

    Curtir

  10. Foi notociado com grande pompa que no Domingo haviam 18 mil e tantos remistas contra 12 mil e tantos torcedores do Paysandu.

    Achei demais a diferença (50% a mais em favor do leão).

    Hoje caiu a máscara.

    Ficou provado e comprovado que as catracas não estavam funcionando. Como, então, foi feita a contagem? Havia um funcionário da FPF (ou do Remo) em cada ponto de entrada do estádio fazendo a contagem???????

    Já disse anteriormente que essa técnica foi abusivamente usada pelo sistema de propaganda nazista: insista numa mentira que um dia ela será acreditada como verdade.

    Aíííííí Caxiado!!!!!!!!! Aííííí remistas!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  11. E no futuro próximo André os campeoantos estaduais que ainda sobrevivem graças a grande rivalidade que existe entre os clubes de maior torcida, terão que se adaptar aos interesses destes clubes, no caso aqui Paysandu e remo, que por terem dirigentes fracos são engolidos pela FPF e os pequenos.

    Neste fim de semana o Kleber do Grêmio teve seu tornozelo quebrado, ficando o mesmo inativo por 4 meses. A diretoria do Grêmio já acena com a possibilidade de nem colocar o time no gauchão do ano que vem, se fizerem isso, a moda vai se espalhar pelo Brasil. Talvez sim, talvez não.

    Por isso que eu digo, remo e Paysandu só tem que brigar nas arquibancadas ( no bom sentido ), fora as diretorias tem que dá um murro na mesa e tomar as rédeas do campeonato.

    Onde já se viu um campeonato tendo um mangueirão e dois times de grandes torcidas, tendo a possibilidade de ser decidido num campo como o do Aguia, o certo seria independente do indice tecnico, a 1° em Marabá e a 2° em Belém, fora isso só Santarém.

    Curtir

  12. Ih! O anônimo das 15:48 ainda está no século passado. Até parece que somente as já antiquadas catracas podem fazer leitura e cômputo de ingressos hoje em dia.

    Tento ficar isento ante tantas pérolas, mas me aparece cada uma que não dá. Lembra muito uma antiga revista dos anos 70 “Mad” que tinha um quadro chamado “Respostas cretinas para perguntas imbecis” ou ainda o Saraiva, aquele do “Tolerância Zero”, ou ainda mesmo um quadro do Jô Soares, cujo bordão era: “A juventude é um espanto!”, e coisas assim.

    Curtir

  13. Caraca véi essa discussão não leva a nada véi.Oimportante é como diz o meu idolo daqui do blog do Gersão , o pastor, a força que a torcida paraense tem é mal esplorada véi.Vlw aposentados .

    Curtir

  14. Interessante é que nos anos anteriores em que os desseriados ficaram atrás, esses números não apareciam. É só perderem as duas próximas partidas e a coisa vira.

    Curtir

  15. Sr. Valentim

    Meu nome é Luiz Fernando. Não preciso nem costumo esconder-me atrás de anonimato, até porque não tenho motivos para isso.

    Curtir

  16. Segundo o blogueiro IVAN, o time dele é o seguinte – “Tudo do Remo é mais bonito” (e melhor, claro!).

    O problema e que o mesmo, não possui nem um pouquinho de reconhecimento lá fora como o Paysandu e, ainda assim e o melhor! Tá certo, continuem achando que está tudo certo, tudo em ordem e irão continuar em ordem sem série, sem titulo, sem nada…

    Sei que estas discursões não levam a nada, os resmistas são muito presunçosos e hipócritas para requerer tal reconhecimento, querem ser na marra ter o mesmo reconhecimento que o Paysandu, isso não existe, vao construir a história de vc’s dentro de campo e não da forma que querem fazer.

    Por mais que vocês cantem em verso e prosa – somos ranckiados, temos o tabu de 33 partidas contra vocês, ate o presente momento somos mais participativos nos jogos, isso não vai levar a nada! Vocês tem que ganhar TITULOS, TITULOS, TITULOS, o problema e que vocês não ganham P.N e a glória de vocês e quando vencem o melhor time da região norte o PAYSANDU, ou então quando este perde para outra equipe.

    QUERO VER A PORCARIA DE VOCÊS, CONQUISTAR TITULOS!

