Elano: candidato a craque da temporada

Por Juca Kfouri

Quanto mais  joga o volante/meia do Santos, maior fica a pena sobre a sua ausência na Copa

ELANO BLUMER completará 30 anos no próximo dia 14 de junho. Já queimou muita lenha e tem ainda muito a queimar. E é daqueles que melhoram com o passar do tempo e que trafegam pelos atalhos do gramado com naturalidade.

Até gols começa a fazer em profusão _1,25 por jogo em sua nova fase no Santos, quando suas médias anteriores, no próprio Santos, no Shakhtar, no Manchester City e no Galatasaray ficaram entre 0,14 e 0,27 gol por jogo. Na seleção brasileira também ficou dentro desse intervalo estatístico, 0,19 gol por jogo, nove em 46 partidas.

Sim, números servem para muitas coisas, até para poder dizer que Elano marcou um gol por jogo que fez em Copas do Mundo, embora tenha disputado apenas uma e jogado duas vezes nela, no ano passado, na África do Sul. Mas mais do que os dois tentos que assinalou, Elano fez foi uma falta danada depois que se machucou contra a Costa do Marfim e não pôde continuar jogando, ele que era o melhor representante das qualidades que Dunga teve como jogador, além do guerreiro, o cumpridor.

Elano comeu o pão que o diabo amassou ao ir jogar na gelada e inóspita Ucrânia. Desde encontrar sua mulher desconsolada no apartamento que o Shakhtar lhes cedeu, porque a água da pia da cozinha transbordava pelo ralo do banheiro, até a ir treinar chorando, de frio e de humilhação, porque dois brutamontes o obrigaram a dar marcha a ré numa trilha tomada por neve, embora fosse ele quem estivesse na mão correta.

Elano não tinha como argumentar e precisou usar toda sua garra e o DNA alemão para não desistir e voltar ao Brasil. Acabou sendo bicampeão ucraniano (em 2005 e 2006), seguindo na esteira dos títulos brasileiros que obtivera no Santos em 2002 e 2004, assim como foi campeão da Copa América em 2007 e da Copa das Confederações, em 2009, pela seleção.

A sensação que Elano passa hoje para quem o vê jogar é a de que tudo está muito mais fácil, tudo está muito leve, mesmo que ainda falte a companhia de Ganso e de Neymar, além de Arouca, neste Santos que ensaia voltar a ser a sensação do primeiro semestre, como no ano que passou. “É a cabeça boa”, diz ele, ao concordar com a ótima fase.

Por enquanto, Elano é a melhor contratação do ano no futebol paulista, quiçá do brasileiro.

17 comentários em “Elano: candidato a craque da temporada

  1. Mas acredito mesmo, amigo Gerson, que ele fez muita falta naquele jogo com a Holanda. Elano, pra quem não sabe foi lançado por Giba quando o mesmo era técnico no Santos e, joga do mesmo jeito, hoje, como jogava nessa época.

    Curtir

  2. Penso igual, amigo Cláudio. Elano era o mais lúcido jogador daquela meiúca mal-ajambrada que o Capitão do Mato levou pra Copa.

    Curtir

  3. O Elano é um bom jogador e fez falta sim no jogo contra a Holanda. Se o Brasil teria mais sorte contando com ele só Deus sabe. Agora parece que pelo reconhecimento do amigo cláudio, o Elano ajudou muito o GIBA quando no Santos, a prova é que ele foi para seleção, o GIBA não. Te vira nos trinta com essa amigo Clãudio.

    Curtir

  4. Tá bom, Berlli. O problema é que temos 25 a 30 jogadores numa convocação e, só 1 técnico. A proporção é muito grande, daí o jogadpr ter mais chance. Giba, assim como o Giva, são de série B, pra baixo.

    Curtir

  5. Esses maninos da vila já apadrinharam a carreira de muito técnico mandrake. O Leão tá aí de prova.
    será que o giba tá nessa lista?

    Curtir

  6. Apesar de parecer pouco, com 17 anos já tem torcedor cansado esperando ver o time joga uma série A com elite. Meu avó com 89 anos ainda batia uma bolinha. Vamos argumentar com base, sem essa de falar sem pensar. Astronauta acordar senão a nave fica a deriva.

