Coluna: O inferno astral do craque

Ressaca de vitórias importantes? Tédio dos craques, paparicados demais nos últimos meses? Fadiga física imposta pelas seguidas ausências dos principais titulares? Muitas perguntas são feitas na esperança de decifrar o enigma que envolve o Santos.
Campeão da Taça Libertadores, cantado em prosa e verso como o melhor time do continente, favoritíssimo ao título nacional da temporada, a equipe patina no Campeonato Brasileiro, flertando perigosamente com a zona da morte. Pior: sem, até agora, reproduzir as excelentes atuações do primeiro semestre.
O que mudou em tão curto período de tempo?
Sempre franco e direto, Muricy Ramalho dá pistas de que a brutal queda de rendimento santista passa pelo mau momento técnico de Paulo Henrique Ganso, camisa 10 e cérebro da equipe. Neymar é a sensação do time, com seus dribles, arrancadas e golaços. Mas o ponto de equilíbrio está na meia cancha, onde PHG brilhou até as finais do certame paulista.
Depois de sofrer grave lesão, que se juntou a um problema anterior no joelho surgido ainda em 2010, o craque paraense submeteu-se a uma segunda cirurgia e aí seu futebol entrou em declínio. Quase não atuou na Libertadores e teve passagem discreta na Copa América. No Brasileiro, sua participação no jogo é 30% menor que no ano passado.
A dúvida é se a atual fase é nuvem passageira ou se pode derrubar o prestígio do jovem meia. Por via das dúvidas, Muricy avisou ontem que mudará o posicionamento de PHG na equipe, que voltará a jogar mais adiantado, quase como um ponta-de-lança. Era assim que Dorival Jr. o utilizava no ano passado.
Ao mesmo tempo, o técnico não esconde que o inferno astral do paraense pode ter raiz no excesso de compromissos sobre as costas dos jovens craques brasileiros. A agenda de comerciais, entrevistas e eventos diversos não deixa muito tempo para treinos e recondicionamento.
 
 
A diretoria do Remo decidiu, finalmente, levar a cabo o aproveitamento do terreno cedido pela prefeitura de Marituba. De graça, vale até injeção na testa e o clube não está em condições de esnobar oferta tão generosa. Segundo o presidente Sergio Cabeça, o projeto ainda está em fase de elaboração, mas vai sair do papel.  
 
 
O fato é inédito no Brasil e merece atenção do mercado boleiro. A Petrobras patrocina hoje a primeira transmissão de uma partida de futebol via Facebook. A página do canal Esporte Interativo exibirá, em tempo real, o segundo jogo da decisão da Supercopa da Espanha, entre Real Madri x Barcelona.
Durante a transmissão da partida, o internauta também poderá bater papo e fazer comentários em tempo real através de um chat. É a primeira tentativa de um grande anunciante de participar do link entre futebol e redes sociais. A partida entre Real Madrid x Barcelona poderá ser assistida pelo link https://www.facebook.com/#!/esporteinterativo.
O fato é que um novíssimo campo começa a se descortinar. E o público brasileiro, um dos mais presentes nas redes sociais, pode se transformar em excelente mercado para o marketing esportivo. 
 
 
Longe das lides futebolísticas desde que saiu do América-MG, o ex-delegado Antonio Lopes profere sentença que contraria esses tempos de supervalorização dos professores da bola: “Técnico não ganha jogo”.  

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quarta-feira, 17) 

7 comentários em “Coluna: O inferno astral do craque

  1. Vejam como são as coisas. Lá embaixo uma matéria debate e bate em alguns endeusados como RC que é rei e não foi ele quem impôs tal honraria. Agora até Muricy diz que o mal momento do Santos é reflexo do mal momento do Ganso. Tô achando que Ganso foi nuvem passageira, o que acontece com muitos quando sobe à cabeça, fama dinheiro e servindo de escudo tais colocações para justificar o mal momento do técnico no clube. Te dizer.

    Sobre a caridade estendida ao Time sem série que de tabela, também beneficia o maior do norte, até para isso são lentos. Já era para estarem trabalhando neste sentindo. No caso do Remo se não doarem dinheiro, nada fazem.

    Em relação a transmissão sobre a tutela da Petrobrás, mas um desvio de púlico dos estádios. Vejo que futuramente nem haverá necessidade de existir estádios. Todos na telinha….

    Por fim se técnico ganhasse jogo, até hoje o Charles estava no Papão, ora pois…

    Curtir

  2. O TEXTO nada fala sobre a suposta pressão que PH estaria sofrendo por parte de sua família adotiva (segundo li em um blogue paulista), insatisfeita com o amparo material – que não deve ser pequeno – que o craque lhe estaria proporcionando.

    De acordo com esse mesmo blogue, Ganso reduziu o dinheiro mandado a um dos irmãos, que já estaria extrapolando. Isso soma-se ao fato de Ganso ganhar a metade do que recebe Neimar, razão pela qual o craque paraense, de há algum tempo, pretende transferir-se para a Europa (acho que deixou de ir no momento certo, depois poderá ser desvalorizado mais do que já é). Estranho então Murici reconhecer a importância de Ganso para o Santos; deveria dizer isso para a diretoria santista.

    Curtir

  3. Não acredito que esse pequeno detalhe seja o real motivo da queda de produção do jogador,mais confiável deve ser a de uma cirurgia mal sucedida que ainda deva estar incomodando.

    – Opinião

    Curtir

  4. Esse fusquinha da saudade é tão panema, que segundo a coluna do Claudio Guimarães de hoje, o terreno de Marituba é coisa do passado, por se tratar de area ambiental.

    Curtir

  5. Meu caro Valentim, não fiz menção a essa especulação porque a história não me foi confirmada por pessoas muito próximas ao PHG. Quanto às reivindicações salariais do jogador, são bem conhecidas e já existiam quando ele estava no auge, em 2010.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s