    Curtir

  17. Tenho um cliente que é capixaba e quando me encontra no escritório sempre me pede uma camisa do PAPÃO.Nunca foi em Belém,pergunto sobre como ele sabe do Paissandu, ELE RESPONDE que vibrou com a vitória sobre o Boca.Sabe até o nome de algusn jogadores da época como yarley,Robgol,Jobson , pergunta se é o mesmo Jobson do Botafogo.Quando um torcedor do sul-sudeste vai dizer o mesmo sobre o eterno segundo clube de Belém?

    Curtir

  18. VERDADE PASTOR, TEM GENTE QUE DIZ QUE NÓS TORCEDORES DO PAYSANDU, SOMOS BORÇAIS E COISA E TAL, PORÉM ESQUECEM QUE TEMOS O QUE COMEMORAR, AO CONTRÁRIO DELES QUE NÃO GANHAM NADA X NADA E QUANDO LOTAM O ESTÁDIO POR NÃO TER O QUE FAZER, PENSAM QUE SÃO CAMPEÕES MUNDIAIS E PORAI VAI! VOU TE CONTAR…..

    VÃO GANHAR TITULOS BANDO DE SOFREDORES…

    Curtir

  19. Apenas algumas perguntinhas pros bicolores que não aguentam ter a menor torcida:
    – Se vcs são melhores, têm a maior torcida, pq a média de vcs na libertadores era de 22 mil pessoas nos estádios?
    – Se vcs são melhores, têm a maior torcida porque vcs jogaram 2 brasileiros inteiros (em que foram campeãos) no estádinho de vcs que na época cabia apenas 11.000 pessoas?
    – Se vcs são melhores, têm a maior torcida, porque o Leão Azul têm a maior média de público de toda a história dos brasileiros?
    – Se vcs são melhores, têm a maior torcida, porque nos jogamos os brasileiros na maioria das vezes no mangueirão e vcs jogam na maioria das vezes na curuzú?
    Levar público no jogo contra time famoso (como Boca Jr.) é facilíssimo, vide o jogo do Independente contra o S. Paulo, agora ter a média de apenas 22 mil por jogo em plena libertadores e ainda sim querer dizer que têm maior do Norte. Vamo combinar que não dá pra aceitar.

    Curtir

  20. Te engana, que eu gosto. Janete patrocinando e retirada da 2 jogos contra o Abaeté, com público de 17mil, aí a média iria lá pra baixo. Maquiagem feita pela “imprensa” pra massagear o ego dos narcisos. Sem muitos detalhes, satisfaçam-se.

    Curtir

  21. CARO ROGÉRIO,

    NÃO SOMOS MELHORES, APENAS GOSTAMOS QUE O CERTO SEJA DITO E NÃO OCULTADO COMO VC’S FAZEM.

    1 – BOM SE NOSSA MÉDIA DE PÚBLICO ERA DE 22 MIL NA LIBERTADORES COMO VC MESMO DISSE ACIMA, JÁ PODE SER CONSIDERADA SATISFATÓRIA, POIS FOI A MELHOR MÉDIA DE UM CLUBE BRASILEIRA NAQUELE ANO.

    2 – PARA O SEU GOVERNO AMIGO, QUANDO O PAYSANDU FOI CAMPEÃO BRASILEIRO EM 1991, O ÚLTIMO JOGO FOI NO MANGUEIRÃO E ESTAVA COMPLETAMENTE LOTADO, JÁ EM 2002 CONQUISTAMOS O ACESSO JOGANDO FORA DE CASA E CONSUMAMOS O TITULO DENTRO DA CURUZU, DEVIDO AS ALTAS TAXAS QUE POR LÁ SÃO COBRADAS, ALÉM DOQUE AMIGO, DENTRO DA CURUZU, QUE E UM ESTÁDIO ACANHADO, O LUCRO E PRATICAMENT TODO DO CLUBE, PORTANTO NADA MAIS JUSTO QUE SAGRAR-SE CAMPEÃO E AINDA BOTAR A MÃO EM TODA A GRANA.

    3 – ISSO QUE VOCÊ DIZ E TOTALMENTE IMPROCEDENTE, DE QUE A MAIOR MÉDIA DE PÚBLICO DE TODA HISTÓRIA DE BRASILEIROS E DO REMO! TÁ FICANDO SEQUELADO MESMO NÉ?

