Piquet vence ação contra a escuderia Renault

O piloto Nelsinho Piquet não se surpreendeu com a decisão da Alta Corte do Reino Unido que julgou a seu favor a ação contra a equipe de F-1 Renault, que se comprometeu a pagar a ele e ao pai, o tricampeão mundial Nelson Piquet, uma indenização por difamação. Nelsinho e o pai foram acusados pela Renault de terem mentido quando acusaram a própria equipe no acidente do brasileiro no GP de Cingapura, em 2008, que favoreceu seu companheiro de time, o espanhol Fernando Alonso. “Demorou bastante para chegar a esse ponto. Eles enrolaram um pouco, mas, enfim, saiu. É um preço pequeno que estão pagando por um grande problema que causaram”, disse Nelsinho Piquet por meio de sua assessoria de imprensa, antes de embarcar de Londres para Brasília.

Nelsinho deve chegar ao Brasil na madrugada desta quarta-feira para se preparar para uma prova de kart que participará no sábado, em Brasília. As partes assinaram um termo de confidencialidade e o valor da indenização não pode ser revelado. A Renault se comprometeu a pagar o que chama de ‘substancial’ indenização ao piloto e a seu pai. Depois que Nelsinho deixou a F-1 no ano passado, a Renault afirmou que ele e o pai haviam criado a história de um acidente deliberado para chantagear a equipe a manter o piloto para a temporada seguinte. O caso remete ao acidente sofrido por Nelsinho, que permitiu ao espanhol Fernando Alonso vencer aquela corrida. O diretor da Renault Flavio Briatore e o diretor-executivo de engenharia Pat Symonds chegaram a ser banidos da F-1 na ocasião.

“Essas sérias alegações que saíram na imprensa eram inverídicas e infundadas, e nós as retiramos inequivocadamente. Gostaríamos de nos desculpar ao Sr. Piquet Jr. e seu pai pelo constrangimento passado’, emitiu a Renault em um comunicado. Em nota oficial, o advogado dos Piquet, Dominic Crossley, disse que esta vitória é o início do processo para limpar o nome da família. ‘Isso marca o começo, em vez de o fim, de uma longa jornada que os dois estão tendo para corrigir muitos dos erros sobre o escândalo do ‘Cingapuragate’. Ambos foram tratados terrivelmente pela Renault quando revelaram o escândalo para a entidade. E Nelsinho foi prejudicado em sua carreira absurdamente curta na F-1”, afirmou. (Com informações da Folha SP, ESPN, Lance!)

O grande Nelson não poderia ser insultado como foi. Que a escuderia francesa abra o cofre para compensá-lo regiamente.

3 comentários em “Piquet vence ação contra a escuderia Renault

  1. Nelsinho nunca seria igual ao pai.O Piqquet pai era estupendo e lembro que por ter personalidade forte era menos simpatico aos brasileiros do que fora Senna.Não estou comparando ,mas Piquet corria em caroças comparando com os outros campeões e …vencia assim mesmo.Mas o melhor de todos ainda é o meu compatriota Juan M. FANGIO.

    1. Alonso eu acho que o Fangio teve o seu momento em sua época, mas comparar Piquet ao Senna que praticamente foram da mesma epóca é covardia, mas mesmo assim sou mais Senna do que o Fangel, pois Senna será um m ito a ser batido

  2. Nelson Piquet (o pai).
    pense numa pessoa esperta!
    Gosto dele, gosto de sua postura!!
    Dificilmente se deixa enganar!

Deixe uma resposta