Papão empata e fica a um passo da Série B

Não foi uma grande atuação, mas o resultado foi excelente para o Paissandu. Ao empatar em 1 a 1 com o Salgueiro (PE), na tarde deste sábado, no estádio Cornélio de Barros, a equipe paraense ficou a um empate de 0 a 0 para retornar à Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo de volta será no próximo dia 17 (domingo), às 9h, no estádio da Curuzu. No primeiro tempo, o time da casa foi superior, distribuindo bem as jogadas e levando a melhor na disputa de meio-de-campo, conduzido pelo habilidoso meia Cléberson. Encolhido em seu campo, o Paissandu pouco arriscava e errava muito na marcação.

Com boas defesas, Alexandre Fávaro começava a despontar como melhor da equipe no jogo. Aos 37 minutos, numa escapada de Bruno Rangel, surgiu a maior chance do Paissandu no primeiro tempo. O centroavante disparou em direção ao gol e acertou o travessão. Apenas seis minutos depois, Fávaro foi driblado na área e cometeu pênalti. Beá converteu a penalidade e pôs o Salgueiro em vantagem. A zaga do Paissandu reclamou impedimento, mas o árbitro validou o lance.

No intervalo, o técnico Charles Guerreiro trocou Marquinhos por Lúcio. Com isso, Tiago Potiguar, que era muito bem marcado, caiu para o meio-campo e o veterano Lúcio passou a formar dupla de ataque com Bruno Rangel. De início, a mudança não alterou a situação. O Salgueiro continuava a dar as cartas, ameaçando sempre. Antes dos 15 minutos, o dono da casa teve duas boas oportunidades, através de Cléberson e Fagner. Fávaro salvou o Paissandu com excelentes defesas. Depois de substituir Bosco por Cláudio Allax, o Paissandu começou a reagir em campo. 

O time pernambucano dava sinais de cansaço e o craque do time, Cléberson, teve que ser substituído. Com isso, Tiago Potiguar passou a fazer jogadas com Lúcio e Aldivan, aproveitando os espaços que se abriam na meia-cancha. Aos 27 minutos, em brilhante arrancada de Potiguar, Lúcio foi lançado na área e bateu cruzado para empatar a partida. O Salgueiro entrou em desespero, insistindo em cruzamentos para a área. O Paissandu tocava a bola e chegou a ter chance de chegar ao segundo gol. No final, o empate foi bastante comemorado pelos paraenses, certos de uma grande apresentação na Curuzu.

Receberam cartões amarelos: Marquinhos, Fávaro, Leandro Camilo, Sandro Goiano e Tácio, pelo Paissandu; Edu Chiquita, Pio e Lúcio, pelo Salgueiro. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola-DIÁRIO)

53 comentários em “Papão empata e fica a um passo da Série B

    1. Regulamento da série C:

      Art. 15 – Em caso de empate em pontos ganhos ao final de cada uma das segunda, terceira e quarta fases o desempate para indicar o classificado será efetuado observando-se os critérios abaixo, aplicados a cada fase:
      1º) maior saldo de gols;
      2º) maior número de gols pró assinalados no campo do adversário;
      3º) cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board.

      Obs: Como podem ver, é igual a Copa do Brasil.

    1. Alma penada ! vc sabia que o VILA AURORA classificou-se para a proxima fase da SERIE D ? SOFRA SEM MODERAçAO. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  1. Que categoria do Lúcio. Recebeu passe açucarado do Thiago Potiguar e soube fazer o gol, qualquer apavorado chutaria de primeira com medo da chegada de uma sombra. Lúcio não, pedalou, esperou o goleiro e bateu entre este e o zagueiro que chegava na cobertura.
    Depois, inspirado, Charles matou a pau ao tirar o Potiguar colocando o Alexandre Carioca. Desde então, o Salgueiro não mais ameaçou e o Papão gastou o tempo até o apito final.
    Por fim, os laterais do Papão Segundona foram muito mal e a entrada do Cláudio Allax melhorou muito a produção do time por aquele lado. Já pela esquerda, por não ter levado reserva, Charles foi até o fim com Aldivan e este foi muito mal no apoio, bem como dá muito espaço na hora do combate.
    Para domingo, espera-se que o bicola já possa contar com Marcelo Dias, desde que Charles supere a birra que tem com aquele jogador e com o Helinton, que tem grande mobilidade e pode ser muito útil nessa que deverá ser a partida redentora do Bicola. Unidos do Papãoooooooooooooooo!!!!!!