    4 – É VERDADE QUE JOGOS CONTRA – BOCA JUNIORS, SÃO PAULO, FLAMENGO ENTRE OUTROS, ATRAEM MAIS TORCEDORES DOQUE JOGOS CONTRA TIMECOS, MAIS SÓ SE JOGA CONTRA ESSES TIMES AMIGO, QUE CONQUISTA TITULOS E NÃO APENAS MISERAS VITORIAS E ACHAM QUE SÃO OS MELHORES.

    TORÇA BASTANTE PARA O SEU TIME CONQUISTAR O ACESSO OU ENTÃO SER CAMPEÃO, CASO CONTRÁRIO TÚ SABES QUE O TEU TIME VAI FICAR SEM CALENDÁRIO ATE O PRÓXIMO ANO E, QUEM DEVERÁ ASSUMIR O SEU TIME, COM TODA CERTEZA É O – SINOMAR NAVES, O ÚNICO À ACEITAR ESSA FARDO PESADO.

    DEIXE DE SE ILUDIR E CONQUISTE TITULOS, EU QUERO VER TITULOS, MAIS EU NÃO QUERO REGIONAL APENAS, QUERO BRASILEIRO PELO MENOS…VOCÊS ESTÃO ATRÁZ ATE DA – TUNA LUSO QUE POSSUI UM BI- CAMPEONATO BRASILEIRO.

    Curtir

  22. Vale lembrar que em 2001 nem se quisessem a dupla Re-Pa jogaria no Mangueirão. O mesmo, que era bandolão, estava em reformas e fechado desde o fim do ano 2000.

    Curtir

  23. Remo naceu em 1905, tem 107 anos
    Paysandu nasceu em 1914 tem 98 anos.
    São 9 anos de diferença.

    Em 9 anos o remo foi hepta campeão e por causa disso ganhou númerosos admiradores.
    Mesmo depois de 9 anos até o Paysandu se estabilizar, o remo era o mais querido e mais glorioso.
    Só que alegria de pobre dura pouco, aí o PAPÃO VELHO DE GUERRA começou a dominar a situação, ganhando titulos e assim se tornando a principal ameaça ao leão, até porque nasceu de uma arenga de lá mesmo.

    Tenho certeza que depois dos 7X0 tão famoso, o papão já conseguia chegar perto da númerosa torcida azulina.

    Mas creio que foi na década de 80, que o PAPÃO SE TORNOU O TIME COM MAIS TORCEDORES NO PARÁ.

    E com tantas conquistas pelo Brasil afora isto vai se consolidando ano após ano.
    Infelizmente estamos 6 anos estagnados e isso tem sido pessímo, mas ainda assim o Paysandu concerteza além de mais querido é sem duvida o time mais vitorioso e amis famos destas bandas do Brasil. Alguêm tem duvidas???

    Hoje de cada 10 crianças que nascem no pará 5 vão torcer pelo papão, 3 pelo remo e duas vão optar pelo resto.

    Se lá atrás os fundadores do Paysandu prospectaram ser maior que o remo depois 100 anos, erraram, e se vivos fossem iam ficar muito orgulhosos de quem é o Paysandu hoje,

    Simplesmente o MAIOR!

    *não é um campeoanatozinho que vai mudar isso agora.

    Curtir

  24. SERÁ QUE ALGUÉM AI PODERÁ FALAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A LUSA DO SOUZA,ME PARECE QUE A PORTUGUESADA ABANDONOU A NOSSA TUNA,DEIXANDO AOS CAOS QUE TRISTEZA,SERÁ QUE NÃO VAI APARECER UM SALVADOR DA PATRIA,CADE OS BENÉMERITOS,CADE OS EX.ATLETAS QUE FORAM REVELADOS NA TUNA,POR FAVOR FAÇAM ALGUMA COISA.CHEGA DE HUMILHAÇÃO.

