4 comentários em “Capa do Bola, edição de quarta-feira, 7

  1. Eu tenho dito que a decadência do futebol de Paysandu, Remo e Tuna está diretamente relacionada à incompetência dos seus dirigentes que têm assumido o comando desses clubes nos últimos anos porque não ha renovação, não tem inovação, são as mesmas caras repetindo os mesmos métodos de trabalho e prosseguindo nos mesmos erros.Afirmo que não sou contra os senhores de idade avançada até porque sou um senhor de idade. Porém sou contra esses senhores que vem se revezando no poder ha muitos anos e assumindo a direção dos nossos clubes sem trazer qualquer tipo de crescimento para o futebol de Remo, paysandu e Tuna. Com esses senhores não há planejamento, não há organização e não há idéias para se conseguir boas receitas sem depender só de bilheteria e ajuda de políticos. O que existe é a mesmice de sempre, ou seja, começa uma competição, contratam-se jogadores e técnicos a peso de ouro, depende-se das receitas de bilheteria para pagar, esta não vem vêm porque os contratados não correspondem, os salários atrasam, os motins começam, os resultados em campo desaparecem, mas a justiça trabalhista aparece muito bem e termina-se mais um ano de fracasso. Essa tem sido a regra geral desses clubes nos últimos tempos. Se fizermos um breve histórico desses dirigentes nos últimos 20 anos, veremos que são os mesmos senhores de sempre os quais muitas vezes retornam até como salvadores da pátria mesmo sem terem feito qualquer tipo trabalho para o engrandecimento desses clubes no passado. Observem que no Papão tem Luiz Omar Pinheiro, o qual trabalhou na década de 90 com o saudoso Geraldo Rabelo, o qual fez uma péssima administração igualzinha a que esse Luiz Omar está fazendo hoje ( intriga com jogadores, fraqueza de resultado em competições nacionais, falta de planejamento, contratações duvidosas, salários atrasados, motins etc. ). No Remo tem Hamilton Gualberto que com todo respeito ao bom causídico que ele é, mas como dirigente de futebol sempre foi uma negação no passado do Remo. Para não irmos muito longe basta lembrar ele foi um dos responsáveis pela queda do Remo para a terceira divisão no ano do centenário em 2005 além de ter perdido uma chance de ouro para disputar uma vaga à Libertadores ao perder dentro Mangueirão a Copa Norte para aquele desconhecido Rio Branco do Acre. Esse dois senhores estão aí como salvadores da pátria de Remo e Paysandu. E antes deles tivemos ainda outros senhores como o Saudoso Miguel Pinho no Papão que vivia entrando e saindo da diretoria do Paysandu a quase 20 anos, e no Remo tinha Raimundo Ribeiro um senhor que no passado já tinha levado o Remo a uma surra de oito do Guarani e o rebaixado para a segunda divisão. Esse senhor voltou como salvador em 2008 e jogou o Remo para a quarta divisão. Depois defenestrado, no seu lugar entrou outro senhor de idade Amaro Klautau que derrubou a martelada o emblema do muro do Remo e queria vender o campo a qualquer preço. É por tudo isso que sou contra esses senhores no nosso futebol porque eles so estão trazendo mais decadência e querem se perpetuar no poder mesmo com esses maus resultados. Raimundo Ribeiro e Amaro só saíram porque foram quase expulsos por motivos de péssimos resultados, o LOP já disse que não sai e ninguém lhe tira mas pelo péssimo resultado que tem apresentado , o qual também se prenuncia em 2012 para o bicola, este é outro que deverá sair do Papão muito mal e deixar esse clube falido a exemplo também de Tourinho. Então vendo essa imagem da reportagem faço aquela pergunta: Ó QUEM PODERÁ AJUDAR REMO , PAYSANDU E TUNA? SO O CHAPOLIM COLORADO, !!!!!1

    Curtir

  2. Coincidência não, mas sim pressão por resultados que com certeza não vier, cabeças irão rolar e o cabeça vai ter que ir a torcida se explicar

    Curtir

  3. Eu não consigo entender como e de que maneira pode-se começar um trabalho numa equipe de futebol sem ter as críticas de sempre, eu estava cuíra em ler nas páginas de jornais o dia seguinte a derrota do Remo para um time amador, e tudo que se diz são as mesmas coisas de sempre, basta ler os noticiários dos anos passados, queria ter em Belém um profissional jornalista como o competente Edson Matoso, que por sinal deu uma aula no programa de segunda feira na TV Cultura, são muitos que jogam contra o futebol paraense, está estampado em todos os setores e ramificações esportivas de nossa capital, a exemplo disso foi a permanência do Paissandú na série C, aí você lê os jornais do dia seguinte as noticias que já sabiam que isso ia acontecer, parece favas contadas, mas ao longo do campeonato se via uma coisa diferente, diziam que a classificação era certa, mas escondiam as verdades que se passava dentro do clube, um plantel rachado e comprometido com grupinhos, e por fim todos tem a fórmula ideal para os grandes do nosso futebol, mesmos aqueles que fazem parte do conselho ainda não contribuíram para os clubes que fazem parte.

    Curtir

  4. Xará, enquanto as emissoras insistirem em manter os mesmos setoristas dentro de remo e paysandu e estes dependerem unicamente de cotas de publicidade como salários, nada mudará. É um verdadeiro me engana que eu gosto…Eu não vou citar outras fontes de complemento salarial porque não tenho provas, mas o que se vê e ouve…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s