    1. Concordo em tudo que você disse caro Jorge! So acrescento mais um pouco, se o Paysandu, não chegou a ser brilhante como muitos torcedores esperavam. Ao menos jogou pelo resultado positivo, mesmo contra um adversário menos desconhecido e mais modesto, mais que valorizou muito o embate é, ainda irá valorizar mais aqui no jogo de volta, com um goleada da equipe bicolor, para sacramentar a volta, á tão sonhada serie B…..

      Vamos subir papão!!!!

      PT SAUDAÇÕES!!!!!!!!!!

  2. O Salgueiro é mais time. No entanto, seu preparo físico mostrou-se deficiente ao final da partida. Perdeu a classificação em casa… O Paysandu foi salvo pela TV, que atrasou a partida em quinze dias e deu tempo ao time de se recuperar da exaustão física.

    1. Não acho que o Salgueiro seja mais time, principalmente jogando na Curuzu. Descontando-se a já manjada queda de produção quando atua fora de casa, vejo o Paissandu muito melhor qualificado para o segundo jogo. Poderão pesar em favor do bicola a grande categoria de Sandro e Lúcio, a pressão da torcida sobre um adversário ainda não acostumado a essas decisões e principalmente o sol das 10hrs na Curuzu, enfim, tudo conspira a favor do papão.

    2. Ei sofredor! Jamais o Salgueiro vencera o Paysandu, aqui na Curuzu quem manda e o lobo malvado, agora o que resta ao povo sem estádio é, logo se organizar em pro do novo sindicato de catadores de lixo de Ananindeua, com o projeto “sócio catador” e apodraçam no lixo…

  3. Basta ver as inúmeras chances que o Salgueiro criou no jogo, Jorge. Depois que cansou, porém, o Salgueiro ficou sem forças. Tomou o gol e poderia ter sofrido a virada. Mas isso é problema do Salgueiro, que, tendo tanto tempo, não se preparou adequadamente.

    Só vejo um empecilho: a tradicional arrogância que toma conta da imprensa de Belém nesses momentos. Às vésperas do jogo vai ter gente falando em goleada, apostando não se o Paysandu vai ganhar, mas de quanto vai ser, já preocupada se o próximo adversário será ABC ou Águia, especulando se Flamengo e Atlético-MG vão cair e jogar em Belém na série B, essas coisas que costumam contaminar nossos jogadores…

  4. É verdade, Antônio. E aí nossos trunfos acabam voltando-se contra nossos clubes. O melhor que a nossa imprensa faz é ressaltar as enormes dificuldades de se jogar contra um franco atirador, até mesmo pela história do Paissandu que o obriga ter a obrigação de ganhar, mas para isso terá que jogar muito mais do que jogou hoje e não contaminar-se pelo clima criado por radialistas torcedores.

  5. Acredito, que o mais importante, para esse jogo, o Paysandu fez, que foi tirar pontos do Salgueiro, dentro da sua casa, apesar de ter ficado assustado com a quantidade de gols que o time da casa perdeu. Agora, amigos, é ”matar” o Carcará aqui, mas tem que jogar com seriedade, e se planejar para a série B, que a todo ano se mostra muito mais difícil. Boa sorte ao Papão.

  6. Vão secar o outro.
    Nosso time nunca perdeu uma decisão em casa, difentemene do de vocês.
    Marquem excursões e sumam de 8elém no próximo domingo. Façam melhor, marquem picnic para o Aurá.
    Salgueiro melhor time, ora compre-me uma arena.

  7. Quem mandou no jogo, Acácio? O Paysandu só reagiu após a queda de rendimento do adversário. O Salgueiro criou muito mais e teve o domínio da partida até “pregar”. Também se dizia que o Remo era melhor que o Vila Aurora, confiando-se apenas no nome e na tradição, e deu no que deu.