    Curtir

  7. Concordo inteiramente com as palavras de Kfouri e também defendo a volta de Elano para a seleção,não só pelo ótimo futebol que vem jogando mas também devido a sua experiência em copa do mundo.Muita gente pode criticar a questão da idade de Elano(ele terá 33 anos na copa 2014)mas não vejo como problema, primeiro porque há uma necessidade de contarmos com jogadores experientes na copa do Brasil.È importante lembrar da pressão descomunal que os jogadores e a comissão técnica vão sofrer por um título inédito para o Brasil(apesar do pentacampeonato,o Brasil é um dos poucos campeões do mundo,o outro é a Espanha,que nunca conseguiu um título em casa)Ter jogadores experientes não é problema desde que você estabeleça o famoso e essencial equilibrio com a juventude.Queria até saber a opinião do Gerson se não seria interessante um meio de campo da seleção contando com a juventude de Ramirez,Lucas e Paulo Henrique Ganso somada a bagagem e o bom futebol de Elano,e de quebra acabaria se aproveitando o entrosamento dos dois últimos nesse momento(pelo menos até a inevitável saída de Ganso para o exterior.)

    Curtir

  8. Engraçado, Élano aos 30 anos é considerado jovem. E aqui Wanderson da mesma idade é considerado velho, em fim de carreira.
    Enquanto isso o time de “velhos” continua exterminando bichos.
    Opróximo será o Mapará e depois o gatinho pirento que pensa que é grande.

    Curtir

  9. Sinceramente amigos, eu não vejo nada de mais nesse jogador! Que para mim, tem um monte jogando aqui no Brasil a mesma coisa ou ate mais um pouco. Essa imprensa e foda! Ela sabe colocar essas coisas raras lá encima, mais também os derruba sem dó e piedade.

    Curtir

  10. Grandes merda! Tanto que foi lançado e, ainda mais quem o lanlou. Te dizer em Cláudio, so você para ficar babando ovo do Giba defunto…

    Curtir

  11. Elano, pra mim, é um jogador pouco melhorado e com uma certa dose de sorte. Mas, o seu grande diferencial é que, ele, o Elano, é o guardião de si mesmo, literalmente, e por isso ainda apresenta um bom futebol.
    Ele não é adepto das noitadas, seja paulistana, sejam dos morros cariocas. Sempre atuou em clubes que lhe garantiam recuperação de excelência quando se lesionava e, por isso sua estrutura orgânica nunca perdeu a dinâmica para a qual está habilitada. Enquanto que o inverso acontece com os jogadores que atuam em clubes aqui no Brasil, salvo alguns do eixo sudeste, como o São Paulo. Pior ainda, são os que vêm atuar em Paysandu e Clube do Remo, melhor dizendo: no futebol paraense ! Portanto, compará-lo com os que estão no Paysandu, é insanidade!

    Curtir

  12. Essa de o cara não poder ir a uma boate ,sair ,tomar uma cervejinha ,um chopp(depois conto um episódio sobre chopp) é de uma mentalidade medieval.O cara não pode é ir no sa´bado á noite pra farra ,se vai jogar domingo.Mas se o jogo é quarta ,na segunda sair e dormir tarde não vai fazer mal nenhum.Fora que tem uns EXCEPCIONAIS como o ALONSO E RENATO GAUCHO que chegavam de manhã ,escondido pelo proprio tecnico e dormiam tres ,quatro horas e depois faziam o diabo em campo,gols e fintas …ou seja o jogador MEDIANO-A , COMO Elano FAZ FALTA SIM A QUALQUER EQUIPE E QUANTO Á IDADE A IMPRENSA PARAENSE ,SEM GENERALIZAR , TEM CULPA POR CITAR A IDADE DOS CARAS SEMPRE COMO FATOR REPROVATIVO ,SEM PRIMEIRO ENUMERAR SUAS QUALIDADES.

    Curtir

  13. DEVIDO A HERANÇA DOS re-mioista escreverei com palavras bem simples.AO CHEGAR EM BELÉM VI VÁRIS PLACAS ESCRITAS “CHOPP ,20 CENTAVOS”A Í COMENTEI COM UM COLEGA ,PUTZ É POR ISSO QUE OS CARAS DAQUI SÓ VIVEM BEBENDO ,BARATO DESSE JEITO….DEPOIS DESCOBRI QUE O TAL DE CHOPP É NA VERDADE O SACOLÉ…é ou não outra língua ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s