    Curtir

  25. Isso só faz mostrar a força da MAIOR E MAIS FANÁTICA TORCIDA DA AMAZÔNIA e a que mais cresce entre os jovens (IBOPE 2010). Uma verdadeira torcida, que não importa a situação do clube ela sempre estará lá, apoiando e incentivando o MAIS QUERIDO. A frase “nas boas, te quero; nas ruins, te amo”, só reflete o sentimento que cada torcedor azulino tem pelo MAIOR CLUBE DO NORTE BRASILEIRO, simplesmente considerado como o maior clube paraense do século XX, uma agremiação que tem muita história pra contar, tradição, tanto que é o mais bem gabaritado no Ranking Nacional dos Clubes, diferente de outros que só lembram de 3, 4 anos da história de seu clube. Reconheço que meu clube tem menos conquistas importantes que o rival, mas se só títulos fossem importantes, clubes como Maringá, Paulista, Santo André e Guarany seriam maiores que Vitória, Náutico, Santa Cruz, Ponte Preta, etc. Por isso que o Remo é o maior clube do Norte, mesmo tendo menos títulos que o rival, mas no conjunto sempre foi o melhor: maior representatividade a nível nacional e regional, maior tradição, maior patrimônio, hegemonia no amadorismo e social, e principalmente maior torcida, já que o maior patrimônio que um clube pode ter é a sua torcida e não resta dúvidas que na região quem manda é o FENÔMENO AZUL..

    Curtir

  26. Já ficou claro que a torcida mais FIEL do Pará é a do Clube do Remo o resto é mimimi, torcedor modinha que até a hino do seu time é marchinha de carnaval, nem perco meu tempo com esses torcedores de sofá do paisandú. Clube do Remo melhor rankiado do Norte e o mais querido segundo o publico dos estadios, kkkkk, chora se secador!

    Curtir

  27. André, sou apenas torcedor e não tenho nenhuma ingerência no desempenho do clube. Aliás, nem você, certo? Como sou bom no que faço, no único fator que tenho alguma ingerência, que é torcer, faço tudo para ser vencedor, e no quesito torcida os números provam que ser remista é sinônimo de vencedor. Simples assim.

    Edson, seu argumento é muito fraco e irreal. O Clube do Remo é de 1905 e o Paysandu é de 1914, mas, meu caro, o futebol paraense só começou, de fato, em 1913. Ou seja, 14 anos de diferença é uma balela, no futebol, a diferença é de apenas 1 ano. Também simples assim.

    Outra coisa: 7 x 0 em 1945????… Amigo, é muito pouco louvar algo que, pelo menos aqui neste espaço de discussão, ninguém era sequer nascido.

    Curtir

  28. Edson,

    Você ainda não aprendeu nem sobre seu time, imagine sobre o meu Leão. Deixa eu te ensinar um pouco sobre futebol. Meu CLUBE nasceu em 1905, mas para o futebol, meu TIME começou em 1913, portanto, um ano depois do seu time, que por sinal nasceu do Leão Azul!

    Curtir

  29. “Outra coisa: 7 x 0 em 1945????… Amigo, é muito pouco louvar algo que, pelo menos aqui neste espaço de discussão, ninguém era sequer nascido.”

    Meu amigo, não foi necessariamente preciso ter visto para saber que a 2ª Guerra Mundial aconteceu, certo? Isso se chama história. O 7 a 0 também o é, tal como o tabú de 33 jogos que muito torcedor novinho não viu ou não lembra, pois já se vão quase 20 anos.

    Curtir

  30. Felipy,

    Não viaje na maionese. Maior e mais representatividade do Norte do Brasil no futebol brasileiro? E com menos títulos (que você mesmo reconhece), menos participações na Série A, sem participação em torneios continentais, sem divisão, há 18 anos longe da Série A, sem títulos da Série B? É uma contradição não é mesmo? Me diga, por exemplo, quais os times campeões dos campeões do Brasil,e veja se lá tem um certo Clube do Remo. Maior representatividade, essa é boa… rsrsrsrs. Que o Remo consiga a vaga à Série D, eu torço por isso mesmo, pois acho que um clube com a torcida que tem (tal e qual a do Papão) jamais deve se alijar das grandes disputas. Até pelo fato de que a ausência da torcida azulina está fazendo a mesma ter delírios e alucinações, vide os comentários da mesma aqui sobre o “Barcelona” do Norte…

    Curtir

  31. AndrePSC, não sou imparcial nem tenho compromisso de sê-lo, sou REMISTA desde sempre, e penso que meu clube é melhor que o psc. Tem mais torcida, e claro demonstra com números ter mais fidelidade de seus torcedores.

