Tribuna do torcedor

Por João Reinaldo Moscoso (joaomoscoso@yahoo.com.br)

Anteontem, indo ao estádio Evandro Almeida (Baenão), ao chegar na travessa das Mercês onde procurava uma vaga pra estacionar meu carro, deparei em frente a um órgão da prefeitura de Belém com uma vaga. No local não estava nada demarcado de área de veículo oficial ou coisa do gênero, muito menos ser uma entrada de veículo, portanto orientado por um flanelinha, estava estacionando quando funcionários do órgão saíram de dentro do local e mandaram que eu tirasse o meu carro pois ali era a vaga do tal ‘doutor’ e que quando ele chegasse ele teria que estacionar ali, naquela ocasião disse que ali não era entrada de veículos e que também a área não estava demarcada para veículos oficiais. Portanto, nessa situação fui ameaçado pelos funcionários do tal órgão de que quando voltasse do jogo meu carro não estaria mais lá pois os mesmos chamariam a CTBel para guinchar meu carro. Tentei mais uma vez contestar e eles insistiram que chamariam a CTBel caso permanecesse lá, pois aquela vaga é do tal “DR.” Portanto gostaria de relatar a coação, ameaça a que fui submetido por esses funcionários da perefeitura de Belém.

23 comentários em “Tribuna do torcedor

  1. Também acho.
    Não foi na prefeitura fazer uma queixa administrativa contra os funcionários que o abordaram, não foi na delegacia fazer um BO de coação, não procurou nenhum órgão de controle, então vai chorar na cama que é lugar quente e para de vir aqui encher o saco.

    desculpe a dureza mas é assim que eu penso.

    Curtir

  2. É, camarada Carneiro, mas eu postei a bronca relatada pelo internauta porque é um assunto grave e sério, que pode afetar qualquer torcedor. A pinimba da rivalidade não permite que as pessoas percebam que alguns problemas são comuns e precisam ser enfrentados por todos.

    Curtir

  3. Gerson, caiu na malha não se safa, a turma é cruel. Deveria o postulado pensar duas vezes antes de endereçar tal fato.

    Curtir

  4. Que diferença varia? Nem hoje como autoridade lembrada, nem amanhã no anonimato. Acorda astronauta que os anéis de saturno não estão a teu alcance.

    Curtir

  5. Gerson, Permita-me:
    Que acha que é o meu clone? Opções:

    1 – Anderson
    2- Antônio Valentim
    3 – Sérgio Soeiro
    4 – Nenhum destes

    Curtir

  6. CALMA lá! Descartemos o número 2.
    Com foto, celular, twitter, facebook, endereço eletrônico e até blogue próprio, fica difícil se esconder.
    O ANONIMATO (assim como a fofoca, a inveja, a intriga e outras misérias humanas) é uma das armas do covarde e jamais fez nem fará parte da minha vida.

    Curtir

  7. Esse papo de clone está é muito furado. Tá parecendo mais coisa do próprio Berlinda, afim de aparecer pra galera. Coisa de babaca, que é o caso. De qualquer forma, isso é tão fácil de rastrear.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s