Papão já dispensou nove jogadores

A lista de vítimas do Salgueiro parece não ter fim na Curuzu. A cada dia o Paissandu libera mais nomes de jogadores dispensados. Os mais recentes foram Edinaldo e Marcelo Dias, cujos contratos foram rescindidos. Edinaldo (foto) chegou a participar de uma partida oficial pela Série C, na derrota para o Rio Branco, mas Dias nem estreou. No decorrer desta semana mais atletas devem ser liberados. As apostas se concentram em Aldivan, Bosco, Lúcio, Da Silva, Paulão, Marquinhos e Zé Augusto. Além de Edinaldo e Dias, o Paissandu já mandou embora Adelson, Fernandão, Léo Carioca, Vinícius, Jean Sá, Márcio Goiano e Daniel Morais. (Foto: TARSO SARRAF. Com informações do Bola e da Rádio Clube)

6 comentários em “Papão já dispensou nove jogadores

  1. Vale ressaltar que: Edinaldo, Marcelo Dias, Adelson, Fernandão, Léo Carioca, Jean Sá, Márcio Goiano e Daniel Morais. Todos foram indicações do ‘estrategista” Charles Guerreiro. É bom não esquecer.

  2. É verdade Cláudio. Assim como Gilsinho, Frontini, Canindé e outros menos votados foram indicações do “fenomenal” Giba Maniaes.

    1. Daniel, amigo, não estou aqui confrontando o Charles com o Giba. Giba no Remo, não teve suas contratações feitas a tempo e, o elenco deixado pelo Sinomar, não era de boa qualidade. Aliás dos 3 que vc citou, apenas o Canindé não conseguiu entrar em forma e, por isso não conseguindo mostrar seu bom futebol que todos nós conhecemos. Diferentemente do Charles, que teve, além de uma base montada pelo Barbieri, ainda ganhou o Thiago Potyguar. Daniel,amigo, procure perceber se nos 4 anos que o Paysandu não conseguiu o acesso, se ele não teve técnicos locais ou de procedência duvidosa em seu elenco. Procure saber isso e depois me fale.

      1. Edinaldo foi aposta do Louro e não do charles guerreiro, mas como vc só acredita nas verdades que vc acha conveniente…

        Charles levou o papão ao título paraense e fez a melhor campanha da primeira fase da série C, sendo eliminado dignamente em um jogo de mata-mata.
        E o Giba que o senhor tanto defendia? fez o que?

        Quanto ao galvão, q ele tanto defende, não fez um só comentário sobre a maluquice de mudar no jogo decisivo o esquema tático pro 4x4x2, q o águia não estava habituado a jogar.
        O cara levou duas peias seguras e ele é que é bacana.

        o mais impressionante é que o grande técnico do columbia não acertou nenhuma previsão esse ano, repito NENHUMA.

        Falou que com a chegada do Giba o remo ia ser campeão paraense: o Giboia chegou, teve reforços, e ainda assim o remo piorou e não chegou sequer à final do parazinho.

        Falou que se o Giba ficasse pra série D o remo subiria pra série C com tranquilidade: O gibóia ficou e o remo fez uma campanha vexatória, apresentou um time ridículo e não chegou nem perto do acesso.

        Falou que com a saída do barbieri e a chegada do charles o papão tinha jogado fora a chance de ganhar o paraense, que seria do Gibóia: O charles chegou o papão deslanchou e foi campeão paraense.

        Falou que mesmo com o charles o papão ia subir pra série B: o papão tomou um sacode do salgueiro e ficou no meio do caminho.

        Falou que no comando do grande técnico galvão o águia ia subir: O bocão tomou duas peias seguidas e não chegou nem perto de ameaçar o acesso do ABC.

        o seja: o cara errou TUDOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        Como diz o velho ditado: boca fechada não entra mosquito.

  3. Ontem vi o Boiadeiro “voando” no time do Ceará, naquele mesmo estilo raçudo que mostrou aqui no Paysandu: pegando a bola, partindo pra cima, driblando e deixando os atacantes na cara do gol.

    E pensar que esse jogador estava no Papão e o presidente Luiz Omar o despachou porque ele pediu um aumento.

    Enquanto isso, vemos esse presidente investindo dinheiro num bando de perna de pau, “chinelinhos”, e muitos que nem sequer jogaram nessa temporada.

    Francamente, amigos bicolores, não acredito no sucesso do Papão na Série C com esse luiz omar na presidência. Não adianta ser esforçado e não ter inteligência.

    Hoje ele disse que não tem culpa da desclassificação do Paysandu. Mais uma prova do quanto lhe falta de inteligência para está à frente do clube bicolor.

Deixe uma resposta