LOP mantém Time Negra como equipe de apoio

“O Paissandu não deve nada a esse profissional (Didi). Ele rescindiu contrato como jogador após o Campeonato Paraense, ficou como gerente de futebol, mas como surgiu o ‘Projeto Time Negra’, acabou sendo treinador. Iria desvincular o Paissandu do Time Negra, mas algumas pessoas conversaram comigo e agora isso só continua se for de forma separada, eles lá no Carajás (Outeiro). Se for pro Didi e o Time Negra continuar, que procurem seus patrocinadores. No aspecto de treinador até que ele tem boa visão”. A frase é do presidente do Paissandu, Luiz Omar Pinheiro (na foto, com Zé Augusto), em entrevista ao repórter Dinho Menezes, da Rádio Clube. Aparentemente, o dirigente tenta estabelecer uma separação entre o Time Negra e o Paissandu, mas não convence ninguém. 

LOP, como outros dirigentes do Paissandu e da própria Federação Paraense de Futebol, continua a tergiversar quando o assunto é o Time Negra, time B do Papão. A participação da equipe na fase principal do Campeonato Paraense, como aconteceu há dois anos, é questionada pelos demais clubes, embora tenha sido avalizada pela FPF. Na prática, significa que, caso o time alvinegro se classifique na seletiva, o Paissandu será duplamente representado no certame estadual. O correto, como ocorre em S. Paulo com o Palmeiras B, é que equipes de suporte limitem suas participações às divisões secundárias do campeonato. LOP, apesar da falsa polêmica em torno de Didi, não explica como o Time Negra pode ser uma equipe independente se é o Paissandu que paga a folha salarial de seus jogadores e comissão técnica.

3 comentários em “LOP mantém Time Negra como equipe de apoio

  1. Acho que, em primeiro lugar devemos esperar que o ex-jogador Didi monte seu time para depois criticá-lo. Ninguém sabe nada sobre o que virá a ser o time negra do Outeiro, e se for para o soerguimento do futebol paraense? for uma boa idéia, inovadora?

    1. Eu acredito que se o DIDI vier a sua terra natal ( Parelhar-RN ) e observar alguns valores que estão disputando a segunda divisão do RN poderá encontrar algumas promessas, já que a região tem potencial esperando apenas um olheiro como no caso aconteceu com ele proprio

Deixe uma resposta