    O Paysandu não é superior tecnicamente ao Salgueiro. É mais experiente e pode tirar proveito do jogo em casa, mas só. Está longe de ser um grande time. Muitos de seus jogadores são peças nulas. Os poucos que fazem alguma coisa, estão cada vez mais marcados. Que não entre no oba-oba, nem ache que vai ganhar a hora que quiser, que vai golear. Se respeitar o adversário, leva. Se achar que ganha a hora que quiser, terá surpresas desagradáveis.

    1. E normal amigo, o time da casa ter mais posse de bola, iniciativa de jogo, afinal de contas joga dentro de seus dominios, então tinha de tentar se impor, mesmo sendo tradicionalmente inferior ao Campeão dos Campeões. Mais aqui em Belém, o bicolor amazônico, mostrará como se deve fazer como mandante de uma partida decisiva!!!

      VAMOS SUBIR PAPÃO!!!!!

  8. Isso não me diz respeito Acácio, pois sou Paissandu e estarei na Curuzu antes das sete da matina. Aliás, me passa na cabeça aquele filmaço de 2002 contra o Avaí. É agora, Papão. Até 2014 estaremos na série A jogando na cara da madrasta CBF o crime hediondo que ela cometeu ao deixar de fora das sedes da Copa um dos cinco estados em que o futebol é mais reverenciado.

  9. Jorge Paz, vc tem certeza que eh bicolor ? Paysandu x Avai foi em 2001, vencemos por 4 x 0, meu placar para domingo: 5 x 0, infelizmente nao vou estar, como estava em 2001, pois estou fora de Belem, mas minha energia e meu pensamento positivo vai estar atras do gol da Trav. do Chaco, mesmo lugar que estava em 2001. Valeu, saudaçoes bicolores.

  10. Também não acredito que o Salgueiro seja mais time. A tática usada pelo Paysandu que foi equivocada no primeiro tempo. Deixou o time adversário jogar e tomou pressão.

    O jogo na Curuzu será complicado, mas confio que o Papão leve essa, nem que seja nos pênaltis.

    AVANTE, PAPÃO!

  11. Gil, sou bicolor talvez até há mais tempo que você já que estou a cinco meses de completar sessenta anos. Naquele sábado à tarde o Paissandu abriu a contagem com o Gino cobrando uma falta, depois o Vandik deu uma raquetada e fez 2×0, fez 3xo e no último lance o Zé Augusto fechou a conta. Pensei que fosse 2002, pois esse foi o ano que o Papão voltou à série A.
    Enfim, estamos novamente por um triz pro dia nascer feliz.

    1. Jorge meu camarada, realmente vc eh bicolor ha mais tempo que eu, tenho 40 anos. Em 2002 eu estava em Fortaleza com a minha familia, sou testemunha ocular da maior conquista futebolistica de um clube do Norte do Brasil, mas como vc eh bicolor e tem mais tempo de Curuzu que eu, nao tem problema, vc tem todo direito de se enganar, domingo vah ateh a Curuzu e solte o grito, saudaçoes bicolores.

  12. Rapaz como tem colegas que enchergam o que querem…

    Vamos logo calar a boca dos colegas:

    1 – O Salgueiro é melhor que o Paysandu. Gente, só não enchega quem não quer, pois o Salgueiro só é melhor que o PSC em outro planeta ou em outra dimensão onde o Paysandu se chama Remo. Vamos aguardar o jogo de Belém (na Curuzu) e ver o que vai acontecer.

    2 – O Salgueiro jogou melhor grande parte do jogo. Verdade, não criou tantas oportunidades assim como alguns dizem (apenas duas no segundo tempo, que é o que posso falar, pois, foi o que vi pela TV), mas tinha obrigação de tentar ganhar o jogo a qualquer custo, afinal, jogava todas as suas fichas no jogo de ida, tentando se aproveitar ao máximo do campo de dimensões inferiores aos estabelecidos pela FIFA.

