Leonardo ganha presentaço de Natal

Isso é que é um feliz Natal. O presidente da Internazionale confirmou, no começo da tarde desta sexta-feira, a contratação do brasileiro Leonardo como novo técnico do clube de Milão, em substituição ao espanhol Rafa Benitez. Pelo contrato de um ano e meio, Leonardo receberá cerca de R$ 5,5 milhões. Ele será apresentado oficialmente entre os dias 27 e 28 e já comanda o primeiro treinamento, no dia 29 de dezembro. (Com informações da ESPN e Lancenet)

5 comentários em “Leonardo ganha presentaço de Natal

  1. Vou te contar, amigo Gerson, mas até no Natal esses caras fazem besteiras. Te dizer.

    1. Egua Cláudio! Te contar e você cara, você ainda está nessa de desacreditar em técnicos da nova geração.
      Veja o caso do ex-treinador recem saido da “Inter” o espanhol Rafa Benitez, um treinador esperiente com certa qualificação e reconhecimento na Espanha e na Inglaterra e, mesmo assim não conseguiu dar seguimento no trabalho realizado pelo seu antecessor José Mourinho, que pra mim e o melhor treinador do mundo com sobra. Então amigo, na vida tudo tem um começo e, pra mim o Leonardo teve uma participação razoavel a frente do Milan, que em sua epoca não contava com um elenco qualificado e sim envelhecido, acho que agora ele conseguira deslanchar sua carreira no maior rival, graças ao bom material humano que lá se tem, ainda mais contando com os cofres endinheirados…Feliz Natal a você e, deixe de secar os caras no próximo ano…….

      1. André, entendo que o Claudio não está fazendo uma crítica direta a questão de ser contra os técnicos da nova geração. Mas simplesmente o Leonardo surge como um técnico de ponta sem ter galgados qualquer passo. Vc não pega um estagiário da sua empresa e já o contrata para chefia, se ele um dia conseguir isto será pelo que for demonstrando ao longo do tempo. Com os técnicos deveriam ser algo da mesma forma.
        Com relação ao Mourinho, suas conquistas são incontestáveis, assim como temos o Muricy aqui no Brasil, porém o futebol demonstrado pelas suas equipes são questionáveis. Na Inter de Milão, ele encontrou a cultura ideal pro seu estilo de jogo, mas no Chelsea e agora no Real está sendo contestado por isso, por não jogar um futebol que encanta, pois principalmente para o europeu, futebol é espetáculo e não simplesmente torcer para um time, como é o nosso caso.

Deixe uma resposta