Emenda pior do que o soneto

No registro fotográfico de Mário Quadros, a improvisada placa de compensado com o tosco desenho do escudo do Clube do Remo colocada agora à noite no pórtico do Baenão. Quem idealizou o tosco arranjo foi o mesmíssimo cidadão que mandou derrubar a picaretadas o símbolo do clube esculpido na fachada há 75 anos. Deboche é pouco.

3 comentários em “Emenda pior do que o soneto

  1. Lembro que o Cláudio Santos sugeriu um escudo diferente sendo até interpelado pelo amigo Tavernard. Será que ele tem alguma coisa haver com isso? Com a palavra o Cláudio.

Deixe uma resposta