O imenso rombo financeiro dos grandes clubes

Da coluna Painel F.C. (Folha SP)

A dívida de todos os clubes brasileiros, de todas as divisões, soma R$ 3,5 bilhões. É o que mostra um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), apresentado neste mês para o presidente Lula. Nesse valor estão dívidas de todos os tipos: impostos, fornecedores, bancárias. O estudo, que foi encomendado pelo Ministério do Esporte, também dá sugestões de administração aos clubes.

8 comentários em “O imenso rombo financeiro dos grandes clubes

  1. Os bens penhorados constam também como dividas ativas. Pena que o torcedor também tenha dado pequena parcela de colaboração ao exigir contratações (ap longo de todos esses anos) que não trouxeram resultados financeiros. Esse trabalho da FGV deve tornar-se o mauis publico possivel para que todos se conscientizem da irrealidade clubistica brasileira.

    Curtir

  2. Discordo 100%. O torcedor, como a imprensa indiretamente, sempre exigiem boas contratações o que é louvável, mas não pode caber a estes nenhuma parcela de culpa pelas inúmeras carretas de pernas-de-pau que são encomendadas pelos dirigentes.

    Curtir

  3. Berlli,
    Me permita discordar de você. Fazemos parte do contexto, ainda que pela parte que nos cabe, a de torcedor. Mas, só isso, já é suficiente para termos, sim, uma fração de culpa nesse cenário horrendo, de dívidas. Seja pela pressão feita aos VENÉRIOS- CARTOLAS, que por despreparo, eles acabam cometendo excesso de erros, seja pela ausência nos estádios e como aqui em Belém a torcida funciona como parte integrante do grupo de patrocinador dos Clubes, sem a força vinda das arquibancadas, a movediça toma conta. Logo, fica tudo dominado pela infernal divida.
    Não podemos nos eximir, afinal, quando vem uma conquista, a alegria é de todos!

    Curtir

  4. Só espero que as tais sugestôes do Ministério dos esportes não sejam apenas, o uso de dinheiro público para cobrir os rombos, e o pior , com liberação apenas para os ditos grandões do futebol brasileiro. Como disse o Tavernard, há necessidade ou melhor, é imprescindível transparência nesse processo.

    Curtir

  5. gostaria de salientar que esse não é um problema do futebol paraense ou brasileiro. isso é um evento mundial, haja vista que todos os grandes clubes do mundo, com administrações profissionalizadas, estão individados.
    Ao meu ver isso é um problema estrutural pois a cena é sempre a mesma: os jogadores, os seus empresários e a FIFA estão nadando em dinheiro enquanto os clubes, formadores e mantenedores destes, estão nadando em dívidas.

    Curtir

  6. Não contesto sua maneira de pensar consierando que cada um tem uma ótica sobre a polêmica, mas voce está esquecendo mais um detalhe importante que são as tramissões dos jogos que tiram muitos torcedores das arquibancadas como voce citou. Essa de contratação por conta da pressão da torcida é mesmo que dar ouvidos a conversas e isso não é padrão de dirigir clubes. Temos na verdade tido uma má qualidade de gestores nos últimos anos e essa verdade ninguém pode negar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s