    Sobre a alcunha de fiel da torcida bicolor, vocês podem ficar com o apelido, mas de fato não o são há muito tempo.

    Fiel é alcunha da torcida do Corinthians, pelo fato de ter apoiado o seu clube durante 20 anos (1954 – 1974) que não ganhavam o Paulistão. Não sei porque se intitulam fiel, só aparecem no estádio quando o time está bem.

    É inegável que a história recente é favorável aos bicolores, pois disputou a Libertadores e ganhou alguns bons títulos, enquanto o REMO não está nem seguro na quarta divisão.

    Mas na década de 50 e 60 a coisa era inversa. E NADA obriga ao REMO ficar atrás do psc no futuro.

    Mas fico pensativo de você me cobrar isenção, sendo que é o primeiro a contar lorotas aqui no blog, em outro post afirmou que o REMO está há quatro anos sem divisão, e afirmou que somente este ano o REMO está à frente do psc em presença de torcida. Mentiras grotescas, mas que sempre tenho como piada, afinal são as piadas que fazem a rivalidade.

    Falo o que sei, o REMO tem sim a maior torcida do norte, aonde o REMO joga, tem torcida com camisa azulina.

    Quanto a ser reconhecido internacionalmente, se não houver manutenção daqui a pouco vocês também não o serão. Afinal já tem quase dez anos que vocês começaram a despencar e ainda não há perspectiva de levantar.

    O único presidente que tornou isso possível foi defenestrado de seu Clube e amadores tomaram conta do pedaço e não vão largar o osso.

    Curtir

  32. Daniel Malcher, as coisas funcionam assim:

    Clubes atravessam gerações, na de nossos avôs, na época em que o futebol não era profissionalizado, a disputa era regionalizada, pois não existia brasileirão, mas campeonatos regionalizados que desembocavam em uma disputa final que a CBF recentemente (por pressão política) unificou e transformou disputas de poucos jogos em títulos de campeonatos brasileiros. Tem anos com mais de um campeão, pra você ver a lambança.

    Na de nossos pais, grandes times foram montados e disputávamos em situação de verdadeiros guerreiros contra os grandes do sul e sudeste. e logramos exito em grandes embates.

    Na nossa geração houve um ápice do psc, e uma queda do REMO.

    Você se reporta em seus comentários à este momento, em que o psc tem clara vantagem. Pois disputou a libertadores e foi bi-campeão da série B. Mas pense:

    a) Conquistas sem manutenção não tornam um time grande, veja o Santo André que foi campeão da copa do Brasil, foi à Libertadores, mas ninguém quase ouve falar dele hoje. Nem lembram mais disso. Talvez só lá na cidade que o abriga e batiza.

    b) Nada impede que o REMO se organizando, também não possa aspirar subir de divisões e quem sabe fazer papéis bonitos, honrando o Pará, como já honrou outrora. Hoje, fora as lembranças, tanto REMO como psc estão fazendo vergonha.

    Curtir

  33. Claro, Daniel!… Como você mesmo descreveu, isto se chama apenas “história”, e penso que a história é muito boa para quem foi responsável pelo feito e, claro, para a instituição, mas é muito pouco pra ser usado como argumento em discussões pelo torcedor.
    Na minha opinião discussão de futebol envolve momento, a situação do seu time, a do adversário, as expectativas, etc. Senão fica aquele lenga-lenga interminável que não leva a nada.
    O Paysandu tem suas glórias, o Remo tem as dele, a Tuna, o Fast, o Moto…Todos tem. Mas é apenas história. Ficou no passado.
    Não vejo nenhum louvor no Remo ter sido um baita time na década de 70 e conquistado um monte de coisas e atualmente lutar para chegar numa divisão. Que glória há nisso?
    A mesma coisa pode-se dizer do Paysandu, que conseguiu um monte de coisas na década passada e atualmente não consegue acessar sair da Série C, mesmo com acesso de 4 clubes.

    Curtir

  34. Pelo contrário Ivan, à história está associada os maiores feitos de nossas equipes. Futebol sim é momento, dentro de campo. O que seria então dos nossos clubes sem a o recurso à memória proporcionado pela referência às suas histórias? A própria fidelização do torcedor ou o rejuvenescimento de suas torcidas leva em conta tais aspectos. O que não podemos é, apenas e tão somente, nos balizarmos na história e sobre ela repousarmos enquanto os tempos (e os atuais passam muito rápido) passam e mudam. Estes é o grande problema de Remo e Paysandu, o recurso inábil à história que paralisa ações no presente.