    3 – Quando o PSC fez o gol, o Salgueiro deixou de existir em campo, não apenas pelo cansaço, como alguns dizem ou querem acreditar, mas por que a equipe do PSC se pocisionou mehor, com uma trinca de volantes e total liberdade para Tiago criar as jogados. Tenho certeza que se Bruno estivesse melhor fisicamente (foi visível que ele não jogou 100%), logo com maior movimentação, teríamos virado a partida.

    4 – Apesar do empate fica uma lição: precisamos usar mais os cruzamentos, pois os laterais do PSC pouco tem utilizado a linha de fundo. Aldivan está muito mal (infelizmente) e Bosco estava visivelmente sem rítimo de jogo.

    5 – O “excelente e assustador” selecionado pernanbucano, ops! Salgueiro, não faria gol no PSC se não houvesse o penalty, pois é umtime muito limitado.

    6 – Ja esperávamos um jogo duro, apesar do PSC se favorito. Pensem bem. O Salgueiro é franco atirador, o PSC, diferentemente, carrga 3 milhões de pessoas que sonham a voltar aos velhos tempos. Então, não poderiamos, e nem poderemos, achar que Inês morre de véspera.

    1. Eu acredito que o PSC hoje depende muito do Tiago, pois ele é um jogador diferenciado e ele tem demonstrado que está focado no acsso e se o mesmo estiver inspirado no proximo domingo com certeza ninguém o segura e ele que presenteiar esta torcida maravilhosa que o acoheu antes de galgar vóos mais altos e por ele não sairia de Belém nem tão cedo, popis propostas já apareceram e o Mérica ( presidente do Potyguar) inclusive se interresou, mas o Tiago bateu o pé e não assinou a procuração em que o empresário queria como garantia, aquele mesmo Argentino que levou o Moisés para o Santos ofereceu 500.000.00 por 80% do passe do Tiago ao Mérica.

  13. Vai dormir alma penada, tenha bons sonhos, se vc nao conseguir dormir logo, fique contando urubus, afinal daqui “pra” frente essa eh a realidade de vcs secadores. Sofra sem moderaçao, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. Duas substituições e uma grande atuação resultaram no empate que deram ao Paysandu 95% de vantagem para voltar a série B. A entrda de Lúcio (Paissandu) , a saida de Clebson (Salgueiro) e as defezas de A. Fávaro sintetizam o resultado de ontem. Não fosse a imponderabilidade do futebol eu diria agora que os Paysandu já poderia sentir-se na série B.

  15. Égua, como apareceu secador! Mas, achar que Salgueiro é mais time que o Papão, é cegueira ou fanatismo puro. Jogar em casa, perder alguns gols e no final ceder o empate, o Paysandu fez isso ano passado passado aqui contra o Icasa, e foi desse jeito que hoje se comportou o Salgueiro, ou seja, isso se chama incompetência e não superioridade. E ainda, se jogando 4 da tarde em casa, eles já abriram o bico no final, imaginem jogando às 10h aqui. Agora, realmente, nossos laterais destoam dos demais. Até hoje o Aldivan não justificou a contratação. Acho que domingo é a vez do Edinaldo, tipo a final do Paraense. Por fim, Charles, por favor, não me venha com Da Silva no lugar do Leandro, pois todos jogos que ele fez o Paysandu não venceu. Vamos lá PAPÃO!!!

  16. Gostaria que alguem encostasse no LOP e o fizesse lembrar do que dizia Miguel Pinho, domingo vale tudo, só não vale dançar homem com homem e nem mulher com mulher, o resto vale. E a partir das 11 h festa na cidade.

  17. O fator “casa” favorece qualquer time seja lá qual for, ainda mais se tratando de mata-mata.
    Natural que o Salgueiro partisse para cima do Campeão dos Campeões, como faria seja lá contra qualquer time que fosse.
    Acho que o Guerreiro erra em insistir com o Marquinhos quando tem um jogador como o Lúcio no banco. Um jogador bem condicionado, técnico, com uma boa visão de jogo e principalmente, solidário.
    Por fim, Já li algumas besteiras aqui neste blog, agora dizer que esse time do Salgueiro é melhor que o do Paysandu só pode ser brincadeira.
    Um abençoado Círio a todos.