    Curtir

  35. O problema caro IVAN, que a glória que vocês cantam bem alto, é o fato da torcida bicolor está ausente dos estádios, em contrapartida a torcida azulina está em peso nos jogos do Remo, mais jamais isso será parametro para demeritar o Paysandu, que hoje o torcedor bicolor está ausente, mais tem os seus motivos, assim como vc’s tem os seus para apoiar o time de vc’s. Mais agora querer dizer que o time de vc’s vive um melhor momento que o Paysandu, isso e papo de gente insana, logo vemos onde vc’s se encontram, vc’s estão buscando vaga a todo custo para disputar uma (quarta divisão) ou seja, vc’s nem divisão possuem e mesmo que consigam, ainda estarão abaixo do Paysandu que está na terceirona.

    – É como o Daniel Malcher sempre diz – o que e o inferno para o Paysandu e, o paraiso para os remistas!

    Caro JMSiqueira, isso serve para vc também meu caro, apenas penso que além de ser remista, vc tem de ser sensato amigo, vendo os atuais momentos dos nossos clubes, creio que não seja isso, mais ao que parece e ato de pessoas que não conseguem anxergar um palmo a frente do nariz. Tudo bem, em todo caso vc fica com seus conceitos e opniões, mais não queira fazer os bicolores engolir a seco, esse papo de que o Remo possui a maior torcida e que o time de vc’s e melhor que o Paysandu.

    Como disse acima, a torcida bicolor hoje e AUSENTE! Em relação a manuntenção a que vc se referiu, do clube ter conquistado vários campeonatos e de ter disputados a libertadores da américa e hoje se encontra no esquecimento, bom acho que os únicos que querem acordar todos os dias e lembrar que tudo o que o Paysandu conquistou são vc’s remistas meu amigo! Caso vc assista aos programas de televisão realacionados a esporte nacional e mundial, o Paysandu sempre e lembrado pelos seus feitos, o MILTON NEVES sempre comenta sobre o PAYSANDU e, quando se refere ao REMO, sempre o lembra como eterno adversário e freguês.

    Recentemente o Gerson colocou uma coluna aqui no blogue, se referindo ao Paysandu da libertadores, onde o PAPÃO foi lembrado, como o clube brasileiro de melhor campanha em todas as edições da libertadores. De fato, não ganhamos o titulo, mais ganhamos em RECONHECIMENTO internacional, onde apenas quatro clubes brasileiros, conseguiram está façanha de vencer o BOCA no próprio estádio deles, em uma LIBERTADORES DA AMÉRICA, além de ser lembrado como o clube que mais pontuou em todas as edições.

    Tenha orgulho de morar do estado do Pará, bata no seu peito e diga em alto e bom som – moro no Pará, terra do Paysandu esporte clube, o único representante do Norte a vencer o BOCA e ser reconhecido mundialmente! Te dizer……

    Amigo eu tenho 35 anos, desde a decada de 80, eu ouvia na curuzu ou no mangueirão a torcida bicolor ser chamada de FIEL, não fui que batizei, muito menos a própria torcida e sim a IMPRENSA que faz esse tipo de merchan. A mesma coisa fazem com o REMO, onde o CAXIADO faz essa mesma coisa, porém sem fundamento algum….Sinta-se a vontade para retrucar!

    Curtir

  36. Sem polemizar: não aceito e nunca vou aceitar esse argumento de que glórias passadas tenham algum mérito no momento atual. Pra mim passado é passado e ponto final, e acho desperdício se contentar com as glórias do passado.
    Como a rivalidade é forte e têm poder de mexer com a massa, Remo e Paysandu ainda conseguem sobreviver. Caso contrário, já teriam falido como tantos outros (mesmo com todas as glórias passadas), por isso acho que meu argumento é imbatível.
    Só pra exemplificar: o São Caetano (SP) DECIDIU uma libertadores. E daí??… O que é o São Caetano hoje?… Nada!… Que glória é essa?
    Com certeza é melhor ser torcedor do Avaí ou do Figueirense, que nunca estiveram na Libertadores mas todos os anos estão na Série A fazendo campanhas dignas. Isto sim, é de se louvar.
    André, nenhum remista acha que o Remo ESTÁ em situação melhor do que o Paysandu. Isso deve ser coisa da sua cabeça. Ocorre que a torcida do Remo é bem mais apaixonada e ama e defende seu clube na situação que ele estiver, e não somente pelo que já fez.
    Pra finalizar a discussão: como os dois estão na m… só nos resta a gozação. Tipo assim: a representante do Paysandu no “musa do parazão” é feia de doer, tanto quanto a camisa de vocês.

    Curtir

  37. A diferença Ivan, é que diferentemente de São Caetano e Santo André, temos torcida. Camisa feia a nossa, imagiiiiina…rsrsrs. Mas Ivan, dê uma olhada no mural da revista Campeão dos Campeões e verás que a musa do Paysandu jamais representou a nossa torcida… é cada loucura que meu Deus do céu… hehehe.

    Curtir

  38. hehehehe… Ah AndréPSC. Engula a seco a verdade, somos a maioria do Pará.

    Isso é o que mais dói nos torcedores do psc. Foram pra Libertadores, ganharam os títulos, mas mesmo assim o IBOPE de 2011 apontou que a torcida que mais chama jovens torcedores no Norte é a do REMO!!!

    A maior torcida do Norte é a do… REMO!!!!!

    Então amigo, esse papo de dizer que são de tamanhos equivalentes nunca convencerá nenhum azulino que sempre despontou como maior desde meados do século XX com a eleição do “mais querido”.

    ou seja, eu riu muitooo desse mimimiiiiiiiiii!!!

    Curtir

  39. Ria… a torcida do Remo é como as hienas, que transam uma vez por ano e ainda acham graça! Rrsrsrsrsr… é muita esquizofrenia, meu Deus…

    Curtir

  40. hahahahahahahahaa

    Verdade Daniel!

    Na internet ate tem umas imagens, onde o pesoal compara o Remo com o BBB! Porque só existe de janeiro a abril….kkkkkkkkk

    Curtir

  41. Caro IVAN, se para você PASSADO e PASSADO, o que importa é o presente, então o que vocês tem a comemorar? Bom, penso eu, que a única coisa a se comemorar e o fato da torcida de vocês está indo em maior número aos jogos do clube do Remo. Tirando isso, só tem desgraça né? O teu time não ganha titulo a uns três anos, não tem divisão nenhuma, não ta assegurado na quarta divisão deste ano, não vai ganhar o Parazão, não ganharam do Paysandu este ano ainda.

    Tá feia a coisa amigo, deviam mudar o nome do time de vocês para o CLUBE DO NÃO! kkkkkkk

    Vocês não passam de hienas, como bem disse o Daniel Malcher! Só tranzam uma vez por ano, ai aparecem cheias de risos….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  42. Oi, boa noite Gerson.
    Sou sua fã. Admiro o que você escreve. Inclusive tenho um filho que não gosta muito de leitura, mas adora futebol. Eu sempre digo para ele. Meu filho leia o que escreve Gerson Nogueira, pois o assunto dele é prato cheio para você. Agora me tira uma dúvida, Gerson. Você é Remo ou Paysandu? Acompanho seu trabalho há muito tempo, mas até hoje não consigo saber deste detalhe, talvez por seu profissionalismo, não é mesmo? Estou lendo os comentários aí em cima e vejo que a torcida do Paysandu ainda não se tocou que, se ele nasceu de uma arenga dentro do Clube do Remo,antes de ser Paysandu todos os torcedores do Papão são Remistas. Até breve. Gerson.

    Curtir

  43. André, comemoro as vitórias! tanto quanto qualquer título.

    E se meu time perder (o que tem acontecido bastante, ultimamente) torço pra que ele esteja pronto para outra, pela qual irei torcer com o mesmo fervor, entendeu?… Acho que não.

    Não sou aquele tipo de torcedor amargo e rancoroso que fica sem comer ou transar com a esposa quando seu time perde (tenho percebido inúmeros por aqui).

    No mais, concordo inteiramente com a nossa amiga Iracema: também tenho convicção que todo bicolor gostaria mesmo era de ser um feliz e cabeça fria remista.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s