  18. Charles, pelo amor de Deus! Tire o Aldivan do time, pois este rapaz está muito mal, não marca, não apoia, cruza e passa errado. O Paysandu tem outros dois laterais esquerdos no plantel. E o Lucio tem que ser o titular domingo, é pra matar logo.

  19. Parabenizo, à todos os JOGADORES e COMISSÃO TÉCNICA, pela BRILHANTE campanha na SÉRIE C. Precisamos somente carimbar o PASSAPORTE, para a série B, mais para isso, os jogadores do PAPÃO, tem que levar em CONSIDERAÇÃO o jogo do proximo domingo(17/10), como uma DECISÃO, visto que não podemos deixar escapar a oportunidade. Vamos todos fazer a corrente: PAPÃO EM 2011 NA SÉRIE B.

  20. Ah! Como é bom ser Paysandú. Temos a maior torcida do Norte do Brasil, mais títulos que o nosso “maior rival” (aspas devido à decadência), apesar de serem mais antigos, estamos a um passo do acesso à série B e tenham certeza, vamos Subir. Lamento todos os comentários de alguns poucos sofredores que insistem em secar, sem sucesso, pois denota o sofrimento de pessoas frustradas por uma série de imcompetências. Grande Abraço a todos os colegas bicolores e vamos juntos à Curuzu no dia 17/10 levar o nosso incentivo.

  21. Eu já disse e, vou repetir: O Bicola, vai!
    Agpra, é necessário cuidados, eles querem salgá-los em plena curuzu.
    Perceberam que o feio é manso.

  22. Asim que eu gosto, os secadores ligados, cheios de esperança…mais sofrimento à vista pra vcs, seus lesos, vão rezar que é melhor, vcs precisam e muito.

    1. Olá, Mauricio!
      Desculpe-me, mas preciso dizer que você está 100% equivicado.
      O que você escreveu eu entendo, já que vem de um fanatismo cego. Visão pequena!
      Futebol e Religião são de polos diferentes, cenários opostos. Só os loucos os confundem.

  23. Manso ? domingo vcs, secadores, vao ver mais uma vez quem manda no Para. Eu acho que vcs deveriam estar preocupados com 2011, pois jah estamos em outubro, e vcs nem plantel tem, nao esquecam que para disputar a “CONCORRIDA” serie D, vcs vao ter que derrotar Ananindeua, Castanhal, Tuna, Independente…
    Sofram sem moderaçao.

  24. Sem dúvida!
    Vamos ter que fazer o que for preciso para reeguer o Maior do Norte, o Leão Azul. A começar pela retirada do delinquente AK da predidencia. Daí, o reto será dentro da normalidade, inclusive, derrotar em capo os demais adversários e, o teu time está incluido entre eles.

  25. Belem Vai Parar Domingo!!!!!
    ô vamo sibir papão….
    Como eu te amo Paissandu!
    Vou de tomé açu pra belem só pra ver o maior do norte!!!!!

  26. Hoje e o Cirio de Nazaré neste domingo! No próximo domingo é, o Cirio da Curuzu! Onde mais uma vez, iremos subir para serie B….

  27. O que observei e me deixou animado foi a postura e atitude do Charles Guerreiro, mexeu onde tinha que mexer e na hora certa, demonstrando assim seu valor e sua evolução como técnico. Vamos lá Papão!!! Torcedor Bicolor domingo é na Curuzu para detonarmos o Salgueiro e a série C!!

  28. De repente o Salguero surgiu como uma esperança, para os secadores, de impedir o acesso do CAMPEÃO DOS CAMPEÕES a série B. Domingo Belém pára para se render ao clube que mais orgulha este estado. O resto é potoca.

  29. Camaradas azulinos, dessa vez a nossa “secação” não vai dar certo. Eles têm razão: O PSC sobe tranquilamente para a Série B domingo. Nem Cristo tira a ascensão do Papão.

Deixe uma resposta